2

Presença de Edilázio em café de Aluisio e Roberto Rocha é recado também para Edivaldo Jr….

Deputado federal preside o PSD no Maranhão – partido pelo qual o ex-prefeito de São Luís pretende concorrer ao Governo do Estado – e, embora, não tenha dado declarações no encontro com os colegas de bancada, já se posicionou pelo apoio da legenda à reeleição do senador do PTB

 

Edilázio publicou em suas redes sociais a própria foto do encontro com Roberto Rocha, em que foi reafirmado a aliança pela reeleição do senador petebista

 

O deputado federal Edilázio Júnior, presidente do PSD no Maranhão, participou do café da manhã em que o colega Aluisio Mendes reafirmou apoio do PSC ao senador Roberto Rocha (PTB) e emparedou o candidato do partido ao governo, Dr. Lahésio Bonfim.

A presença de Edilázio aponta para outra direção, uma vez que o deputado federal já decidiu que o PSD também irá apoiar Roberto Rocha; sua presença no encontro matinal é, portanto, também um recado ao candidato do seu partido ao governo, o ex-prefeito de São Luís Edivaldo Jr.

Logo que foi lançado candidato pelo PSD, ainda em 2021, Edivaldo esteve com então governador Flávio Dino (PSB) no Palácio dos Leões, encontro revelado pelo Jornal Pequeno, em que teria firmado compromisso de apoiar o comunista para o Senado.

À época, após a revelação desse encontro, Edilázio declarou “chance zero” de apoiar o comunista.

Edilázio tem enfrentado cada vez mais dificuldades para arrancar de casa o candidato do seu partido para as missões de campanha no interior

O tempo passou e o PSD enfrenta dificuldades em tocar a campanha de Edivaldo por absoluta falta de vontade do candidato; a articulação em torno de Roberto Rocha seria uma forma de pressionar o ex-prefeito a um compromisso mais efetivo com a campanha.

O blog Marco Aurélio D’Eça apurou que em relação às próprias candidaturas – de governo e de senador na chapa – Edivaldo tem revelado a amigos mais próximos que ainda depende “do aviso de Deus” para se decidir.

Mas esta é uma outra história…

Sem categoria

Marco Aurélio D'Eça

2 Comments

  1. Creio que Edivaldo fez a escolha errada em ir pra esse grupo, deveria ter ficado no grupo comandado por flavio Dino, com certeza seria governador na proxima eleicao.

  2. Edivaldo não tem brilho próprio, na política sempre precisou ser carregado por alguém. Se tivesse personalidade política seria um candidato imbatível ao governo do estado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *