1

Azul predomina entre os principais candidatos em São Luís

Candidatos que disputam as primeiras posições nas pesquisas de intenção de votos – Eduardo Braide, Duarte Júnior e Neto Evangelista – usam a mesma cor em sua campanha; vermelho ficou restrito à campanha comunista

 

O azul tem sido usado predominantemente tanto por Braide quanto por seus principais adversários, o que indica uma mudança de tonalidade na campanha em relação a 2016

Ensaio

Está tudo azul na disputa pela Prefeitura de São Luís.

Pelo menos é esta a cor predominante entre as principais candidaturas, aquelas que, hoje, aparecem com chances reais de vencer em primeiro turno ou chegar a um eventual segundo turno.

O primeiro colocado Eduardo Braide (Podemos) e os dois que disputam a segunda posição – Duarte Júnior (PRB) e Neto Evangelista (DEM) – usam o azul como cor predominante de campanha.

A mudança de tom nas eleições começou a partir de 2018, com o uso das cores da bandeira nacional na campanha de Jair Bolsonaro.

Hoje, com a dicotomia entre o presidente e a esquerda mais amenizada, muitos trocaram os tons bolsomínions predominantes – verde, azul e amarelo – pelo tom azul.

Edivaldo Júnior usou vermelho nas eleições de 2016; hoje, esta cor aparece fortemente apenas na campanha do candidato comunista Rubens Júnior

Até 2016, com a estética política ainda sob influência do PT, candidatos de todos os matizes usavam o vermelho como cor predominante. Agora, ela está restrita à candidatura do comunista Rubens Pereira Júnior.

No que se refere às cores, apenas mais um candidato parece levar em consideração um tom para representar seu partido: Jeisael Marx, da Rede Sustentabilidade, usa o verde para representar a defesa do meio ambiente, bandeira histórica do partido.

Os demais candidatos podem até ter uma cor definida na campanha, mas ela não está em evidência em suas peças publicitárias…01

Marco Aurélio D'Eça

One Comment

  1. As cores bolsominios são as cores da bandeira do Brasil. Se isso te incomoda, e melhor mudar de pais ou sugerir um plebiscito para mudar as cores. Falar portugues do Brasil tambem perturba? E para falar espanhol como em cuba ou venezuela? Aguente firme que ainda tem mais 6 anos.
    Resp.: Que tolices… Essas eu até ignoro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *