0

Dez suplentes exercem mandatos temporários na Assembleia…

Titulares exercem cargos no governo, estão de licença para tratamento de saúde ou licença sem vencimentos, o que garante a permanência de novos parlamentares por períodos determinados

 

Roberto Costa foi o último titular de mandato a pedir licença na Assembleia; ele vai se dedicar aos aliados na campanha eleitoral de 2020

A Assembleia Legislativa tem atualmente dez suplentes exercendo o mandato de deputado estadual.

O último a assumir foi Léo Cunha (PSC), que entrou no lugar de Roberto Costa (MDB)

O deputado emedebista tirou licença não remunerada para se dedicar às eleições municipais, em que apoia vários candidatos em todo o Maranhão.

Além de Léo Cunha, também exercem mandatos temporários na Assembleia os suplentes Ducilene Belezinha (na vaga de Detinha); Socorro Waquim (vaga de Rigo Teles); Ariston Gonçalo (na vaga de Marcelo Tavares); Zito Rolim (na vaga de Márcio Honaiser); Valéria Macedo (na vaga de Ana do Gás); Marcos Caldas (no lugar de Pastor Cavalcante); Pastor Ribinha (no lugar de Wendell Lages); Fábio Braga (na vaga de Fernando Pessoa) e Toca Serra (na vaga de Rildo Amaral).

Alguns dos mandatos devem durar até o final do atual período legislativo.

Outros vão até pelo menos abril de 2022…

Marco Aurélio D'Eça

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *