0

Entidades denunciam Pitágoras por omissão de socorro à cadela Neméria…

Animal foi espancado por segurança da faculdade, que prometeu arcar com os custos do tratamento, mas até agora não apareceu na clínica para cumprir o prometido

 

CADELA NEMÉRIA EM POSTAGEM DAS ENTIDADES DE DEFESA ANIMAL; relação tensa com Pitágoras e empresa de segurança responsável pela agressão

A Associação Maranhense em defesa dos Animais (Amada) e a Ong Dindas Formiguinhas publicaram nota no instagram na qual denunciam a faculdade Kroton/Pitágoras por omissão de socorro à cadela Neméria, brutalmente espancada por um de seus seguranças.

A agressão à cachorra – que era cuidada por alunos da instituição – foi atribuída a um segurança da empresa GPS Predial Sistemas de Segurança, que presta serviços à Pitágoras. à época, tanto a Pitágoras quanto a GPS emitiram nota em que se comprometeram com o tratamento.

– Até o momento, manhã do dia 12 de setembro, a faculdade Pitágoras e a GPS Sistemas de Segurança não cumpriram com o tratamento da Neméria – diz a nota da Amada.

Segundo a entidade de proteção animal, a cadela deveria ter alta nesta sexta-feira, 13, mas não pode sair por falta de pagamento.

– A comunicação com as duas empresas, que antes se mostrava pacífica, hoje segue complexo e confuso, sem dar qualquer explicação, até esquivando-se de tal responsabilidade que assumiram – informou a nota.

A Amada diz que nem ela, nem a ONG Dindas Formiguinhas fizeram campanha de arrecadação para o tratamento, exatamente por causa do comprometimento das duas empresas.

O blog Marco Aurélio D’Eça tentou, por toda a manhã desta sexta-feira, contato com representantes da Pitágoras e da GPS, mas não conseguiu maiores informações.

Neméria está internada na Clínica Quatro Patas…

Marco Aurélio D'Eça

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *