3

A importância das pesquisas no ano pré-eleitoral…

Levantamentos de agora – alguns já concluídos; outros em conclusão –  servem para balizar estratégias e definir rumos políticos e partidários, mostrando quem tem potencial de largada e de chegada na disputa de 2022

 

Tanto Brandão quanto Weverton sabem que as pesquisas são fundamentais para convencer Flávio Dino das chances reais de cada um na disputa de 2022

Engana-se quem tenta desqualificar as pesquisas de intenção de votos neste momento pré-eleitoral, faltando pouco mais de um ano e seis meses para o pleito de 2022.

É exatamente neste momento que as lideranças políticas e os partidos começam a delinear suas estratégias; e para isso precisam ter uma baliza para seus movimentos.

Alguns institutos já realizam pesquisas no atual momento da pré-campanha, a maioria de consumo interno; já o Instituto Escutec deve divulgar o seu levantamento no próximo sábado, 27.

Sem estes números para analisar, nenhum candidato chega longe ao processo eleitoral, já que não terá luz sobre seus movimentos políticos, partidários e eleitorais.

Desqualificar as pesquisas neste momento é uma estratégia equivocada – e mostra muito de quem sabe que terá dificuldades para se viabilizar.

Até por que, é a opinião do eleitor neste momento – espontânea ou estimulada – que mostrará os candidatos com reais chances de, ao menos entrar na disputa de 2022.

É simples assim…

Marco Aurélio D'Eça

3 Comments

  1. Até agora ninguém escreceu o óbvio… Brandão tem Biografia Politica, saúde financeira, já disputou várias eleições e ele nãoooooo vai abrir mão de disputar a reeleição… pesquisa é importante para quem precisa viabilizar candidatura fora do cargo de governador. BRANDÃO tem.a expectativa de.poder e isso conta muito

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *