0

Weverton pede à CNI e consegue 75 toneladas de alimentos

Cestas básicas serão distribuídas pela Federação dos Municípios do Maranhão a 20 municípios a partir desta sexta-feria, 1º

 

As toneladas de alimento foram recebidas pelo presidente da Famem, Erlânio Xavier, e serão distribuídos a partir de sexta-feira

A Federação dos Municípios do Maranhão (Famem) recebeu, nesta terça-feira, 28, 75 toneladas de alimentos para distribuição em municípios maranhenses. As cestas básicas foram entregues pela Federação das Indústrias do Maranhão (Fiema), com o apoio do Sesi.

O presidente da Famem, Erlânio Xavier, explicou que os alimentos foram doados pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) a pedido do senador Weverton Rocha (PDT) e serão entregues para as pessoas afetadas pelas enchentes em diversas cidades do estado.

– Precisamos unir esforços para ajudar as pessoas que, por causa das chuvas e da pandemia, estão passando necessidade – ressaltou Weverton. 

 – O pedido do senador Weverton foi muito importante. Esses alimentos irão atender as famílias necessitadas, que foram atingidas pelas enchentes e pelo coronavírus – completou Erlânio Xavier.

As cestas básicas serão distribuídas para 20 municípios, a partir de sexta-feira, 1º. No total, mais de 7,4 mil pessoas serão beneficiadas.

– Este é um momento de união, de juntar forças para ajudar a população do estado. Enfrentamos dois problemas muito sérios: a pandemia e as enchentes. As pessoas, que vivem em uma situação mais vulnerável, precisam de apoio. A Fiema se sente na responsabilidade de ajudar neste momento difícil – explicou Cesar Miranda, superintendente da Fiema.

– É uma parceria fundamental em um momento em que as cidades maranhenses passam por dificuldades. Este é um período em que as entidades precisam somar forças e demonstrar que seus esforços estão voltados para o atendimento da população. É importante cada um fazer a sua parte – finalizou o superintendente do Sesi, Diodo Lima.

Marco Aurélio D'Eça

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *