0

Secretaria de Saúde nega fechamento de hospital de Peritoró, mas deixa dúvidas quanto à gestão de unidades…

Em nota, a SES ressalta caber ao Governo do Estado apenas a gestão da alta complexidade, além de revelar que ainda não tem ainda o desenho final da nova estrutura  da rede de assistência

 

Hopital de Peritoró no centro de uma polêmica sobre possível fechamento

A Secretaria de Saúde emitiu nota pública, nesta quinta-feira, 5, para negar interesse no fechamento do Hospital Geral de Peritoró.

A denúncia de que o governo Flávio Dino (PCdoB)  pretendia fechar o hospital foi feita mais cedo, pela deputada Andrea Murad (PMDB). (Releia aqui)

– A Secretaria de Estado da Saúde (SES) esclarece que não procede a informação de que a gestão estadual decidiu pelo fechamento ou municipalização do Hospital Geral de Peritoró, tal qual veiculado por parte da imprensa local. A Ses informa que trabalha, em diálogo com os municípios e com o Ministério da Saúde, para a reestruturação da rede de serviços em todo o Maranhão, a fim de ampliar o acesso à saúde nas regiões e favorecer a adequada distribuição das competências de cada ente federativo no campo da saúde pública – afirma o documento.

As suspeitas de que Flávio Dino estaria interessado em repassar as unidades de saúde para os municípios já havia sido feita também pela ex-prefeita de lago da Pera, Maura Jorge (PMN).

– Recebi a notícia por meio da mídia e de amigos políticos, e diante do noticiado, lamento e considero impensada, a atitude do governador, de municipalizar o Hospital Geral de Peritoró – pontuou a ex-prefeita. (Leia mais aqui)

Mas a nota da própria Secretaria de Saúde acaba por jogar mais dúvidas sobre a continuidade de gerenciamento de algumas unidades quando ressalta que “cabe ao estado a gestão da alta complexidade, dando apenas suporte aos demais serviços”.

– A Secretaria acrescenta que não há definição final do desenho da nova estrutura da rede de assistência em saúde e que tal reestruturação será debatida de forma aberta e plural, com todos os setores sociais. A Ses comunica que, dentro desse processo, alguns municípios já manifestaram interesse em assumir hospitais hoje na gestão estadual e que haverá contrapartida do estado, inclusive nesses casos, para evitar qualquer perda na qualidade dos serviços. A Secretaria reitera que a reestruturação só pode ser concebida em rede e no conjunto do estado, jamais individualmente, com o propósito de expandir o alcance da saúde pública no estado e integrar as ações municipais, estaduais e federais em prol da população maranhense – completou a nota.

0

Hospital de São Luís fará simulação de atendimento a múltiplas vítimas…

Treinamento protagonizado pelo São Domingos ocorrerá dia 8, no estacionamento do Shopping da Ilha, e terá a participação do Corpo de Bombeiros, SAMU e Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes

 

Corpo de Bombeiros e vários órgãos também estarão envolvidos no treinamento, que durará o dia todo

O Hospital São Domingos realizará no próximo domingo, 8, a simulação de atendimento a múltiplas vítimas de um acidente fictício que ocorrerá no estacionamento do Shopping da Ilha.

Com apoio de vários órgãos de segurança, que simularão um acidente com dezenas de vítimas, profissionais do hospital atuarão no socorro.

Esta iniciativa visa atender às diretrizes de segurança ao paciente, contidas no Programa de Acreditação Internacional (QMentum) da Canada Accreditation Internacional, renomada acreditadora de qualidade, que atualmente ajuda na implementação de melhorias nos serviços médico-hospitalares do Hospital.

O treinamento servirá para avaliar a capacidade do São Domingos no atendimento a vítimas em série.

Treinamento mobilizará todos os setores do Hospital São Domingos

A ação terá a participação de todos os setores assistenciais do HSD: laboratório, banco de sangue, fisioterapia, psicologia, serviço social, farmácia, bloco cirúrgico, Unidade de Terapia Intensiva (UTI), clínicas médicas e cirúrgica, serviço de diagnóstico por imagem, hemodinâmica e endoscopia; Além dos serviços de apoio: hotelaria, manutenção, engenharia clínica, nutrição e segurança patrimonial.

Terá, ainda, o suporte da brigada de incêndio do Shopping da Ilha e dos socorristas do Corpo de Bombeiros e do SAMU.

Neste dia, o Hospital funcionará normalmente, sem interrupções ao atendimento prestado aos pacientes. Vale ressaltar que os paciente em atendimento não serão envolvidos na simulação.

Será o primeiro treinamento deste tipo em São Luís…

0

Comunista desmente comunista no caso da demissão dos médicos das UPAs…

Bi-secretário Márcio Jerry chegou a classificar de “mentira” notícia sobre perseguição aos profissionais que denunciaram atraso de salários, mas o titular da Saúde, Carlos Lula, confirmou ao presidente do CRM que a represália se deu na empresa que administra as unidades

 

As UPAs estão sendo sucateadas gradativamente no governo Flávio Dino

O presidente do Conselho Regional de Medicina (CRM), Abdon Murad, confirmou nesta sexta-feira, 30, em um grupo de médicos, a represália do governo Flávio Dino (PCdoB) a profissionais da saúde que denunciaram atraso de salários nas Unidades de Pronto Atendimento (UPA).

A denúncia dos médicos foi  divulgada em primeira mão no blog de Jorge Aragão e ganhou repercussão pela TV Mirante. (Releia aqui)

Para tentar desqualificar a denúncia, o bi-secretário Márcio Jerry chegou a desdenhar da existência dos três profissionais, chamando-os de “supostos médicos”.

A reação grosseira do bi-secretário Márcio Jerry; desrespeito

Mas o próprio secretário de Saúde, Carlos Lula, confirmou a Abdon Murad, ainda que de forma transversa – em conversa a qual este blog teve acesso – os nomes e a confusão envolvendo os três profissionais.

– Durante a conversa com o CRM, o secretário dr. Carlos Lula disse que não foi determinação dele, nem do governador, o afastamento dos colegas Igor Bonifácio, Eduardo Buna e Andrea Santos e sim da empresa que gere a UPA da Vila Luizão – afirmou o presidente do Conselho, que disse ter recebido garantias da reintegração dos três.

Como Lula não desmentiu a fala do presidente do CRM, ficou claro que houve apenas um mentiroso na história.

Trata-se do próprio bi-secretário Márcio Jerry.

Simples assim…

5

Área da Saúde é principal dor de cabeça para Luciano Genésio em Pinheiro…

Prefeito eleito analisa a situação de desmonte do setor no município e já trabalha soluções para arrumar a casa logo nos primeiros dias após a posse

 

As instalações dos hospitais são precárias em toda a rede de atendimento de Pinheiro

A quatro dias de assumir o mandato de prefeito de Pinheiro, o ex-deputado Luciano Genésio (PSB) mostra forte preocupação com a área da Saúde, uma das mais sucateadas do município.

Os maiores problemas estão no Hospital Regional de Pinheiro Antenor Abreu, Materno Infantil e Samu, todos sem condição de funcionamento.

A população que precisa do atendimento sofre com a falta de estrutura, medicamentos e até médicos.

No Hospital Regional de Pinheiro Antenor Abreu, por exemplo, é precária a estrutura física oferecida aos pacientes, que vão em busca de atendimento de urgência/emergência. As macas estão velhas e enferrujadas, colchões danificados e ainda estão sem a devida coberta como pede o protocolo do Ministério da Saúde.

Ambulâncias do Samu estão sem condições de uso e vão precisar de reparos

Luciano Genésio acredita que ainda levará um tempo para recolocar em funcionamento toda a estrutura do SAMU (Serviço de Atendimento Médico e Urgência). Das cinco ambulâncias que servem o município, apenas uma está em condição de funcionamento.

Além disso, Pinheiro pode ter os repasses federais da Saúde reduzidos no mês de janeiro, por falta de informações do município ao Sistema único de Saúde.

para reorganizar o município, Luciano pretende começar a trabalhar logo no primeiro dia de mandato…

0

“IDH reflete resultado do ‘Saúde é Vida'”, afirma Andrea Murad…

Em discurso na Assembleia,  parlamentar ironizou o perfil do governo Flávio Dino, que valoriza mais os números que o carisma, para destacar os comunistas colhem agora os frutos das ações do ex-secretário Ricardo Murad

andreaEles não trabalham em cima de simpatia, eles trabalham em cima de dados e indicadores. Então o crescimento do IDH e o reconhecimento do Selo Unicef foram duas importantes constatações de que o Programa Saúde é Vida foi a melhor coisa que aconteceu no estado do Maranhão nos últimos tempos”
 
Andrea Murad ao repercutir hoje a declaração do presidente do IMESC, Felipe de Holanda, quanto aos avanços do IDH e o reconhecimento do Selo UNICEF para o Maranhão, com destaques à saúde pública na gestão de Roseana e Ricardo Murad.
0

Aluisio Mendes viabiliza audiência da direção do Aldenora Bello com ministro da Saúde…

Aluisio reforçou pedidos dos diretores do Aldenora ao ministro Ricardo Barros

Aluisio reforçou pedidos dos diretores do Aldenora ao ministro Ricardo Barros

O deputado Aluisio Mendes (PTN) solicitou ao ministro da Saúde, Ricardo Barros, agilidade na liberação de recursos já disponibilizados para aquisição de aparelhos de radioterapia para o Hospital Aldenora Bello, em São Luís.

A solicitação foi feita pelo parlamentar nesta terça-feira (29), durante audiência com o ministro da qual participaram dirigentes da casa de saúde que atende pacientes com câncer no Maranhão.

Na ocasião, Aluisio Mendes informou ao ministro sobre a urgência da liberação desses recursos, tendo em vista que atualmente há uma fila de pacientes necessitando de tratamento oncológico no Maranhão, e para muitos deles a demora em iniciar o tratamento pode fazer a diferença entre vencer o câncer ou morrer.

“O brilhante trabalho desenvolvido pelo Aldenora Bello esbarra hoje na incapacidade de atender toda a demanda por tratamento, dado o grande número de pacientes e a quantidade de equipamentos disponíveis no hospital. O ministro se mostrou sensível ao pleito e garantiu a liberação de forma rápida de pelo menos um dos equipamentos solicitados pela instituição”, informou o deputado.

Durante a audiência, o vice-presidente do hospital, Antônio Dino, e o diretor financeiro da instituição, Ruy Lopes Freitas,atenderam a uma solicitação do ministro e prontamente se comprometeram em apresentar um projeto para interiorizar o tratamento oncológico no Maranhão, evitando que pacientes do interior tenham que fazer grandes deslocamentos para serem atendidos.

Os dois gestores do hospital se mostraram muito satisfeitos com os encaminhamentos feitos pelo ministro e se comprometeram de voltar, em companhia do deputado Aluisio Mendes, para apresentar o projeto de interiorização.

0

Estado de saúde deve levar à renúncia de Soliney em Coelho Neto…

Prefeito está internado em Teresina, com quadro de pneumonia que já dura 90 dias, e não aparenta mais condições de exercer o comando do município; afastamento deve se dar até o dia 30

 

Soliney está debilitado e deve renunciar á prefeitura

Soliney está debilitado e deve renunciar à prefeitura

Internado com quadro de pneumonia em Teresina (PI), o prefeito de Coelho Neto, Soliney Silva (PMDB), deve renunciar aos últimos 30 dias de mandato.

O quadro do prefeito, que sofre de uma doença genética chamada Espondite anquilozante, que inflama as cartilagens da coluna, é considerado tão grave que os médicos já o aconselharam a buscar internação do Hospital Sírio e Libanês, em São Paulo. Ele resiste por que diz querer entregar a prefeitura melhor do que recebeu.

A doença de Soliney Silva o acompanha há 20 anos. desde então, ele é obrigado a tomar, semanalmente, uma vacina que combate o processo inflamatório.

Auto- imune, a doença baixa a imunidade do paciente, que não pode, sequer, gripar, quando mais pegar peunmonia.

Atualmente, a imunidade do prefeito está próxima de zero.

Segundo apurou o blog, Soliney já não tem forças para reagir à doença, e deve renunciar no dia 30 de novembro, após pagar todos os funcionários.

Só então, seguirá para São Paulo, onde tentará tratamento mais avançado…

2

Juscelino leva Edivaldo ao Ministério da Saúde…

Juscelino com Edivaldo e Helena no ministério

Juscelino com Edivaldo e Helena no ministério

O deputado federal Juscelino Filho (DEM-MA), o prefeito reeleito de São Luís, Edivaldo Holanda Junior (PDT), e a secretária municipal de saúde, Helena Duailibe, estiveram na tarde desta quinta-feira (24) em reunião com o ministro da saúde, Ricardo Barros.

Na reunião realizada no Ministério da Saúde, em Brasília, os maranhenses pleitearam a habilitação do Instituto do Rim em terapia renal substitutiva, a habilitação do hospital municipal Clementino Moura como unidade de  alta complexidade em terapia nutricional, solicitaram motolâncias (motos do Samu que garantem atendimento de emergência com mais agilidade), recursos para filantrópicas e auxílio para a continuidade de importantes obras, como a da maternidade e do Hospital da Criança, em São Luís.

“Temos urgência e pressa nos pleitos solicitados, que não atendem só a capital, mas, municípios vizinhos também. O ministro e sua equipe, analisarão nossos pleitos ainda este ano ”, destacou Juscelino Filho.

0

Andrea Murad é destaque em audiência com profissionais da Saúde…

Enquanto rejeição a Flávio Dino cresce entre os profissionais da Saúde, Andrea Murad, que teve seu pai secretário de saúde, foi ovacionada na audiência pública realizada nesta quinta-feira, com estes profissionais. Isso diz muito…

 

Andrea fez discurso forte durante a audiência pública

Andrea fez discurso forte durante a audiência pública

 

Para quem esteve na audiência pública dos profissionais da saúde, na tarde desta quinta-feira, 17, na Assembleia Legislativa, teve clara a sensação de total reprovação dos profissionais ao governo atual.

A audiência tratou da situação de cerca de 8 mil trabalhadores que se encontram em precarização das relações trabalhistas, sem carteira assinada, sem nomeação, sem direitos a férias e décimo terceiro.

Com o plenarinho lotado, os profissionais dispararam queixas contra o governador Flávio Dino e a Secretaria de Estado da Saúde.

Mas foi na entrada da deputada Andrea Murad que ficou clara a demonstração de reconhecimento pelo trabalho e gestão de Ricardo Murad e que hoje tem Andrea como principal defensora da saúde pública do Maranhão. Logo na sua chegada, a deputada foi ovacionada pelos trabalhadores e a todo instante recebia aplausos pela sua desenvoltura no evento.

Além dos sindicatos, a audiência teve a participação de um representante da Superintendência Regional do Trabalho e da secretária Adjunta de Assuntos Jurídicos, Lídia Sharum, vaiada diversas vezes, deixando o espaço sem dar qualquer explicação plausível para o caso.

A deputada foi elogiada pelos profissionais da saúde como representante da categoria

A deputada foi elogiada pelos profissionais da saúde como representante da categoria

Andrea Murad elogiou o trabalho realizado pelos profissionais da saúde e criticou duramente as condições em que o governo está tratando os trabalhadores.

– Isso é inacreditável. Trabalho escravo. Muito me admira o governador Flávio Dino, quem mais deveria entender a situação, que tem um escritório de advocacia na área trabalhista e como chefe do poder executivo mantém esses milhares de trabalhadores no “limbo jurídico” há mais de 1 ano. Sem férias, sem vínculo empregatício, sem 13º salário, sem nada do que está previsto nas leis trabalhistas. As pessoas continuam trabalhando e nem contracheque tem. Os descontos são feitos mas os mesmos nem carteira assinada possuem. Isso é escandaloso. Reafirmei meu compromisso com a categoria e caso o governador não tome providência vou unir forças com esses profissionais para que seus direitos sejam garantidos – avaliou a parlamentar ao sair da audiência.

Sem dúvida, a rejeição a Flávio Dino aumentou entre os trabalhadores que se dedicam incondicionalmente à rede estadual de saúde e mostrou a falta que esses mesmos trabalhadores estão sentindo da gestão de Ricardo Murad.

0

Lago da Pedra: Em reforço ao “Novembro Azul”, secretaria de Saúde intensifica projeto “saúde do homem”…

lago

Lago da Pedra, cidade governada pela ex deputada Maura Jorge, foi pioneira no Brasil ao implantar o programa “Saúde do Homem”, que conta com uma Unidade Básica de Saúde totalmente equipada e voltada para o atendimento masculino.

O programa tem por meta reduzir os índices de doenças, como o câncer de próstata, que é o segundo mais incidente entre os homens

A Unidade de atendimento tem expediente matutino, vespertino e com ênfase no período noturno, para atender aos que trabalham no período do dia.

lago2

Os resultados são positivos e o programa está sendo intensificado por todo esse mês de novembro, em apoio a campanha “Novembro Azul”, que alerta sobre a prevenção ao câncer de próstata.

O programa já é espelho para outras cidades, inclusive São Luís, que passou a adotar medidas parecidas.

E o que está dando certo, deve sim ser copiado…