0

Edilázio articula fortalecimento do PSD na Assembleia

Partido deve ganhar deputados estaduais com vistas às eleições de 2022 e se transformar em uma das principais bancadas da Casa

 

Edilázio é um dos principais aliados de Braide; tem a secretaria de Educação, a vice-prefeitura de São Luís e deve ganhar deputados na Assembleia

O deputado federal Edilázio júnior (PSD) tem aproveitado o período de recesso para conversar com deputados estaduais em busca de fortalecimento do PSD.

O partido, que indiciou a vice-prefeita de São Luís na chapa de Eduardo Braide (Podemos) e comanda a Secretaria de Educação pode se transformar em uma das amores legendas da Assembleia legislativa.

Além dos deputados Wellington do Curso (PSDB) e Dr. Yglesio (Pros), que estão deixando os seus partidos, o PSD pode receber também deputados oriundos do PV.

As negociações devem ocorrer até o fim de janeiro, quando começa o przo para formação de blocos parlamentares na Assembleia.

1

“Dino fez um carnaval na eleição e quer impedir o reveillon”, provoca Edilázio

Deputado federal diz que o governador está sendo incoerente ao estimular o cancelamento das festas de fim de ano, uma vez que o próprio comunista promoveu aglomerações durante toda a campanha eleitoral

 

Edilázio cobrou coerência de Flávio Dino no que diz respeito ao reveillon no Maranhão

O deputado federal Edilázio Júnior (PSD) classificou de incoerência a postura do governador Flávio Dino em relação ao cancelamento das festas de fim de ano, depois de os partidos terem promovido “um carnaval de aglomerações” durante o processo eleitoral em São Luís e no interior do estado.

Edilázio lamentou o prejuízo acumulado a produtores culturais, músicos, artistas, vendedores ambulantes, fornecedores e pequenos empreendedores de um modo geral, por causa da proibição na realização das festas.

Para o deputado, o governador Flávio Dino – assim como fez na ocasião do lockdown, “quando se apoiou numa decisão da Justiça” -, agora “usa” a Vigilância Sanitária para impor restrições e se esconde para evitar desgastes à sua imagem. Edilázio também ponderou que o Ministério Público foi omisso nas eleições municipais 2020.

Ele lembrou que o próprio Dino participou da campanha do candidato do Palácio dos Leões em São Luís, além de secretários de Estado e os partidos, que promoveram aglomerações.

“O que causa estranheza é que durante o período eleitoral foi um Carnaval só. Inclusive com a participação de todos os secretários de Governo – que haviam sido convocados para a campanha -, em especial o secretário de Saúde, Carlos Lula, que dançou sem máscara num palco em ato político, em meio a aglomeração”, disse.

E completou: “Quer dizer que para o governador Flávio Dino, na política pode, mas para o turismo e para o entretenimento, não pode. Falta coerência na postura do comunista”.

 

Edilázio enfatizou que compreende que é necessário se manter vigilante em relação ao Covid, mas lembrou que o próprio governador do Maranhão, há 45 dias, chamou o cidadão, em seu perfil em rede social, para participar da campanha de Duarte Júnior nas ruas.

Na ocasião, ele publicou um vídeo com aglomeração de milhares de pessoas na Praça Deodoro sem qualquer constrangimento. “Hoje, ele entendeu que há uma pandemia. Na campanha política era o vale-tudo”, finalizou.

4

“Foi a gestão que mais fez por São Luís”, diz Pedro Lucas, sobre Edivaldo

Deputado federal que atuou como aliado do prefeito na Câmara de São Luís até 2018 ressaltou que o pedetista soube enfrentar os desafios para transformar a realidade da capital maranhense

 

Pedro Lucas foi recebido por Edivaldo Júnior na condição de deputado federal e de aliado do prefeito

O deputado federal Pedro Lucas (PTB) manifestou-se publicamente em reconhecimento á gestão do prefeito Edivaldo Júnior (PDT) em São Luís.

Pedro Lucas ressaltou em suas redes sociais que o prefeito teve muitos desafios ao longo dos dois mandatos, mas soube reverter a adversidade para mudar a realidade da capital maranhense.

– Sem dúvida foi a gestão que mais fez por São Luís nos últimos anos. parabéns prefeito! Missão cumprida – afirmou o parlamentar, que foi vereador da base de Edivaldo até 2018.

O reconhecimento público de Pedro Lucas reforça ainda mais a popularidade inédita com que Edivaldo Júnior deixa o comando de São Luís.

A posse do novo prefeito, Eduardo Braide (Podemos), será sexta-feira, 1º.

2

Acossado pela PF, Josimar de Maranhãozinho sai do foco

Com forte batalhão de deputados federais, estaduais, prefeitos, vice-prefeitos e vereadores, em São Luís e no interior, deputado federal pego na Operação Descalabro – que investigou desvio de emendas parlamentares – frustrou os que esperavam as milionárias festas de fim de ano que demonstravam a força política e econômica do seu grupo

 

Josimar com parte do seu grupo político: recolhimento após operação da Polícia Federal que flagrou desvio de emendas em São Luís

Acostumado a promover mega-eventos em São Luís e no interior do estado durante as festas e fim de ano, o deputado federal Josimar de Maranhãozinho (PL) está recolhido desde a operação da Polícia Federal que desbaratou esquema de desvio de recursos de emendas parlamentares no Maranhão.

Ele também orientou sua base e seus aliados a mergulhar neste fim de ano.

Controlador das ações  de três deputados federais – Marreca Filho (Patriotas), Júnior Lourenço (Avante) e Pastor Gyldenemir (PL) – Maranhãozinho tem poder também sobre o suplente Paulo Marinho júnior (PL), formando verdadeira sub-bancada na Câmara Federal.

Além disso, controla diretamente três deputados estaduais – Detinha, Leonardo Sá e Hélio Soares (todos do PL) – os vereadores de São luís Aldir Júnior (PL) e Daniel Oliveira (PL),; e centenas de prefeitos, vice-prefeitos e vereadores.

Este batalhão inteiro resultaria em festas de peso, tanto na capital quanto no interior, que mostraria força política de Josimar de Maranhãozinho; e daria cacife para suas pretensões de disputar o governo em 2022.

Mas veio a operação da Polícia Federal e agora a sua perspectiva é outra.

Por isso a decisão de fechar-se em copas…

0

Roberto Costa bem na fita com Baleia Rossi…

Deputado estadual maranhense é forte aliado do deputado federal que concorre à presidência da Câmara e tem apoio significativo para se eleger pelo grupo do atual presidente Rodrigo Maia

 

Baleia Rossi recebe Roberto Costa em Brasília; relação com deputado maranhense rendeu medalha em São Luís

Nome da base do presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia, para a sua sucessão na Casa, o deputado federal Baleia Rossi, tem relações próximas com o Maranhão.

Ele é aliado próximo do deputado estadual Roberto Costa (MDB), que o homenageou com a “Medalha Manoel Beckman” em visita a São Luís no início de 2020.

Presidente nacional do MDB< Baleia Rossi é o principal nome do grupo do deputado Rodrigo Maia; e ganha força entre os partidos de esquerda para contrapor o presidente Jair Bolsonaro.

Vice-presidente estadual do MDB, Costa pretende acompanhar de perto as articulações para eleição na Câmara, durante o recesso da Assembleia Legislativa.

1

Gastão Vieira destaca obras de Primo em Buriticupu

Deputado federal lamenta morte do ex-prefeito, que era seu aliado político e com quem realizou parcerias de obras no município; corpo foi cremado nesta sexta-feira, 25

 

O deputado federal, Gastão Vieira (PROS-MA) lamentou a morte do ex-prefeito de Buriticupu, Antonio Marcos de Oliveira “Primo”.

Gastão destacou o trabalho que realizou com Primo em Buriticupu, na sua gestão na Prefeitura.

“Eu gostaria de manifestar a minha solidariedade a toda a família, amigos e à população de Buriticupu pela dor da morte do ex-prefito Primo que tem a sua história política na cidade de Buriticupu. Nós conseguimos levar para a cidade o IFMA, atendendo a um pedido do prefeito Primo. Conseguimos inclusive que o ministro Fernando Haddad, da Educação estivesse em Buriticupu para a entrega dessa obra muito importante para a cidade e região”, disse.

O ex-prefeito Primo, morreu na noite desta quinta-feira (24), em São Luís. Ele lutava contra um câncer. Primo foi prefeito da cidade de Buuriticupu entre os anos de 2004 a 2012.

O velório de Primo está sendo realizado na Pax União, no Centro. O corpo será cremado nesta sexta-feira (25), às 17h, no Jardim da Paz, na estrada de Ribamar, na Região Metropolitana de São Luís.

2

O incansável trabalho de Pedro Lucas em favor de todo o Maranhão

 

O deputado federal, Pedro Lucas Fernandes, tem se destacado ao longo dos últimos dois anos na bancada federal maranhense, como um dos deputados mais atuantes da atual legislatura. Desde 2019, quando tornou-se líder do PTB na Câmara, participou ativamente das principais decisões do país.

O deputado petebista, tem desempenhado um papel fundamental de apoio aos municípios maranhenses na busca por recursos para saúde, com atenção a pandemia do novo coronavírus, para a educação, com recursos para infraestrutura e transporte escolar, para infraestrutura dos municípios, com recursos para asfaltamento de ruas e avenidas, estradas vicinais, para agricultura, com patrulhas agrícolas e assistência social com kits para os conselhos tutelares.

O trabalho desenvolvido pelo deputado federal tem beneficiado os maranhenses de todas as regiões do estado e dá continuidade a destacada atuação como vereador de São Luís e Secretário da AGEM, cargos ocupados por Pedro Lucas, antes da chegada à câmara federal.

Em sua fala, o presidente do PTB Maranhão, reafirma o compromisso com a população. “A nossa maior contribuição ao povo do Maranhão é o trabalho. Vamos seguir trabalhando incansavelmente para corresponder à confiança da população em mim depositada nas eleições. É o que tenho feito desde o dia que cheguei a Câmara dos Deputados”, destacou.

Ao todo, já foram entregues ao longo desses dois anos por intermédio do deputado, Pedro Lucas, 22 ônibus escolares, 11 kits conselho tutelar, 20 patrulhas agrícolas, 20 pontos de internet. É com essa disposição para o trabalho que Pedro Lucas Fernandes chega a esse novo ano de 2021.

2

Em propaganda, Josimar admite controle do Avante no MA

Placa de outdoor com resultado das eleições municipais inclui os prefeitos eleitos pela legenda – oficialmente comandada pelo deputado Júnior Lourenço – na cota dos que pertencem ao grupo de Maranhãozinho, recentemente pilhado em operação da Polícia Federal

 

O outdoor de agradecimento de Josimar de Maranhãozinho; prefeitos do Avante entre membros do grupo do parlamentar

Em post publicado em 7 de dezembro, o blog Marco Aurélio D’Eça publicou post em que mostra o controle do deputado federal Josimar de Maranhãozinho (PL) sobre as ações de três outros colegas na bancada maranhense.

Desde o início do mandato dos atuais deputados e senadores, este blog mostra que Josimar controla não apenas as ações do PL, seu partido, mas também o Patriota, que deveria ser comandado por Marreca Filho, e o Avante, que tem Júnior Lourenço como presidente formal. (Saiba mais aqui, aqui, aqui  aqui, aqui)

Agora, o próprio Josimar de Maranhãozinho confirma que tem o controle do Avante.

Em placa de outdoor espalhada por todo o Maranhão, o deputado federal – recentemente alvo de operação da Polícia Federal por desvio de recursos de emendas parlamentares – inclui os prefeitos eleitos pelo Avante como membros de seu grupo político.

Na propaganda, ele cita 40 prefeitos, 15 vice-prefeitos e 275 vereadores eleitos pelo PL, mas inclui também os eleitos pelo Avante; e afirma:

– O povo maranhense nos honrou com 418 mandatos e nos fez forte para fazer muito mais pelo nosso estado.

Se o comando do Avante lutava para se desvencilhar de ligações com Maranhãozinho, o outdoor do dono do PL é um prato cheio para coleta de provas pela Polícia Federal.

Simples assim…

2

PSDB deve trocar Roberto Rocha por Eliziane Gama no Senado

Partido quer retomar sua ideologia mais vinculada à esquerda e o senador maranhense está absolutamente alinhado ao presidente Jair Bolsonaro o que torna impossível a convivência; oposicionista, senadora do Cidadania teria o perfil mais adequado ao projeto tucano para 2022

 

Sem clima no PSDB, Roberto Rocha deve deixar o partido, que já iniciou conversas para ter Eliziane Gama como referência no Senado

O senador Roberto Rocha está mesmo de saída do PSDB.

A cúpula nacional da legenda avaliou que a direita está tomada pela presença do presidente Jair Bolsonaro e que só terá salvação com uma postura de centro-esquerda, mais alinhada ao socialismo.

Mas os tucanos não querem perder a cadeira no Senado e já engataram conversas coma senadora Eliziane Gama (Cidadania), que tem postura mais adequada ao projeto da legenda para 2022. 

Além de ser crítica qualificada  da gestão bolsonarista, Eliziane Gama tem bem mais presença nacional do que Rocha, além de ter interlocução importante com presidenciáveis mais alinhados à centro-esquerda.

A favor da transferência da senadora pesa o fato de o p´residente do Cidadania, Roberto Freire, ser muito próximo do PSDB, o que a manteria com o controle da atual legenda no Maranhão.

Roberto Rocha – que já perdeu a liderança do partido no Senado – não abre mão da aliança com Bolsonaro, o que torna praticamente impossível a convivência no tucanato.

O caminho do senador maranhense seria o PTB, que tem o deputado federal Pedro Lucas Fernandes como presidente.

2

Marcio Jerry e Weverton Rocha juntos em chapa no Congresso

Deputado federal comunista é o presidente da Frente de Fortalecimento do Sistema Único de Saúde, tendo o senador pedetista como vice, resultado de ampla articulação dos dois no Congresso Nacional para fortalecer o SUS

 

Márcio Jerry tem Weverton Rocha de vice na frente parlamentar do Congresso; e vice versa na unificação da base em 2022?

O deputado federal Márcio Jerry (PCdoB) e o senador Weverton Rocha (PDT) comandam nesta a terça-feira, 15, no Congresso Nacional, o lançamento da campanha “O Brasil Precisa do SUS”, projeto da Frente Parlamentar Mista de Fortalecimento do Sistema Único de Saúde, que tem o comunista e o pedetista como presidente e vice, respectivamente.

A comissão é fruto de uma ampla articulação de Jerry e Rocha para criação de um dispositivo que pudesse fortalecer o sistema de saúde brasileiro.

O evento desta terça-feira tem a presença de ilustres personalidades brasileiras, como o jornalista Juca Kfoury, o compositor e escritor Chico Buarque, além de políticos como o governador maranhense Flávio Dino (PCdoB).

O comando dos dois maranhenses chama atenção neste momento político pelo fato de reunir na mesma articulação o principal aliado de Flávio Dino e o nome mais relevante hoje para o Governo do Estado.

Há quem aponte a chapa na frente como a que vem sendo desenhada para unificação da base nas eleições de 2022, não necessariamente nesta ordem.

Mas esta é uma outra história…