0

Carlos Brandão vai ter que escolher entre o PT e o PSDB…

Se aceitar virar “esquerdista” e for aceito no PSB de Flávio Dino, para tentar dar palanque ao ex-presidente Lula, vice-governador terá que abrir mão do PSDB; por outro lado, se decidir ficar no ninho tucano, onde tem raízes ideológicas, ele já sabe que perderá o apoio petista, provavelmente para oi senador Weverton Rocha

 

Brandão comemorou o apoio do Cidadania – sem a senadora Eliziane Gama – mas não disse que terá que ficar no PSDB para manter esta aliança

O vice-governador Carlos Brandão vive nestes meses que antecedem sua posse como governador uma espécie de escolha de Sofia: até abril, ele terá que escolher entre o PT ou o PSDB como seu partido nas eleições de outubro.

E a escolha de um excluirá, automaticamente, o outro de sua base

Para piorar a situação do candidato de Flávio Dino (PSB), qualquer que seja a sua escolha estará, pondo um dos lados no colo do senador Weverton Rocha (PDT), que já lidera as pesquisas de intenção de votos.

No fim de semana, Brandão e seus aliados comemoraram apoio do Cidadania à sua candidatura; mas esconderam na divulgação que esse apoio se dará por causa da federação partidária que o Cidadania está construindo com o PSDB.

Ou seja, o apoio impõe a Brandão que permaneça no PSDB; e permanecendo na federação tucana, perderá automaticamente o PT, que já namora abertamente com o senador  Weverton.

Ocorre que o PT é o sonho de consumo do atual governador  Flávio Dino, que vem forçando uma transferência de Brandão para o seu partido, o PSB, exatamente para poder ter o ex-presidente Lula em seu palanque.

Se Brandão decidir deixar o PSDB para atender Flávio Dino, perderá automaticamente não apenas o controle do ninho maranhense, mas também o próprio Cidadania.

E os dois partidos tendem a desembarcar, automaticamente, no palanque de Weverton.

Embora faça festa a todo momento tentando vender a ideia de articulação política, Brandão sabe que sua situação é uma das mais difíceis do ponto de vista partidário.

Mais cedo ou mais tarde, porém, terá que escolher entre a cruz e a espada…

Sem categoria

Marco Aurélio D'Eça

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *