3

A integração efetiva do grupo de Weverton Rocha…

Pela primeira vez em anos, um senador consegue liderar um grupo com espaços de poder para todos os seus membros e ações integradas envolvendo deputados estaduais, prefeitos, vereadores e deputados federais em todo o estado

 

Weverton mantém alianças com Edivaldo Júnior, com Othelino Neto, com Osmar Filho e com diversos deputados federais, estaduais, prefeitos e vereadores

Análise de conjuntura

Principal nome da corrida pela sucessão do governador Flávio Dino (PCdoB), o senador Weverton Rocha (PDT) conduz um grupo que envolve não apenas seus aliados mais próximos, mas também líderes de instâncias de poder com peso estadual.

E a integração com que as ações dessas instituições são efetivadas garante não apenas benefícios à população, mas cria a argamassa necessária para construir de forma sólida a própria trajetória do líder pedetista rumo ao governo.

Weverton Rocha conta com o apoio aberto do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Othelino Neto (PCdoB), do presidente da Federação dos Municípios (Famem), prefeito Erlânio Xavier (PDT), e do presidente da Câmara Municipal de São Luís, vereador Osmar Filho (PDT).

Além disso, mantém alianças consolidadas com a maior parte da bancada federal maranhense e com mais da metade dos membros da Assembleia Legislativa.

Erlânio Xavier, na Famem, por exemplo, articula a relação com os prefeitos, que têm estado cada vez mais em Brasília, acompanhados diretamente pelo senador, seja nos ministérios, em busca de recursos diretos do Governo Federal, seja na garantia da liberação de emendas parlamentares para obras nas cidades.

Othelino Neto também é aliado de peso, com força estadual, inclusive, para pleitear a vaga de senador ora ocupada pelo tucano Roberto Rocha.

Já o vereador Osmar Filho mantém uma forte agenda de integração com os colegas vereadores no interior do estado, fortalecendo a base do poder municipal.

Erlânio Xavier é o principal articulador da relação com os prefeitos maranhenses, com forte atuação em todos os municípios

Weverton Rocha, portanto, empodera aliados e consolida alianças desde os mais altos escalões da política local, em Brasília, até os círculos adjacentes da política local, mesmo nos menores municípios.

Entre 2016 e 2018, o blog Marco Aurélio D’Eça contou a trajetória do senador pedetista, desde a perspectiva de ser candidato a senador, até o ponto em que ele tornou irreversível sua candidatura, vitoriosa com quase 2 milhões votos, a maior votação já registrada no Maranhão. (Relembre aqui, aqui, aqui e também aqui)

É com esta mesma capacidade de aglutinação e socialização do poder que o senador vai tornando também irreversível a disposição do seu nome para apreciação do eleitor maranhense em 2022.

E vai ocupando cada vez mais espaços…

Marco Aurélio D'Eça

3 Comments

  1. É sabido que quem chega primeiro na fonte bebe água limpa.
    2022 é logo ali

  2. Marcos, sou leitor assiduo do seu blog, entendo que e legitima a candidatura da eaquerda maranhense.. Mais a esquersa vai disputar a eleição na oposição, o candidato sentado na cadeira de governador será Carlos Brandão. Sendo assim, Alema em 2022 vai ser renovada e muitos dos deputados de mandato.não se reelegem e nem sai candidato.

  3. A partir de março de 2022 quem vai estar no governo é Carlos Brandão, e prefeitos e demais políticos vão depender exclusivamente dele. Portanto, essa mania de Weverton, aliados e blogueiros cantarem vitória é precipitado demais!!
    A ambição desse senador com um histórico péssimo é enojado também!!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *