4

Organização criminosa de Eduardo DP opera desde o início do governo Flávio Dino/Brandão

Empresário preso nesta quarta-feira, 20, pela Polícia Federal comanda a Construservice, mantém contratos na Sinfra investigados pelo GAECO do Ministério Público maranhense desde 2015

A cara de Cleyton Noleto, Eduardo DP e Flávio Dino para o contrato de mais de R$ 700 milhões da Sinfra mostra o quanto o Imperador tinha espaço entre os comunistas

Análise da notícia

Preso nesta quarta-feira, 20, em operação da Polícia Federal, o empresário Eduardo DP é um dos maiores empreiteiros do governo Flávio Dino/Carlos Brandão (ambos do PSB) desde o início da gestão.

Por intermédio da empresa Construservice, DP operava contratos milionários na Secretaria de Infraestrutura, suspeitos de servirem para lavagem de dinheiro.

Espécie de pária entre os empresários do setor no Maranhão, Eduardo DP enriqueceu a partir da gestão de sua mãe em Dom Pedro (daí o motivo da sigla DP), quando passou a ser conhecido por Imperador.

Mas tinha pouco acesso a obras estaduais e federais.a

Foi a partir do governo Flávio Dino que o Imperador passou a ter acesso às obras do estado. Chegou a viajar e posar para fotos ao lado do ex-secretário Cleyton Noleto.

Dono de aeronaves usadas por membros do governo comunista, o empresário ganhou obras também na Secretaria de Educação e de Cidades, o que deu-lhe estofo para alcançar também obras nacionais e em outros estados.

O mesmo esquema se manteve no governo-tampão de Carlos Brandão, e vinha operando normalmente até a chegada da Polícia Federal ao estado.

A prisão desta quarta-feira, 20, é apenas o início das investigações que devem alcançar também agentes do governo e parlamentares federais e estaduais.

 

Sem categoria

Marco Aurélio D'Eça

4 Comments

  1. Esse indivíduo não já tinha sido preso antes, pelos mesmos crimes? mesmo assim o estado continuou operando com ele? agora entendo a razão de o Maranhão se encontrar em último lugar dentre os estados da federação. Eita Maranhão velho lascado!!

  2. Marcos,
    A Operação de hoje, não foi sobre Dinheiro Federal, da CODEVASP?!?!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *