2

Ricardo Murad pronto para o embate de 2020…

Ex-deputado alcança importantes vitórias na Justiça Eleitoral que consolidam seus direitos políticos e o coloca na linha de frente da sucessão em sua principal base eleitoral, onde deve comandar partido de peso nacional

 

RICARDO ESTÁ AFASTADO DA VIDA PÚBLICA, mas vitórias consecutivas na Justiça Eleitoral abrem espaços para articulações políticas

O ex-deputado estadual, ex-deputado federal, ex-prefeito de Coroatá, ex-presidente da Assembleia e ex-secretário de Saúde Ricardo Murad está pronto para um retorno à política maranhense já em 2020.

Afastado da vida pública desde as eleições de 2018, Murad alcançou duas vitórias consagradoras no âmbito da Justiça Eleitoral em menos de uma semana. (Entenda aqui)

Vitórias que o colocam de volta ao jogo político.

E já em 2020, se quiser. Sobretudo em sua base eleitoral, Coroatá.

Segundo apurou o blog, com os direitos políticos retomados em duas significativas vitórias, o ex-deputado já articula sua filiação ao PSDB maranhense.

Mas esta é uma outra história…

3

Escutec mostra consolidação de Neto Evangelista na base governista…

Único candidato do grupo de Flávio Dino e Edivaldo Júnior com viabilidade política e partidária já garantida, deputado estadual polariza o segundo lugar e tem ainda a vantagem de ser um dos menos rejeitados

 

COM PARTIDO FORTE GARANTIDO, NÚMEROS CONSOLIDADOS E MENOR REJEIÇÃO, EVANGELISTA É O CANDIDATO GOVERNISTA mais bem posicionado na disputa pela Prefeitura de São Luís

Se a pesquisa do Instituto Escutec divulgada nesta terça-feira, 14, pelo blog de Neto Ferreira, mostrou um patamar de mais de 70% de votos para os candidatos oposicionistas, também consolidou o deputado Neto Evangelista (DEM) entre os aliados do governo Flávio Dino (PCdoB) e da gestão de Edivaldo Júnior (PDT).

O democrata, que já tem o aval do partido para a disputa, mantém-se sempre entre os principais candidatos, polarizando o segundo lugar com Wellington do Curso (PSDB) na maioria dos cenários.

E ainda é o menos rejeitado dentre todos os nomes postos, com apenas 3,5% de eleitores que dizem não votar nele em nenhuma hipótese.

Em apenas um cenário pesquisado, Evangelista aparece atrás de um governista, o também deputado estadual Duarte Júnior (PCdoB), que fica em segundo, com 11,6%.

A questão é que, diferentemente do candidato do DEM, Duarte não conta com o apoio partidário necessário para se viabilizar.

Em todos os demais cenários, Neto Evangelista fica tecnicamente empatado com o segundo colocado, Wellington do Curso – e à frente dos demais candidatos da base holandinista.

No cenário sem Duarte Júnior, o pré-candidato do DEM chega a 9,2% dos votos, empatado tecnicamente com Wellington e à frente de Bira do Pindaré (7%), Rubem Júnior (2,8%) e Osmar Filho (1,8%).

Quando são retirados da disputa tanto Duarte Júnior quanto o pedetista Osmar Filho e o comunista Rubem Júnior – preferido do Palácio dos Leões – Neto se aproxima ainda mais da segunda posição, chegando a 9,4%, contra 9,8% de Wellington.

Este terceiro cenário é o mais provável de se consolidar, com dois principais candidatos oposicionistas – Eduardo Braide (PMN) e Wellington do Curso – e dois governistas: o próprio Neto e Bira.

A pesquisa Escutec aponta os cenários atuais para uma disputa que só se dará em um ano e meio; mas é equívoco afirmar que ainda é cedo para discutir o assunto.

Tanto que é exatamente os candidatos já consolidados em suas legendas – Eduardo Braide e Neto Evangelista – os que se mostram mais competitivos.

E esta competitividade também tende a se consolidar no decorrer do tempo.

É aguardar e conferir…

0

Oposição reúne até 70% dos votos de São Luís, revela pesquisa…

Levantamento do Instituto Escutec divulgado nesta terça-feira, 14, mostra que os nomes que fazem contraponto ao grupo do prefeito Edivaldo Júnior e do governador Flávio Dino têm a maioria dos votos na capital maranhense

 

ADRIANO E BRAIDE ELEVAM OS ÍNDICES DA OPOSIÇÃO AO GRUPO DINO E EDIVALDO; Eduardo Braide se distancia fortemente

Os candidatos independentes ou de oposição ao governo Flávio Dino (PCdoB) e à gestão do prefeito Edivaldo Júnior (PDT) reúnem atualmente – faltando cerca de 1 ano e meio para as eleições de 2020 – a maioria dos votos de São Luís.

É o que revela pesquisa do Instituto Escutec divulgada nesta terça-feira, 14, pelo blog de Neto Ferreira. (Veja aqui)

De acordo com o levantamento, os candidatos Eduardo Braide (PMN), Wellington do Curso (PSDB) e Adriano Sarney (PV) chegam ater, juntos, nada menos que 70,7% das intenções de votos na capital maranhense.

A Escutec ouviu a opinião de 1.003 eleitores, entre os dias 1º e 5 de maio, apresentando três cenários básicos para a eleição. E em todos eles Eduardo Braide lidera, com percentual médio acima de 50% das intenções de voto.

No cenário mais favorável aos oposicionistas – em que aparecem apenas os deputados Neto Evangelista (DEM) e Bira do Pindaré (PSB) como opção da base governista – Eduardo Braide cvhega a registra 54,5% das intenções de votos, seguido à distância por Wellington do Curso, com 9,8%.

Neste cenário, Adriano Sarney registra 6,4%, totalizando 70,7% de intenções de voto nos candidatos da oposição.

O cenário adverso para a base dos governos Flávio Dino e Edivaldo Júnior – refletido na Escutec – é confirmado por outra pesquisa, do Instituto Prever, que deve ser divulgada nos próximos dias.

O levantamento deste instituto aponta que mais de 60% dos eleitores rejeitariam, hoje, um candidato apoiado por Edivaldo; outros 50% não queriam nem saber de candidato apoiado por Flávio Dino.

Mas esta é uma outra história…

0

Palácio dos Leões tenta impor Rubem Júnior a aliados…

Governo Flávio Dino potencializa atos com a presença do pré-candidato comunista a prefeito, mas incomoda lideranças de outros partidos

 

FLÁVIO DINO TEM FORÇADO A BARRA EM FAVOR DO AUXILIAR RUBENS PEREIRA JÚNIOR, mas os aliados não apostam na viabilização do nome comunista em São Luís

Quem se movimenta entre os palácios dos Leões e La Ravardiere, onde estão os aliados Flávio Dino (PCdoB) e Edivaldo Júnior (PDT), tem cruzado cada vez mais com o secretário de Cidades, Rubens Pereira Júnior (PCdoB) como protagonista de agendas.

Dino tenta impor o nome de Pereira Júnior como candidato comunista à sucessão de Edivaldo, embora os aliados vejam com desdém o nome do deputado federal na disputa.

Aliados e auxiliares de Edivaldo Júnior dizem que a presença de Rubens Júnior nos eventos ligados ao Palácio tem sido estimulada, como forma de fazer seu nome ganhar robustez.

A última pesquisa qualitativa sobre os nomes postos na capital maranhense mostraram que Pereira Júnior tem pouca ou quase nenhuma presença entre os eleitores ludovicenses.

Perde, por exemplo, para o colega de partido Duarte Júnior, que tem o melhor desempenho entre os postulantes da base dinista.

Na lista de opções entre os aliados de Dino de Edivaldo têm nomes de muito mais peso em São Luís, como Neto Evangelista (DEM) e Bira do Pindaré (PSB).

E a insistência no nome do atual secretário de Cidades já começou a virar piada entre lideranças e aliados do grupo.

2

Melhor deputado da bancada maranhense, Braide agradece ranking…

Deputado federal é o mais destacado membro da bancada maranhense nos primeiros 100 dias de mandato, segundo avaliação especializada

 

Apontado no Ranking dos Políticos como o melhor parlamentar da bancada maranhense no Congresso Nacional e o 17º do país, o deputado federal Eduardo Braide (PMN) comemorou a posição em suas redes socais.

– Ser considerado pelo Ranking dos Políticos o parlamentar mais bem avaliado do Maranhão e um dos 20 melhores do Brasil nos primeiros 100 dias de mandato, reforça a nossa responsabilidade e nos mostra que estamos no caminho certo – declarou.

De acordo com o ranking, nos primeiros 100 dias de mandato, Braide alcançou 4,5, em um total de cinco pontos.(Veja aqui os dados completos)

E foi destaque em vários quesitos, o lhe deu nota 87, de um total de 100 em qualidade legislativa.

2

Eduardo Braide, Duarte Júnior e Osmar Filho na linha de frente da sucessão…

Pesquisa qualitativa já em mãos de membros do governo Flávio Dino e aliados aponta os três parlamentares em destaque entre os que se propõem a disputar a Prefeitura de São Luís em 2020

 

EDUARDO BRAIDE É O FAVORITO EM SÃO LUÍS, SEJA QUAL FOR A PESQUISA APRESENTADA; quantitativa ou qualitativa ele sempre se destaca

O deputado federal Eduardo Braide (PMN), o deputado estadual Duarte Júnior (PCdoB) e o presidente da Câmara Municipal, Osmar Filho (PDT), são os três nomes que se destacam na pesquisa qualitativa que chegou ao Palácio dos Leões e QGs de aliados, semana passada.

Assunto já tratado no blog Marco Aurélio D’Eça – que viu partes da pesquisa em pelo menos três ocasiões, semana passada –  o levantamento é o mais completo sobre a sucessão do prefeito Edivaldo Júnior (PDT). (Entenda aqui, aqui e aqui)

DUARTE JÚNIOR É O MEMBRO DA BASE DO GOVERNO FLÁVIO DINO MELHOR AVALIADO entre os eleitores da capital maranhense

A pesquisa avaliou todos os aspectos do perfil, todos os prós e contras apontados pelos eleitores, de todos os pré-candidatos já postos. E extraiu dos dados os nomes com maiores probabilidades na disputa; pelo menos até o momento, faltando mais de 1 ano e meio para o pleito.

Eduardo Braide, Duarte Júnior e Osmar Filho – exatamente nesta ordem – são os que obtiveram o maior índice de pontos positivos no levantamento.

Na pesquisa são avaliados vários outros nomes, do governo e da oposição, que foram submetidos aos chamados preditores de voto.

PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL, OSMAR FILHO É O ALIADO DE WEVERTON ROCHA com melhor posicionamento na opinião do eleitor

O distanciamento em relação ao pleito pode alterar todo o cenário das eleições em São Luís até outubro de 2020, é verdade.

Mas esses determinantes de voto são fundamentais para quem quer construir o próprio cenário eleitoral.

Por isso a pesquisa tem influenciado tanto os bastidores…

1

Prorrogação de mandatos de prefeitos e vereadores entusiasma Erlânio Xavier…

Presidente da Famem é um dos entusiastas da tese de levar os atuais mandatos de prefeitos e vereadores até 2022, pra coincidir com as eleições de presidente, governador, senador, deputado federal e estadual

 

ERLÂNIO TEM LIDERADO OS PREFEITOS EM BRASÍLIA, nas articulações com deputados e senadores pela prorrogação dos mandatos

O presidente da Federação dos Municípios do Maranhão, Erlânio Xavier (PDT), é um dos entusiastas no Maranhão da tese de esticar os mandatos de prefeitos e vereadores até 2022, para coincidir com as eleições gerais.

Erlânio comemorou o parecer favorável do relator na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados à PEC 376/2009, que prevê, além da prorrogação, também o fim da reeleição e o aumento de dois anos no mandato dos senadores.

– Neste momento em que o país mergulha em crise financeira sem precedentes esta é uma medida que preserva os gastos públicos já tão comprometidos e insuficientes para atender às políticas públicas essenciais – disse o presidente da Famem.

A proposta de prorrogação dos mandatos ainda precisa ser aprovada na CCJ, antes de ir ao plenário da Câmara Federal.

Para valer já nas eleições de 2020, precisa estar aprovada até outubro…

0

Prorrogação de mandatos de prefeitos e vereadores tem parecer favorável na Câmara Federal

Relator da Proposta de Emenda Constitucional nº 376/2009 é favorável à ideia de coincidências das eleições no Brasil já em 2022; Relatório será analisado na CCJ

CONGRESSO NACIONAL PRECISA VOTAR PEC ATÉ OUTUBRO, para que ela possa ter impacto nas eleições de 2020

O deputado Valternir Pereira (MDB) apresentou à Comissão de Constituição e Justiça da Câmara Federal parecer favorável à prorrogação dos atuais mandatos de prefeitos e vereadores.

A PEC 376/2009 prevê a coincidência das eleições gerais no Brasil, levando para 2022 o mandato de prefeitos e vereadores que ora estão no exercício do cargo.

Há outras propostas parecidas em tramitação no Congresso, mas esta é a mais adiantada.

A proposta precisa agora ser aprovada na CCJ para ser encaminhada ao Plenário. Para suspender as eleições de 2020, é preciso que seja aprovada antes de outubro.

Além da coincidência de mandatos, a PEC acaba com a reeleição para cargos executivos, garante mandato de cinco anos para presidentes, governadores e prefeitos e aumenta de oito para 10 anos o mandato dos senadores.

Não há prazo para votação da proposta na Comissão de Justiça da Câmara…

1

“Tem tudo para ser e tudo para não ser”, diz Tadeu Palácio sobre candidatura em SLZ…

Em conversa pessoal com o titular do blog, ex-prefeito mostrou empolgação com o convite para voltar à vida pública, mas deixou claro que só aceitará se a missão for parte de um projeto maior, que envolva toda a sociedade

 

DE BEM COM A VIDA: BOLSONARISTA DECLARADO DESSE AS ELEIÇÕES DE 2018, TADEU PALÁCIO pode ser o candidato do PSL em São Luís

O ex-prefeito de São Luís Tadeu Palácio confirmou ao titular do blog Marco Aurélio D’Eça que está mesmo pensando em disputar a Prefeitura de São Luís.

Em um agradável encontro casual na lanchonete do Hospital de Referência Oftalmológica (HRO), que faz parte do complexo São Domingos, Palácio mostrou-se simpático, entusiasmado, mas sereno em relação à vida pública.

– Hoje estou feliz, realizado e com uma qualidade de vida no trabalho que abracei neste hospital; mas me sinto feliz ao ouvir das pessoas que faço falta na prefeitura. Isso não deixa de ser lisonjeiro – disse um saudável, bem-humorado e tranquilo ex-prefeito.

Na conversa com o titular do blog Marco Aurélio D’Eça, Palácio contou que foi procurado pelo amigo e vereador Chico Carvalho, com a perspectiva de disputar a eleição pelo PSL.

– Tem tudo para ser e tudo para não ser. Não penso em voltar à prefeitura, mas sei que, na atual conjuntura, faria um contraponto importante ao deputado Eduardo Braide (PMN) e aos candidatos que se digladiam no grupo de Weverton Rocha e do governador Flávio Dino (PCdoB) – disse ele, para completar:

– Seria uma espécie de referência numa disputa entre jovens. Teria como ir para o segundo turno. E lá, seria a promessa contra o que já foi feito; qualquer um iria dizer que vai fazer; eu mostrarei o que fiz.

“Mas porque o PSL de Bolsonaro?!?”, quis saber o jornalista.

– Só dá para realizar algo com o apoio do governo federal. Não adianta querer dizer que pode isso e aquilo; mas, repito: pode ser e pode não ser. É preciso que seja um projeto mais amplo, não uma vontade pessoal. Essa necessidade eu não tenho – pondero o ex-prefeito, que fez campanha para Bolsonaro em 2018.

Palácio diz que tem passado todo o dia no terceiro andar do HRO, onde funciona o conjunto de consultórios de oftalmologia que divide com o filho, Guilherme. E que, mesmo assim, ainda é parado na rua com sinais de apoio pelo que fez em São Luís.

O titular do blog Marco Aurélio D’Eça testemunhou pelo menos duas dessas manifestações simpáticas ao ex-prefeito, de pacientes ou visitantes que chegavam ao local.

As lembranças destacam, sobretudo, o trabalho na Educação e na limpeza urbana.

Sem dar definição de quando definirá se aceitará ou não o convite do PSL, Palácio diz apenas que conversa com carinho com amigos como Chico Carvalho.

E fecha a conversa com o “Tem tudo para ser e tudo para não ser”…

2

Jeisael aponta candidatura a prefeito como motivo de sua demissão na Difusora..

Apresentador foi comunicado nesta terça-feira, 7, de sua saída do programa Hora D, que seria incompatível com a condição de pré-candidato a prefeito de São Luís

 

JEISAEL EM POSE NO CENÁRIO DO PROGRAMA NA HORA D; demissão que pode ter sido causada por interesse eleitoral

O jornalista Jeisael Marx foi surpreendido nesta terça-feira, 7, com um comunicado de demissão da TV Difusora, onde apresentada o programa “Na Hoda D”, uma das maiores audiências da emissora.

Marx atribui sua saída ao fato de ser pré-candidato a prefeito de São Luís, alegação que, segundo ele, foi usada pelo próprio diretor de Conteúdo, Estevam Damásio.

– Ele disse que era incompatível a minha condição de pré-candidato a prefeito com a de apresentador do programa – afirmou o jornalista, em conversa exclusiva com o blog Marco Aurélio D’Eça.

Jeisael começou a se movimentar como opção ao prefeito Edivaldo Júnior (PDT) logo no início do ano. E seu nome ganhou forte repercussão na mídia. (Relembre aqui)

No final de semana, este blog teve acesso a uma pesquisa qualitativa que avaliou o perfil de todos os pré-candidatos a prefeito. Essa pesquisa teria influenciado, inclusive, à exoneração de Karen Barros – aliada do deputado Duarte Júnior (PCdoB) – do comando do Procon-MA. (Entenda aqui)

Jeisael Marx também está avaliado no levantamento, feito por um grupo de Minas Gerais.

E certamente a demissão visa tirá-lo do caminho…