0

“Vamos buscar o consenso de 2014 e 2018”, diz Márcio Jerry sobre candidato

Presidente regional do PCdoB, secretário de  Cidades se manifestou em entrevista ao quadro Bastidores, do programa  Bom Dia Mirante, e disse que tanto Carlos Brandão quanto Weverton Rocha sabem o caminho que o grupo de  Flávio Dino percorreu para chegar até aqui

Márcio Jerry falou sobre Secid, política e eleições 2022 na conversa com o jornalista Clóvis Cabalau

O presidente regional do PCdoB, deputado federal Márcio Jerry, ressaltou nesta segunda-feria, 14, em entrevista ao quadro Bastidores, do programa Bom Dia Mirante, que o consenso da base ainda é o principal critério da escolha do candidato a sucessor do governador Flávio Dino em sua base.

– Termos mais de um candidato na base é um sinal bom. É sinal de arejamento da política. mas vamos buscar o consenso, como fizemos em 2014 e 2018 – ressaltou Jerry.

Perguntado pelo jornalista Clóvis Cabalau sobre a preferência de Flávio Dino, o secretário deixou claro que tanto o vice-governador Carlos Brandão quanto o senador Weverton Rocha têm legitimidade para pleitear a vaga.

– É preciso ter capacidade de agregação e uma conexão direta com o povo. Mas também é necessário que garanta o compromisso de continuar esse ciclo virtuoso que Flávio Dino implantou e dar um passo adiante. Tanto Weverton quanto Brandão são testemunhas; ambos sabem o caminho que percorremos para chegar até aqui – ponderou. 

Márcio Jerry falou ainda sobre a situação do PCdoB e disse que ainda será necessário aguardar a votação das regras eleitorais de 2022 para qualquer tomada de posição.

– O PCdoB vai completar 100 anos. Tem uma forte presença social. Imprescindível ao país. Estamos trabalhando para a federação partidária. Até o final de junho teremos mais clareza quanto a isso, para uma decisão, inclusive sobre a saída do governador  Flávio Dino – afirmou.

O secretário voltou também a dizer que o governo espera uma manifestação do preito Eduardo Braide para a “retomada da parceria em São Luís”.

E apresentou as ações da Secid na capital e no interior do estado…

Marco Aurélio D'Eça

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *