0

Imperatriz: drenagem profunda, pontes e limpeza de riachos diminuem alagamentos

Medidas tomadas pela gestão do prefeito Assis Ramos visam melhorar a qualidade de vida da população, com mais segurança para enfrentamento do período chuvoso

 

A Prefeitura de Imperatriz trabalha na construção de drenagens profunda nos Parques Alvorada I e II, e outras regiões, visando reduzir pontos de alagamentos durante o período chuvoso. Medida visa diminuir os transtornos causados pelas chuvas e melhorar a qualidade de vida da população da segunda maior cidade do Maranhão.

O município construiu 620 metros de drenagem profunda na Rua Mário Bambila; 590 na Campinas; 80 na Avenida Estocolmo; 15 na Rua Alcântara e investe 30 metros na Itaúna, no Parque Alvorada I. No geral, chega a 1335 metros de drenagem profunda. Investimento em drenagem profunda é realizado pelo município para diminuir os impactos causados pelas chuvas no bairro.

Também foram construídos 1250 metros de drenagem superficial na Avenida Estocolmo, no Parque Alvorada I. Além disso, foram realizadas intervenções de limpeza de bueiros e bocas de lobo; troca de manilhas; retirada de entulhos objetos do leito dos riachos e córregos através do efetivo programa Cata Treco.

“A Prefeitura realiza ações permanente de manutenção de redes de drenagens profunda, inclusive substituindo antigas galerias com apresentavam problemas durante os rigorosos períodos chuvosos em Imperatriz”, descreve o secretário de Infraestrutura, Zigomar Filho.

Segundo ele, o município realizou ainda uma “força-tarefa” de limpeza da calha do riacho Cacau, e de outros riachos, utilizando máquinas pesadas e caçambas para remoção de entulhos e, principalmente, aprofundamento do leito dos rios que cortam a cidade de Imperatriz. “Essas ações foram pontuais para evitar alagamentos em alguns bairros, reduzindo os impactos das intensas chuvas na cidade”, disse ele.

Parque Alvorada II

O secretário Zigomar Filho e o coordenador da Defesa Civil, Josiano Galvão, definiram, ainda no ano passado, ‘plano de ação’ para contenção de alagamentos nos bairros de Imperatriz, como por exemplo, construção de galeria na Avenida Principal para escoamento d’água da grota da Infraero, no Parque Alvorada.

Também consta a construção de 460 metros de drenagens profunda na Rua Primavera, e 124, na Castro Alves, para melhorar o escoamento de águas pluviais. Foram colocados ainda bueiros em diversas ruas para canalização de água no bairro.

Outra medida para reduzir o grande volume d’água no riacho Cacau, no inverno, foi a construção de um muro de contenção na região do Parque Alvorada II. Barreira evitou que vários imóveis fossem atingidos e, que, famílias fossem atingidas pela enxurrada.

Marco Aurélio D'Eça

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *