1

O fator Helena Duailibe na eleição de São Luís…

Lançada à sucessão do prefeito Edivaldo Júnior pelo presidente do seu partido, Simplício Araújo, ex-vice-prefeita e deputada estadual eleita reúne condições para polarizar a disputa como nome de peso

 

Simplício Araújo com Helena Duailibe e aliados em um ato de campanha em São Luís

No blog do jornalista Diego Emir está a informação: o presidente regional do Solidariedade, secretário Simplício Araújo, aposta no nome da deputada estadual eleita Helena Duailibe para a Prefeitura de São Luís. (Leia aqui)

O anúncio abre por si só novas perspectivas para a sucessão do prefeito Edivaldo Júnior (PDT).

Trabalhada de forma inteligente e articulada na mídia, Helena Duailibe pode vir a ser o principal contraponto ao deputado federal eleito Eduardo Braide (PMN), apontado como favorito na disputa de 2020.

Até agora, não se vê oponente à altura do recall eleitoral de Braide na sucessão de Edivaldo, embora uma profusão de nomes já tenham sido postos à avaliação do eleitor.

Tanto que o grupo de Edivaldo já discute nos bastidores opções para amenizar o favoritismo do deputado federal.(Releia aqui e aqui)

Ex-vereadora, ex-vice-prefeita de São Luís, ex-secretária de Saúde do estado e do município – em diversas gestões – a deputada eleita tem o preparo exigido para quem se propõe a comandar os destinos dos ludovicenses.

Ao fazer o anúncio do projeto do Solidariedade, Simplício disse que nem havia falado com Helena Duailibe ainda.

Mas o impacto de suas declarações devem tornar o fato consolidado…

0

Lideranças emergentes reforçam PDT para 2020 em São Luís…

Presidido pelo senador eleito Weverton Rocha, partido tem ao menos quatro nomes cotados para a sucessão do prefeito Edivaldo Júnior, que também pertence à legenda

 

EMPODERADO. alçado ao comando da Câmara Municipal, Osmar Filho tem em Weverton um dos principais aliados no PDT

No poder em São Luís há pelo menos 30 anos, o PDT é hoje o partido mais capilarizado nas comunidades da capital maranhense; mas até a eleição de outubro, corria o risco de chegar a 2020 sem nomes para a sucessão do prefeito Edivaldo Júnior.

DESTAQUE NA GESTÃO. Ivaldo Rodrigues entre Flávio Dino e o amigo Weverton Rocha

Hoje, após a vitória retumbante do presidente do partido no estado, senador eleito Weverton Rocha, a legenda emerge das urnas com ao menos quatro nomes cotados para representá-la na sucessão municipal.

Presidente eleito da Câmara Municipal, o vereador Osmar Filho é o mais jovem dentre os nomes pedetistas. Ele assume em janeiro o posto hoje ocupado pelo vereador Astro e Ogum, e já demonstra desenvoltura para se viabilizar como opção.

CRISTÃO-NOVO. Eleito deputado estadual, Yglésio chegou ao PDT a convite do próprio Weverton Rocha

Ao seu lado está o vereador Ivaldo Rodrigues, que hoje ocupa a Secretaria de Articulação Política do próprio Edivaldo júnior. O vereador se consolidou como liderança emergente no PDT pelo bom desempenho no setor de abastecimento de São Luís, um dos mais fortes da gestão de Edivaldo.

Eleito deputado estadual em outubro, o médico Yglésio Moises é cristão-novo no PDT, mas se fortaleceu com a força de sua votação, sobretudo na região metropolitana, que reúne os quatro municípios da Grande São Luís.

Mas o agora deputado sempre demonstrou o interesse em concorrer à prefeitura, embora prefira manter cautela, diante do projeto partidário de poder.

RELAÇÃO DE AMIZADE. Larissa Abdalla tem com Weverton relação de amizade e familiar que perpassa a política

O quarto nome do PDT é o da diretora do Detran-MA, Larissa Abdalla Britto, mas isso não significa que ela esteja exatamente nesta sequência como opção. Pelo contrário: ela tem na relação histórica e familiar com Weverton Rocha o seu principal trunfo.

Tanto que deve ganhar novo posto no governo Flávio Dino (PCdoB) a partir de janeiro.

Mas esta é uma outra história…

5

Astro de Ogum na disputa pela prefeitura…

Vereador garantiu que vai concorrer a prefeito em qualquer circunstância e aposta que sua candidatura nascerá do apoio das ruas

 

ENTRE FLÁVIO DINO E EDIVALDO JÚNIOR haverá a candidatura de Astro de Ogum, “em qualquer circunstância”, garante o vereador

Prestes a deixar o comando da Câmara Municipal – com uma das melhores gestões já realizadas na Casa – o vereador Astro de Ogum (PR) decidiu seus novos passos na política.

– Vou mandar o recado e todos tenham a certeza que vou disputar a Prefeitura em 2020 – afirmou o vereador, durante evento com radialistas e jornalistas, na Câmara Municipal.

Segundo contou o blog do jornalista Diego Emir, Astro de Ogum recebeu convite do PSL, do colega Chico Carvalho, para que concorra pelo partido do presidente Jair Bolsonaro, que já tem um pretendente, o ex-vereador Fábio Câmara.

Para Astro, independentemente do apoio dos chamados grupos políticos – municipal ou estadual – sua campanha seguirá firme por que vinda das bases.

– Será de baixo para cima – revelou Astro de Ogum.

2

Ivaldo Rodrigues como trunfo do PDT…

Membro histórico da legenda, vereador de São Luís e atual secretário municipal de Articulação Política tem penetração interna no partido e se movimenta bem entre todos os grupos, o que o faz entrar no debate sucessório

 

Pedetista histórico, Ivaldo atuou intensamente em favor de Weverton Rocha e de Edivaldo júnior

Vereador de ao menos quatro mandatos, o atual secretário de Articulação Política de São Luís, Ivaldo Rodrigues, é uma espécie de patrimônio do PDT maranhense.

E como tal, aparece internamente em todas as listas de opções para a sucessão do prefeito Edivaldo Júnior (PDT).

Espécie de trunfo para o debate sucessório partidário, Ivaldo tem se viabilizado também entre a classe política, desde que assumiu a Secretaria Municipal de Abastecimento e transformou a pasta em uma das mais efetivas da gestão de Edivaldo. (Saiba mais aqui)

O sucesso com a Feirinha São Luís deu respaldo social e credenciou Ivaldo ao respaldo político na prefeitura

Como auxiliar do prefeito na área política, ele tem atuado diretamente não apenas com seus pares vereadores, mas também entre deputados federais e estaduais.

Entre os nomes já citados internamente no PDT, Ivaldo Rodrigues é o que reúne melhores condições políticas, históricas e sociais para representar a legenda na disputa de 2020.

Embora mantenha-se discreto quando o assunto é a sucessão…

Leia também:

Articulação política de Ivaldo Rodrigues fortalece Edivaldo e Weverton…

Ivaldo Rodrigues mantém coordenação da Feirinha São Luís…

A articulação política de Ivaldo Rodrigues…

2

Grupo de Dino e Holanda quer apressar escolha de candidato a prefeito…

Aliados do governador e do prefeito têm um consenso: quanto mais rápido o nome for definido, mais chances terá de reduzir a diferença para Eduardo Braide; o problema: muitos interessados na vaga, o que pode dificultar a formação de um bloco único

 

FLÁVIO DINO E EDIVALDO contam com a articulação de Weverton para definir logo o nome; mas a profusão de candidatos atrapalha definição

O governador Flávio Dino (PCdoB) e o prefeito Edivaldo Júnior (PDT) concordam em pelo menos uma coisa no que diz respeito à sucessão municipal de São Luís.

Para eles, quanto mais cedo o candidato do grupo for escolhido, mais chances terá na disputa que se desenha contra o deputado federal eleito Eduardo Braide (PMN).

Pelo menos é o que garantem tanto os aliados mais próximos de Flávio Dino quanto os de Edivaldo.

O problema é o número de interessados na disputa, de um lado e de outro.

Entre os candidatos mais próximos de Flávio Dino estão os deputados Bira do Pindaré (PSB) e Neto Evangelista (DEM), o secretário Felipe Camarão (DEM) e o deputado eleito Duarte Júnior (PCdoB), mas nenhum deles com trânsito suficiente com Edivaldo Júnior.

Já no grupo de Edivaldo surgem, principalmente, os nomes de Pedro Lucas Fernandes (PTB), Yglésio Moisés (PDT), que também não são tão próximos dos comunistas.

Entre eles está a senadora eleita Eliziane Gama (PPS), única capaz de juntar os dois grupos em só projeto.

O problema é que para os elizianistas não interessa que as coisas sejam definidas agora, com ela ainda iniciando sua trajetória no Senado.

Enquanto isso, Eduardo Braide segue sozinho e em silêncio, administrando o recall alcançado nas eleições de 2016 e de 2018.

E segue como favorito para 2020…

1

São Luís 2020: Evangelista diz que é um soldado à disposição para qualquer desafio…

Em entrevista à rádio Timbira AM, deputado estadual reeleito pelo DEM diz que vem se aperfeiçoando ao longo da sua trajetória política dar as respostas esperadas pela população

 

NETO EVANGELISTA em sua entrevista à rádio Timbira

O deputado estadual Neto Evangelista (DEM) reafirmou ontem interesse em disputar a Prefeitura de São Luís em 2020.

Embora sem declarara-se candidato peremptoriamente, o parlamentar disse estar pronto para dar as respostas que a população espera.

– Eu tive expressiva votação, venho de três mandatos como deputado estadual, fui secretário de Estado e, agora, tenho de dar uma resposta às pessoas que acreditaram e votaram em mim. Enquanto homem público, me aperfeiçoo a cada dia em gestão pública, para que, dessa maneira, possa dar o meu melhor para a população maranhense – afirmou Evangelista, em entrevista à rádio Timbira AM.

Ex-candidato a vice-prefeito e sempre cotado nas disputas municipais em São Luís, Neto Evangelista declarou estar pronto como soldado do DEM e da base do governo Flávio Dino

– Sempre tive uma posição política muito clara e coerente. E se amanhã meu grupo político entender que podemos contribuir nesse processo, eu estarei à disposição – completou.

Durante a entrevista, o deputado fez também um balança de sua passagem pelo governo, lembrou sua trajetória e agradeceu ao apoio dos eleitores maranhenses.

0

Eliziane Gama já trabalha no fortalecimento do PPS…

Partido está em processo de fusão com a Rede Sustentabilidade, o que deve fortalecê-lo no Congresso Nacional; no Maranhão, nova legenda – que deve se chamar “Movimento 23” – também passará por reformulações

 

Eliziane trata diretamente com o futuro colega Randolfe Rodrigues sobre a incorporação da Rede pelo PPS

Uma série de reformulações no Maranhão e em Brasília, deverá garantir uma mudança de paradigma no PPS, partido que tem a senadora eleita Eliziane Gama como presidente no Maranhão.

A parlamentar está à frente das discussões para uma espécie de incorporação da Rede Sustentabilidade, o que garantirá aumento no número de senadores do PPS.

Com o nome sugerido de “Movimento 23”, o novo partido deverá se enquadrar como uma legenda de centro no espectro político, com doutrina liberal na economia e progressista nos costumes.

Diante destas perspectivas, o PPS deverá passar por reformulações também no Maranhão – e principalmente em São Luís, já com vistas às eleições de 2020.

Tendo a própria Eliziane Gama como opção para o debate na capital maranhense…

3

Edivaldo Júnior quer comandar a própria sucessão…

Prefeito já comunicou ao PDT que pretende estar à frente das discussões para escolha do candidato nas eleições de 2020; aliados já se movimentam nos bastidores

 

Reunião na prefeitura em que Edivaldo comunicou aos aliados sua pretensão de estar à frente do processo sucessório de 2020

O prefeito Edivaldo Júnior comunicou ao PDT, durante reunião com secretários e aliados – com a presença também do senador eleito Weverton Rocha – que pretende estar à frente a escolha e da campanha do candidato à sua sucessão.

Edivaldo quer discutir não apenas a escolha do sucessor, mas o envolvimento direto na própria campanha.

A envolver os aliados na discussão, o prefeito chama para si a responsabilidade de manter a força do PDT na capital maranhense, com um candidato alinhado ao seu grupo, ainda que, não necessariamente, filiado ao partido.

Segundo apurou o blog, o prefeito mostrou aos pedetistas a necessidade de já definir um nome lobo agora, para começar a ser trabalhado conjuntamente pelos partidos da base – PDT, PT, PSB, PCdoB e outros.

Nos bastidores, já se posicionam como possíveis opções o deputado estadual eleito Duarte Júnior (PCdoB), o federal eleito Bira do Pindaré (PSB) e o secretário de Educação, Felipe Camarão (DEM).

Pindaré seria, inclusive, a opção do próprio governador Flávio Dino (PCdoB). (Saiba mais aqui)

Nenhum deles, porém, é considerado da base orgânica de Edivaldo ou do PDT, que tem outras opções, como o futuro presidente da Câmara Municipal, Osmar Filho, e o deputado estadual eleito Yglésio Moyses.

A necessidade de pressa se dá por um fato que se acentuou nas eleições de outubro: o deputado federal eleito Eduardo Braide (PMN) é hoje o candidato a ser batido; e ainda mantém uma lua de mel com a população.

Além disso, a recém-eleita senadora Eliziane Gama (PPS) também é nome forte numa eventual disputa em São Luís.

Mas esta é uma outra história…

4

Bira do Pindaré é o preferido de Flávio Dino para a Prefeitura de SLZ…

Faltando dois anos para o pleito, projeto do governador enfrenta resistência de aliados, que querem alguém mais alinhado ao PDT e ao próprio prefeito Edivaldo Júnior

 

TOCANDO A VIOLA. Bira do Pindaré é um dos mais próximos aliados de Flávio Dino, mas tem resistência da base

Depois de estimular o secretário Felipe Camarão (DEM) e de dar asas ao deputado estadual eleito Duarte Júnior (PCdoB), o governador Flávio Dino (PCdoB) começa a mostrar suas preferências para a sucessão do prefeito Edivaldo Júnior (PDT).

O comunista já trabalha nos bastidores pela viabilização do deputado federal eleito Bira do Pindaré (PSB).

O parlamentar, que é deputado estadual, é um dos mais próximos aliados do governador, mas enfrenta resistências na base pela postura aristocrática na relação com o próprio grupo.

Pindaré também enfrenta resistências do grupo do próprio prefeito Edivaldo Júnior (PDT), que quer alguém mais próximo do PDT.

Na cota de pedetistas e holandistas, o nome mais forte é o do vereador e deputado federal eleito Pedro Lucas Fernandes (PTB), que resiste à ideia de entrar na disputa.

Outro que se movimenta pela candidatura é o presidente da Câmara Municipal, vereador Astro de Ogum (PR), que tem apoio de importantes segmentos dinistas.

A força de Bira do Pindaré será influenciada diretamente pelo desempenho de Flávio Dino em seu primeiro mandato, sobretudo em um ambiente hostil em Brasília, com o governo Jair Bolsonaro (PSL).

E ele tem quase dois ano para aparar eventuais arestas…

2

Eduardo Braide liderou votação em praticamente toda Grande São Luís…

Deputado federal eleito foi o mais votado na capital maranhense, em São José de Ribamar e em Paço do Lumiar; apenas em Raposa ele teve desempenho abaixo dos demais na região metropolitana

 

Eduardo Braide está cacifado por ampla votação em todas as regiões da Grande São Luís

A votação do deputado estadual Eduardo Braide (PMN) em São Luís – 131.553 votos – além de manter o recall das eleições para prefeito, em 2016, consolidou também seu nome para o pleito de 2020.

E essa consolidação é ainda maior quando se analisa seu desempenho em toda a chamada Grande São Luís, que reúne São Luís e os municípios de São José de Ribamar, Raposa e Paço do Lumiar.

Em São José de Ribamar e Paço do Lumiar, Braide também alcançou o primeiro lugar entre os candidatos a deputado federal, com 11.992 e 7.002 votos, respectivamente.

Isso se explica pelo fato de os dois municípios estarem na divisa com São Luís,  recebendo forte influência das áreas limítrofes, em que, mesmo morando na capital, os eleitores acabam votando nas duas cidades.

A soma dos três municípios dão a Braide nada menos que 150.547 votos.

Dentre os municípios da região metropolitana, apenas em Raposa Braide não ficou em primeiro lugar, ocupando a quinta posição entre o mais votados, com meros 883 votos.

Isso se explica também pelo fato de Raposa ser o mais afastado dos municípios nos arredores da capital, recebendo mais influência direta de Ribamar e Paço do Lumiar.

De uma forma ou de outra, a votação de Eduardo Braide dá a ele condições plenas de entrar como favorito na disputa pela Prefeitura de São Luís.

E com forte influência também na Grande São Luís…