2

Simplício critica foco de Bolsonaro em liberação de armas

Para o secretário de Indústria e Comércio do Maranhão, Governo Federal deveria estar preocupado com o risco de falta de vacinas e o aumento de casos de CoVID-19, com novas variantes do coronavírus espalhados no país

 

Simplício Araújo bateu forte em Bolsonaro pelo foco excessivo na liberação de armas no Brasil

O secretário de Indústria e Comércio do Maranhão, Simplício Araújo (Solidariedade), criticou o governo Jair Bolsonaro, nesta segunda-feira, 15, pelo foco excessivo no debate sobre liberação de armas no Brasil.

– Vacinas acabando em todos os estados, mais de 90% da população sem data nem prazo para ser imunizada, novas cepas circulando pelo país exatamente neste hiato de imunização. A pauta deveria ser foco total na imunização, mas o Governo Federal prioriza liberação de armas – afirmou o gestor.

A pauta do governo Bolsonaro atende a interesses diretos dos filhos do presidente, maiores defensores da liberação de armas no país.

E o descaso com o combate ao coronavírus é uma pauta do próprio presidente, desde o início da pandemia, ainda no ano passado…

Sem categoria

Marco Aurélio D'Eça

2 Comments

  1. Uma pauta não exclui a outra.
    O direito de ter uma arma legalizada já foi decidido em plebiscito a mais de uma década e nunca foi respeitada a vontade da maioria.

  2. É porque pra esse pilantra arma só quem pode ter arma é vagabundo. Pq vagabundos pra eles são vitima da sociedade, olha só a inversão. Eu quero ver é quando o vagabundo colocar arma na cabeça dele e da familia dele, o que ele vai dizer. Esses caras são um bando de safado mesmo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *