0

Os riscos eleitorais do PCdoB em 2020…

Além da cada vez mais clara inviabilidade eleitoral do secretário Rubens Pereira Júnior em São Luís, e da derrota anunciada do deputado Adelmo Soares em Caxias, comunistas correm riscos também em Imperatriz

 

Mesmo mudando cor e identidade visual do PCdoB, Flávio Dino corre o risco de amargar derrotas nos principais colégios eleitorais

É uma jogada de risco por todos os aspectos políticos analisados o jogo feito pelo PCdoB, do governador Flávio Dino, nos principais colégios leitorais do Maranhão nestas eleições.

Os comunistas lançaram candidaturas próprias em São Luís, Imperatriz e Caxias, mas apenas em Imperatriz mostra-se, a princípio, competitivo.

Em São Luís, a candidatura do secretário Rubens Júnior não decola por absoluta falta de identidade com a população e a coisas da capital maranhense.

Em Caxias, a invenção de última hora do deputado Adelmo Soares é um fracasso anunciado, com chances de recorde de votos do prefeito Fábio Gentil (PRB).

Em Imperatriz, o deputado Professor Marco Aurélio desponta bem nas pesquisas.

Mas pode enfrentar uma característica em ebulição nas grandes cidades: a rejeição crescente do eleitor a candidatos ligados ao petismo e ao comunismo.

Tanto que o próprio PCdoB já tirou o vermelho da identidade visual e tenta mudar sutilmente o nome para Movimento 65.

Esta, porém, é uma outra história…

Marco Aurélio D'Eça

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *