4

Hospital geral de Barreirinhas será inaugurado quarta-feira…

O Hospital Geral de Barreirinhas será entregue quarta-feira pelo secretário de Saúde, Ricardo Murad.

Vocês vão ver que hospital! – anuncia Murad, em seu perfil na rede de relacionamentos Facebook.

O secretário mostra grande otimismo e empolgação ncom o hospital, que faz parte do programa “Sáude É Vida”, em implantação no Maranhão.

A parte do programa em parceria com o Governo Federal foi toda concluída no início do mês, com a entrega das últimas das dez Unidades de Pronto Atendimento (UPA), no interior.

O programa Saúde É Vida prevê também a entrega de vários outros hospitais de urgência e emergência em vários municípios…

4

Roseana desconstrói discurso da oposição sobre Saúde…

Roseana em Sucupira do Riachão: inauguação de mais um hospital

Bastou a primeira ida da governadora Roseana Sarney (PMDB) ao interior, para que caísse por terra o discurso do “quanto pior, melhor” da oposição em relação à saúde do Maranhão.

–  Eles disseram primeiro que a gente não construía, depois que o Maranhão não tinha profissionais para tantos hospitais, e agora alegam que essas unidades não vão funcionar. Mas nós estamos provando que temos compromisso com a saúde do nosso povo, e não nos importamos com os que estão doentes de dor de cotovelo, porque eles só destroem. Não construíram nada e torcem sempre para que tudo dê errado no nosso estado – declarou a governadora.

 

Ricardo mostra plantação de feijão a Max Barros e Roberto Costa

Desde o início do Governo Itinerante, Roseana Sarney já entregou dois hospitais de Urgência e Emergência – um em Jatobá e outro em Sucupira do Riachão – uma Unidade de Pronto Atendimento em São João dos Patos e outra em Codó.

Outra UPA será inaugurada no município de Timon.

O secretário de Saúde, Ricardo Murad, foi na mesma linha de Roseana.

– Não permitiremos que os pessimistas, aqueles que sempre torcem pelo atraso do Maranhão, tirem o nosso ânimo de continuar trabalhando dia e noite para que os maranhenses tenham saúde de qualidade, em modernas instalações e com profissionais qualificados. Seguiremos nesse rumo, inaugurando um a um todos os 72 hospitais e 10 UPAs do Programa Saúde é Vida – afirmou o secretário.

Ao chegar no hospital de Sucupira do Riachão, Ricardo encontrou no pátio um pequeno pe de feijão. E ironizou o achado, comparando com o discurso do deputado Domingos Dutra (PT), que também encontrou hortaliças no pátio de alguns hospitais.

– Nós mostramos o pé de feijão e o hospital funcionando para atender a população. Essa é a verdade que eles escondem – declarou.

O Governo Itinerante termina nesta quinta-feira…

4

Ricardo Murad visita UPA de Timon…

A equipe de profissionais da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Timon iniciou nesta quarta-feira o período de treinamento interno que antecede a abertura do atendimento à população, até o final do mês de março.

Ricardo detalha aos profissionais trabalho na UPA de Timon

A visita à unidade fez parte da agenda que o secretário de Saúde, Ricardo Murad, cumpriu ontem, acompanhado da prefeita Socorro Waquim, dos deputados Alexandre Almeida e Sétimo Waquim, para definir as ações e investimentos que irão transformar o município em um grande centro de atenção à saúde no Maranhão.

Ao chegar à UPA, Ricardo Murad vistoria todas as instalações da unidade que, assim como as outras sete já inauguradas e em funcionamento no estado, vão dar à população de Timon o pronto-atendimento que os pacientes necessitarem, desde os casos de febre alta, diarreia e pressão alta, até os de acidente vascular cerebral (AVC) e paradas cardíacas, até serem encaminhados para os hospitais de referência.

– O que estamos fazendo em Timon faz parte de uma revolução na saúde pública do Maranhão, e todos os funcionários desta unidade entram agora nesse novo modelo de assistência pautado no companheirismo, no profissionalismo e no humanismo – declarou Ricardo Murad.

No encontro com a equipe, ele detalhou todos os investimentos que estão sendo feitos pelo Governo do Estado por meio do Programa Saúde é Vida, e ressaltou que as UPAs atendem milhares de pessoas na ilha de São Luís, em Coroatá e em Imperatriz.

10

Menina com hidrocefalia é expulsa do Socorrão II, após 11 dias jogada na enfermaria…

Criança com hidrocefalia (imagem ilustrativa)

Mais um caso envolvendo a sucateada saúde do município de São Luís.

Gilson Nunes de Lima, natural de Chapadinha, foi obrigado a retirar sua filha, vítima de hidrocefalia, da enfermaria do hospital Socorrão II, após ser expulso do hospital.

Gilson conta que chegou há 11 dias no hospital, vindo de Chapadinha. A menina foi recebida e ficou jogada na enfermaria, sem nenhuma medicação.

Como o estado de saúde dela se agravava, sem atendimento, ele foi cobrar ação dos médicos, ocasião em que foi botado pra rua e proibido de continuar acompanhando a menina.

Sem saída, o trabalhador teve que tirar a filha do hospital, já que ela não podia ficar sem acompanhante – sobretudo pelo abandono médico que experimentava.

O caso foi denunciado à própria ouvidora do hospital, Maria Joaquina Lima Costa, que já produziu relatório.

Gilson ainda procurou a direção do Socorrão II, mas foi novamente destratado.

O caso foi registrado na Delegacia da Cidade Operária…

7

Secretaria de Saúde conclui projeto de construção de 10 UPAs no Maranhão…

Com equipamentos já instalados, novas UPAs terão treinamento de funcionários

O secrétário de Saúde Ricardo Murad vai reunir para treinamento a equipe de médicos, enfermeiros, técnicos e servidores adminsitrativos de mais três Unidades de Pronto Antendimento construídas pelo programa “Saúde É Vida”.

Construídas em parceria com o Governo Federal, a previsão é que as UPAs de Timon, Codó e São João dos Patos sejam entregues durante o mês de março.

Com a entrega, o governo cumprirá a promessa de entregar 10 UPAs em todo o Maranhão. As unidades foram construídas com 60% de recursos estaduais.

Para manter cada unidade, o goveno maranhense investe, em média, R$ 1 milhão mensal, para uma contrapartida de R$ 300 mil do Governo Federal.

Timon, Codó e São João dos Patos terão unidades como esta, de SL

Treinamento
Nesta quarta-feira, às 9h, Ricardo Murad e a equipe técnica da secretaria estarão em Timon. O secretário terá reunião com os funcionários da UPA e visitará a unidade. A mesma agenda ele repetirá quinta-feira, em São João dos Patos, e sábado, em Codó.

Essas UPAs serão inauguradas em março pela governadora Roseana Sarney.

No ano passado, foram entregues na ilha de São Luís as UPAs do Parque Vitória, Vinhais, Cidade Operária e Araçagi.

Outras duas foram entregues nos municípios de Coroatá e Imperatriz.

Incluindo a do Itaqui-Bacanga, em funcionamento desde 2010, foram 226 mil pessoas atendidas ano passado nas novas unidades construídas pelo Programa Saúde é Vida.

 – A satisfação da população comprova que estamos no caminho certo – avalia Ricardo Murad.

19

Ricardo Murad põe secretaria à disposição da Polícia Federal…

O secretário de Saúde Ricardo Murad protocolou, hoje à tarde, Ofício à Superintendência da Polícia Federal no Maranhão, colocando toda a secretaria à disposição de eventuais investigações.

Segundo Murad, a PF pode investigar o contratos de licitação, a execução das obras, a aplicação do recursos e os

Ricardo Murad: mais um contra-golpe na oposição

contratos com prestadores de serviços em todos os setores da Secretaria.

– Adversários tentam criar, a todo momento, um clima de investigação que não existe na Saúde. Para esclarecer de uma vez por todas, fomos, nós mesmos, pedir a investigação da Polícia Federal – explicou Murad, por meio de sua assessoria.

Oposicionistas do secretário – de dentro e fora do governo – espalham, há dias, uma suposta investigação da Polícia Federal no sistema de Saúde do Maranhão. O objetivo, segundo Murad, é intimidá-lo no debate político.

Mesmo deixando claro não ver sentido em uma investigação da Polícia Federal, uma vez que os contratos da SES movimentam apenas recursos estaduais – mesmo no caso das UPAs, a contrapartida federal é menor – Ricardo Murad colocou-se à disposição da PF para qualquer esclarecimento.

– A pasta está aberta a qualquer investigação. E agora de forma oficial – disse o secretário.

Em mais um golpe certeiro contra os adversários.

Internos e externos…

30

Adversários forçam por operação da Polícia Federal na Saúde…

Blogueiros e jornalistas ligados ao PCdoB e PSB estão com texto pronto desde a semana passada para “noticiar” uma suposta ação da Polícia Federal na Secretaria de Saúde.

Aguardam apenas o “Ok!” dos comandantes partidários.

O titular da pasta, Ricardo Murad, é alvo da ira de políticos, e até de membros do Judiciário Federal, e vem sendo monitorado por eles quase 24 horas por dia. Este pessoal tem acesso direto às informações da PF e subsidiam a organização.

De acordo com o que revelou o blog do Décio Sá, a montagem da ação da Polícia Federal tem como base uma denúncia do ex-presidente do CREA-MA, Raimundo Portela, ligado umbilicamente ao ex-governador José Reinaldo Tavares (PSB) e inimigo figadal do grupo da governadora Roseana Sarney (PMDB). (Leia aqui)

Partiram de Portelada acusações contra a construção dos 72 hospitais de urgência e emergência, já alvos  de inspeção do Tribunal de Contas do Estado.

No ano passado, o deputado federal Domingos Dutra (PT) chegou a anunciar operação da Polícia Federal na área da Saúde no Maranhão, o que não se concretizou. Desde então, bate ponto quase semanalmente nos corredores da PF, em Brasília.

Desmoralizado por Murad na semana passada, ao fugir de uma visita aos hospitais já construídos e em operação, o ex-deputado Flávio Dino (PCdoB) também tem aliados subsidiando policiais e mídia do Sul do país.

O objetivo é criar escândalos que possam ajudá-los no projeto de tomar o poder no Maranhão.

Aparelhando ou não o Estado, não importa…

32

Flávio Dino, o arregão…

Sem o controle de Tavares, Dino vira menino mimado...

O ex-deputado Flávio Dino (PCdoB) arregou mesmo do debate com o secretário de Saúde Ricardo Murad.

Acostumado a fazer média com frases de efeito sobre o Maranhão, Dino “saiu com o rabo entre as pernas”, quando convivado por Murad a visitar os hospitais e UPAs já entregues pelo governo Roseana Sarney (PMDB).

Tão acuado, não conseguiu sequer resposta convincente para recusar o convite, usando frases surradas e ensaiadas à exaustão para encantar as massas esquerdóides.

O fato é que Flávio Dino é um arregão.

Mostrou que só consegue ficar falando se for sozinho. Só sabe agir se controlado por um “padrinho”, como o ex-governador Joé Reinaldo Tavares (PSB).

Chamado às falas, não sabe o que fazer por que não tem argumentos.

O enquadramento feito por Ricardo Murad foi um dos mais bem sucedidos contra-ataques já desferidos contra o comunista e sua turma, que vivem de fazer zoada na mídia que lhe serve, onde não podem ser contestados.

De qualquer forma, a recusa ao convite feito pelo secretário de Saúde desmoraliza mais uma vez Flávio Dino, por que mostra que ele não consegue debater com fatos – apenas com gestos ensaiados para produzir efeito messiânico.

Quando perde o controle da situação, o comunista se mostra um verdadeiro menino mimado, sem saber o que dizer.

Foi assim, por exemplo, quando se fazia de “gostoso” tentando manipular os partidos de oposição  até ser surpreendido com o lançamento da pré-candidatura de Tadeu Palácio (PP) a prefeito.

Perdido, foi obrigado a recuar da decisão de dizer que não seria candidato, voltando atrás apenas para se manter no debate.

Da mesma forma ele “murcha” agora, depois de fazer gracinha com as unidades de Saúde e ser convidado a conhecer cada uma delas.

Mas Flávio Dino não vai por que é um arregão. Foge do debate ao primeiro sinal de fraqueza.

E quando não ensaiou o que dizer – ou como agir – fica pior ainda…

22

Assim age a oposição no Maranhão…

 

Imagens como esta levam à locura Dino et caterva

É sempre assim.

A oposição falastrona do Maranhão gosta mesmo é de estar na mídia, falando palavras ao vento. Quando é confrontada a provar o que diz na prática, se esconde atrás de argumentos vazios.

Flávio Dino é hoje o maior exemplo disso.

Sem argumentos, inventou agora uma desculpa digna dos covardes para recusar o convite do secretário Ricardo Murad – e conhecer o funcionamento dos hospitais e UPAs entregues pelo goveno Roseana Sarney (PMDB).

– Não posso é visitar aquilo que não existe – esquivou-se Dino. Foi a única resposta que ele conseguiu arranjar, diante do inesperado convite que o confrontará com a realidade.

Se não existe, por que ele não prova isso na prática?

Mas Dino não quer provar nada. Nem ele nem os seus. O que ele quer mesmo é continuar fazendo proselitismo adolescente em redes sociais e gestos teatrais para fotógrafos alinhados. É só o que sabe fazer.

 

"Oposicionistas" reunidos: palavras ao vento, nada mais...

 

Outro caso de oposição histriônica é Marcos Silva, dono do PSTU no Maranhão.  Ele questiona agora a divulação do atendimento às atletas do basquetebol maranhense na UPA do Araçagy.

 

Marcos Silva: sempre a serviço...

Silva é outro farsante já desmascarado aqui neste blog – agora irritado pelo bom atendimento às atletas, é outro a falar besteira nas redes sociais.

Dino, Marcos, Lago, Dutra e serviçais ficam tão revoltados com a falta de argumentos diante dos fatos que não conseguem mais nem ser coerentes.

Dino e seus gestos teatrais: ensaio constante

Há uma parte da imprensa – muito grande, por sinal – que serve aos interesses de Flávio Dino et caterva.

 Acompanhado também de Marcos Silva, ele poderia chamar este setor da imprensa a acompanhá-lo na visita proposta por Murad.

Poderia combinar com Murad que nem precisava avisar o dia, para chegar de surpresa mesmo. Seria a oportunidade de provar que fala a verdade quando questiona a situação do Maranhão.

Mas está mostrando apenas ser mais um falastrão irresponsável, que apenas ensaia gestos para imagens eleitoreiras e joga palavras ao vento nas redes sociais.

Como um menino mimado…

28

Flávio Dino tem obrigação de aceitar o convite de Ricardo Murad…

Ricardo e Roseana, em inauguração ono Araçagy

Se quiser mesmo parecer sério – como se auto-intitula e se vende a todo momento – o ex-deputado Flávio Dino (PCdoB) tem a obrigação de aceitar o convite do secretário Ricardo Murad (PMDB) para uma visita às unidades de saúde entregues pelo governo Roseana Sarney (PMDB).

São vários hospitais e Unidades de Pronto Atendimento (UPA) em todo o Maranhão, como provam as iamgens ao longo deste post.

O convite a Dino foi feito pessoalmente por Murad, depois que o comunista tentou, mais uma vez, se fazer de coitadinho e vítima de ataques do grupo da governadora.

Washinton e o secretário, na entrega do Nina Rodrigues...

Nada mais adequado, agora, que os dois irem juntos a cada uma das unidades, aos hospitais já entregues e em fase de conclusão, às instalações do Hospital Carlos Macieira, Hospital Geral…

...E novamente com Roseana, em Grajaú

Depois disso, Flávio Dino poderia dizer o que quiser, com a segurança de quem viu de perto e não apenas usou palavras-de-ordem em proselitismo eleitoreiro. 

Mas Dino não tem coragem de fazer uma coisa dessas, seu caráter não lhe permite.

A ele, interessa apenas o discurso e a cantilena reproduzida diariamente pela mídia esquerdóide, sem consistência e falada com gestos teatrais e frases de efeito.

Exatamente como ele se acostumou a fazer…