2

Flávio Dino se opõe a autor de lockdown sobre rigidez das medidas

Enquanto o juiz Douglas de Melo Martins aponta sanções aos desobedientes como forma de garantir o sucesso do bloqueio, governador mostra-se contrário, alegando circunstâncias da realidade social no Brasil; enquanto isso, mortes por coVId-19 batem recorde

 

Autor do lockdown, Douglas Martins defende medidas mais duras para evitar aglomerações, mas Flávio Dino acha que não se pode encarcerar as pessoas

O terceiro dia do lockdown judicial na Grande São Luís, nesta quinta-feira, 7, marcou um momento de clara divergência conceitual entre o autor do bloqueio, juiz Douglas de Melo Martins, e o governador Flávio Dino (PCdoB).

No mesmo dia, as mortes por coVID-19 chegaram a 320, com 25 novos óbitos.

Martins mostra preocupação com o futuro do lockdown, defende a imposição de sanções “como único caminho” para impedir a presença de pessoas nas ruas e justifica:

– Foram dois dias de caráter educativo, agora terá aplicação de multa.

Dino, por sua vez, entende que o bloqueio é um sucesso até agora e acha que não deve “fazer encarceramento em massa de pessoas”. 

E justifica ser normal essa movimentação, diante da realidade do país.

– Um grau de movimentação é normal, em face dos serviços essenciais e das condições sociais no Brasil, diferentes da Europa.

Diante da divergência de opinião entre autor e executor do lockdown, os números da coVID-19 seguem crescendo no Maranhão, agora com recorde de mortes. (Entenda aqui)

Quem tem razão?!?

Marco Aurélio D'Eça

2 Comments

  1. Cara tu é pior do que Flavio Dino. Me diz uma coisa pilantra tu vai levar comida ou remedio na casa de alguem. As pessoas precisam trabalhar idiota. Ainda vou ver o dia da Policia prender todos esses blogueiros que vivem de dinheiro publico, inclusive tu.

    Resp.: Idiota é você, vagabundo!!!
    Deixa de ser imbecil, covarde.
    Tu não tá vendo que essa doença tá matando, desgraçado?!?
    Esquece porra de trabalho, merdinha. É pra ficar em casa, porra!
    Cada um se ajudando em casa, desgraçado, todos podem comer beber e sobreviver. Se tu queres é vender tuas bugigangas, infeliz, vai ter que esperar.
    Depois se retoma a atividade normal. apenas infelizes como você, cavalo bolsomínion, ainda pregam essa besteira de que “tem que trabalhar”.
    E quer saber? Aqui você não fala mais. É só pregar a desgraça e o caso. Vá pra PQP!!!

  2. Flávio dino vagabundo joga agora a Doença contra os municipios. como ele foi fraco e frouxo, vendo que não dá conta de suportar, joga sobre a gente a responsabilidade. Flavio Dino usa da politicagem enquanto mais de 300 pessoas morrem. Os municipios sr flavio dino não esquecerão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *