11

São sempre os mesmos lugares…

Como o prefeito Edivaldo Júnior e sua equipe de obras podem se eximir de responsabilidades se a maioria da áreas que alagam durante as chuvas são as mesmas que alagaram em 2014, 2013??? Tempo – e sol – ele teve de sobra para recuperar estes locais; e chegou a anunciar o serviços, que nunca foram feitos

 

O alagamento do Curso Wellington virou tradição desta época do ano

O alagamento do Curso Wellington virou tradição desta época do ano

A imagem acima, da jornalista Thamirys D’Eça, de O EstadoMaranhão, foi tirada agora pela manhã. Mostra a área do Renascença onde fica o Curso Wellington e outras empresas, em frente ao Shopping Tropical.

É uma área que alaga desde sempre. (Relembre aqui, aqui e também aqui)

Todo ano, comove a cidade o clamor de alunos e professores que frequentam o local – além de funcionários de outras empresas que ficam na área; a mídia exibe as imagens, cobra da prefeitura, que responde com aquela nota padrão, de que a recuperação da drenagem está no “cronograma de obras”.

Tudo balela.

E esta praça aqui foi dada como reformada por Holandinha há menos de seis meses

E esta praça aqui foi dada como reformada por Holandinha há menos de seis meses

E o que dizer da Praça do Pantheon, que chegou a ser recuperada pela gestão de Edivaldo Holanda (PTC) há menos de seis meses? Chegou a receber elogios de um dos blogs que defendem o prefeito (Leia aqui)

Recuperada?!?

A praça vira um piscinão quando chove.

Não é possível que a equipe de obras de Holandinha não tenha tido a capacidade de corrigir – ou fazer, se não tivesse – o serviço de drenagem da praça.

Na Lagoa da Jansén os problemas também são recorrentes

Na Lagoa da Jansén os problemas também são recorrentes

Na Lagoa da Jansèn a mesma coisa: a falta de drenagem e de desentupimento de galerias nunca foi feito, o que resulta em alagamentos constantes durante o período de chuvas.

E nesta lista só estão as áreas ditas nobres de São Luís.

Nem se falou ainda dos bairros da periferia, como Coroado, Coroadinho, São Cristovão.

Mas estes estarão em outra história…

4

Não foi por falta de aviso…

Apenas um dia depois de este blog denunciar o serviço mal feito da Artec Engenharia, empreiteira da Caema, na avenida Santo Antonio, no Barramar, um ônibus afundou em uma das valas cobertas apenas por uma mistura de pó de brita e lama. E a via não tem nem três anos de uso. Veja as imagens:

 

onibusO local é exatamente o mesmo mostrado no post de ontem, criticando a destruição da avenida pela Artec Engenharia, empreiteira da Caema (Relembre aqui)

 

onibus2 O carro praticamente afundou na vala aberta para colocação de rede de esgoto e fechada com material de péssima qualidade

5

Imagem do dia: nem o palácio escapa…

palacio

 

A imagem abaixo é do fotógrafo De Jesus (O EstadoMaranhão). Mostra a situação da avenida Colares Moreira, bem em frente ao Palácio Henrique de La Rocque, sede administrativa do Governo do Estado. As chuvas deste domingo transformaram a via em uma piscina, devido à falta de drenagem. Outra mostra da incapacidade do prefeito Edivaldo Júnior e deu sua equipe para comandar a cidade

7

Basta chover…

pauloAs chuvas que caíram nesta tarde de quinta-feira (05) causaram esta mesma situação que você vê na imagem em várias localidades de São Luís. Este é um flagra na Lagoa da Jansén, captado pelo repórter-fotográfico Paulo Soares (O EstadoMaranhão). Mostra claramente a falta de drenagem em vários pontos da cidade. E é preciso lembrar que, no início do ano, equipes da Prefeitura de São Luís andaram fazendo o que chamaram de limpeza de galerias e bueiros da capital. Parece não ter funcionado

10

Imagem do dia: prefeitura sabia que iria afundar…

luizaoA nota emitida hoje pela Secretaria de Comunicação é uma confissão de culpa da gestão de Holandinha. A Seconzinha revela que a Semosp não pagou a obra de recuperação do Araçagy por que ela teria sido mal feita. Ora, se foi mal feita, por que a prefeitura não exigiu que a empresa refizesse o serviço? E porque, só agora, depois que a obra afundou, ela confessa que tava mal feita? Ou seja, sabia que iria dar problema, mas só admitiu quando o problema chegou. É assim que funciona a gestão de Holandinha em São Luís

10

Serviço mal feito…

O afundamento da avenida dos Holandeses e da Via expressa são exemplos de obras mal executadas pelo poder público. A primeira foi recuperada há menos de três meses; a outra, tem menos de três meses de inaugurada

 

luizaoEste é o trecho da Avenida dos Hoalndeses que afundou hoje pela manhã, diante da chuva que caiu em São Luís. O mesmo trecho havia sido recuperado há menos de três meses pela Prefeitura de São Luís, exatamente por causa do mesmo problema.Hoje, afundou de novo, mostrando que o serviço foi mal feito.

expressaA outra imagem é da Via Expressa, no trecho que corta o Vinhais Velho. É exatamente o trecho novo em folha, entregue pelo Governo do Estado há mesmos de três meses. A rachadura quase corta a pista.

A duas imagens são exemplos da incompetência do poder público. No primeiro caso, incapacidade da prefeitura de resolver problemas simples. No outro, pressa do governo para entregar uma obra ainda não concluída.

E o cidadão paga a conta…

11

Os mesmos problemas, Holandinha?!?

Um ano depois de as chuvas mostrarem o caos no João Paulo, ma Praia Grande, no Renascença e no Araçagy – tempo que a prefeitura teve para resolver o problema – as chuvas voltam a castigar as mesmas áreas. E agora, prefeito? Vai pedir mais um ano de paciência ao cidadão já frustrado com sua gestão?

 

Situação registrada no Alto Tutur por um leitor do imirante.com. n

Situação registrada no Alto Turu por um leitor do imirante.com

As chuvas que caíram desde ontem em São Luís evidenciaram os mesmos problemas registrados em 2014, e que o prefeito Edivaldo Júnior (PTC) teve um ano para resolver.

Aliás, são problemas não só de 2014, mas de 2013, 2012… (Relembre aqui)

No João Paulo, onde a avenida São Marçal passou quase seis meses alagada após chuvas em março do ano passado, as águas voltaram a inundar mesmo diante o arremedo de obra que Holandinha disse ter feito – e que agora se percebe não ter resolvido o problema.

Que dizer da avenida dos Holandeses, na proximidade da Vila Luizão?

Cratera aberta na Holandeses e que Holandinha diz ter tapado; abriu de novo

Cratera aberta na Holandeses e que Holandinha diz ter tapado; abriu de novo

Ali, o asfalto cedeu exatamente no mesmo local que cedeu há menos de seis meses e que a prefeitura disse ter resolvido, inclusive com matérias em toda mídia alinhada, tentando responsabilizar a Caema, que a desmentiu publicamente. (Leia aqui e aqui)

Foi uma mentira. O serviço “porco” foi embora com as águas.

O pontos de alagamento mostrados nas primeiras chuvas são os mesmos já vividos por todo mandato de Holandinha: Renascença, Forquilha, Mercado Central, João Paulo e nos bairros da periferia.

O prefeito Edivaldo Júnior não tem mais desculpa alguma.

Não há como esperar mais  um ano…

Leia também:

Ah! Holandinha, Holandinha…

10

Ah! Holandinha, holandinha…

Um ano depois de São Luís viver problemas com alagamentos e falta de drenagem, as primeiras chuvas mostram que o prefeito não conseguiu dar jeito na cidade, que segue com os mesmos problemas de 2014,  2013…

 

vitorino freire

As imagens que ilustram este post foram feitas hoje pela repórter fotográfica Flora Dolores, de O EstadoMaranhão. Mostram os problemas apresentados em algumas avenidas de São Luís apenas com as primeiras chuvas mais longas, que caíram esta manhã em São Luís. E o prefeito Edivaldo Júnior teve um ano para saná-los.

A primeira é da avenida Vitorino Freire, na Areinha.

No ano passado já se denunciava problemas naquela artéria. O prefeito teve o período de inverno passado e todo o ano de 2014 para resolver o problema.

Não resolveu.

ferreira gullar

A outra imagem é da avenida Ferreira Gular, na Ilhinha, outro ponto de alagamento.

Não há escoadouro de águas pluviais e a prefeitura não demonstra o menor sinal de que pretende resolver o problema. O mais incrível é que as áreas alagadas ficam próximas a rios e igarapés, o que garantia maior felicidade na resolução do problema.

forquilha

A terceira imagem é da Forquilha, na saída para o conjunto Maiobão.

Lá, o asfalto cedeu e abriu uma cratera gigantesca em pleno asfalto.

São três provas concretas de que o problema em São Luís é só um: a incapacidade de o prefeito apresentar soluções para os problemas.

E as chuvas só começaram…

0

Chuvas inundam Imperatriz…

impera5Uma forte chuva se abateu hoje à tarde na cidade de Imperatriz, trazendo transtornos à população.

Vários bairros ficaram inundados. As aguas invadiram também lojas e prédios públicos.

Em muitos trechos de ruas e avenidas, carros e motos foram engolidos.

impera2Na verdade, as chuvas já começaram a cair forte em vários municípios maranhenses, apesar de São Luís ainda viver sob sol escaldante nesta época do ano.

Hoje à tarde, também o município de Feira Nova do Maranhão foi inundado por chuvas.

Sinal de que o período de chuvas será intenso no Maranhão em 2015…

 

As imagens são de Ana Kelly, do blog da Kelly, via WhatsApp

 

8

Ordens para o caos partiram de Pedrinhas…

O comando da Polícia Militar não tem dúvidas de que as ordens para que bandidos tocassem o terror nesta tarde de sábado em São Luís partiram de dentro do Complexo Penitenciário de Pedrinhas.

bandidos

Bandidos são rendidos e postos em posição de contagem pela polícia, após motim

Bandidos atearam fogo em ônibus, promoveram arrastões em bairros e criaram motim em Pedrinhas.

presídio

Presídio foi destruído pelos bandidos

Segundo os informes da PM, o presos estão revoltados por que estão sendo transferidos.

Mas a pergunta continua:  a quem interessa o clima de caos em São Luís neste sábado?!?