4

Eliziane entra na campanha de Rubens e aponta para 2022

Melhor posicionada entre os aliados nas pesquisas sobre a sucessão do governador Flávio Dino, senadora faz mais um gesto ao comunista, que tem, além dela, outros dois nomes alinhados ao Palácio dos Leões para a eleição de governo

 

Com apoio a Rubens Júnior, Eliziane pode se consolidar de vez como opção de Flávio Dino em 2022 ou fiar apenas observando a disputa entre Weverton e Brandão

Partido controlado pela senadora Eliziane Gama no Maranhão, o Cidadania vai declarar apoio ao deputado federal Rubens Pereira Júnior (PCdoB) na disputa pela Prefeitura de São Luís.

E a presença da parlamentar na base do candidato do governador Flávio Dino acena para as eleições de 2022.

Apesar de não se movimentar oficialmente como candidata à sucessão do comunista –  ao contrário do vice-governador Carlos Brandão (PRB) e do senador Weverton Rocha (PDT) – Eliziane é a melhor aliada Dino nas pesquisas já divulgadas. (Relembre aqui)

Seu apoio a Rubens Júnior não deixa de ser um gesto político; aliás, mais um da senadora em favor de Dino.

Na tentativa de derrotar o deputado federal Eduardo Braide (Podemos), ou pelo menos disputar espaço de poder na capital – esvaziada com o desgaste da gestão de Edivaldo Júnior (PDT) – Flávio Dino agora tem seus principais atores de 2022 espalhados em três candidaturas a prefeito.

Mais ativo candidato a governador, Weverton Rocha e seu PDT vão com Neto Evangelista (DEM).

Com possibilidade de concorrer no cargo, Carlos Brandão é o avalista de Duarte Júnior (PRB).

Neste aspecto, a candidatura de Pereira júnior é um desafio a mais para Eliziane Gama.

Flávio Dino tem seus três pré-candidatos a governador espalhados em três palanques em São Luis; e só um deles sobreviverá ao primeiro turno

Apesar da superestrutura de campanha, o candidato do PCdoB amarga índices abaixo de 1% nas intenções de votos das pesquisas já divulgadas; e, aparentemente, não dá sinais de viabilização como candidato.

O desafio da senadora duas vezes candidata a prefeita na capital – e também do seu partido e de sua base –  é usar seu prestígio para alavancar o candidato do Palácio dos Leões.

Se o envolvimento de Eliziane levar o comunista ao segundo turno em São Luís, ela estará, automaticamente, consolidada como opção de Flávio Dino em 2022.

Se não der certo, estaciona com o comunista em 2020, apenas observando a batalha entre Weverton e Brandão.

Ela vai conseguir?!?

Marco Aurélio D'Eça

4 Comments

  1. Está, apenas, fazendo um gesto de gratidão ao responsável pela sua eleição ao senado. Uma senadora fraquíssima, chega a ser deprimente de tanta incoerência em suas falas!!

  2. Essa ai é crente! Crente que os outros são besta. Ela que aproveite o mandato comprado dela, porque sera o ultimo.

  3. A resposta todos os maranhenses já sabem: NÃO!!!
    Essa irmãzinha não tem credibilidade nenhuma e só foi eleita senadora pelas mãos do governador e com o uso da máquina pública.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *