4

“Estou à disposição do comando do PDT”, diz Ivaldo sobre 2020…

Vereador e atual secretário municipal de Articulação Parlamentar mostra-se disposto a cerrar fileiras com os projetos do partido numa disputa pela prefeitura

 

Ivaldo Rodrigues é uma das opções pedetistas para 2020; e aposta na unidade do PDT

O vereador Ivaldo Rodrigues (PDT), atual secretário de Articulação Parlamentar, voltou nesta segunda-feira, 24, a comentar as ações do seu partido para as eleições de 2020.

– Sou um homem de missão e sobretudo de partido; estou à disposição do comando do PDT particularmente do nosso líder, senador Weverton Rocha – afirmou Rodrigues.

A declaração do parlamentar pedetista encaminha automaticamente para o debate sobre a sucessão do prefeito Edivaldo Júnior (PDT), em 2020.

Ela, porém, encerra também possibilidades já para agora, nas mudanças de secretariado, tanto do governo Flávio Dino (PCdoB) quanto do próprio Edivaldo Júnior.

Mas esta é uma outra história…

2

Inauguração da Deodoro é marco político para 2020…

Presença efetiva do prefeito Edivaldo Júnior põe a obra de revitalização do complexo urbano da capital como uma espécie de pedra fundamental da sua disposição de comandar o processo de sua sucessão

 

Ao lado e Kátia Bogéa e outras autoridades, Edivaldo inaugura obra do Complexo Deodoro

Ainda que de de forma discreta, o prefeito Edivaldo Júnior (PDT) vem demarcando ações que, se não consolidaram, pelo menos iniciam a formação de um legado de sua gestão em São Luís.

E a entrega da revitalização do polo formado pela Praça Deodoro – que compõe a mais importante obra de valorização histórica da capital maranhense, desde o Reviver – é uma espécie de divisor de águas da formação deste legado.

Realizada pelo Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) – com efetiva participação da prefeitura – a obra da Deodoro garantiu a Edivaldo um forte trunfo para 2020.

Caberá à gestão do prefeito manter a qualidade do serviço, garantindo não apenas um espaço de lazer, como também um importante cartão postal da capital.

Praça do Panteon: marco da revitalização histórica, urbanística e arquitetônica do Centro da capital

Mantendo o padrão da obra – que se encaminhará também pela Rua Grande e adjacências – o prefeito consolida seu legado, que se somará a outras importantes ações, como a valorização do produtor rural e a garantia da qualidade no transporte urbano.

Com este legado em mãos, somado à sua empatia e carisma popular, ele pode sair pelas ruas como comandante de sua própria sucessão, apontando um nome de sua confiança para sucedê-lo.

Basta que suplante a timidez característica, possa contar com outros líderes de seu grupo e, principalmente, do seu partido.

Desta forma, Edivaldo Júnior tem força para se transformar no principal cabo eleitoral em 2020.

É aguardar e conferir…

2

Ivaldo Rodrigues bem na foto para 2020…

Vereador de São Luís – atual secretário de Articulação Parlamentar da gestão Edivaldo Júnior – venceu enquete promovida pelo blog de Robert Lobato e se firma como uma das opções do PDT na capital

 

Ivaldo vem se consolidando gradativamente como opção para a prefeitura; na foto, ele aparece ao lado dos líderes pedetistas  Weverton Rocha e Edivaldo Júnior

O vereador e atual secretário municipal de Articulação Parlamentar, Ivaldo Rodrigues foi o vencedor da enquete promovida pelo blog do Robert Lobato sobre a sucessão em São Luís. (Veja aqui)

Ivaldo registrou 28% dos votos, ou mais de 7,1 mil menções.

Embora não tenham valor científico, as enquetes – geralmente promovidas em site e blogs – servem para medir o poder de mobilização de um candidato ou mesmo o alcance de suas propostas.

Ivaldo ficou à frente de outros potenciais candidatos a prefeito, como o deputado estadual Wellington do Curso (PSDB) e o secretário de Educação, Felipe Camarão (DEM).

Curiosamente, o deputado federal eleito Eduardo Braide (PMN), apontado como favorito na disputa, ficou na quarta posição.

Nada menos que 25.770 leitores participaram da enquete de Robert Lobato, uma das mais altas participações em blogs.

Veja abaixo a lista com a votação de cada nome:

 

2

“Nosso interesse é a união”, defendeu Allan Garcês, sobre PSL…

Médico maranhense que compõe a equipe de transição do presidente eleito Jair Bolsonaro disse que é preciso que as lideranças entendam a necessidade de unidade para fortalecer a legenda

 

Chico Carvalho iniciou 2018 ao lado de Maura Jorge e Allan Garcês, mas se indispôs com os dois em plena campanha eleitoral

O médico Allan Garcês, que compõe a equipe de transição do presidente eleito Jair Bolsonaro, serenou, nesta quarta-feira, 19, os ânimos das duras declarações do vereador Chico Carvalho sobre o PSL maranhense.

Em sua conta na rede social Twitter, Garcês pregou a unidade no PSL e deixou claro não ter interesse em nenhum conflito de interesses com Carvalho.

– O PSL para crescer forte no Maranhão precisa de paz e união. Temos interesse na união e nunca em destruir ou derrubar, práticas da velha política – declarou o médico.

Incomodado com a movimentação de Allan Garcês, da ex-candidata a governadora Maura Jorge e do ex-vereador Fábio Câmara – todos filiados ao PSL – Chico Carvalho desabafou duramente na imprensa nos últimos dias.

Em declarações a blogs e jornais, ele chegou a classificar de “ratos e hienas” os que, segundo ele, tentam tirar o partido do seu controle.

Allan Garcês tentou serenar os ânimos e revelou que, na conversa que teve com o presidente nacional do partido, Luciano Bivar, se pôs à disposição “para ajudar o partido a se fortalecer” no Maranhão.

Único representante do PSL maranhense na transição de Bolsonaro, Allan Garcês ganhou força política após as eleições, e surge como opção para a sucessão municipal de 2020.

Mas deixa claro não ter qualquer interesse em tirar Chico Carvalho do comando da legenda.

Simples assim…

0

Imagem do dia: Eduardo Braide e o carinho do povo na Assembleia…

O deputado estadual Eduardo Braide – eleito deputado federal em outubro – foi surpreendido nesta quarta-feira, em seu gabinete – por prestadores de serviços da Assembleia Legislativa, que foram se despedir do parlamentar e ressaltaram o apoio ao seu projeto à Prefeitura de São Luís

 

Eleito deputado federal e encerrando seu ciclo na Assembleia Legislativa, o deputado estadual Eduardo Braide (PMN) recebeu nesta quarta-feira, 19, o carinho das prestadores de serviço que atuam no setor de limpeza da Casa.

Ao tentar esvaziar gavetas do gabinete, o parlamentar foi surpreendido pelas eleitoras, que reforçaram o desejo de vê-lo candidato a prefeito de São Luís em 2020. (Leia seu comentário no print acima, do Facebook)

Braide assume mandato na Câmara Federal em fevereiro; mas garantiu que continuará no debate sobre “uma São Luís Melhor”…

4

Aliados já pressionam Edivaldo por espaços para Bira do Pindaré…

Nomeação de aliados do pré-candidato a prefeito seria a indicação de que o parlamentar do PSB vai mesmo ser o nome do grupo para a disputa de 2020

 

Bira do Pindaré é o candidato de Flávio Dino para a Prefeitura de São Luís; e deve ocupar espaços na gestão de Edivaldo Júnior

Aliados do governador Flávio Dino (PCdoB) têm feito gestões com o prefeito Edivaldo Júnior (PDT) em busca de espaços na prefeitura para o deputado estadual Bira do Pindaré (PSB).

A indicação de aliados de Bira seria a confirmação de que ele é o candidato de todo o grupo em 2020.

Até agora, aliados de Edivaldo têm defendido que ele próprio assuma condução de sua sucessão, escolhendo um aliado pessoal para ser o candidato.

Mas Dino quer que o nome escolhido seja o de Bira do Pindaré, o que não agrada boa parte da base governista.

Até agora, vários aliados de Flávio Dino e de Edivaldo Júnior se apresentaram como candidato a prefeito, mas nenhum foi recebido com entusiasmo por líderes do PDT e do PCdoB.

Na semana passada, em entrevista exclusiva ao blog Marco Aurélio D’Eça, o secretário Márcio Jerry admitiu pela primeira vez que poderia ser candidato em 2020. (Relembre aqui)

A declaração repercutiu nos bastidores da prefeitura e do governo, mas muitos  entenderam o gesto como uma espécie de recado para evitar que surjam mais nomes capazes de ofuscar Bira do Pindaré.

As mudanças no secretariado de Edivaldo Júnior devem ocorrer em janeiro.

E a indicação de nomes alinhados a Bira do Pindaré poderá ser o início da corrida sucessória do prefeito…

0

Allan Garcez articula candidatura com presidente nacional do PSL..

Médico maranhense colocou-se à disposição de Luciano Bivar para a disputa pela Prefeitura de São Luís, em 2020 e recebeu carta branca para se movimentar como pré-candidato

 

Bivar com Garcês: candidatura em pauta

O médico maranhense Allan Garcês reuniu-se na última sexta-feira, 14, com o presidente nacional do PSL, Luciano Bivar, com quem tratou sobre as eleições de 2020.

– Coloquei-me a disposição para 2020. A política no Maranhão passa por um momento delicado –  afirmou Garcês.

O médico maranhense tem participado ativamente da equipe de transição do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL); e deve ocupar posto importante no setor da Saúde.

Com relação à política, ele deixou claro seu entendimento com relação à disputa pela Prefeitura, assumindo sua ideologia.

– Precisamos avançar a Direita no Estado, renovar paradigmas e promover crescimento – pregou.

Allan Garcês é hoje o principal nome do PSL como opção para as eleições de 2020…

0

Neto Evangelista garante Núcleo da Defensoria Pública para área Itaqui-Bacanga…

O deputado estadual Neto Evangelista (DEM) garantiu, por meio de emenda parlamentar aprovada na última quarta-feira (12), recurso para implantação de um Núcleo da Defensoria Pública na área Itaqui-Bacanga, no município de São Luís. A iniciativa é um compromisso de campanha do parlamentar.

A destinação atende a um projeto do órgão, intitulado “Defensoria Perto de Você”, que visa prover assistência jurídica integral e gratuita aos hipossuficientes e vulneráveis nas comunidades periféricas com grande densidade populacional e baixo índice de desenvolvimento humano.

Para o parlamentar, garantir à população o acesso ao Poder Judiciário é, também, uma forma de contribuir para o exercício da cidadania.

“A efetivação desse Núcleo pressupõe a superação de barreiras, bem como simplifica a acessibilidade das partes ao Poder Judiciário, na medida em que aproxima os cidadãos dos órgãos julgadores. Estou apenas cumprimento meu papel, possibilitando o exercício de direitos fundamentais”, disse.

A implementação do Núcleo adotará uma solução sustentável e de baixo custo, uma vez que, utilizará sistema de placas solares fotovoltaicas para diminuir os gastos mensais com contas de energia e, acima de tudo, colaborar com a preservação do meio ambiente.

1

A disputa será no grupo de Flávio Dino em 2022…

Movimentação já intensa com vistas às eleições de 2020 guarda um forte interesse na sucessão do próprio governador comunista; todos querem a prefeitura – para si ou para aliados – como instrumento de influência daqui a quatro anos

 

BRANDÃO, WEVERTON, FLÁVIO DINO E ELIZIANE são os principais nomes de 2022; mas todos dependem do resultado de 2020

Há um pano de fundo na movimentação intensa de aliados do governador Flávio Dino (PCdoB) com vistas à sucessão do prefeito Edivaldo Júnior (PDT).

Desde os senadores eleitos Weverton Rocha (PDT) e Eliziane Gama (PPS) – passando pelos deputados federais Bira do Pindaré (PSB) e Márcio Jerry (PCdoB) – até o vice-governador Carlos Brandão (PRB), todos sabem que a Prefeitura de São Luís será fator de influência na eleição de 2022.

E ninguém quer perder cacife na sucessão do próprio Flávio Dino.

Atualmente, a mais promissora liderança maranhense para 2022 é o senador eleito Weverton Rocha; ele tem o maior grupo de aliados, a maior estrutura partidária e a maior base de prefeitos, deputados e vereadores, situação que só tende a aumentar no decorrer dos próximos anos.

Mas nem todos no grupo de Flávio Dino aplaudem de bom grado o líder pedetista.

E tirar dele e do PDT o cacife junto à Prefeitura de São Luís é um dos objetivos de vários destes aliados, muitos dos quais analisam que até mesmo uma vitória de Eduardo Braide (PMN) em 2020 possa vir a ser bom para chacoalar as pedras do xadrez político maranhense.

Para Weverton e Edivaldo Júnior, o melhor dos mundos seria a eleição de Eliziane Gama para a prefeitura, o que abriria caminho para 2022.

Mas 2022 também interessa à senadora eleita, que sabe da articulação de Weverton pela sucessão de Flávio Dino; neste caso, para ela, o ideal seria a eleição de um prefeito com o seu apoio, o que construiria sua própria estrada para a sucessão do comunista.

BIRA DO PINDARÉ E MÁRCIO JERRY são os nomes do Palácio para tentar frear o cacife de aliados

Flávio Dino e seu vice, Carlos Brandão observam os dois com uma espécie de “olho no peixe, outro no gato”.

O primeiro porque terá de deixar o governo se quiser disputar as eleições de 2022; o outro porque herdará naturalmente o comando do estado, com a possibilidade de concorrer no cargo a um novo mandato.

Aos dois – tanto Brandão quanto Flávio Dino – o ideal é ter um amigo muito mais do que um aliado no lugar de Edivaldo Júnior.

Daí os nomes de Bira do Pindaré e Márcio Jerry postos na disputa de 2020.

OTHELINO NETO E EDIVALDO JÚNIOR podem ser beneficiados de acordo com os movimentos das peças

E no meio deles todos estão também o presidente da Assembleia Legislativa, Othelino Neto (PCdoB), e o próprio Edivaldo Júnior, que dependem de movimentações específicas para garantir espaço de poder daqui a quatro anos.

Othelino, por exemplo, pode até herdar o governo, dependendo de como as peças se movimentarão nas duas eleições vindouras.

Edivaldo, por sua vez, dependerá fundamentalmente do seu sucessor para se manter vivo após dois anos sem mandato.

Por isso, precisa ele próprio comandar a sua sucessão.

Porque dela depende a vida de boa parte dos seus aliados…

3

Posição de Márcio Jerry é recado do PCdoB para PDT e aliados…

Ao ressaltar que os comunistas apoiaram Edivaldo Júnior em 2012 e 2016, deputado federal eleito mostra ao prefeito e ao senador eleito Weverton Rocha que chegou a hora da reciprocidade na sucessão municipal

 

MÁRCIO JERRY COM WEVERTON ROCHA E EDIVALDO JÚNIOR na icônica foto de 2016; a hora da cobrança da fatura chegou?

A manifestação de desejo do deputado federal eleito Márcio Jerry pela Prefeitura de São Luís, mais do que uma marcação de posição, foi também um recado do PCdoB ao PDT.

– Buscaremos manter a unidade do nosso campo político na sucessão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior, a quem apoiamos nos pleitos de 2012 e 2016 – afirmou Jerry, ao titular do blog Marco Aurélio D’Eça.

Perceba o fechamento da frase: “…a quem apoiamos nos pleitos de 2012 e 2016“.

Márcio Jerry é, ao mesmo tempo, principal auxiliar do governador Flávio Dino, secretário de comunicação do governo comunista, deputado federal eleito e presidente regional do PCdoB.

Fala, portanto, com a autoridade de quem comanda o processo interno – no governo e no partido – e manda um recado direto aos líderes do PDT.

É como se dissesse ao prefeito Edivaldo Júnior e ao presidente estadual do PDT, senador eleito Weverton Rocha: “a gente já fez por vocês; agora é hora de vocês fazerem por nós”.

E quando estabelece o espaço temporal da definição do nome do grupo – ao afirmar que “chegará a hora de sentarmos à mesa…” – o super-auxiliar de Flávio Dino dá outro recado aos aliados que pregam a escolha de um nome já agora.

Está claro nas palavras de Márcio Jerry que o governo Dino quer controlar o processo sucessório de 2020, como líder do grupo que gravita em torno do PCdoB.

Gostem ou não pedetistas e aliados…