4

A última viagem…

Décio, com Caio, André e Gilberto passando atrás...

A imagem ao lado foi a última de Décio Sá registrada em um momento de trabalho no interior.

Sua última viagem, sexta-feira, dia 13, acompanhando a governadora Roseana Sarney (PMDB), em Barreinhas, para inauguração de um hospital.

Ao lado do blogueiro Caio Hostílio e o assessor da Secretaria de Saúde, André Belquior, eles brincam com uma garrafa de “cana” em um quiosque.

Ao fundo, se vê o também jornalista Gilberto Léda.

Nos dias seguintes, publicou denúncias graves de, várias partes do estado.

E qualquer uma podem ter a ver com a sua morte.

O clima de descontração em Barreirinhas nem pronunciava o que estava por vir…

4

Delegados confirmam prisão de suspeito da morte de Décio…

Décio: covardemente assassinado

Os delegados Maimone Barros e Guilherme Souza confirmaram ao jornalista Marcial Lima, a prisão de Fábio Roberto Cavalcante Lima, suspeito de envolvimento na execução do jornalista Décio Sá.

O suspeito está sendo ouvido desde o final da manhã e é apontado como um dos que deram fuga ao executor dos disparos.

Apesar de os delegados confirmarem a prisão, a polícia só irá se pronunciar oficialmente após a conclusão das investigações.

Fábio Roberto foi preso na noite de ontem, na Vila Pirâmide, a partir de informações do Disque-Denúncia.

3

Suposta prisão de matador de Décio Sá foi alarme falso…

Não passou de um alarme falso a suposta prisão de um dos envolvidos na morte do jornalista Décio Sá, divulgada em alguns blogs e, principalmente, nas redes sociais, agora à noite.

A Secretaria de Segurança negou as informações e garantiu que as investigações continuam e estão avançadas.

A foto do suposto preso foi publicada no perfil “Rafael Ayres” na rede social Facebook, e rapidamente se alastrou por outros perfis e blogs.

Emissoras de rádio também chegaram a divulgar a falsa prisão.

Mas o próprio autor da postagem a retirou depois da confirmação da Segup de que tudo não passava de informação errada.

A polícia já tem imagens do provável executor, flagrado por câmeras de segurança de prédios da orla marítima.

Estas imagens já foram mostradas para testemunhas, que confirmaram as características com as do homem que foi ao Restaurante Estrela do Mar.

Mas nenhuma prisão foi oficializada até agora…

3

Para Ricardo Murad é preciso “achar o mandante do crime”…

O secretário de Saúde e deputado estadual Ricardo Murad (PMDB) afirmou hoje, em seu perfil na rede social Facebook, que o assassinato do jornalista Décio Sá foi um crime de encomenda.

Este crime foi de encomenda, executado por assassinos frios, covardes e pagos – afirmou o secretário, um dos homens públicos mais próximos do jornalista.

Para Murad, é fundamental agora, “achar o mandante do crime”.

Achar o mandante do crime é um tributo à sua memória, que nunca será esquecida – afirmou.

Ricardo se declara “deciomaníaco” e destaca a maneira de Décio Sá encarar a notícia.

– Pistoleiros assassinaram covardemente o maior jornalista de sua geração – frisou.

Ricardo Murad foi um dos primeiros a chegar ao local do crime, segunda-feira, e atuou fortemente na mobilização da estrutura para as despedidas de Décio e investigação do crime.