0

São João com um toque de fashionismo…

miss3

Do blog Ei, Meninas!

Vivemos uma era em que as informações rodam o mundo inteiro em questão de segundos, não é mesmo?

Tendências, moda, estilo, tudo chega muito rápido até nós e por isso ao longo dos anos as pessoas vão inovando cada vez mais seu modo de ser e encarar o mundo.

missPercebemos essa mudança nos mínimos detalhes, não só no jeito de ser como pessoa, mas no seu modo de vestir e até como jogar seu cabelo para o lado. Isso se chama vida moderna.

Estamos numa época super divertida, rica em cultura que é o nosso São João do Maranhão.

miss2Tem quadrilha, tem bumba-meu-boi, cacuriá, tambor de crioula, comidas regionais e tudo de gostoso que essa época proporciona.

Para acompanhar toda essa transformação, os estabelecimentos comerciais vem se renovando para que seus clientes possam fazer parte desse mundo moderno e dinâmico. Em especial as empresas que trabalham com moda, beleza e entretenimento precisam estar diretamente conectadas ao mundo fashion, acompanhando e absorvendo  todo esse leque de informações e inovações.

Temos um exemplo de inovação direta nesse São João do Maranhão, o trabalho que o Centro de Beleza Miss D’Eça vem realizando durante todo esse mês de junho que tem agitado o mundo fashion de São Luis.

miss4

O Book Miss D’Eça de São João pra TV foi um dos projetos mais bem sucedidos dos últimos tempos aqui na cidade. Foram várias meninas participando durante duas semanas desse book, sendo maquiadas, penteadas e fotografadas para saírem na televisão, mostrando uma caracterização fashion e descolada do São João.

1

Alessandro Martins agora vai vender Citroën…

Empresário que fez fama, fortuna, inimizades e experimentou a decadência como capitão da marca Volkswagen no Maranhão retorna ao mercado automobilístico cinco anos após ser preso por fraude contra o consumidor

 

O novo momento de Martins: capitão da Citroën...

O novo momento de Martins: capitão da Citroën…

O polêmico empresário Alessandro Martins já divulga até o seu cartão de visitas em sua página no Facebook.

Ele será o novo “diretor-presidente” da Concessionária Citroën na capital maranhense.

Martins foi dono da maior concessionária Volkswagen no Maranhão, e revolucionou o mercado de automóveis, com muito marketing e promoções inusitadas. Mas fez inimigos por todos os cantos, o que resultou em denúncias e ações que resultaram em sua queda.

...E o empresário após ser preso, em 2010

…E o empresário após ser preso, em 2010

Preso em 2010, ele perdeu a marca e ficou fora do mercado por cinco anos.

O comando da Citroën é uma espécie de volta por cima, após inúmeras ações judiciais e perdas milionárias em seu patrimônio.

Segundo informações, Alessandro Martins ainda estaria negociando a compra da principal concessionária Chevrolet no Maranhão, empresa onde ele começou a aparecer como hábil vendedor.

Mas esta é uma outra história…

2

Após crítica do blog, Procon notifica companhias aéreas…

Gol, TAM e Azul cancelaram a maioria dos voos diretos entre São Luís e as grandes capitais brasileiras sem nenhuma justificativa prévia, o que pode caracterizar crime contra o consumidor

 

Fiscais do Procon em stand de companhia aérea: contra abuso e desrespeito

Fiscais do Procon em stand de companhia aérea: contra abuso e desrespeito

O Procon-MA notificou hoje as companhias aéreas TAM, Gol e Azul, para que expliquem os motivos do cancelamento de voos no Maranhão e das linhas diretas entre São Luís e as principais capitais brasileiras.

Este blog tem noticiado que o cancelamento destes voos tem prejudicado o fluxo de turistas em São Luís e as viagens dos maranhenses para ora do estado. (Veja aqui e aqui)

Uma viagem São Luís/Rio, por exemplo, hoje é feita em quase 10 horas, devido ao rande número de escalas.

O diretor do Procon, Duarte Júnior, diz não ver motivos para o cancelamento dos voos, sobretudo pelo fato de que, em março, o Governo do Estado reduziu a alíquota de ICMS exatamente para potencializar o turismo.

No documento, o Procon exige o restabelecimento imediato dos trechos cancelados…

17

Franere respira com venda de shopping; mas ainda há riscos de insolvência…

Apelidado de "favelão da Franere", Gran Park carece de infraestrutura básica

A venda de 50% do Rio Anil Shopping para o grupo BR Malls, por R$ 120 milhões, deu um alívio de caixa no grupo Franere. (Releia aqui)

 Mas não é o bastante para afastar, de vez, o risco de insolvência.

Muito pelos erros estratégicos na incorporação e construção de imóveis em São Luís – e muito pelo estilo de vida dos seus donos – a Franere vem amargando prejuízos e demandas judiciais que corroem seu patrimônio balanço após balanço.

A associação com a Gafisa, que também amarga fase de insolvência, levou a mais prejuízos, como o fracassado condomînio Gran Park, hoje um elefante branco desvalorizado em plena região do Calhau. (Leia aqui)

Com problemas de ordem técnica, ambiental e sanitária, o Gran Park é o condomínio de São Luís com o maior número de apartamentos à venda nos classificados de jornais.

Além dele, outros empreendimentos imobiliários do grupo Franere sofrem com problemas de ordem legal de toda sorte, o que atrasa início de obras – e consequentemente de entrega das unidades.

Nem mesmo o sucesso do Rio Anil Shopping a Franere foi capaz de gerir sozinha

A incapacidade de gestão levou à venda até mesmo do Rio Anil Shopping, empreendimento extremamente lucrativo, sucesso de público e de negociação de espaços, que, aparentemente, seria fácil de administrar.

Não foi para os Franere, que preferem a tranquilidade da proximidade com o poder.

Por isso, a esperança do grupo está toda em 2014…

 

12

Prefeitura incentiva cultivo de hortaliça em Paço do Lumiar

Exemplo da produção de hortaliças em Paço do Lumiar

Famílias das comunidades de Pindoba, Mercês e Iguaíba, no município de Paço do Lumiar, estão recebendo incentivos da prefeitura local para o cultivo de hortaliças.

A prefeitura oferece estufa de 2 mil metros quadrados para cada localidade, equipamentos para irrigação, sementes e cursos de qualificação. O projeto tema  parceria do Governo do Estado.

Prefeita Bia Venâncio acompanha a produção nas comunidades

O cultivo de hortaliças é fonte de renda para comunidades da Zona Rural luminense. São cultivadas salsa, cebolinha, couve, tomate, pepino, pimentão e alface.

A produção é adquirida pela própria prefeitura, por intermédio do programa “Compra Local”, que utiliza na merenda escolar nas escolas municipais. O restante da procução é vendida em feiras livres de São Luís.

Cada família pólo lucra, em média, R$ 700,00 por mês com a venda de sua produção agrícola.

0

Já com 30% das ações, grupo mineiro pode adquirir o controle do Mateus…

A rede Bretas é uma das mairoes de Minas Gerais

Assim como este blog anunciou, com exclusividade, ontem, o grupo Mateus teve mesmo parte de suas ações vendidas ao grupo mineiro Bretas. (Releia aqui)

A notícia foi confirmada hoje pelo jornal “O Estado do Maranhão”.

O dono da rede Mateus, Ilson Mateus, negou relações com o grupo Pão de Acuçar, mas o grupo mineiro – que pode adquirir até 50% das ações – tem, sim, ligações com a família de Abílio Diniz.

A rede Bretas de Supermercado foi comprada em 2009 pelo conglomerado chileno Cencosud, que atua em parceria com o Pão de Açucar em negócios na América Latina.

No Brasil, os dois conglomerados são adversários. O Cencosud é dono também do G. Barbosa, grupo nordestino – assim como foi divulgado por este blog.

Até a compra do Mateus – e depois da venda dos supermercados ao Cencosud – a família Bretas estava se dedicando ao ramo de shoppings centers e construção civil.

A confirmação da notícia é mais uma mostra da credibilidade e poder de informação deste blog.

8

Mateus terá participação do Pão de Açucar…

Pão de Açucar deve voltar ao Maranhão via Mateus

O grupo Pão de Açucar – que controla redes de supermercados e as cadeias de eletro Casas Bahia e Ponto Frio – adquiriu 40% do Supermercados Mateus, a maior rede de supermercados de São Luís.

De acordo com o que apurou este blog, as ações do Mateus foram compradas por meio do grupo Bretas, de Minas Gerais, recém-adquirido pelo G. Barbosa que, por sua vez, é ligado à família de Abílio Diniz.

Com aporte financeiro, o Mateus passará por forte estruturação para enfrentar a competição com a rede Atacadão, do grupo Carrefour, nos estados do Maranhão, Pará e Tocantins.

Ilson Mateus já procurava sócios

A família Mateus continuará com a maior parte das ações da marca, mas é possível que tenha acertado contratualmente o repasse do controle para Abílio Diniz, assim como fez as Casas Bahia.

O grupo Mateus é uma das maiores redes atacadistas e varejistas do Nordeste, mas precisava de aporte financeiro para iniciar uma competição em âmbito regional, após dominar o mercado maranhense.

Não há revelação do valor do negócio com o Pão de Açucar…