2

A história de uma foto: Roseana Sarney pós-cirurgia em 1998…

Registro da ex-governadora, dias após ela ter vencido a reeleição em primeiro turno; e depois de sofrer problemas de saúde em plena campanha e se submeter a uma série de difíceis cirurgias em São Paulo

 

MARCO AURÉLIO D’EÇA E ROSEANA: outubro de 1998, após ela vencer uma eleição na qual passou a campanha praticamente toda internada em São Paulo

A foto acima foi postada ontem como #TBT no perfil de Instagram do titular do blog Marco Aurélio D’Eça. E teve forte repercussão por marcar um dos momentos históricos da política maranhense.

Roseana foi eleita em 1994 para o primeiro mandato de governadora do Maranhão, exatamente quando o jornalista iniciava sua carreira no jornal O EstadoMaranhão.

Em 1998, já instituída a reeleição – e com a popularidade batendo recordes históricos – ela partiu para a reeleição contra o então ex-governador Epitácio Cafeteira, de quem ela tinha vendido quatro anos antes em uma difícil disputa.

Quem também concorreu nesta campanha foi o hoje prefeito de Paço do Lumiar, Domingos Dutra.

Exatamente no início da campanha, em junho, Roseana teve um problema de saúde grave e foi levada para São Paulo. À época repórter de política de O EstadoMaranhão, Marco Aurélio D’Eça foi destacado para acompanhar o desenrolar das coisas no Hospital das Clínicas, na capital paulista.

Roseana ficou cerca de 40 dias internada, com a campanha se desenrolando plenamente no Maranhão.

Assistiu a decisão da Copa de 1998 – derrota do Brasil para a França – em pleno leito hospitalar. O repórter assistiu sozinho, em um quarto de hotel nas proximidades do hospital.

Recuperada, Roseana voltou para o Maranhão já quase no fim da campanha; e foi eleita em primeiro turno, com votação recorde.

O registro da foto é de Geraldo Furtado, da Secom, dias após a vitória da então governadora, que fez questão de autografar e entregar pessoalmente ao jornalista.

Há ainda um brinde entre os dois, registrado por Biaman Prado, durante a posse em pleno Reveillon, na antiga sede da Assembleia, na rua do Egito – mas esta não se sabe por onde anda.

E já se vão 21 anos de história…

Marco Aurélio D'Eça

2 Comments

  1. Roseana Sarney poderia ter feito um governo melhor. Uma pena…

    Mas sempre foi — lógico! — que o PT e o petismo e seus satélites!
    Dino tem o “rabo” preso como o PT. Mesmo que goste da previdência (o novo plano), tem de ser contra apenas devido ao Petismo: religião que Dino professa.

    Dino, por outro lado, = Comunistinha, — amiguinho de petista e da religião cujo nome é Petismo.

    O PT não tem compostura. É barango. É truculento. Perigoso. Brega e Kitsch. Moro é portador do bom senso e corajoso. Herói histórico, portanto. E qualquer dos 2 lados que vá contra o Moro é vigarista.

  2. Olá Marcos, acho que deve está havendo algum equivoco. Não estou sabendo de reunião nenhuma e não recebi nenhuma convocação sobre os assuntos acima relacionados. Também não costumo me basear em apenas um lado da história. Os fatos precisam ser apresentados nos dois lados. Sobre a direção do Teatro não posso falar pelos outros, já tive pautas atendidas e negadas conforme as demandas do equipamento público, então não tenho nada para reivindicar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *