4

Hildo Rocha fará “relatório ríspido” sobre BR-135…

Deputado federal classificou de “absurdo” o que está sendo feito com os maranhenses, expostos aos riscos de acidentes e mortes por causa de uma obra atrasada em mais de três anos

 

O deputado federal Hildo Rocha (PMDB) demonstrou profunda irritação com as justificativas apresentadas aos membros da Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara Federal (CFFC) que participaram de Visita Técnica às obras de duplicação do primeiro trecho da BR-135. De acordo com o parlamentar as construtoras armaram uma encenação na tentativa de enganar a população.

– É um absurdo o que está sendo feito com os maranhenses. Esta semana, as construtoras voltaram a contratar funcionários e colocaram algumas máquinas no trecho, mas a gente vê que a obra estava paralisada, pois está no mesmo ponto em que estava em dezembro de 2016. Agora, eles vão liberar sete quilômetros que já estavam asfaltados desde o ano passado, no campo de Perizes – destacou Hildo Rocha.

O deputado promete um relatório “ríspido” contra o Ministério dos Transportes e o DNIT.

Veja o vídeo acima…

1

DNIT agora dá prazo de 10 dias para entregar trecho duplicado da BR-135…

Após mais uma das inúmeras vistorias de deputados federais e estaduais, departamento garantiu que cerca de 7 quilômetros da rodovia já estão prontos

 

AGORA VAI? Diretores do DNIT dão novo prazo a Wellington e Hildo Rocha para entrega de trecho da BR

A direção estadual do DNIT garantiu ontem aos deputados federais e estaduais maranhenses que tem condições de entregar em 10 dias um trecho de 7 quilômetros da BR-135, já duplicado.

A nova promessa se deu durante mais uma vistoria da bancada nas obras, que se arrastam desde 2010.

– O atraso da obra, segundo o DNIT, foi decorrente de quatro fatores: condições de solo do Campo de Perizes, que exigiam complexas soluções de engenharia; dificuldades de negociações nas indenizações; questões climáticas (chuvas) e, o principal, falta de pagamento. Tivemos uma ação conjunta e os parlamentares federais conseguiram recursos para que os pagamentos fossem atualizados, por meio de emendas impositivas. Agora, saímos de tal vistoria com o compromisso por parte do DNIT de liberar o trecho de 7 km em até 10 dias. Quem ganha com isso é a população – revelou Wellington do Curso (PP), um dos deputados que participaram da vistoria.

A última previsão dada pelos representantes do DNIT era que até dezembro de 2016, as obras seriam concluídas, o que não aconteceu.

Estiveram na rodovia os deputados federais Rubens Pereira Júnior (PCdoB), Hildo Rocha (PMDB) e Luana Alves (PSB), e os estaduais Wellington e Fábio Braga (SD).

3

Deputados vão vistoriar BR-135…

Parlamentares maranhenses farão nova visita ao canteiro do consórcio responsável pela obra, que deveria ser inaugurada em 2014 e já dura sete anos, sem perspectiva de conclusão

 

Deputados federais e estaduais em uma das inúmeras visitas à obra da BR-135. E nada…

Integrantes da Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara dos Deputados  Federal vão fazer vistoria técnica , segunda-feira, 26, na obra de duplicação da BR-135.

Os parlamentares vão, primeiro, à sede do Dnit para ter com o superintendente regional, Gerardo de Freitas Fernandes.

A obra da BR-135 já tem mais de sete anos sem nenhum sinal de que será concluída.

A vistoria terá a presença de deputados maranhenses, entre eles Hildo Rocha (PMDB) que tem brigado fortemente pela conclusão da obra.

Após a vistoria, será realizada mesa redonda com parlamentares, representantes do DNIT e autoridades responsáveis pela obra, na própria sede do consórcio responsável, no canteiro de obras

Parlamentares federais que confirmaram presença: Declides Macedo (PDT), Hildo Rocha (PMDB), José Reinaldo Tavares (PSB), Luana Costa (PSB), Pedro Fernandes (PTB) e Rubens Pereira (PCdoB).

Parlamentares integrantes da Comissão de Obras e Serviços Públicos da Assembleia Legislativa do Maranhão também deverão participar do evento.

1

Hildo Rocha dá dura em ministro por atraso em obra da BR-135…

A bancada federal do Maranhão esteve em audiência com o ministro dos transportes, Maurício Quintela na ultima quarta-feira.

Durante a audiência o deputado federal Hildo Rocha (PMDB foi enérgico ao cobrar o reinício das obras de duplicação da BR-135.

– Disse ao ministro que nós não aguentamos mais esse descaso com o povo maranhense. Falei da mágoa que o povo do Maranhão tem com o Ministério dos Transportes, com o Dnit, e com o Governo Federal em relação à demora na conclusão da obra de duplicação da BR 135 – destacou Hildo Rocha.

O parlamentar ressaltou que a bancada maranhense destinou recursos para a conclusão do empreendimento.

– Nós colocamos emendas da bancada para a conclusão do primeiro trecho e também para a continuação da obra que irá até Miranda do Norte – Rocha.

ROTINA
Hildo Rocha tem gravado constantemente na BR-135 para mostrar a paralisação das obras na rodovia

O deputado afirmou que a culpa pelo atraso é do Ministério dos Transportes, do DNIT.

– Infelizmente eu não posso fazer a obra porque não sou executivo, sou parlamentar, mas estou cumprindo o meu papel. Se a obra não é concluída é culpa do Ministério dos Transportes e do Dnit – explicou Hildo Rocha.

1

Ponte do Estreito dos Mosquitos preocupa Fábio Braga…

Fábio Braga retomou o tema do Estreito dos Mosquitos

O deputado estadual Fábio Braga (SD) mostrou preocupação, nesta quinta-feira, 20, com a deterioração da ponte do Estreito dos Mosquitos.

– Abro os jornais, as revistas e os blogs, principalmente por conta do feriado prolongado de fim de semana, e me deparo com notícias novas em torno de problemas velhos, porque cá entre nós, estamos às voltas com a ameaça de interdição da ponte Marcelino Machado, a ponte do Estreito dos Mosquitos, e com o velho atraso na obra de duplicação da BR-135, até Bacabeira – disse o parlamentar.

O parlamentar ressuscitou o fantasma que assusta o povo maranhense há anos, nas ocasiões em que precisa sair ou chegar a capital do estado, sobretudo nos finais de semana e feriados.

– Em outubro do ano passado, o tal problema da ponte já estava identificado e para opinar sobre o assunto, foi chamado o Conselho Regional de Engenharia do Maranhão, que em parceria com a Defesa Civil do Estado e com o Corpo de Bombeiros Militar, produziram um laudo de avaliação dando conta de que a situação era preocupante, já que a construção estava comprometida e que se nada fosse feito num breve espaço de tempo, haveria risco de toda a estrutura entrar em colapso – lembrou Braga.

À época, o DNIT prometeu iniciar a recuperação em janeiro de 2017.Passados quase cinco meses da prevista, nada foi  feito na ponte.

– Queira Deus que o DNIT esteja certo e que de fato a ponte suporte ainda por um bom tempo a demanda de tráfego sem necessidade da recuperação apontada nos laudos, mas, aconselho que todos passem de vidro aberto para o caso de surgir uma emergência – alertou o parlamentar.

O deputado pretende voltar ao tema na Assembleia Legislativa…

0

Assembleia aprova, por unanimidade, repúdio ao governo Michel Temer…

Proposta apresentada pelo deputado Eduardo Braide, pela forma como o governo  vem tratando a questão da BR-135, recebeu o apoio de todos os parlamentares presentes

 

 

Braide e os colegas com representantes do Dnit, em infrutíferas explicações, que geraram o repúdio

A Assembleia Legislativa aprovou nesta terça-feira, 11, por unanimidade, Manifestação de Repúdio à forma como o governo Michel Temer (PMDB) vem tratando a questão da BR-135.

A iniciativa foi do deputado Eduardo Braide (PMN).

– Ressalta-se que o ministro dos Transportes, Maurício Quintella, em vistoria ás referidas obras – já adiadas diversas vezes – assegurou no mês de janeiro deste ano, que a duplicação da BR-135, marcada para o mês de abril, somente seria entregue nos meses de junho ou julho de 2017. Agora, com a nova informação do DNIT, de que o prazo foi estendido para abril de 2018 – sem justificativa para atraso – fica evidenciado o descaso do Governo Federal – afirmou a nota.

A demora na conclusão da obra tem gerado cada vez mais acidentes fatais na BR-135

Além de ser publicado no Diário da Assembleia, o documento será encaminhado para o próprio Governo Federal, e seus órgãos; para o Congresso Nacional, Poder Judiciário e Ministério Público Federal.

2

Eduardo Braide e a luta incansável pela BR-135…

Não é de hoje que o deputado estadual se mobiliza para tentar garantir a requalificação da única via de entrada e saída de São Luís; dede 2011, quando assumiu o primeiro mandato, o parlamentar já travava esta batalha

 

Braide, com colegas da Assembleia e deputados federais, em uma das visitas à obra da BR-135

 

O deputado Eduardo Braide (PMN) tem uma luta histórica pela melhoria da BR-135, rodovia de entrada em São Luís.

Desde 2011, quando assumiu o primeiro mandato na Assembleia Legislativa, o parlamentar já pressionava para que a estrada fosse duplicada.

– Tomamos todas as providências. Fizemos audiências públicas, vistorias, reuniões… A população maranhense e quem trafega todos os dias pela BR-135 não aguentam mais esperar por essa duplicação. Não bastam tantos acidentes, tantas mortes que já aconteceram na BR pela falta dessa duplicação? Governar é eleger prioridades. Será que a BR-135 não é prioridade para o Governo Federal? – perguntou Braide, na semana que passou, quando voltou a tratar do assunto na tribuna da Assembleia Legislativa.

O parlamentar em outro momento, com engenheiros e técnicos do DNIT

São inúmeras as visita de Braide à entrada de São Luís.

Vistorias, acompanhamentos e até mobilização popular foram feitas para garantir que a rodovia fosse duplicada.

E desde que o Governo Federal decidiu realizar a duplicação, há pelo menos cinco anos, Eduardo Braide continuou com a a batalha para tentar garantir a conclusão das obras.

– Do início das obras para cá o Brasil já mudou até de presidente, mas o descaso com a BR-135 continua o mesmo – afirmou o deputado.

Em março de 2016 o ano passado, Eduardo Braide teve um requerimento aprovado pela Assembleia Legislativa, já repudiando o descaso com as obras de duplicação da rodovia.

E agora, a obra parece novamente paralisada, apesar da negativa do Dnit.

E Eduardo Braide continuará a pressionar, agora com o repúdio oficial da Assembleia…

0

Hildo Rocha cobra do DNIT explicações para paralisação da BR-135…

Hildo Rocha mostra a situação da BR-135, mais uma vez com a obra paralisada

Inconformado com nova paralisação da duplicação da BR-135, o deputado federal Hildo Rocha (PMDB) voltou a se reunir com o Diretor Geral do DNIT, Walter Casimiro, e com o Diretor Executivo, Luís Antônio Garcia, em busca de explicações.

De Acordo com Hildo Rocha as paralisações anteriores aconteceram por falta de recursos. Mas, segundo o parlamentar, agora não há motivos para nova paralisação porque a bancada federal maranhense colocou duas emendas de bancadas para a conclusão da duplicação da rodovia.

– É lógico que as chuvas prejudicam o andamento da obra. Mas as empresas poderiam ter se preparado para trabalhar mesmo com chuva, isso é perfeitamente possível. A execução de algumas obras, como terraplenagem, de fato tornam-se impraticáveis quando se utiliza método tradicional, mas mesmo assim, isso não impede que outras frentes de trabalho avancem. As obras de artes e do viaduto podem ser realizadas mesmo com chuvas – disse o parlamentar.

O deputado informou que por determinação do Diretor Geral do DNIT, Valter Casimiro, uma equipe de engenheiros virá ao Maranhão, esta semana, para apurar as causas da paralisação.

Punição

Rocha ressaltou que no dia 11 de julho de 2016, as empresas que estão fazendo a duplicação da BR-135 pactuaram com a Comissão de Fiscalização Financeira e Controle (CFFC) da Câmara Federal que a obra seria totalmente concluída em abril deste ano.

– Há muito tempo as empresas não cumprem o cronograma e pela enésima vez deixam de cumprir os prazos de entrega da obra. Antes, tinham uma justificativa: falta de recursos. Mas, agora não podem mais alegar falta de dinheiro. Então, por que parou novamente? O contrato prevê punição para o descumprimento do cronograma de execuções da obra. Por isso exigi que as empresas sejam punidas – afirmou Hildo Rocha.

2

Duplicação da BR-135 parada pela enésima vez…

Principal cobrador da realização da obra, que deveria estar pronta desde 2013, o deputado federal Hildo Rocha quer agora punição para as empresas que atuam na construção da estrada

 

O deputado federal Hildo Rocha (PMDB) realizou, no último fim de semana, nova vistoria na duplicação da BR-135 e constatou que a obra está novamente paralisada.

De acordo com o parlamentar, não há justificativas para nova paralisação porque os deputados federais destinaram duas emendas de bancada, sendo uma para a conclusão do trecho entre Estiva e Bacabeira e outra para a continuação da obra que deverá se estender até o município de Miranda do norte.

– O ministro veio ao Maranhão assinou a ordem de serviços, mas a obra está parada. Tenho fiscalizado, constantemente e denunciado as paralisações na tribuna da Câmara. Irei novamente ao DNIT reclamar e pedir punição para o consórcio responsável pela obra – afirmou Hildo Rocha.

Veja o vídeo acima…

0

Glalbert Cutrim viabiliza no DNIT melhoria na BR-135, em Miranda do Norte…

Glalbert com o prefeito e a vereadora de Miranda, no DNIT

Com o objetivo de evitar acidentes de trânsito no perímetro urbano de Miranda do Norte, cortado pela rodovia federal BR-135, o deputado Glalbert Cutrim (PDT) solicitou a instalação de barreiras eletrônicas e medidas que garantam mais segurança no transito.

Ao lado do prefeito Joubert Sérgio (PSDB) e da vereadora Cristiane, o parlamentar se reuniu com o superintendente regional do Dnit, Gerardo de Freitas Fernandes, a quem fez a solicitação.

– Miranda do Norte é cortado pela principal rodovia que liga a maioria das cidades do estado à Capital. Ali, em decorrência do centro comercial e de inúmeras escolas, o trafego de veículos e pessoas é muito intenso. Visando resguardar vidas e garantir mais segurança no trânsito, estamos solicitando ao órgão competente que faça a instalação de barreiras eletrônicas no perímetro urbano, onde são registrados os maiores índices de acidentes – disse o deputado.

O superintendente garantiu ao deputado que a solicitação será atendida, e anunciou que enquanto aguarda o processo licitatório das barreiras, tomará providencias para evitar que acidentes continuem ocorrendo naquela região.