0

Saulo Arcangeli conversa com jornalistas da Mirante AM

O candidato do PSOL ao Governo do Estado, Saulo Arcangeli, conversa neste momento com os jornalistas  da rádio Mirante AM, no segundo dia de sabatinas da emissora.

A sabatina é coordenada e mediada pelo jornalista Roberto Fernandes, apresentador do programa Ponto Final.

Saulo vai falar sobre sua candidatura, projetos e responder a perguntas de temas livres feitas pelos jornalistas.

A entrevista vai até às 10 horas…

17

Cúpula da PM recua e tira das ruas policiais que abordaram promotor surtado

A cúpula da Polícia Militar anunciou hoje à tarde o afastamento das ruas dos policiais que abordaram o promotor Zanony Passos em uma churrascaria do Vinhais, na madrugada de sábado.

A decisão teve o aval da secretaria de Segurança, mas não deixa de ser um recuo, como se admitissem não ter convicção de nada do que aconteceu.

Sobretudo após a publicação desta foto no blog de Daniel Matos, em que Passos aparece com o rosto desfigurado. Ele alega ter sido agredido pelos PMs.

O histórico do promotor não gera expectativas de que ele esteja certo. Ele é conhecido na cidade como “promotor” de confusões em ambientes públicos e até no condomínio onde mora.

Além disso, segundo o programa Abrindo o Verbo, da Mirante AM, ele teria um tio no Estado Maior da PM.

E a própria PM diz que só em caso de resistência à prisão é que os policiais reagem. 

Após o recuo da PM fica a dúvida se a decisão tenha sido influenciada pela pressão da Cúpula do Ministério Público.

E se o comando da PM agiria da mesma forma se do outro lado estivesse um cidadão comum.

Leia aqui o blog de Daniel Matos 

35

A confusão mental de Flávio Dino…

Flávio Dino começa assim o seu atual programa no horário eleitoral:

– Estamos em Açailândia para mostrar o quanto o Maranhão é rico.

Em seguida, se contradiz:

– Esta é a Ferrovia Carajás. Por ela passa muita riqueza. Mas apenas passa, porque o que fica é a miséria.

O que é isso, companheiro? O Maranhão é rico ou miserável?

0

Jackson apóia Ficha Limpa e diz que, caso seja afastado, vai decidir com PDT e PSDB o que fazer

O candidato do PDT ao Governo do Estado, Jackson Lago, disse hoje não acreditar que tenha mesmo o seu registro de candidatura indeferido no Tribunal Superior Eleitoral. Mas deu a entender que será substituído caso issso venha a ocorrer.

– Não acredito que venham cometer mais esta violência contra mim. Mas, se porventura, isso vier a ocorrer, vou reunir o meu partido (PDT) e os partidos aliados (PSDB e PTC) para decidir o que fazer – disse o ex-governador.

O canddidato fezz questão de afirmar que apoia a Lei da Ficha Limpa. Para ele, este apopio deve ser de todo cidadão com passado limpo.

– Tenho minha vida limpa. E qualquer cidadão limpo deve apoiar a Ficha Limpa – disse ele.

Ao estabelecer como parâmetro a discussão com PDT e PSDB para decidir o futuro de ssua coligação , Jackson praticamente descarta a aliança com outros partidos da oposição no caso de afastamento a da disputa.

Até porque, a pergunta do jornalista Jorge Aragão foi a seguinte: “o senhor apoiaria outro candidato ou seria substituído”.

O ex-governador também não respondeu à pergunta de Mário Carvalho, sobre ter pensado na hipótese de ser substituído pela mulher, Clay Lago, ou pelo filho, Igor Lago – embora tenha afirmado que é importante a renovação das lideranças políticas.

A sabatina de Jackson Lago foi a primeira da série da Mirante AM com os candidatos a governador. Amanhã, o entrevistado será o candidato do PSOL, Saulo Arcangeli.

A entrevista na Mirrante Am começa sempre às 8h30…

5

Jackson Lago avaliza derrubada do Costa Rodrigues

O ex-governador Jackson Lago (PDT) responsabilizou o atual governo pela não recconstrução do Ginásio Cossta Rodrigues, demolido eem seu governo. Ele demonstrou completa sintonia com a ação do seu ex-secretário de Esporrtes, Weverton Rocha (PDT), responsável pela obra.

– O governo fez com o Costa Rodrigues o mesmo que fez com a Prefeitura de São Luís, bloqueando os recursos para que a obra não fosse feita – disse o ex-governador.

Segundo explicou o ex-governador, a empresa contratada em seu governo fez a demolição e comprou todo o material para reconstruir a obra, mas a Secretarria de Esportes impediu a continuação do trabalho.

Jackson entra agora na última fase da entreistta à Mirante AM.

4

“Meu governo não avaliou corretamente o processo no TSE”, admite Jackson

Jackson na Mirante AM

O ex-governador Jackson Lago (PDT) reconheceu hoje ter cometido o maior erro do seu governo contra ele ao não avaliar corretamente o processo que tramitava no Tribunal Superior Eleitoral.

– Não podíamos imaginar que seria possível afastar um governador eleito por mais de 1,4 milhão de eleitores – disse Jackson, durante sabatina da rádio Mirante AM.

Na verdade, o problema de Jackson foi a arrogância do seu primo, Aderson Lago (PSDB), que era chefe da Casa Civil e desdenhou do processo.

O resultado foi a cassação do seu mandato, em abril de 2009…

0

Jackson Lago sabatinado na Mirante AM

Mantendo a  tradicional pontualidade, ex-governador Jackson Lago (PDT) encontra-se agora (8h05) no estúdio da rádio Mirante AM, onde concede enrevista à equipe de jornalismo da emissora, com participação também dos profissionairs do jornal “O Estado do Maranhão” – estre eles o titular deste blog.

A entrevista, com tema livre, durará 1 hora e meia e será comandada pelo jornalista Roberto Fernandes.

A Mirante AM promove a série de entrevistas com todos os candidatos. A série começa com Jackson e se encerra no sábado, com a governadora Roseana Sarney.

Este blog acompanhará todas as entrevistas, com informações em tempo real…

23

Jackson mente também sobre estradas no programa eleitoral…

A fita métrica usada pela atriz Aline Pereira, desmascarada como mentirosa em 2006, tenta criar uma ilusão de ótica sobre o governo de Jackson Lago (PDT).

Basta comparar os sete anos de Jackson/José Reinaldo com os menos de 1 ano e meio do governo Roseana para perceber a mentira, em qualquer setor.

No setor da infra-estrutura, por exemplo, uma rápida olhada mostra a diferença de ações.

Nos sete anos em que a dupla esteve à frente do governo, de 2002 a 2009, foram pavimentados apenas 459,15 km de estradas. 

Quando assumiu o governo, ano passado, Roseana reconstruiu o mapa rodoviário do Maranhão com o Programa Viva Infra-estrutura, que levou obras aos quatro cantos do estado. A governadora restaurou 551,05 km, pavimentou 217,4 km, num total de 768,45 km.

Detalhe: o programa foi lançado dia 31 de julho de 2009, isto é, há pouco mais de um ano.

Traduzindo: Roseana, nesses 12 meses, pavimentou e recuperou quase o dobro de Jackson e Zé Reinaldo em sete anos.

E o serviço continua. Até o final de 2010, serão cumpridas as metas do programa rodoviário, que é recuperar 1,5 mil quilômetros de estradas.

Para quem ainda duvida, segue abaixo o detalhamento das estradas restauradas/pavimentadas pelo atual governo: 

ESTRADAS/RESTAURAÇÃO

MA-202 – Estrada da Maioba – 9 km
MA-020 – Presidente Vargas/BR-222 – 11,6 km

MA-020 – Vargem Grande/Nina Rodrigues – 10 km

MA-345 – São Bernardo/Piragi – 76,80

MA-280 – Montes Altos/BR-010 – 45 km

MA-020/122 – Independência/Pedreiras – 31 km

MA-122/245 – Trizidela do Vale/Bacabal – 113,65 km

MA-119 – Paulo Ramos/Lago da Pedra – 20 km

MA-345 – Atraioses/MA-346 – 24 km

MA-006 – Central do Maranhão/MA-106 – 50 km

MA-326 – Lago Verde/BR-316 – 15 km

MA-123 – BR-010/São Pedro da Água Branca – 145 km

ESTRADAS/PAVIMENTAÇÃO

MA-132 – Nova Colinas/Fortaleza dos Nogueiras – 19 km
MA-302 – Porto Rico/MA-304 – 16 km

MA-303 – Bacuri/Apicum Açu – 26 km

MA-349 – Caxias/Aldeias Altas – 20 km

MA-325 – Urbano Santos/Belágua – 11 km

MA-326 – Lago Verde/Conceição do Lago Açu – 23 km

MA-008 – Paulo Ramos/Marajá do Sena – 20,4 km

MA-132 – Colinas/Buriti Bravo – 60 km

MA-034 – Duque Bacelar/Buriti – 22 km

23

Uma eleição em turno único…

Pela primeira vez desde que foi implantado o segundo turno, as eleições brasileiras devem ter a maioria absoluta dos seus governadores eleita no primeiro turno. A eleição presidencial também deve se decidir em turno único.

Dilma Rousseff (PT) tem algo em torno de 55% dos votos válidos, levando-se em consideração a média dos institutos. Deve ser eleita em 3 de outubro.

No Maranhão, a governadora Roseana Sarney (PMDB) também caminha para a vitória no primeiro turno. Roseana tem mais de 50% dos votos válidos, o que garante a vitória em turno único.

E a força do primeiro turno se espalha pelo país inteiro. Poucos estados – três ou quatro, no máximo – terão que repetir as eleições depois de 3 de outubro.

Para reverter o quadro favorável a Roseana, Flávio Dino (PCdoB) e Jackson Lago (PDT) terão que se manter com votações acima de 25% dos votos válidos.

Traduzindo: Flávio tem que crescer sem que Jackson caia.

1

Procuradores José Leite e Juraci Guimarães lançam livro sobre Reforma Eleitoral

Aproveitando o momento da campanha política, os procuradores regionais da República José Leite Filho e Juraci Guimarães Júnior devem lançar no dia 31 de agosto o livro “Reforma Eleitoral”, com comentários às leis que tratam de eleições e partidos políticos.

Há comentários, inclusive, sobre a Lei da Ficha Limpa, aprovada este ano e com aplicação já nestas eleições.

O livro é uma espécie de compêndio das leis que resultaram numa extensa reforma eleitoral (Lei nº 12.034/2009 e Lei Complementar nº 135/2010, a Lei da Ficha Limpa).

Os dois estudiosos comentam artigo por artigo.

– Os artigos foram comentados na ordem em que introduzidos no respectivo diploma, facilitando a contextualização – diz a apresentação do livro.

Especialista em Ciências Criminais pela Universidade de Santa Catarina, José Leite Filho é Pós-Graduado em Direito Penal Econômico e Europeu pela Universidade de Coimbra. Foi promotor de Justiça no Maranhão. É professor de Pós-Graduação em Direito Eleitoral (Ufma) e professor da Escola Superior do Ministério Público.

Juraci Guimarães Júnior é Pós-Graduado em Direito Processual Civil pelo Centro Universitário de Brasília e Pós-Graduado em Ministério Público e Ordem Jurídica pela Escola Superior do Ministério Público do Distrito Federal. É professor universitário, da Escola de Magistratura e da Escola do Ministério Público do Maranhão.