5

Ação contra Astro de Ogum serve de alerta a outros aliados comunistas…

Políticos como Josimar de Maranhãozinho, Duarte Júnior, Yglésio Moyses e mesmo o vice-governador Carlos Brandão – que atuam em agenda independente para 2020 e 2022 – correm sérios riscos de sofrer represálias

 

ASTRO DE OGUM FOI CONDUZIDO EM UMA AÇÃO BATIZADA COM REFERÊNCIA AO SEU NOME, mesmo sem ser alvo direto das investigações

Editorial

Alguns aspectos da operação policial na casa do vereador e ex-presidente da Câmara Municipal de São Luís, Astro de Ogum (PL), nesta quinta-feira, 12, apontam claramente para uma ação orquestrada politicamente.

Uma delas é o fato de os dois assessores investigados não morar na casa de Astro o que torna incabível a ação no local.

Outra evidência de que o vereador seria o alvo, ainda que indireto, é o fato de a operação da Seic ser batizada de “Constelação” – numa referência indireta ao nome do parlamentar – mesmo não sendo ele um dos investigados.

Astro de Ogum tem se movimentado independentemente da agenda político-eleitoral do grupo formado por PDT, PCdoB e PSB, que detêm o poder no estado.

E isso tem incomodado esses donos do poder.

Mas não apenas Astro como outros aliados do consórcio PDT/PCdoB/PSB também têm agenda independente; e podem sofrer as mesmas represálias.

Sobretudo porque já vêm recebendo sinais disto.

DUARTE JÚNIOR E JOSIMAR DE MARANHÃOZINHO TÊM AGENDA INDEPENDENTE DA DO GOVERNO COMUNISTA; e os dois recebem recados indiretos contra a postura política

O controvertido deputado federal Josimar de Maranhãozinho (PL), por exemplo, sonha em ser candidato a governador ou a senador em 2022; e montou uma agenda política e de poder independente da agenda do governo Flávio Dino (PCdoB).]

Mas só para lembrar do delegado Thiago Bardal – que trouxe à tona o escândalo da espionagem na secretária de Segurança – Josimar era um dos alvos do titular da pasta, Jefferson Portela. (Relembre aqui, aqui, aqui e aqui)

Outro que sofre represálias sistemáticas pela sua disposição de concorrer à Prefeitura é o deputado estadual Duarte júnior (PCdoB); o alvo principal contra o parlamentar são seus aliados no governo, sobretudo a ex-presidente do Procon-MA, Karen Duarte, constantemente ameaçada pelas estruturas comunistas no poder.

YGLÉSIO DESEJA CONCORRER À PREFEITURA E PROCUROU BRANDÃO PARA O PROJETO;  os dois incomodam a cúpula comunopedetista que quer controlar o calendário eleitoral

Quem começou mais recentemente a sofrer ameaças dentro do próprio partido é o também deputado estadual Yglésio Moysés, que teve a intenção de ser candidato a prefeito rechaçada no próprio partido, o PDT.

Setores da imprensa chegaram a noticiar uma proibição explícita do senador Weverton Rocha contra Yglésio; o senador nega, mas o estrago já foi feito e o parlamentar já anunciou que deixará a legenda.

Até mesmo o vice-governador Carlos Brandão (PRB) pode sofrer as ameaças dos que se acham no direito de lotear o Maranhão no tempo ou no espaço.

Candidato-nato a governador em 2022, Brandão tenta construir uma base política passando pelas eleições de 2020, sobretudo em São Luís, incomodando lideranças que têm o mesmos interesses que ele.

Brandão já sofreu, inclusive, censura pública dos aliados de Dino por causa de postagens que o colocam na linha de frente da sucessão de Flávio Dino. (Releia aqui)

A história contada nos dois mandatos mostram que o atual governo maranhense nunca teve limites contra os adversários políticos.

Mas a ação policial contra Astro de Ogum reafirmou que nem mesmo os aliados estão livres do jugo comunista.

É aguardar e conferir…

Marco Aurélio D'Eça

5 Comments

  1. Raissa Mendonça presa lá na casa do olho d água; mora sim na casa do vereador Astro de Ogum. O vereador Astro de Ogum é homossexual assumido ele mantém relação sexual com varios homens. Todo mundo de São Luís sabe disto. Ele pode não ter ligação com o caso. Porém ele não é santo neste assunto de prostituição; nunca foi.

  2. Eita governo comunista covarde.
    Somente com a federalizacao das investigações sobre a espionagem saberemos a verdade.

  3. Marco, rapaz larga de falar asneiras e do teu piti, você foi escorraçado da Mirante, os teus ex-chefes não tiveram a mínima consideração com você. É sabido para todos as peripécias do tal vereador e do tal “MORAL DA BR” que merecem sim, serem apanhados pelo estado.

  4. Acrescento ainda o detalhe de que o mandado foi assinado no dia 3 de setembro. Ou seja, a decisão judicial foi cumprida 9 dias depois e exatamente no dia em que os dois assessores ‘alvos’ pernoitaram na residência do edil…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *