6

As estripulias de Josimar de Maranhãozinho…

Deputado estadual faz a mesma trajetória do lendário José Gerardo; e como tal, age com mão de ferro em uma das regiões mais violentas do Maranhão, acumulando poder e inimigos na mesma proporção

 

PÃO E CIRCO. Josimar em um dos inúmeros bingos, shows e festas que promove com dinheiro público na região, forma que encontrou para controlar o eleitorado

Ele é igualmente baixinho, igualmente arretado e duro como o tal; e como tal, chegou à Assembleia Legislativa após enriquecer de forma meteórica em uma das regiões mais violentas do Maranhão.

Josimar de Maranhãozinho, deputado estadual que adotou o nome do município do qual se apossou há duas eleições, faz a trajetória idêntica à do ex-deputado José Gerardo, que, nos anos 80 e 90 dominou com mão de ferro a mesma região polarizada por Zé Doca.

Assim como Gerardo, Maranhãozinho tem pouca ou quase nenhuma formação ideológica, nenhum tipo de qualificação profissional – já foi denunciado por forjar diploma do  Ensino Médio para registrar candidatura – e enriqueceu a fórceps numa região marcada pelo roubo de madeira e de cargas, tráfico de drogas, pistolagem e assassinatos mil.

Chegou à Assembleia Legislativa como o mais votado deputado do Maranhão, garantindo também a eleição da mulher, na cidade que leva seu nome, e de outros vários prefeitos na região, incluindo a poderosa Zé Doca, centro do comércio e da violência na região.

Leia também:

Juiz manda abrir inquérito contra Josimar por falsificação de documentos…

Zé Doca: novas acusações contra Josimar de Maranhãozinho…

Morador de Maranhãozinho acusa Josimar de agiotagem…

Josimar de Maranhãozinho é investigado por fraude eleitoral…

COM UM E COM OUTRO. O deputado com Flávio Dino, que decidiu apoiar após as eleições, depois de flertar também com Luiz Fernando Silva

A ascensão meteórica, no entanto, não se deu sem uma coleção de inimigos igualmente poderosos, na política, na polícia e na Justiça.

Hoje, o deputado estadual que comanda o PR – tomado de outro notório político, Davi Alves Filho, o Davizinho, filho do igualmente notório Davi Alves Silva, que tocou o terror naquela região até ser assassinado em um posto de Imperatriz – se prepara para disputar vaga na Câmara Federal.

Embora se recuse a falar do assunto – e até negue ligações – Josimar de Maranhãozinho segue a mesma trajetória de José Gerardo, amealhando poder e inimigos na mesma proporção.

E todos conhecem o fim da história política de José Gerardo…

1

Drag queen maranhense brilha no mundo da música internacional…

Nascida em São Luís, Pabllo Vittar, vocalista da banda do Programa Amor & Sexo, da Rede Globo, alcançou o topo das paradas mundiais e já tem mais seguidores nas redes sociais que a americana Rupaul

 

SER VADIA. Pabllo em versão loira, para clip da música que prega a liberdade de ser e fazer

Uma maranhense nascida em São Luís tem alcançado o posto de celebridade e lotado pistas de dança no mundo inteiro com o seu som de linguagem forte e gestos marcantes.

Nascida Phabulo Rodrigues da Silva, em 1994, numa família humilde da capital maranhense, a cantora, compositora e drag queen passou parte da infância em Santa Inês e Caxias.

E sofreu por sua condição sexual.

– Uma vez, estava na fila da merenda e um menino virou um prato de sopa quente na minha cara. Na cabeça dele, eu tinha que agir como um homem, falar com voz de homem, ser homem. Isso trouxe força. Por isso digo que sou afeminada com muito orgulho, sou gay sim, sou viado e sou feliz. E obrigada menino que jogou a sopa em mim. Fez um pilling babado, minha pele tá linda – provoca, hoje, após anos de builling em uma sociedade culturalmente primitiva, como a do interior maranhense.

Hoje, com o nome Pabllo Vittar é considerada a maior agitadora de pistas de dança no mundo.

Atual vocalista da banda do programa Amor & Sexo, da Rede Globo, a maranhense alterna-se na ponte aérea Rio/São Paulo, onde lançou, em janeiro, o seu primeiro disco solo, “Vai Passar Mal”; e estourou nas paradas.

ÍCONE DRAG. Rupaul em versão montada e de cara limpa; ídolo internacional

Hoje, Pabllo é a drag queen mais influente do mundo, superando a atriz americana Rupaul, fenômeno internacional das redes sociais e ícone do mundo drag.

Ativista, a maranhense prefere se autodefinir como “afeminada”, apesar de aceitar os termos “drag”, “transexual” e “gênero fluido”. 

– É muito revolucionário no sentido de dar a cara a tapa. São as ‘bis’ afeminadas que estão na posição de frente, que são apontadas, que levam lâmpada na cara. A gente tem que apoiar mesmo e levantar essa bandeira. Se hoje estou dando uma entrevista montada de drag, é porque muita gente morreu e sofreu preconceito para que eu ocupasse esse espaço – filosofou, em entrevista à revista Trip.

SUCESSO. A versão morena de Pabllo, como ela aparece no Amor & Sexo. destaque nacional

Estudante de design – curso que trancou na Universidade Federal de Minas Gerais, para seguir a careira cada vez mais intensa – a cantora se prepara agora para uma turnê.

E já tem data agendada novamente em sua terra natal, para se apresentar no Arraial da Thaynara OG, outro ícone maranhense da internet.

Mas esta é uma outra história…

0

Deise D’Anne muito além da beleza…

Culta, inteligente e engajada, Miss Maranhão 2016 – que acaba de conquistar o terceiro lugar no Concurso Miss Brasil – é a mais autêntica representante da mulher maranhense

 

Deise com Calrinha D'Eça e Betinha Marques: três gerações de Miss Maranhão

Deise com Calrinha D’Eça e Betinha Marques: três gerações de Miss Maranhão

Deise D’Anne Mendes de Sousa tem 26 anos e é estudante de Educação Física.

Linda, tem todos os atributos para ser uma miss, como de fato é: Miss Maranhão 2016 e terceira colocada no Miss Brasil.

Mas Deise D’Anne está muito além  da beleza, status que nenhuma outra representante maranhense alcançou, ao longo da história do maior concurso de beleza do país.

– Ser negra e nordestina me orgulha e poder levar isso para o Brasil é muito importante – declara ela, sempre que precisa falar sobre a condição de mulher e negra.

Desprendida e despojada, Deise D’Anne não se incomoda em ajudar sua mãe a vender lanchas, nos intervalos das aulas de Educação Física. E se orgulha de tudo que a genitora fez por ela.

Defensora das causas sociais e amantes dos animais, ela também não se incomoda em arregaçar as mangas pela qualidade de vida de todos os seres vivos.

Mais sobre o universo fashion no blog Ei, Meninas!

A Miss Maranhão brilhou também no Miss Brasil, mostrando desenvoltura, inteligência  culturas acima da média do concurso, o que lhe garantiu – além da beleza plástica irretocável, é claro – posição privilegiada entre as finalistas.

Antes mesmo da definição das três primeiras colocadas, especialistas do Brasil inteiro já apontavam Deise como uma das favoritas, com posts destacados nas redes sociais.

Deise D’Anne vai reinar como Miss Maranhão até junho de 2017.

E até lá, mostrará ao Brasil e ao mundo, não apenas a beleza da mulher maranhense.

Mas toda a cultura e a inteligência que marcam essa gente…

9

Samir Murad é premiado em Portugal por defesa ao meio ambiente

Por serviços prestados na defesa do meio ambiente e do desenvolvimento de territórios, o advogado ambiental maranhense recebeu, em Portugal, o prêmio “Verde Horizonte”.

O prêmio foi entregue pela Câmara Municipal de Mação e o Instituto Terra e Memória. Foram considerados também critérios como o trabalho do advogado para tornar o Maranhão polo de referência no direito ambiental no Brasil e exterior.

“Recebi o prêmio com grande satisfação, pois como presidente da Comissão de Meio Ambiente da seccional maranhense da OAB, de 2004 a 2012, desenvolvi um trabalho cuja principal característica foi o entendimento de que é plenamente possível a harmonização do desenvolvimento econômico e da inclusão social com o uso responsável dos recursos naturais, tornando a seccional maranhense uma referência em direito ambiental e sustentabilidade”, declarou ele.

A premiação foi entregue durante o Congresso Luso-Brasileiro de Interfaces Multidisciplinares do Direito para a Gestão Integrada do Território e do ano de Portugal e Brasil, ocorrida no final de dezembro passado.

2

José Sarney lamenta a morte do escritor Lêdo Ivo

Em nota divulgada à imprensa nesta segunda-feira (24), o presidente do Senado Federal, senador José Sarney (PMDB), lamentou a morte do escritor alagoano Lêdo Ivo, de 88 anos. Lêdo Ivo faleceu na madrugada deste domingo (23), em Sevilha, na Espanha, vítima de infarto.

Segundo a família do escritor, Ivo estava na espanha para passar o Natal e depois retornaria à Maceió. O alagoano é o quinto ocupante da Cadeira nº 10 da Academia Brasileira de Letras (ABL) e também sócio efetivo da Academia Alagoana de Letras, sócio honorário do Instituto Histórico e Geográfico de Alagoas, sócio honorário da Academia Petropolitana de Letras e sócio correspondente do Instituto Histórico e Geográfico do Distrito Federal.

Sarney lamentou profundamente sua morte:

“Foi com grande comoção que recebi a notícia da morte de Ledo Ivo. Perde a Academia uma das figuras mais expressivas de seu quadro. Grande erudito, autor de uma obra marcada pela poesia, onde ele se destacou e dominou como um dos maiores poetas do Brasil. Dono de personalidade singular, Ledo Ivo era presença constante na Academia Brasileira de Letras, onde tinha sempre o gosto do debate e da polêmica e, por isso mesmo, era voz ouvida, marcante, cheia de ensinamentos e encantamentos. Perde a literatura brasileira um de seus criadores maiores. A Academia está menor com sua ausência. Particularmente, vai-se mais um amigo muito querido e admirado.

José Sarney”

9

Rede Record é proibida de reexibir entrevista com Guilherme de Pádua

A Rede Record foi proibida na justiça de reexibir a sensacionalista entrevista realizada no dia 09 deste mês pela emissora com Guilherme de Pádua, assassino confesso de Daniela Perez em 1992. Pádua teria recebido 18 milhões da emissora para dar a entrevista.

Em sua página pessoal no Twitter, a autora Glória Perez, que entrou com a ação contra a emissora revelou: “Entrei na justiça. Contra os dois: emissora e assassino”.

Glória ainda disse ao jornal O Globo de hoje (21): “O caso não pode ser usado para gerar lucros para seu assassino e quem lhe cede o palco, para que ele conte ’versões’, como se já não tivesse sido julgado e condenado. Só peço paz e respeito”.

A emissora afirmou que ainda se pronunciará quanto ao caso, no entanto a Record está proibida de exibir, sem autorização prévia, imagens da atriz e de sua mãe, a autora Glória Perez.

Caso a Record descumpra a decisão da justiça, concedida pela 12ª Vara Cível do Rio, a multa será de R$ 500 mil por exibição, de acordo com o advogado Paulo Cezar Pinheiro.

Caso a emissora tenha mesmo pago 18 milhões a Guilherme, a multa de 500 mil para eles não será nadinha.

2

Morre, aos 104, o arquiteto Oscar Niemeyer

Depois de várias idas e vindas ao hospital por problemas de saúde, o arquiteto Oscar Niemeyer nos deixou ontem na noite de ontem (05), no Hospital Samaritano, aos 104 anos. Principal nome da arquitetura no Brasil, Niemeyer morreu por volta das 22h. Ele estava ao lado da mulher, Vera Lúcia, 67, e de sobrinhos e netos no momento da morte.

O carioca, que completaria 105 anos no próximo dia 15, é referência mundial em arquitetura. Seus mais famosos projetos estão na cidade de Brasília e foram fruto de uma indicação de Juscelino Kubitschek (1902-1976), então prefeito de Belo Horizonte. Niemeyer projetou, no início dos anos 1940, o Conjunto da Pampulha, uma de suas obras mais conhecidas.

Além do Brasil, o arquiteto ficou conhecido mundialmente por projetar o prédio onde atualmente é a sede da ONU (Organização das Nações Unidas), em Nova York. Niemeyer também deixa quatro trinetos, 13 bisnetos e quatro netos, filhos de Anna Maria – sua única filha, morta em junho deste ano aos 82 -, fruto de seu casamento com Anita Baldo, de quem ficou viúvo em 2004.

3

Vitor Trovão em estado grave no UDI Hospital…

 

Vitor Trovão: internado em SL

É grave o estado de saúde do empresário Vitor Trovão, que está internado na unidade de terapia intensiva do UDI Hospital desde a semana passada.

Com 90 anos, ele tem insuficiência respiratória grave.

Pai da ex-deputada estadual Teresa Murad, Vitão – como é mais conhecido – foi prefeito de Coroatá e exerceu três mandatos de deputado federal.

Tem também mais de 50 anos de atividade empresarial.

Foi ele quem lançou o genro Ricardo Murad candidato a deputado estadual em 1982, iniciando a carreira política do hoje deputado e secretário estadual de Saúde.