2

Números de Flávio Dino são excelentes na corrida presidencial…

Minimizar o fato de que o governador maranhense chega até 13% das intenções de votos para presidente é ignorar o peso da disputa em que o presidente Jair Bolsonaro surfa na onda conservadora que tomou conta do país

 

Flávio Dino e Luciano Huck somam juntos 27% das intenções de votos para presidente, hoje, no país, o que representa 1/4 do eleitorado

Qualquer analista lúcido deve ver com olhos pragmáticos o resultado da pesquisa da Consultoria Atlas Político – divulgada nesta quarta-feira, 12 – que aponta o governador Flávio Dino (PCdoB) com até 13% das intenções de votos, dependendo do cenário.

Divulgada pelo jornal El País, a pesquisa tem dois cenários principais.

No primeiro, com a presença do ex-presidente Lula e do ministro Sérgio Moro, o presidente Jair Bolsonaro lidera com 32% das intenções de voto, no limite do empate técnico com Lula. Moro segue atrás, com 20%, à frente do apresentador Luciano Huck (6%), Flávio Dino (3%) e o governador de São Paulo, João Dória (0,6%).

Quando Lula e Moro saem do cenário, Bolsonaro vai a 41%, Huck sobe para 14% e Dino fia logo atrás dele, com 13%. João Dória fica com apensas 2,5%.

Mas o que querem dizer esses números?

A esta altura da disputa, os dados da Consultoria Atlas significam que Lula ainda é o principal adversário de Bolsonaro. Mas é preciso levar em conta que o ex-presidente está inelegível e dificilmente terá a garantia dos direitos políticos em 2022.

Por outro lado, é pouco provável que Sérgio Moro rompa com Bolsonaro para concorrer sozinho; é mais provável que haja uma composição entre eles.

Neste caso, os dados mostram que os índices de Lula e Moro se espalham em três candidaturas principais: Bolsonaro, Luciano Huck e Flávio Dino.

Levando em conta que há a discussão sobre uma composição entre Huck e Dino, os dois somam, juntos, nada menos que 27% no cenário mais provável.

Esse total significa mais que 1/4 do eleitorado brasileiro, um cacife de milhões de brasileiros.

São, portanto, extremamente competitivos.

E análise sem levar em conta esses cenários não é analise.

É mera expressão de desejo…

Marco Aurélio D'Eça

2 Comments

  1. Nem o pt e nem a grande midia publicou essa falacia. So saiu mesmo no pc do e no ma. Ate o rato jerry teve vergonha e so retwittou o pc do b. E forcar a barra demais.

  2. Acorda blogueiro, tu não estás vendo que esta pesquisa foi plantanda para favorecer huck e FD (acaba o brasil) a mando de FHC. Se lula ficar impossibilitado, então o pt não terá candidato? É isso? Não tem haddad (47 milhões de votos), camilo santana, rui costa, etc.? O pt vai com qualquer um destes e tem nomes fortes e ainda é o maior partido de esquerda do país. E ainda tem o ciro do pdt entre outros nomes em potencial. Essa composição de centrão é um tiro no pé, basta ver a avaliação da população sobre o mesmo.
    Simplesmente avaliaram como a única alternativa dos ptralhas fosse luladrão. Por este motivo, não dá para dizer que o buchudo e o narigudo tem 27% de votos. Não há nenhum fato novo que sugira esse crescimento de buchudo do MA. nem levando uma facada de adélio o impulsonria tanto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *