5

Em São Luís, candidatos temem ligação com Bolsonaro…

Candidatos que pertencem ou têm em suas coligações partidos vinculados diretamente ao presidente da República – representante da extrema direita racista, machista e homofóbica –  tentam esconder ao máximo este fato, inclusive com ações judiciais

 

Braide rejeita ligação com Bolsonaro, mas tem em sua aliança Roberto Rocha, Edilázio Júnior e Aluísio Mendes, todos nesta foto com o ministro bolsonarista Marcos Pontes

Agora isolado na América como representante da extrema direita – após mudanças de rumo na Argentina, na Bolívia a e nos Estados Unidos – o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) parece ter doença contagiosa em São Luís.

Isso explicaria a resistência com que os candidatos Eduardo Braide e Duarte Júnior rejeitam o rótulo de serem ligados ao bolsonarismo, apesar de partidos da base do Governo Federal estarem em suas coligações.

Tanto Braide quanto Duarte, cujos partidos – Podemos e PRB, respectivamente – dão apoio direto a Bolsonaro em Brasília, já entraram na Justiça para impedir que adversários façam ligações deles com o presidente.

A explicação estaria nas pesquisas qualitativas, que mostram a rejeição do presidente na capital maranhense.

No caso de Braide, por exemplo, até mesmo os principais representantes de Bolsonaro no Maranhão, como o senador Roberto Rocha (PSDB) e o deputado federal Aluísio Mendes (PSC), têm sido mantidos distantes da campanha.

Duarte Júnior, por sua vez, conseguiu na Justiça Eleitoral impedir o adversário Rubens Pereira Júnior (PCdoB) de fazer referências à ligação do seu partido com a base bolsonarista.

Ao lado de Brandão e Cléber Verde, Duarte Júnior assina em Brasília ficha no PRB, cuja base, a exemplo de Celso Russomanno, é vinculada diretamente ao governo Bolsonaro

Já o candidato declaradamente bolsonarista – pastor Sílvio Antonio (PRTB) – amarga índices abaixo de 1% nas pesquisas.

Após mudanças na Argentina, na Bolívia e nos Estados Unidos, Bolsonaro é hoje no continente americano o único representante da direita extremista racista, machista e homofóbica, predicados que não são exatamente lisonjeiros na política moderna.

E ter vinculação com essas “bandeiras” – por mais conservadores que sejam os candidatos – é fator de perda de votos.

Por isso Breiade e Duarte querem passar longe da ligação com o presidente…

Marco Aurélio D'Eça

5 Comments

  1. os candidatos Braide, Neto e Duarte não querem vincular sua imagem ao do presidente, pois sabem que aqui no MAranhão que o pseudocristão-miliciano tem ampla rejeição e perderão muitos votos.

  2. Amigo politica não é automatizada e Pensar dessa forma é imaginar que somos anencefálicos.

  3. Marco,
    E o Neto Evangelista? É do DEM, esta coligado com o PSL, MDB, PTB…. Enfim, mas um bolsonarista enrustido.

  4. Até hoje com esse papinho canalha e mentiroso de direita racista? Não tem vergonha de escrever um lixo desses não? Se bem que a quem não tem como fazer uma critica construtiva baseada na verdade só sobra o “jus esperniandi” mesmo kkkkkkkkk Canalhas como você são o atraso e a vergonha do mundo!

  5. Eu nao sei porque? Bolsonaro nunca roubou o pais, não tem uma noticia de corrupção no governo dele. Já o Rubens linguiça enaltece o maior Ladrão do mundo LULA e os idiotas analfabetos acham isso lindo, eligiar ladrão. Por isso é que o Maranhão é o pior estado do pais, pq a maioria do povo daqui é burro, achar que um ladrão safado igual LULA foi bom para a nação. Alguém tem que dizer pra esse bando de idiota que esse ladrão acabou com vida deles, por isso é que esse pasi esta nessa crise miseravel, por causa desse vagabundo e quadrilha dele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *