2

Braide falta ao debate da Band e Neto vê desrespeito ao eleitor…

Candidato do Podemos – que, em 2016, defendia a presença em todos os debates – justificou à direção da emissora a necessidade de readequação da agenda; adversário do DEM disse que há perguntas necessitando respostas

 

A bancada de Eduardo Braide na Band ficou vazia com a sua ausência do debate com o adversário Neto Evangelista

O candidato do Podemos a prefeito de São Luís, Eduardo Braide, não compareceu ao embate com o adversário Neto Evangelista (DEM), marcado para a TV Band, na tarde desta segunda-feira, 9.

No horário marcado e acertado com a assessoria dos candidatos, Braide encaminhou apenas uma nota, justificando a necessidade de readequação da agenda.

– É um desrespeito não apenas à emissora, mas ao eleitor de São Luís; logo ele, que sempre defendeu a presença em todos os debates; agora esnoba o eleitor porque não quer dar explicações à população – lamentou Neto Evangelista.

Em 2016, Eduardo Braide defendia  e cobrava a presença dos candidatos em todos os debates.

Devido à sua ausência, Neto Evangelista foi sabatinado na Band, respondendo a perguntas dos jornalistas da emissora e da população.

A ausência de Braide do debate da Band leva a especulações de que ele poderá faltar, também, ao debate da TV Difusora, na próxima quinta-feria, 12.

Mas esta é uma outra história…

5

Braide já trabalha para ter Duarte como adversário no segundo turno…

Líder nas pesquisas sabe da dificuldade de enfrentar Neto Evangelista ou Rubens Pereira Júnior – que agregariam a maior parte da base do governo Flávio Dino e da gestão de Edivaldo Júnior -; e atua para ter o adversário do PRB, que tem dificuldades de juntar aliados

 

Sabendo da dificuldade de Duarte Júnior de unir a base de Flávio Dino e atrair Edivaldo pro palanque, Braide torce parta tê-lo como adversário no segundo turno

Análise de conjuntura

A pesquisa do Ibope, divulgada nesta sexta-feira, 23, expôs um estratagema que é trabalhado diuturnamente na campanha do favorito nas pesquisas, deputado Eduardo Braide (Podemos).

Com forte queda nas pesquisas, ele já tem consciência de que, dificilmente, teria condições de vencer em primeiro turno.

Mas escolheu quem quer enfrentar no segundo turno: o deputado estadual Duarte Júnior (PRB).

Esta torcida já foi revelada em vários textos no blog Marco Aurélio D’Eça, como se pode relembrar aqui e aqui.

A estratégia da campanha de Braide envolve não apenas o seu comitê de campanha, mas setores da imprensa, institutos de pesquisa e lideranças políticas de todos os partidos.

A escolha de Braide tem um elemento obviamente prático: ele sabe que é mais difícil vencer Neto Evangelista (DEM) ou Rubens Pereira Júnior (PCdoB) em um segundo turno, pelo fato de que estes dois adversários conseguem unir, se não a totalidade, ao menos a maior parte da base do governo Flávio Dino (PCdoB) e da gestão do prefeito Edivaldo Júnior (PDT).

Duarte não tem essa força; ficará isolado e forçará até mesmo aliados da base a cerrar fileiras em torno de Braide.

Por isso a campanha do candidato do Podemos, inteligentemente, atua nos bastidores, influenciando pesquisas, lideranças políticas e sobretudo a imprensa.

Braide não quer repetir o erro de 2016, quando perdeu para as duas máquinas em São Luís.

E Duarte é para ele a tempestade perfeita…

0

Braide tem compromissos com os jovens e a geração de emprego e renda

“Mais do que pensar em atrair investimentos, e para isso nós assumimos o compromisso de criar a Agência de Desenvolvimento Econômico de São Luís, nós temos que preparar a nossa mão de obra para quando esses investimentos chegarem”, assegurou o candidato a prefeito de São Luís, Eduardo Braide (Podemos), ao reafirmar seu compromisso com a juventude e com a geração de emprego e renda, nesta quinta-feira (5), em entrevista ao programa Ponto Final, da Rádio Mirante AM.

Sabatinado pelo radialista João Ricardo, Braide detalhou propostas que estão em seu plano de governo, destacando o incremento à criação de empregos também na área industrial.

“Ao mesmo tempo em que a gente vai trabalhar para atrair investimentos para cá, os empreendimentos virão com um compromisso: dizer qual é a demanda que precisam para que a gente possa preparar, em parceria com o Sesi, o Sebrae, o Senai, a qualificação da nossa mão de obra. Para que, na hora que esse empreendimento tiver funcionando, a gente tenha certeza de que quem vai ser contratado é quem é da nossa cidade e, principalmente, da comunidade onde o empreendimento está se instalando”,  assegurou.

Braide também destacou a implementação de parcerias público-privadas, sempre priorizando o cuidado ambiental com a cidade e com suas riquezas naturais, e a criação de um Parque Tecnológico, garantindo espaço para que o jovem possa empreender, desenvolvendo inovação e soluções a partir, por exemplo, de startups.

“No Parque Tecnológico, os nossos jovens vão ter a possibilidade de ganhar seu dinheiro vendendo a sua ideia, vendendo a sua inovação, não só para a Prefeitura de São Luís, mas também para a iniciativa privada. É uma forma de estimular nossos jovens”, afirmou.

Educação e Saúde

Na área da Educação, Braide afirmou que vai implementar o programa Escola Conectada, voltada a garantir acesso à tecnologia aos estudantes da rede municipal, tendo em vista também o momento de pandemia da Covid-19.

“Vou levar internet a todas as escolas de São Luís”, assinalou Braide, ressaltando que os recursos a serem utilizados virão do novo Fundeb, que ele ajudou a aprovar como deputado federal, e de créditos do antigo Fundef, que somarão algo em torno de R$ 700 milhões para São Luís.

Braide ressaltou o que vai fazer na área de saúde, como o fim das filas para a consulta e exames e a criação das Clínicas da Saúde; e o que já realiza no setor, caso do envio de emendas no valor de R$ 1,2 milhão, para aquisição de equipamentos para um andar inteiro do Hospital da Criança; e de R$ 300 mil para a compra de medicamentos na mesma unidade de saúde.

“A diferença é que enquanto os outros candidatos falam o que querem fazer, eu falo o que já estou fazendo na área da Saúde”, declarou Braide.

Ao finalizar a entrevista, Braide disse que quer ser prefeito para ser representante do povo de São Luís.

“Chega dessa discussão se o prefeito vai ser representante do governador ou do presidente. Eu sei da responsabilidade que é administrar São Luís. Com a experiência que tenho, irei representar o povo dessa cidade que espera um prefeito que trabalhe todos os dias para garantir as melhorias e o desenvolvimento que tanto se espera. Esse é o meu compromisso”, concluiu Braide.

3

Troca do número é risco para Eduardo Braide, diz pesquisa…

Candidato que disputou as eleições de 2016 pelo PMN, com numeração 33, agora concorre pelo Podemos, que tem o número 19 e passou a intensificar essa mudança, uma vez que metade do seu eleitor não sabe quais dígitos apertar na urna

 

É assim, com o 19 em destaque, que Braide passou a intensificar sua campanha nesta reta final do primeiro turno

Favorito para vencer as eleições em São Luís, o deputado federal Eduardo Braide (Podemos) apssou a intensificar a divulgação do seu número de campanha nesta reta final do primeiro turno.

– Eduardo Braide agora é 19 – diz a propaganda do candidato no rádio e na TV.

A tentativa de massificação do número tem uma explicação científica: a pesquisa Ibope mostrou que 49% dos eleitores do candidato do Podemos não sabe o seu número.

Braide disputou a eleição de 2016 pelo PMN, que tinha número 33; mudou em 2020 pára o Podemos, que usa o 19; ocorre que muita gente ainda o vê como 33.

Essa dificuldade do eleitor em saber o número do candidato foi crucial na derrota do então deputado José Raimundo Rodrigues (PTB) em sua tentativa de reeleição á Assembleia, em 2002.

Rodrigues havia disputado a prefeitura de São Luís em 2000 e massificou o número com o jargão “Zé Raimundo é o 14; 14 é o Zé Raimundo”.

Ele não se elegeu prefeito, mas o número ficou na cabeça do eleitor, que votou em massa para deputado. Resultado: ele nãos e reelegeu, mas a legenda do PTB teve recorde histórico de votação.

Como mostra a história, é, portanto, uma preocupação pertinente de Eduardo Braide de divulgar seu número.

1

O dilema de Braide: forçar pela vitória em 1º Turno ou aguardar o segundo?

Faltando 15 dias para o pleito, o favorito nas pesquisas de intenção de votos reduz o clima de já ganhou entre os aliados e usa tom mais discreto nos releases, já se preparando para eventual confronto direto com um dos adversários

 

Braide acena para eleitor, ao lado da vice, em carreata: vitória no primeiro ou nova disputa no segundo turno?

Quem acompanha a disputa eleitoral em São Luís percebeu nos últimos dias uma mudança na divulgação da propaganda do favorito nas pesquisas, Eduardo Braide (Podemos).

Antes, as informações da campanha e dos aliados de Braide eram de euforia em relação a uma vitória em primeiro turno.

Isso mudou a partir dos novos números de pesquisas, que reduziram seus índices e já encaminham o pleito para um segundo turno.

Faltando 15 dias para o pleito, o deputado está no dilema entre forçar a campanha para liquidar logo a fatura em 15 de novembro ou segurar e se preparar para um duríssimo segundo turno.

Entre os aliados, o senador Roberto Rocha (PSDB) é que o mais defende a intensificação da campanha para liquidar a disputa logo no primeiro round; mas há outros aliados que entendem o risco de criar uma frustração no eleitor, caso se consolide o segundo turno.

Agora com 40% das intenções de votos, segundo a  última Escutec, Braide tem confortável dianteira sobre os adversários.

E sabe que só depende de si mesmo para chegar a vitória nas eleições de São Luís.

Em primeiro ou segundo turno…

6

Aliados de Braide torcem por Duarte em eventual segundo turno…

Embora ainda aposte em uma vitória no primeiro turno, campanha do líder nas pesquisas entende que é mais fácil enfrentar o adversário do Republicanos, que terá dificuldades de fazer alianças, ao contrário de Rubens Júnior e Neto Evangelista

 

Braide quer encerrar a disputa em primeiro turno; mas se tiver de enfrentar nova votação, acha Duarte adversário mais fácil

A campanha do deputado federal Eduardo Braide (Podemos) a prefeito de São Luís ainda tem convicção de que pode vencer a disputa em primeiro turno.

Mas todos já se posicionaram  em relação a um aspecto da disputa: para eles, se houver segundo turno, é preferível que o adversário seja Duarte Júnior (Republicanos), mais fácil de ser derrotado.

Por isso já entre os alados de Braide uma torcida forte por Duarte.

Para os braidistas, um segundo turno contra Rubens Pereira Júnior (PCdoB) ou Neto Evangelista (DEM) seria bem mais difícil, uma vez que ambos terão bem mais condições do que Duarte de agregar novos aliados.

De fato, o candidato do PRB enfrenta forte antipatia da classe política e teria dificuldades de sentar com a própria base do governo Flávio Dino (PCdoB).

Até agora neutro na campanha, o prefeito Edivaldo Júnior (PDT) também teria mais proximidade com Rubens Júnior  e Neto do que com Duarte.

Até agora, Duarte Júnior e Neto Evangelista disputam em condição de empate técnico uma vaga no segundo turno, com ligeira vantagem para o candidato republicano.

As próximas pesquisas, portanto, dirão quem, tem mais condições de enfrentar o favorito em um segundo turno.

E se depender da campanha de Braide, Duarte terá forte torcida…

3

Conceição Andrade declara apoio a Braide

Ex-prefeita  afirmou que o candidato do Podemos tem as melhores propostas para São Luís; “Todos que desejam o bem de São Luís são muito bem vindos em nossa caminhada”, disse o candidato a prefeito

 

Ao lado de Joaquim Haickel, Conceição foi recebida pelo candidato Eduardo Braide e sua vice, Esmênia

O candidato a prefeito de São Luís, Eduardo Braide (Podemos), recebeu nesta quinta-feira (22), o apoio da ex-deputada e ex-prefeita da capital, Conceição Andrade. O anúncio foi feito no Comitê Central da campanha de Braide e contou também com a presença do ex-deputado Joaquim Haickel.

“Estou muito feliz com o apoio da Conceição Andrade. Ela, que já esteve à frente do nosso município, pode contribuir com ideias e sugestões, ainda mais pelo trabalho valoroso que realizou em nossa Zona Rural. Como sempre disse, todos que desejam o bem de São Luís serão muito bem vindos em nossa caminhada rumo à prefeitura”, afirmou Braide.

Para Conceição Andrade, o apoio à candidatura de Braide, reforça o compromisso pelo desenvolvimento da cidade.

“O meu caminho não poderia ser outro. O Braide tem as melhores propostas, a mais viável, a mais séria. Braide tem uma postura madura e reúne um time que está interessado exclusivamente no bem de São Luís. Tivemos uma conversa excelente! Ele tem meu apoio e pode contar com meu empenho para que no 15 de novembro, o povo da nossa cidade seja o vencedor dessa eleição. Vamos à vitória”, concluiu a ex-prefeita.

0

Contraponto de Flávio Dino a Braide é recado também para Brandão…

Movimentos do vice-governador eram visto por parcela significativa de lideranças políticas maranhenses, desde 2019, como gestos de aproximação do candidato do Podemos, o que não cessou nem mesmo com a candidatura de Duarte Júnior pelo Republicanos

 

Aliados de Carlos Brandão dizem que ele pode se beneficiar com vitória de Eduardo Braide em São Luís, apesar do candidato do Republicanos…

Análise de conjuntura

O contraponto público do governador Flávio Dino em relação ao deputado federal Eduardo Braide enquadrou uma série de aliados do Palácio dos Leões que já vinham fazendo gestos de aproximação com o candidato do Podemos a prefeito de São Luís.

Mas o recado direto foi para o vice-governador Carlos Brandão (Republicanos).

Dez entre dez aliados de Brandão apontam a vitória de Eduardo Braide em São Luís como favorável ao projeto de poder do vice-governador em 2022.

E essa opinião não havia cessado nem mesmo com a candidatura do deputados estadual Duarte Júnior pelo Republicanos, partido do próprio Brandão.

O blog Marco Aurélio D’Eça traçou, desde 2019, vários cenários em que mostrava a perspectiva de poder envolvendo Carlos Brandão e Eduardo Braide. (Relembre aqui e aqui)

Um destes posts mais sugestivos está às vésperas de completar um ano; foi publicado em 29 de outubro do ano passado, sob o título “A Perspectiva Carlos Brandão/Eduardo Braide…”.

Apesar do apoio do PRB à candidatura de Duarte Júnior, o vice-governador ainda não entrou de cabeça na campanha; pelo menos não se vê publicamente este movimento.

Ao contrapor Braide, Flávio Dino disse a Brandão e outros aliados que são Neto, Duarte e Rubens os candidatos do seu grupo político

Flávio Dino decidiu fazer o contraponto a Braide como uma força de mostrar para Brandão quem é o adversário do Palácio dos Leões.

E se a disputa for para o segundo turno, vai cobrar de todos a participação efetiva de quem estiver contra o deputado do Podemos.

Isso inclui, obviamente, o próprio Carlos Brandão.

Seja quem for o candidato do Palácio…

1

Como deputado, Braide encaminhou R$ 11 milhões em emendas para SLZ

Candidato a prefeito da capital maranhense mantém tradição de buscar recursos para ações em vários setores, além de outros R$ 3,3 milhões para o Governo do Estado, mesmo sendo considerado de oposição

 

Eduardo Briade na entrega de equipamento para o Hospital Aldenora Bello, comprado com recursos de suas emendas parlamentares

O deputado federal Eduardo Braide (podemos) já garantiu em emendas para São Luís anda menos que R$ 11 milhões em menos de dois anos de mandato.

Em 2016, Braide perdeu a eleição de prefeito para Edivaldo Júnior (PDT); mesmo assim, manteve a agenda de indicações de recursos para a capital.

Há anos, ele também destina recursos de suas emendas para o Hospital Aldenora Bello e outras fundações e instituições de Saúde, de Educação e de Assistência Social.

Em levantamento preliminar do blog de Jorge Aragão foram apresentadas emendas para vários se´tores da capital maranhense.

Veja a lista abaixo:

• R$ 1 milhão para o combate à pandemia em São Luís;

• R$ 2,6 milhões para a compra de 13 ônibus escolares, 11 deles para a Zona Rural;

• R$ 147.738,23 para colocar internet em 20 escolas da Zona Rural;

• R$ 700 mil para a aquisição do mamógrafo do Hospital da Mulher (Área Itaqui-Bacanga);

• R$ 705.330,00 para o tratamento da quimioterapia e R$ 1,2 milhão para aquisição de um novo tomógrafo do Hospital Aldenora Bello;

• R$ 300 mil para custeio e R$ 300 mil para a compra de equipamentos do centro cirúrgico da Santa Casa;

• R$ 509.405,00 para 20 mil testes do pezinho, R$ 282.800,00 para o combate à pandemia e R$ 750 mil para aquisição de equipamentos (aparelho de ultrassom, cabines de teste auditivo, etc) para APAE de São Luís;

• R$ 400 mil para a compra da torre cirúrgica da Rede Sarah;

• R$ 200 mil para a Defensoria Pública do Maranhão;

• R$ 313.480,00 (custeio), R$ 1,2 milhão (equipamentos) para o Hospital da Criança;

• R$ 281.190,00 para aquisição do aparelho de videolaparoscopia do Socorrão I;

• R$ 400 mil para o IPHAN.

Braide também garantiu outros R$ 3,3 milhões para o Governo do Estado.

Todos os recursos foram liberados atráves de emendas parlamentares…

1

Roberto Rocha aposta em Braide, Madeira e Bolsonaro para 2022…

Senador do PSDB trabalha fortemente por uma base eleitoral que lhe dê suporte em São Luís e Imperatriz para concorrer às eleições de governador, vinculado diretamente ao projeto de poder do atual presidente da República

 

Em São Luís, Roberto Rocha aposta na vitória de Eduardo Braide em primeiro turno, o que o colocaria em posição de destaque para 2022

A sucessão do governador Flávio Dino (PCdoB) – que começou exatamente com as eleições de 2020 – não se resume à disputa interna na base do próprio Dino.

O senador Roberto Rocha está em franca campanha de governador, apostando suas fichas em uma trinca de peso, em São Luís, em Imperatriz e no Brasil.

Rocha atua diretamente na campanha do candidato a prefeito Eduardo Braide (Podemos) em São Luís; e trabalha para que seu candidato seja eleito em primeiro turno, o que dará um peso extra ao seu projeto de 2022.

Além disso, o senador do PSDB está na linha de frente da campanha de Sebastião Madeira em Imperatriz, outro colégio eleitoral no qual pretende fincar bandeira rumo às eleições de governador.

O senador tucano quer o presidente Bolsonaro cada vez mais presente no Maranhão, com obras que acenem para 2022

Com força em São Luís e Imperatriz, Roberto Rocha teria uma base eleitoral consistente; e somaria a elas o apoio aberto ao presidente Jair Bolsonaro, que pretende trazer cada vez mais ao Maranhão. 

O senador do PSDB pretende fazer da aliança com Bolsonaro um catalisador de obras para o estado, via Codevasf; o que, somada a uma eventual gestão Braide em São Luís, e de Madeira em Imperatriz, garantiria sua base rumo ao governo.

E enquanto a base de Flávio Dino se digladia pela condição de candidato do governo, o senador oposicionista vai construindo pragmaticamente um caminho.