2

Autofagia no grupo de Flávio Dino expõe a Assembleia

Na guerra entre pré-candidatos da base governista, mensagens atribuídas a assessores revelam nas redes sociais questões salariais de gabinetes, desgastando o Poder Legislativo na opinião pública maranhense

 

Esta postagem foi distribuída logo cedo, acompanhada da relação funcional do gabinete de Duarte Jr. expondo a Assembleia Legislativa

Está passando dos limites da disputa saudável de poder a guerra entre os pré-candidatos da base do governo Flávio Dino (PCdoB) à Prefeitura de São Luís.

A batalha pessoal está expondo, inclusive, o próprio Poder Legislativo ao desgaste na opinião pública.

Nesta quinta-feira, 16, mensagens – atribuídas, de um lado, a pessoas ligadas ao deputado estadual Dr. Yglésio (sem partido); e por outro a aliados do também deputado estadual Duarte Jr. (PCdoB) – expuseram questões funcionais da Assembleia que desgastam a Casa nas redes sociais.

Em um dos grupos de jornalistas foi postada a informação de que assessores de Duarte Júnior recebiam salários de até R$ 17 mil, dando ares de escândalo à informação.

– Isso é um escândalo absurdo com dinheiro público, enquanto professores recebem R$ 1.856 e soldados R$ 2.990. O caminho final dessa nação será o buraco – afirmou cidadão de nome Gustavo Carvalho, dando ares de escândalo à informação. (Veja imagem)

Ocorre que a remuneração dada ao gabinete de Duarte Júnior é a mesma de todos os deputados estaduais. 

O comentário foi postado por alguém que os membros do grupo apontaram como assessor de Yglésio Moyses. Até a relação salarial do gabinete de Duarte foi postada.

Grupos de todo o maranhão receberam esta postagem, dando conta de “mamatas” no gabinete de dr. Yglésio: exposição gratuita da Assembleia

Em uma série de outros grupos foi postada uma outra relação de pagamentos da Assembleia, mas desta vez relacionada ao gabinete do próprio Dr. Yglésio.

– Veja só a mamata no gabinete de Yglésio Moyses – provocou o membro, que o blog não conseguiu identificar. No gabinete do parlamentar, a postagem foi atribuída a aliados de Duarte.

O blog Marco Aurélio D’Eça procurou o dois parlamentares, mostrando os fatos nas redes sociais, mas nenhum dos dois quiseram responder.

De uma forma ou de outra, a guerra particular entre pré-candidatos dinistas expôs ao ridículo à própria Casa onde eles se reúnem.

Com a palavra, os colegas deputados estaduais…

Marco Aurélio D'Eça

2 Comments

  1. Marcos, saberia dizer quanto servidores estão à disposições dos quarenta e dois deputados?
    É uma temeridade querer fazer os incautos acreditar que essa “mamata” é exclusividade do gabinete do deputado, Duarte.

    Resp.: Todos os deputados têm o mesmo número de assessores e a mesma faixa salarial

  2. Por isso que não tem dinheiro para nada e os impostos só aumentam.
    Vamos fazer um simples calculo de padaria.
    10 assessores ganhando 17 mil.
    42 Deputados = 420 assessores.
    Só nesses cargos o povo paga 7 milhões e 140 mil reais por mês. É um total de 85 milhões de reais por ano, sem contar 13º, férias e diárias.
    Agora me responde uma única pergunta. Qual o retorno disso para a sociedade?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *