11

De como este blog anteviu a anulação dos processos de Lula…

Desde o início das investigações contra o ex-presidente, os posts publicados nesta página mostravam o golpe perpetrado para impedir a participação do PT e criminalizar as esquerdas nas eleições de 2018, o que agora foi confirmado no Supremo Tribunal Federal

 

De máscara, que só retirou no momento da coletiva, ontem, Lula retomou seu protagonismo na história; e influenciou diretamente a Bolsonaro

Editorial

12 de julho de 2017. O blog Marco Aurélio D’Eça publica o post “Condenado por Moro, Lula agora corre contra o tempo para disputar 2018…”.

Tratava-se de uma análise da decisão do juiz da Lava Jato, cuja postura já vinha sendo contestada neste blog desde 2014, quando iniciou-se a fase judicial do golpe que começou a ser montado ainda em 2013, no governo Dilma.

Esta contestação foi resumida em 10 de abril de 2018, no post “As três fases do golpe no Brasil…”, que mostrou a orquestração dos barões de São Paulo com a mídia quatrocentona e parte do Judiciário para impedir Lula de ser candidato presidencial.

Um pouco antes disso tudo, mais precisamente em 18 de março de 2016 – pouco mais de um ano antes da condenação de Lula – o blog Marco Aurélio D’Eça aponta para “O risco iminente de um golpe do Judiciário” , análise da usurpação de poder por Sérgio Moro.

A partir da condenação do ex-presidente petista, este blog passou a cobrar pela anulação do processo em sucessivos posts; chegou a frustrar-se algumas vezes, achando que isso seria possível já na segunda e terceira instâncias da Justiça, o que não ocorreu.

Em 16 de junho de 2019 – quando estourou as revelações do site The Intercept, que revelaram as armações políticas de Sérgio Moro e do procurador Deltan Dallagnol – o blog Marco Aurélio D’Eça apontou, sem pestanejar: “Julgamento de Lula precisa ser anulado…”

– Independentemente de o ex-presidente ser ou não culpado, a decisão do juiz Sérgio Moro, em conluio com o procurador Deltan Dallagnol, está marcada por posicionamento político e esquemas de forja de provas; e tinha um objetivo: tirar o PT das eleições de 2018 – já afirmava o blog, naquela época.

O blog Marco Aurélio D’Eça sempre registrou a postura política de Dallagnol e de Moro no caso Lula, agora confirmada pelo STF

Nesta época, Moro já era ex-juiz e ocupava cargo de ministro do governo Jair Bolsonaro, eleito graças também às suas manipulações judiciais.

17 de setembro de 2019. O blog Marco Aurélio D’Eça faz auto-referenciação ao lembrar os passos do golpe contra Lula, no post “História vai confirmando o golpe no Brasil…”.

Fritado por Jair Bolsonaro desde agosto de 2019, Sérgio Moro deixou o governo em 24 de abril de 2020, em meio a uma troca de acusações com o próprio Bolsonaro por causa de interferências na Polícia Federal. (Relembre aqui e aqui)

Nesta época, várias ações já questionavam a imparcialidade do ex-juiz e pediam a anulação das condenações de Lula, processos que tramitavam no Supremo Tribunal Federal.

Até culminar na decisão do ministro Edson Fachin, em 8 de março de 2021 – também conhecida como última segunda-feira – anulando todas as condenações impostas a Lula por Sérgio Moro.

O impacto da presença política de Lula fez Bolsonaro mudar sua postura como presidente e deixou Moro em silêncio

O impacto disto já foi medido pelo blog Marco Aurélio D’Eça, nos posts “O Impacto de Lula em 2022”, publicado no dia seguinte; e no post de ontem: “Lula faz o contraponto perfeito a Bolsonaro…”

E esta foi a linha do tempo do blog Marco Aurélio D’Eça para o caso envolvendo o ex-presidente petista, o PT, os barões brasileiros, o ex-juiz Sérgio Moro e o arroto da história chamado Jair Bolsonaro.

História que ainda registrará muitos capítulos até 2022.

Com o blog sempre presente para fazer o leitor entendê-la…

Marco Aurélio D'Eça

11 Comments

  1. Lula é tão inocente qt José Dirceu, Flávio Bolsonaro, Cabral, Cunha…. enfim a lista de políticos inocentes é longa e de acordo com a simpatia/idolatria dos eleitores/ imprensa. Com todas as provas contra Lula ainda tem acéfalo que nem acredita, mas finge acreditar na inocência do sujeito que mente mais do que o próprio pai da mentira.

  2. Excelente texto baseado nas evidencias conspiratórias reptilianas a la QAnon de que “meu rei não pode ser preso”. Os mesmo argumentos usados pele ptzada desde sempre. Sempre apontando incongruências jurídicas, mas nunca negando os crimes descarados e colossais feito pelo rei dos burros e sua corja. Ate porque não tem como negar. Por $$$$$orte, fachin, o mesmo que nao deixa policia entrar nas favelas, deu uma de doido e tirou luladrao dos processos de curitiba. E assim caminha o brasil.

    Resp.: Errado. O Brasil caminha como quer o arroto histórico chamado Bolsonaro. Felizmente, agora, temos perspectiva e esperança de mudança…

    • Esperança e mudança foi a mesma conversa de FD para acabar com o MA e empurrar o estado para as profundezas da miséria e atraso. E se dizendo progressista. É o estuprado tendo esperança e confiança no estuprador.

  3. Se existiu um acordo para condenar.
    Você está dizendo que existe um acordo agora para inocentar?
    Então não tem justiça, qual o interesse desse acordo para livrar da cadeia um condenado? Os fatos não mudaram, apenas fizeram uma nulidade processual.

  4. Agora o feitiço virou contra o feiticeiro. O marreco de Maringá vai se lascar.

    • Te segura que a taca vai ser grande. Na próxima pesquisa datafolha o Lula já vem fungando no cangote do miliciano. Olha a taca!!!

      • Mané, ibope e datafolha só erram para a esquerda. E ai, o resultado das urnas é outro.

  5. que seja este LADRÃO a representar a esquerda ladrona…que seja o representante desses jornalista militantes acostumados ao dinheiro público.. ele não foi inocentado dos seu crimes.. APENAS O FACHIN entende que ele não só roubou na Petrobras. mais sim em todos os ministério pois deveria ser julgado pele justiça Federal de Brasília. continua ladrão…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *