6

PCdoB ressalta perfil do vice de Edivaldo…

Júlio Pinheiro com o prefeito Edivaldo

Júlio Pinheiro com o prefeito Edivaldo

O PCdoB destaca, em seus perfis de redes sociais, desde o início da semana, o perfil do companheiro de chapa do prefeito de São Luís.

Veja abaixo o desenho que os comunistas fazem do seu representante:

Natural de Matinha, Júlio Pinheiro é morador da área do Itaqui-Bacanga – Sá Viana, Garapa e Anjo da Guarda – há 40 anos, com atuação nas áreas de habitação, educação, mobilidade urbana, saúde, cultural (Via Sacra) e desportos, sempre com o objetivo de fomentar as políticas públicas e inclusão social. Presidiu a Cooperativa Habitacional dos Moradores de Baixa Renda, onde colaborou no projeto de construção, em regime de mutirão de 120 moradias, na comunidade do Garapa.

Sua trajetória política teve inicio no movimento estudantil, em 1988, como fundador do grêmio estudantil do CEMA do Anjo da Guarda. Na área sindical, após concluir o curso de História pela UFMA, foi eleito em 2009 presidente do Sinproessema; e reeleito pela categoria em 2013.

Atualmente Júlio Pinheiro é candidato a vice-prefeito de São Luís, integrando a chapa “Pra Seguir em Frente” (PDT, PCdoB, DEM, PROS PTB, PSC, PRB, PTC, PEN, PR, PT e PSL), do candidato a reeleição à prefeitura, Edivaldo Holanda Júnior (PDT).

0

Dr. Gutemberg Araújo: mais do que palavras, ações…

gutoCandidato a reeleição, o vereador Dr. Gutemberg Araújo (PSDB) se destaca pela longa folha de serviços prestados como professor  e médico, credenciais que o levaram a conquistar o primeiro mandato. 

Nascido Gutemberg Fernandes Araújo em São Luís, cresceu nas imediações do bairro do Monte Castelo. Formou-se médico e e tornou-se Cirurgião, Professor e Vereador e também é escritor. 

É casado com a também médica Kika Araújo e tem um filho, chamado Guilherme.

Com forte atuação nos bairros – diversos pleitos atendidos em obras como recapeamento das ruas, reforma de praças, feiras, inauguração de galerias – Dr. Gutemberg Araújo também é focado em ações sociais, e em especial voltado para mulheres e crianças. Pioneiro na implantação de cirurgia bariátrica no Maranhão, possui diversos trabalhos nacionais e internacionais publicados sobre o assunto.

Entre diversas iniciativas, Dr. Gutemberg Araújo é autor da campanha intitulada por “Setembro Verde”, que tem por objetivo o incentivo a doação e transplante de órgãos. Ele é autor do projeto de lei que  prevê que a iniciativa seja realizada no mês de setembro e passe a integrar o calendário oficial de eventos do município, já que comemora-se em 27 de setembro o Dia Nacional do Doador de Órgãos por iniciativa da Associação Brasileira de Transplante de órgãos.

Outra iniciativa tem como objetivo  disponibilizar bolsas de ensino a alunos residentes no município e para isso propõe que as instituições de ensino superior poderão dispor de remissão de dívidas tributárias e a redução de até 50% no valor de ISSQN (Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza).

Preocupado com seus colegas profissionais de saúde, Dr. Gutemberg Araújo é autor da lei que determina os enfermeiros, técnicos, auxiliares e atendentes de Enfermagem do município de São Luís tenham jornada de trabalho semanal de até trinta (30) horas e também  por meio de um projeto de lei, apresentou uma proposta  para as  instituições de saúde“ pública e privada, onde tem como objetivo levar maior qualidade de vida aos profissionais de enfermagem.

A ideia é estabelecer um intervalo de repouso de uma hora, para aqueles que estão em regime de plantão, diurno e noturno, com duração de igual ou superior a doze horas. Com base no argumento  que o Conselho Federal de Enfermagem, em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz, no qual foi realizado uma pesquisa para saber o perfil do profissional de enfermagem no Brasil.

6

O fator Eduardo Braide…

Discreto, porém eficiente e com forte influência política, deputado estadual que só recentemente lançou-se à Prefeitura de São Luís tem cacife e credibilidade para tornar-se uma espécie de terceira via em uma disputa com alto índice de eleitores ainda indefinidos

 

Eduardo Braide: credibilidade e articulação

Eduardo Braide: credibilidade e articulação

Ele chegou bem ao seu estilo: de mansinho e quase no apagar das luzes.

Mas seu nome já figura, ainda que discretamente, nos levantamentos de consumo interno das principais candidaturas a prefeito de São Luís.

A população – e sobretudo os formadores de opinião – precisam observar com mais atenção os movimentos do deputado estadual Eduardo Braide (PMN), recém-lançado candidato a prefeito da capital maranhense.

Braide é desses políticos contidos no que diz respeito a aparições midiáticas, mas com forte poder de penetração quando fala, por que fala com propriedade.

Dentre todos os candidatos, Eduardo Braide é o mais profissional, mais centrado politicamente e o mais eficiente na articulação de bastidores.

Ele só se mostrou à disputa quando teve certeza de sua estrutura de campanha, sua articulação para garantir tempo de propaganda e, sobretudo, quando conseguiu cercar-se dos mais eficientes profissionais das áreas de mídia, de análise, de estatística e de produção de campanha.

Nesta disputa, em que há candidatos de todo tipo – dos mais midiáticos aos mais folclóricos; dos mais estruturados aos mais aventureiros – Braide pode ser o canalizador dos formadores de opinião, capitalizando os quase 35% do eleitorado ainda inseguro quanto às opções oferecidas.

Porque quando fala, fala com propriedade.

E fala para setores significativos da sociedade, como a comunidade católica, segmentos sociais de peso, setores voltados para a filantropia e para a assistência à saúde.

E não apenas com discurso, mas com ações efetivas, resultados comprovados.

É com este cacife que o deputado estadual se posicionará, no afunilamento da campanha, sobretudo a eletrônica.

Como uma espécie de terceira via…

4

Uma rica história de vida…

Nova secretária de Comunicação da Prefeitura de São Luís tem a trajetória marcada pela luta e os ideais do jornalismo, com marcante experiência nas dificuldades de atuar na mídia do interior maranhense

 

Conceição ente o prefeito Edivaldo, seu antecessor batista e o secretário Márcio Jerry

Conceição ente o prefeito Edivaldo, seu antecessor batista e o secretário Márcio Jerry

Discreta, pouco avessa a badalações e mulher de bastidores.

É este o perfil mais aproximado da realidade da nova secretária de Comunicação da Prefeitura de São Luís, Conceição Castro.

Atual adjunta da pasta, ela vai substituir o radialista Batista Matos, que deixa como legado o fato de ter conseguido reverter, em pouco mais de um ano,  o desgaste de três anos da imagem do prefeito Edivaldo Júnior (PDT).

Conceição Castro tem a história de vida extremamente vinculada à comunicação corporativa, de bastidores.

Desde o início da carreira, ela atua nos rincões maranhenses, articulando mídia para prefeitos do interior e abrindo espaço de comunicação para estes na capital.

Simpática e discreta, criou uma rede de relacionamentos capaz de abrir espaços em qualquer mídia para seus assessorados.

Um pedido de Conceição Castro soa como ordem para os profissionais mais sérios do jornalismo maranhense.

A nova chefe da Seconzinha foi assessora também na Famem e trabalhou em diversas prefeituras até chegar à gestão de São Luís.

Antes de ser nomeada secretária-adjunta de Batista Matos, Conceição foi assessora do secretário de Obras, Antonio Araújo.

Sua missão, agora, é manter o ciclo ascendente de positividade para Edivaldo Júnior na mídia.

O que, em ano eleitoral, acaba por virar um desafio…

10

Ponha-se no seu lugar, Márcio Jerry!!!

À frente de uma das mais importantes pastas de Flávio Dino, o secretário de Assuntos Políticos – e homem forte do governo – parece não compreender o seu papel histórico e ainda age como militante secundarista nas redes sociais

 

Márcio Jerry não consegue se conter e tem marcado sua atuação pelo bate-boca nas redes sociais

Márcio Jerry não consegue se conter e tem marcado sua atuação pelo bate-boca nas redes sociais

Este blog sempre questionou o perfil do governador Flávio Dino (PCdoB), e do seu lugar-tenente Márcio Jerry, para o exercício do poder.

Na prática, os dois têm mostrado, há um ano, que este blog tinha razão.

No exercício do governo, a dupla mostra ansiedade a tal ponto de querer controlar todos os aspectos da gestão, de prefeituras, partidos e lideranças.

Pior: tanto Dino quanto Jerry parecem ratos de internet, adolescentes de redes sociais, prontos a bater-boca com qualquer um que mostre a menor contrariedade ao governo que eles comandam.

E nas férias do governador, seu principal auxiliar atingiu o ápice da falta de compostura, e tem batido boca quase 24 horas por dia, na tentativa de defender o governo e seus senões.

Márcio Jerry é hoje o homem mais poderoso do Maranhão, ninguém duvida disto.

Mas continua pensando como se estivesse à frente de um grêmio estudantil do Ensino Médio; ou mesmo um diretório acadêmico de curso universitário.  

O secretário em um de seus bate-bocas; tempo demais no twitter

O secretário em um de seus bate-bocas; tempo de mais no Twitter

O secretário de Articulação Política precisa entender que hoje está à frente de uma administração pública, com deveres e obrigações que não dão – ou não deveriam dar – espaço para o prazer adolescente de militar em redes sociais.

Márcio Jerry precisa – e tem obrigação de – compreender melhor o seu papel.

Será melhor para seu governo.

E para o Maranhão…

12

O absolutismo de Flávio Dino e o contraponto de Ricardo Murad…

Ex-secretário de Saúde é o único político, hoje, no Maranhão, capaz de frear a hegemonia que o governador tenta impor; todos o demais temem o comunista – sem exceção

 

Murad: ameaças a Flávio Dino tiram do sério o comunita Flávio Dino, que tenta impor seu poder no estado

Murad: ameaças a Flávio Dino tiram do sério o comunista Dino, que tenta impor seu poder no estado

Pode-se até discordar de seus métodos, de sua atuação, de seus atropelos.

Mas nem os mais ferrenhos adversários podem negar que o ex-secretário de Saúde, Ricardo Murad, é um político destemido, arrojado, audacioso; com coragem para enfrentar, de pé, as mais adversas situações.

E a briga interna em que se transformou a disputa de poder no PMDB é apenas mais uma prova da coragem de Murad. Ao lado de alguns poucos – destacando-se, sobretudo, o igualmente corajoso deputado Hildo Rocha – ele enfrenta uma situação adversa, que deixa claro, inclusive, os interesses do governador Flávio Dino (PCdoB) no controle de mais uma legenda no Maranhão.

Comunista, totalitário e absolutista por excelência, Flávio Dino trabalha dia e noite pelo poder acima do poder. Subjuga deputados, prefeitos, juízes, empresários, e tenta controlar todos os partidos, de acordo com seus interesses de  curto, médio e longo prazo, sem que ninguém se movimente contra isto.

No contraponto, apenas Ricardo Murad.

Leia também:

É pelo medo que Dino se impõe…

O risco Ricardo Murad para Flávio Dino em São Luís…

O projeto de 20 anos de Holandinha e Flávio Dino…

Não há nenhuma liderança política, hoje, no Maranhão, capaz ou disposto a tentar frear a hegemonia de Flávio Dino, apenas Ricardo Murad.

Todos o demais temem o governador, de uma forma ou de outra.

De Roberto Rocha (PSB) a Roseana Sarney (PMDB); de Edivaldo Júnior (PDT) a Eliziane Gama (Rede); de José Reinaldo (PSB) a José Sarney (PMDB) todos, sem exceção, mostram, de alguma forma, insegurança quanto ao futuro sob o controle do comunismo.

E por essa razão se omitem, se escondem, fogem, submetem-se, acatam, agacham-se – em maior ou menor grau – diante da força que Flávio Dino e Márcio Jerry fazem questão de demonstrar.

Menos Ricardo Murad.

Entrevista de João Alberto, ontem: toda a mídia de Flávio Dino interessada

Entrevista de João Alberto, ontem: toda a mídia de Flávio Dino interessada

Mesmo que diante de todas as evidências de que seu grupo político já acabou, Murad ainda acredita que é necessário fazer o contraponto, manter-se de pé; perder eleições com dignidade e luta, se for o caso – sem se humilhar ou sucumbir ao medo de ser dominado por Dino.

Por isso é que nenhuma outra liderança política no Maranhão, hoje, tem tanta importância quanto Ricardo Murad.

E para o próprio futuro do Maranhão, é importante que ele se mantenha de pé.

Caso contrário, as trevas da política se impõem.

Simples assim…

20

De como, em nove meses, Flávio Dino destruiu a farsa criada em torno de si por 20 anos…

Com bravatas retóricas, gestos teatrais e discursos histriônicos para esconder a incapacidade gerencial, governador vai mostrando que não passa de mais uma “inteligência fabricada” por armas de marketing de guerrilha

 

Flávio Dino: gestos ensaiados à exaustão e frases de efeito pré-concebisas

Flávio Dino: gestos ensaiados à exaustão e frases de efeito pré-concebidas

A prepotência estampada em um dos posts do governador Flávio Dino (PCdoB) no fim de semana – em que tentou se comparar ao ex-presidente Juscelino Kubistcheck – foi mais um capítulo da auto-desmontagem que o comunista promove de si mesmo ao longo destes nove meses de mandato.

Este blog sempre apontou Flávio Dino como uma farsa.

Uma espécie de personagem construída pela propaganda esquerdista-sindical que se consolidou no Maranhão a partir do início dos anos 90.

Para o blog, ele nunca foi nem inteligente, nem preparado, sendo apenas um produto de massiva campanha midiática ao longo de sua história como estudante, advogado, juiz e político.

Mas este blog remava contra a maré do lugar-comum.

Felizmente, Dino fez-se governador. E a cada gesto, a cada frase, a cada decisão ele vai desmontando a própria farsa que criou em torno de si, de ser um cara pensante, inteligente.

É uma fraude.

Postagens como esta da referência a Kubistcheck ele faz quase que diariamente em seu perfil na rede social Twitter. E, com  elas, há nove meses vem desmontando essa fraude de inteligência rara.

FLAVIOFACE3

A prepotência de Flávio Dino no Twitter: frases feitas, ensaiadas e ditas em atos teatrais

O governador do Maranhão treinou à exaustão para passar em concursos, decorando fórmulas e macetes de questões vestibulares. E só.

Mas uma coisa é adquirir “conhecimentos técnicos” em uma área específica da vida; outra, é entender todos os polos que formam a complexidade social.

Falta ao governador do Maranhão a necessária visão de mundo, a formação cultural e intelectual sólida e, sobretudo, as marcas de um ser cosmopolita.

Flávio Dino, o homem que governa o Maranhão há nove meses, é um mero compêndio de frases de efeito e gestos ensaiados.

E a cada dia que o Maranhão permanece sob seu signo, esta farsa vai ficando mais evidente, vai mostrando que o estado é comandado por um ser de laboratório, uma criatura construída para executar funções específicas.

Mas toda construção artificial, ao se deparar com a realidade, sem códigos pré-programados, começa a meter os pés pelas mãos.

E é isso o que acontece com Flávio Dino.

Há noves meses…

3

Pai de Beto Rocha constrói shopping no interior de Sergipe…

Ao contrário do filho, preso sob suspeita de corrupção, Zezé Rocha teve sucesso como político – foi três vezes prefeito do município de Lagarto – e é considerado um dos empresários sergipanos mais bem-sucedidos

 

O pai de Beto Rocha e uma das máquinas que constrói seu shopping

Zezé Rocha e construção do seu shopping

Ao contrário da prefeita foragida de Bom Jardim (MA), Lidiane Leite, o empresário Beto Rocha, tido como mentor do esquema de desvio de recursos públicos em Bom Jardim, é um homem de origem rica.

Seu patrimônio pessoal é de R$ 14 milhões, segundo consta de declaração de bens à Justiça Eleitoral.

E ele é filho de um dos maiores empreendedores da região de Sergipe.

Franzino e na maior parte das vezes de óculos escuros, o empresário José Rodrigues dos Santos, o Zezé Rocha, é visto sempre assim pelas ruas de Lagarto, em Sergipe, cidade da qual foi prefeito  em dois períodos (1989/1992 e 2002/2008).

Considerado uma lenda viva da política de Lagarto, Zezé Rocha é empreendedor de sucesso, nos setores de pecuária, e construção.

Ele constrói, desde 2012, o primeiro shopping center do interior de Sergipe, empreendimento com 56,6 mil m2. (conheça aqui a história do empresário)

Além do shopping, ele tem um dos maiores parques de Vaquejada e várias fazendas na região Nordeste.

O filho Beto Rocha – ex-marido da prefeita de Bom Jardim (MA), Lidiane Leite, preso na operação da Polícia Federal que caça também a própria Lidiane – chegou, inclusive, a ser seu secretário de Assuntos Políticos na segunda gestão.

Área onde está sendo construído o Zezé Rocha Shopping Center, em Lagarto (SE)

Área onde está sendo construído o Zezé Rocha Shopping Center, em Lagarto (SE)

A “prisão do filho de Zezé Rocha no Maranhão” repercutiu fortemente na imprensa de Sergipe. (Leia aqui e aqui)

Aos 71 anos, o empresário acompanha à distância a prisão do filho e garante a estrutura necessária aos procedimentos judiciais.

Beto Rocha está preso no Comando Geral da Polícia Militar do Maranhão…

9

O diferencial de Fábio Câmara…

Estudioso dos temas em debate no Parlamento, vereador do PMDB tem ampla consciência do papel de opositor e não deixa questões como a do transporte passarem despercebidas, o que o torna único em um parlamento praticamente omisso nas questões municipais

 

Fábio Câmara: domínio dos temas em debate faz o diferencial em plenário

Fábio Câmara: domínio dos temas em debate faz o diferencial em plenário

O vereador Fábio Câmara (PMDB) foi o personagem principal do debate sobre a nova Lei do Transporte Coletivo na capital maranhense, que acabou retirada de pauta pelo prefeito Edivaldo Júnior (PTC).

E se destacou pelo simples fato de que tem consciência plena do seu papel parlamentar.

Talvez a população não saiba – e nem seus colegas de Parlamento – mas o vereador abriu mão do feriadão para se dedicar ao estudo do projeto de transporte encaminhado à Câmara semana passada.

E o restante da história todo mundo já sabe.

É este o diferencial de Fábio Câmara.

Não se tem conhecimento de que outro vereador de São Luís se dedique ao mandato de forma tão contundente, estudando, de fato, os temas propostos na Casa.A própria votação do projeto dos transportes mostrou a omissão dos demais vereadores. Pelo que se viu de domingo para cá, provavelmente nenhum dos outros vereadores tinha conhecimento do teor do projeto encaminhado por Holandinha.

O parlamentar discutindo os assuntos em plenário: respeito dos mais antigos

O parlamentar discutindo os assuntos em plenário: respeito dos mais antigos

Fábio Câmara, ao contrário, dedica a integralidade do seu tempo a estudar os assuntos inerentes à cidade, como fez neste caso.

Para cada área de atuação, ele tem um professor específico. E muitas vezes perde finais de semana, reuniões com amigos, passeios, para se dedicar aos estudos das questões da cidade.

E é isso que faz de Fábio Câmara um dos vereadores mais conhecidos de São Luís – basta uma circulada com ele em qualquer área de São Luís para comprovar pessoalmente este dado.

Talvez até por isso ele apareça hoje com pouco mais de 2% nas intenções de votos para prefeito de São Luís.

Mas esta é uma outra historia…

5

Por onde anda Chiquinho Escórcio?!?

Ex-deputado federal tinha no jeito espalhafatoso uma forma toda própria de viabilizar as coisas para o Maranhão; sem ele, obras como a duplicação da BR-135 e a refinaria Premium parecem abandonadas à própria sorte

 

Desde as eleições de 2014, o ex-deputado federal Chiquinho Escórcio (PMDB), personagem dos mais polêmicos e presentes no debate político do Maranhão, resolveu sumir dos holofotes.

Escórcio: ação de bastidores e presença na tribuna

Escórcio: ação de bastidores e presença na tribuna

Sem mandato, Chiquinho optou por cuidar da própria vida, se reorganizando em Brasília.

Cinco meses depois do início do “governo da mudança” no Maranhão, o abandono de obras federais importantes no estado começam a mostrar que Escórcio faz muita falta.

Ex-chefe do escritório de Representação em Brasília, ex-deputado federal, ex-senador e ex-assessor da Casa Civil da presidência, Escórcio tinha acesso fácil aos gabinetes da capital federal.

E onde não tinha, ele criava.

O deputado teve papel importante na confirmação da obra de duplicação da BR-135, com suas constantes idas ao Ministério dos Transportes e ao Dnit, a ponto de se tornar chato para alguns – mas necessários para outros.

Foi com seu estilo histriônico que Chiquinho conseguiu, por exemplo, a duplicação não só do trecho São Luís/Bacabeira, como também do trecho até Miranda do Norte.

Chiquinho levou obras federais também para  região tocantina, e foi um pé-no-saco daqueles que tentavam dificultar a realização de projetos no Maranhão.

O ex-deputado vive hoje em Brasília, cuidando da família. Mas fica triste ao saber que as obras pelas quais ele tanto lutou estão paralisadas.

E quer voltar a sair em favor delas.

Mas esta é uma outra história…