3

Edivaldo deixará importante legado na modernização do transporte em São Luís

A licitação com as novas regras do setor transformaram a forma como o usuário exerce a mobilidade urbana; e terá forte influência no desenvolvimento de um novo patamar para a capital maranhense

 

EDIVALDO EM MAIS UMA ENTREGA DE ÔNIBUS NOVOS NO SISTEMA DE TRANSPORTE; legado marcado pela renovação do sistema público

Editorial

Pode até estar passando como mera ação protocolar a entrega de novos veículos para o sistema de transporte urbano de São Luís.

Mas essas entregas marcam, na verdade, um ciclo que se iniciou na gestão de Edivaldo Júnior, com a licitação do setor de transporte urbano.

E os números deste avanço são expressivos sob qualquer ponto de vista – de aliados ou adversários do prefeito.

Os 17 novos ônibus entregues nesta quarta-feira, 4, somam-se aos demais, alcançando 680 veículos novos, inseridos a partir de 2013, o que faz de São Luís a capital nordestina com a frota de transporte coletivo mais nova.

Este legado de Holandinha se respalda na própria história dos números.

A capital maranhense já chegou a operar com ônibus de até 20 anos de uso; hoje, a renovação chega a 83% com idade média de 4,5 anos para os veículos.

Do total de 680 ônibus implantados desde 2013, 317 são climatizados; Outros 21 veículos são articulados.

Mas a reforma do sistema não inclui apenas a modernização da frota. O usuário de São Luís ganhou serviços como GPS em todos os veículos, Recarga Embarcada, Bilhete Único, Cartão Criança e o aplicativo Meu Ônibus.

Edivaldo Júnior definiu o setor de transporte como prioridade logo no primeiro ano e sua gestão, o que – mesmo com o histórico crítico em relação à gestão – pode ser reconhecido no blog Marco Aurélio D’Eça, em posts aqui, aqui, aqui e aqui

Mas foi em 2016, com a Licitação do Transporte, que se implantou uma política definitiva para a área, o que nunca havia sido implantada em São Luís.

O fato é que, em que pese todos os problemas e questionamentos críticos, a gestão de Edivaldo Júnior tem um legado que ficará para São Luís.

E isto já pode ser constatado mais de um ano e meio antes do fim do mandato.

Simples assim…

1

Edivaldo alcança patamar de 300 ônibus novos no sistema de São Luís…

Prefeito entregou nesta terça-feira, 9, mais oito veículos equipados com ar-condicionado e elevador para cadeirantes alcançando a taxa de 80% de renovação da frota total da cidade

 

EDIVALDO CUMPRIMENTA PRESENTES À ENTREGA DOS NOVOS OITO ÔNIBUS QUE FARÃO PARTE DA FROTA DO TRANSPORTE DE SÃO LUÍS, que já tem 80 de renovação

O prefeito Edivaldo Júnior (PDT) alcançou uma meta importante nesta terça-feira, 9, em um dos setores que mais avançaram em sua gestão, o de transporte urbano.

Foram entregues oito novos ônibus equipados com ar-condicionado e elevador para cadeirante, atingindo a marca de 300 veículos novos, ou cerca de 80% da frota.

– Este é um momento muito importante, pois podemos oferecer aos cidadãos de São Luís uma frota moderna e condizente com as necessidades da nossa população. Temos a satisfação de oferecer em nossa gestão os ônibus com a menor taxa de vida útil do Nordeste. Recebemos a cidade com uma frota que tinha em média 10 anos de utilização cada veículo e hoje temos uma média de 4,5 anos de utilização por coletivo – destacou Edivaldo.

O prefeito tem muito o que comemorar neste setor.

Responsável pela licitação que garantiu a renovação da frota de ônibus no transporte urbano de São Luís, Edivaldo enfrentou problemas históricos no setor; e conseguiu enquadrar empresários e trabalhadores.

O prefeito pretende concluir o mandato, em, 2020, com 100% da frota renovada…

2

Post sobre cobradores de ônibus gera crise entre deputados…

Duarte Júnior e Yglésio Moises trocaram alfinetadas pelo Whatsapp, depois que o blog Marco Aurélio D’Eça analisou artigo do pedetista sobre a postura diante da demissão de trabalhadores do transporte

 

DUARTE JÚNIOR SE MANIFESTOU PELOS COBRADORES, YGLÉSIO CRITICOU SUA POSTURA MIDIÁTICA, e os dois se alfinetaram em grupos de WhatsApp

O blog Marco Aurélio D’Eça publicou na segunda-feira, 10, o post “Dr. Yglésio vê ‘coelhos e tartarugas’ em busca de holofotes em São Luís…”.

Tratou-se de um artigo do parlamentar do PDT, com seu ponto de vista sobre a demissão dos cobradores de ônibus; este blog interpretou que Yglésio criticava a postura dos colegas Duarte Júnior (PCdoB) e Wellington do Curso (PSDB) diante do caso.

– Toda vez que temos um assunto que realmente merece uma atenção maior, por tratar de problemas estruturantes, existe também na política uma proliferação cada vez maior de coelhos e tartarugas; os coelhos da modernidade política (cada vez mais líquida) hoje alimentam-se de holofotes – falou Yglésio, no que, segundo entendimento do blog, seria um recado aos dois deputados.

Duarte Júnior não gostou da análise e questionou Yglésio em um grupo de WhatsApp formado por parlamentares.

Segundo apurou o blog Marco Aurélio D’Eça houve troca de farpas e termos como “antiético” e “doente” de lado a lado.

Ao blog, tanto Yglésio quanto Duarte confirmaram o que chamaram de “tomada de satisfações”, embora tentassem minimizar a história.

No xis da questão – ainda segundo apurou o blog – estaria a relação dos dois deputados com cada uma das partes envolvida na questão dos cobradores de ônibus.

Duarte se posiciona a favor da categoria, embora o presidente do Sindicato dos Trabalhadores no Transporte (STTREMA) tenha acordado as demissões.

Yglésio, por sua vez, recebeu em seu gabinete a diretoria do Sindicato das Empresas de Transporte (SET) no mesmo dia de uma audiência que Duarte tentou fazer sobre o tema.

A análise do blog Marco Aurélio D’Eça contribuiu para acirrar o debate entre os dois parlamentares.

Mantendo sua linha de influência entre os poderes maranhenses…

4

Duarte Júnior repete Fábio Câmara para sentir problemas do usuário de transporte…

Assim como o vereador, que experimentou este tipo de locomoção como estudante – e ao contrário de outros candidatos a prefeito –  comunista já conhece o sistema como usuário

 

DUARTE VOLTOU A UJSAR ONIBUS PARA OUVIR O QUE OS PASSAGEIROS TÊM A DIZER sobre a ausência de cobradores no transporte coletivo

 

O deputado estadual Duarte Júnior (PCdoB) postou nesta sexta-feira, 31, em suas redes sociais, o resultado de uma experiência que deveria fazer parte da rotina de todo político.

Ele decidiu usar pessoalmente o sistema de transporte coletivo de São Luís, para sentir exatamente o que sente o usuário nos ônibus hoje sem cobrador.

– Há muito tempo não utilizo o transporte coletivo de São Luís. Hoje, fiz o mesmo trajeto que fazia na época de faculdade. Afinal, acompanha de perto e buscar ouvir e conhecer pessoas envolvidas é fundamental para tomarmos decisões melhores e mais justas – afirmou Duarte.

Crítico do acordo entre patrões e empregados do sistema – que pôs fim a empregos de cobradores – Duarte conhece o sistema porque foi usuário deste durante todo o seu período de estudante.

EM 2016, FÁBIO CÂMARA VOLTOU A USAR ÔNIBUS PARA PROVAR QUE UM DOS CONSÓRCIOS DESCUMPRIA CLÁUSULAS da licitação em São Luís

Aliás, ele repete agora o que outro parlamentar – o então vereador Fábio Câmara (PSL) – fez em 2016 para criticar a falta de cumprimentos das cláusulas de contrato da licitação do transporte (Relembre aqui)

Tanto Duarte quanto Fábio Câmara – assim como Bira do Pindaré (PSB) e Wellington do Curso (PSDB) – podem falar do sistema de transporte de São Luís porque, se não são hoje, já foram usuário desse sistema, ao contrário de praticamente todos os outros prováveis adversários na disputa pela Prefeitura de São Luís.

E é com esta autoridade que eles podem dizer o que dizem.

E isso dá vantagem adicional na apropriação do discurso…

0

Extinção de cobradores nos ônibus foi tratada entre patrões e empregados…

Fim do serviço nos ônibus de São Luís não tem previsão no Edital de Licitação realizada em 2016 e foi tratado exclusivamente pelas empresas de ônibus e representantes de trabalhadores na própria Justiça do Trabalho

 

ALGUNS ÔNIBUS DE SÃO LUÍS JÁ ESTÃO CIRCULANDO ASSIM, SEM COBRADORES, o que aumenta aumenta o trabalho dos motoristas

A extinção do serviço de cobradores nos ônibus do transporte coletivo de São Luís foi um assunto tratado diretamente pelo Sindicato das Empresas de Transporte (SET) e pelo Sindicato dos Trabalhadores no Transporte Rodoviário do Maranhão (STTREMA).

A informação foi obtida pelo blog Marco Aurélio D’Eça diretamente no SET.

– O município não participou em absolutamente nada.  A questão dos cobradores oi tratada entre os sindicatos Sindicato das Empresas e STTREMA) – afirmou a fonte do blog.

O fim do serviço não tem previsão no edital de licitação dos transportes, realizada pela prefeitura em 2016.

O acordo foi firmado em convenção coletiva, no Tribunal Regional do Trabalho (TRT), com a presença de patrões e trabalhadores, sob a supervisão do Ministério Público.

Trata-se, portanto, de uma adaptação das empresas aos novos tempos, de alta tecnologia e novos serviços digitalizados.

Que acaba por reduzir ou extinguir determinadas carreiras.

Simples assim…

0

Wellington defende motoristas de vans e transporte alternativo…

Na manhã desta segunda-feira (11), o deputado estadual Wellington do Curso foi ao encontro de motoristas de vans que realizaram uma paralisação no km 42 da BR-135, no povoado Bacabeira, a 58 km de São Luís. De acordo com os motoristas, o protesto foi motivado após a apreensão de 62 vans na semana passada.

Na ocasião, o deputado Wellington entrou em contato com o presidente da Agência de Mobilidade Urbana, Lawrence Melo, e marcou uma reunião em caráter de urgência, que aconteceu ainda agora pela manhã e fez com que os motoristas desfizessem a manifestação e acompanhasse o parlamentar até à MOB.

“Fomos até o local em que os motoristas de vans estavam mobilizados, atendendo à solicitação feita por eles. Lá, tendo por objetivo conciliar os interesses tanto dos motoristas quanto do estado do Maranhão, entrei em contato imediatamente com o presidente da MOB, que logo nos recebeu. Assim, foi suspensa a manifestação. Terminamos a reunião ainda agora, no início da tarde e, após mais de 3 horas de discussão, conseguimos encontrar medidas que atendem a ambos, entre elas um novo prazo para a regularização do transporte. Nosso mandato é assim: no meio do povo e de resultados”, disse Wellington.

Como encaminhamentos da reunião entre o deputado Wellington do Curso, a MOB e os motoristas alinhou-se que será concedido o prazo de 45 dias, após a publicação da Portaria da MOB, para que os motoristas apresentem toda a documentação e, assim, regularizem a situação do veículo.

Além disso, em relação às multas, o presidente da Agência Estadual comprometeu-sem em avaliar os casos de forma individualizada.

3

Zé Inácio e Canindé conversam sobre Bilhete Único e Mobilidade Urbana…

Zé Inácio foi recebido por Canindé Barros na SMTT

O Deputado Zé Inácio (PT) nesta quinta-feira, 17, esteve reunido com o Secretário Municipal de Trânsito e Transporte de São Luís (SMTT), Canindé Barros, para tratar sobre a Lei de sua autoria, “Bilhete Único Metropolitano”.

Na pauta, o parlamentar abordou que o benefício tarifário está sendo implantado somente em São Luís.

E que agora a articulação será junto aos demais prefeitos e vereadores dos municípios de São José de Ribamar, Raposa, Paço do Lumiar e Alcântara para que o “Bilhete Único” seja implementado nos demais municípios da região metropolitana, conforme o que diz a Lei.

“A Lei já está sendo executada em São Luís, a partir dessa reunião daremos continuidade para conversar com os demais gestores municipais para a integração do Bilhete Único em toda a região metropolitana”, disse Zé Inácio.

O Deputado pontuou ainda que o uso da faixa exclusiva para a fluidez do trânsito pode ser reanalisada.

“Sugiro que poderia ser repensado o uso das faixas de ônibus, tenho notado algumas reclamações por parte da população e observado que fora do horário de pico elas poderiam ser utilizadas por todos os veículos, o que proporcionaria mais fluidez ao trânsito”, explicou Zé Inácio.

Zé Inácio destacou e parabenizou as intervenções que estão sendo realizada pela Secretaria de Transportes que tem melhorado a mobilidade no trânsito de São Luís.

Foram realizadas obras viárias na Avenida Guajajaras, São Cristovão, Forquilha, Turú, Cohab, Anel Viário-Bacanga, Avenida Carlos Cunha, assim como também em breve na Avenida Jerônimo de Albuquerque, elevado da Cohab/Turú.

9

O antes e o depois na rotatória da Forquilha…

Governo e prefeitura entregaram no sábado a obra tida como solução para os congestionamentos em uma das regiões mais movimentadas de São Luís

 

 

Antes, com a rotatória em funcionamento, os longos trechos de cauda no trânsito causavam transtornos a motoristas e pedestres

 

Com a nova qualificação da área, carros têm mais facilidades de transitar sem atrapalhar entradas e saídas de outras vias; espera-se, assim, maior fluidez no trânsito

0

Sistema de bilhetagem volta a funcionar em São Luís…

Após pane no sistema, que resultou em suspensão da recarga de créditos de passes e vales transportes, SMTT corrigiu o problema e o serviço estará disponível a partir desta quinta-feira, 20

 

Sistema de bilhetagem eletrônica volta a funcionar

O serviço de bilhetagem eletrônica do sistema de transporte de São Luís volta a funcionar nesta quinta-feira, 20.

A informação foi publicada pelo secretário de Trânsito e Transportes, Canindé Barros, que prevê o funcionamento já a partir das 7h.

O problema causado por um raio, que resultou em pane no sistema, impediu o acesso a créditos de vale transporte e passe escolar desde a última segunda-feira.

O equipamento foi consertado ontem, a ponto de voltar a funcionar nesta quinta-feira.

A garantia é da Secretaria Municipal de Trânsito…

4

Deficiente constrói, ele próprio, acessibilidade em parada que Holandinha não faz…

Morador da Alemanha deixa a cadeira de rodas e tenta pavimentar ambiente de parada de ônibus, sem abrigo e sem estrutura, mesmo com o chefe da SMTT sendo, também, alguém com mobilidade reduzida

 

O vídeo acima mostra um homem, sem pernas, cimentando um espaço público na região da Alemanha, em São Luís.

Trata-se de um ponto de ônibus totalmente desguarnecido, sem nenhum tipo de abrigo , principalmente, sem acesso necessário a portadores de deficiência.

Quanto aos abrigos, recentemente a Secretaria de Municipal de Trânsito gastou milhões em uma licitação, mas não dotou todos os pontos com abrigo necessário.

A acessibilidade do homem como o das imagens  também deveria ser prioridade para o chefe da SMTT, Canindé Barros, ele próprio detentor de mobilidade reduzida.

Mas é o próprio contribuinte quem tem que fazer aquilo que a prefeitura não faz na gestão de Edivaldo Júnior (PDT).