2

Com liderança de Weverton, PDT sai fortalecido das eleições 2020

Com maior número de prefeitos e vereadores eleitos, legenda cresceu 40% em comparação com a eleição de 2016, chegando ao comando de 42 municípios maranhenses, fortalecendo o projeto de 2022

 

Weverton Rocha comanda a máquina partidária mais vitoriosa nas eleições de 2020 em todo o Maranhão, fortalecendo seu projeto de 2022

 

O PDT foi o partido que elegeu o maior número de prefeitos e de vereadores no Maranhão.

A legenda, presidida no estado pelo senador Weverton, teve um crescimento significativo. De 30 prefeitos eleitos em 2016, o partido passa a ter 42 para o mandato que vai de 2021 a 2024.

O número de vereadores eleitos pelo partido também subiu de 206, em 2016, para 350 nas eleições deste ano.

“Tivemos um domingo de muitas vitórias no nosso estado, com a defesa do trabalhador chegando como uma bandeira forte, que alcançou o coração das pessoas”, declarou o presidente do PDT no Maranhão, senador Weverton (PDT).

O senador em discurso para militantes de todo o maranhão: partidos aliados também somaram prefeitos que podem contribuir para 2022

Weverton atribui o crescimento da legenda ao trabalho de organização das bases partidárias em todo o estado e a gestões eficientes.

“Fizemos alguns dos prefeitos mais votados do estado, como Erlânio Xavier, em Igarapé Grande, e dr. Erik, em Balsas, que obtiveram 84,44% e 83,97% dos votos respectivamente, isso em uma reeleição. Essa votação expressiva é o resultado de gestões bem feitas, porque o partido tem ótimos quadros”, completou o senador.

Partidos aliados

Em suas páginas nas redes sociais, Weverton parabenizou os eleitos do seu partido e de partidos aliados.

“Além dos quadros do PDT, temos ótimos nomes de outros partidos, aliados nossos, que foram reconhecidos nas urnas. É o fortalecimento de um projeto de compromisso com o Maranhão, que aposta na renovação de idéias e em gestões eficientes para resolver os problemas da população”, declarou o presidente estadual do PDT.

Marco Aurélio D'Eça

2 Comments

  1. Quem é atento a cena política percebeu que esse suposto fortalecimento não é o que parece. Duas derrotas tiveram grande simbolismo para a corrida de 2022. Em Colinas WR garantiu a eleição de Antônio Carlos. Em SLZ apostou e se doou pra Neto. Perdeu as duas. E pra quem? Carlos Brandão/Josimar. Em ITZ o PDT ficou de fora. Em Timom os Leitoa, ligados a FD. Fora caxias. Perdeu nos principais municípios.

    • ALEXANDRE,

      Esqueceu de citar Codó, município em que a estratégia política do referido senador foi desastrosa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *