1

Marreca de bem com todos em Itapecuru…

Júnior Marreca, p4refeito de Itapecutur

Do blog de Matias Marinho

O prefeito de Itapecuru-Mirim e presidente da Famem, Júnior Marreca, vai muito bem obrigado na gestão do seu município.

Tem conseguido avanços em várias áreas, mas sobretudo na área da Educação. Tanto que a governadora Roseana Sarney não pensou duas vezes em transferir para o Município a gestão de quatro escolas de ensino fundamental, que estavam sob a gestão estadual.

Mas o prefeito vai mesmo muito bem obrigado, de forma bem escancarada, é com a presidnete da Câmara Municipal, Sebastiana Costa.

Durante solenidade de assinatura do termo de cooperação, ocorrida em Itapecuru, nesta segunda-feira, ela aproveitou a presença do secretário-chefe da Casa Civil, Luis Fernando Silva, para pedir um lugarzinho para Marreca no próximo ano, no Governo do Estado, quando ele deixar a prefeitura, já que não pode concorrer a reelição.

Luis Fernando, ao começar seu discurso, onde também elogiou a gestão de Marreca, garantiu que levará o pleito à governadora Roseana Sarney, e brincou:

– Por mim daria o meu lugar para Marreca.

Um gaiato, na plateia falou para o colega do lado:

– No próximo ano, talvez ele não faça isso. Mas em 2015, com certeza vai colocar marreca onde ele quiser!

2

PDT entre Castelo, Edivaldo e até Washington…

Castelo é a opção prioritária do PDT, mas pode não levar

Ainda envolto nas questões internas que lhe tiram o brilho histórico em São Luís, o PDT já trabalha com três hipóteses nas eleições da capital maranhense.

O apoio ao prefeito João Castelo (PSDB) é hegemônico, mas já começa a dividir espaços com a tese de aliança com o deputado federal Edivaldo Júnior (PTC) e até coligação com o PT,de Washington Oliveira.

Pelas relações históricas, Oliveira também entra no páreo

Mesmo com seu presidente nacional, Carlos Lupi, afastado do Ministério do Trabalho, o PDT mantém-se na base da presidente Dilma Rousseff (PT). E como tal, não se vê à vontade para dobradinha com tucanos no Maranhão.

Júnior: opção mais pragmática

Por isso, existe a hipótese de apoio a Washington Oliveira, ainda incipiencte nos bastidores do partido.

A articulação com Edivaldo Júnior tem fins mais pragmáticos.

O deputado, que se elegeu na coligação com o PSDB e com o PDT em 2010, tem como suplente ninguém menos que Weverton Rocha (PDT), hoje a principal figura pedetista no Maranhão.

Definida a crise interna, com a provável confirmação de Julião Amin para o comando regional, o PDT vai começar a discutir as eleições de 2012.

E o que parecia encaminhado poderá não ser tão simples assim…

2

Regimento garante cobertura jornalística independente na AL…

A nota divulgada pela Diretoria de Comunicação da Assembléia Legislativa, sexta-feira, praticamente sepultou as pretensões do Comitê de Imprensa de controlar a cobertura jornalística na Casa. (Leia aqui)

A nota cita parágrafos dos Artigos 300 e 301 do Regimento Interno da Assembléia, que deixam claro caber à Mesa da Casa – e  não ao comitê – o credenciamento de profissionais – e mesmo assim, sem obrigatoriedade, como previsto no artigo 300.

Os órgãos de imprensa, do rádio e da televisão poderão credenciar seus profissionais, inclusive correspondentes estrangeiros, perante a Mesa para o exercício das atividades jornalísticas, de informação, de divulgação, pertinente  à Casa e a seus membros  diz o artigo. (Grifo do blog)

Este credenciamento, como previsto no parágrafo 1º, é apenas para garantir acesso “às dependências privativas da Casa (…)  salvo as exceções previstas em regulamento”.

Para frequentar a Assembléia, andar por seus corredores, falar com deputados, não há qualquer proibição ao cidadão comum, quanto mais a jornalistas, mesmo sem estarem credenciados, de acordo com o próprio RI.

O RI da Assembléia também deixa claro não haver qualquer obrigatoriedade para jornalistas se associar ao Comitê de Imprensa.

O parágrafo 2º do Artigo 300 é claro: Os jornalistas e demais credenciados pela Assembleia  poderão congregar-se em Comitê, como seu órgão representativo junto à Mesa. (Grifo do blog)

O “poderão” destacado, é a prova de que não há necessidade disto, mas uma opção do próprio profissional.

Está claro, portanto, que, se o jornalista não quiser se associar ao comitê, ele não precisa. E sem prejuízo das suas prerrogativas profissionais, como credenciamento perante a Mesa Diretora e acesso às dependências privativas da Casa.

Isto é garantido pelo Regimento Interno da Assembléia, que deve estar de acordo com a Constituição Federal e as liberdades de expressão e pensamento.

Na semana passada, cerca de 15 jornalistas e profissionais das mídias livres – os principais representantes da cobertura política no estado – decidiram desautorizar publicamente o comitê de imprensa como seu representante, e exigiram da Casa as garantias para cumprimento das suas prerrogativas profissionais.

A nota da Secom, e a garantia do Regimento, foi entendida como a resposta da Assembléia de que estas garantias estão preservadas.   

E o comitê é o que menos importa…

10

Natalino Salgado: “tonto” ou dissimulado???

Só há duas possibilidades de explicação para a postura do reitor da Universidade Federal do Maranhão, Natalino Salgado, diante das denúncias de fraude na instituição.

Ou Salgado é tão “tonto”,que não percebeu o jogo bruto de corrupção que impera nos bastidores da Ufma; ou, é tão dissimulado, que tentou vender a idéia de que as denúncias de fraude era uma novidade.

Alteração de notas, manipulação de boletins e histórico escolar é algo comum na Ufma há pelo menos duas décadas.

É inaceitável que o reitor da Ufma mostre, por meio de notas ou declarações de assessores, não ter conhecimento das denúncias de fraude ocorridas na instituição que comanda.

 

Natalino Salgado: respostas de menos, explicações demais

Poderia usar o argumento de que as coisas vinham ocorrendo em outras gestões, mas, agora, estavam sendo combatidas.

Optou, no entanto, pela indignação fabricada.

Primeiro, tentou fazer parecer que as denúncias eram novas, e que o denunciante as fazia por que ressentido com suposto afastamento da academia.

Depois, surgiram outras denúncias, e mais outra, e mais outra, e o reitor só teve que anunciar investigação.

Mas pouca coisa a Ufma mostrará com esta pseudo-investigação, que não passa de tentativa de ganhar tempo. Há menos que a Polícia Federal, responsável por casos deste tipo, decida entrar na história.

De uma forma ou de outra, Natalino Salgado sairá do episódio com a imagem de gestor arranhada.

Ou é tonto, ou dissimulado…

1

As licenças na Câmara Municipal…

Câmra encerra "farra" de licenças

O presidente da Câmara Municipal, Isaías Pereirinha (PSL), decidiu acabar com a licença de vereadores em ano eleitoral. Acha que o troca-troca de mandatos é mal visto pelo eleitor.

Dede 2009, quando a atual Câmara assumiu, nada menos que sete suplentes assumiram mandatos na Casa.

Dois deles, Marlon Garcia (PTdoB) e Edmislon Jansen (PTC), assumiram em 2011, com a ida de Lourival Mendes (PTdoB) e Edivaldo Júnior (PTC) para a Câmara Federal.

Outro, Umbelino Júnior (PV), assumiu depois da morte do eleito Augusto Serra (PV).

Os demais suplentes assumiram em negociações com os titulares.

Batista Matos (PPS) passou por duas vezes no plenário – no final de 2010 e no final de 2011, sempre na vaga do também pepessista Vieira Lima (PPS).

Geraldo Castro Sobrinho (PCdoB) também assumiu duas vezes, na vaga do médico Fenando Lima.

Outro que assumiu para período de quatro meses foi Antonio Garcêz (PDT).

Já havia uma articulação para novas lcienças ainda este mês, abortadas despois da crítica de Pereirinha.

Afinal, como ele mesmo diz, é ano eleitoral…

 

8

Inscrição arrefece ânimo de Bira: Washington deve ser escolhido candidato do PT…

 

Washington deu um passo a mais pela vitória no PT

A julgar pelas assinaturas de apoio dos dois candidatos que se inscreveram às prévias do PT – Washington Oliveira e Bira do Pindaré – já é possível definir quem será o candidato do partido a prefeito.

Washington encaminhou sua inscrição com um total de 422 assinaturas de apoio, contra 306 de Bira do Pindaré.

Além disso, o vice-governador tem o apoio do coletivo “Novo PT”, que lhe garante mais 74 assinaturas.

Os signatários do documento são os mesmos que vão votar para escolha dos delegados que decidirão as prévias.

Significa, então, que Washington Oliveira tem 496 eleitores no processo de escolha dos delegados, o que, em tese, dará a ele a maioria dos votos.

Não admira, portanto, que os aliados de Bira do Pindaré tenham tentado evitar a inscrição de Washington Oliveira nas prévias.

Afinal, eles sabem quem será o escolhido…

8

Castelo recebe produtores de Festival Internacional de Rock…

 

João Casteloi, com produtores e secretários

O prefeito de São Luís, João Castelo (PSDB), recebeu, em seu gabinete, os organizadores do mega festival de rock Metal Open Air, Marcelo Caio de Andrade e Natanael Júnior.

Os dois produtores deram detalhes sobre o evento, que acontecerá nos dias 20, 21 e 22 de abril, no Parque Independência, com a participação de mais de 40 bandas bandas internacionais e nacionais. 

O evento já está sendo considerado como um dos maiores do gênero das Américas. 

Para se ter uma ideia, dos Estados Unidos estarão presentes, em São Luís, as bandas Anthrax, Exodus, Fear Factory, Megadeth, Obituary, OTEP, Synphony X, além de bandas da Alemanhã, Canadá e Inglaterra.

Juntamente com alguns secretário, Castelo ouviu sobre a importância de um evento de porte internacional, realizado no ano do centenário de São Luís. No período, a capital maranhense vai receber visitantes das cinco regiões do país e até de outros países.

Para o secretário de Turismo, Liviomar Macatrão, não há dúvidas de que o festival  de rock será importante para a cidade.

– É um evento grandioso que impulsionará o trade turístico de São Luís. E daremos as condições para recepcionar todos os participantes do evento, dos artistas ao público em geral – afirmou.

 

A logomarca do evento

Eventos como este costumam ocorrer apenas  em cidades do Sul e do Sudeste. Segundo os organizadores, São Luís foi escolhida justamente pela simbologia do Quarto Centenário.

Dezenove bandas nacionais estão no calendário do Metal Open Air para se apresentarem nos palcos do Parque Independência. São elas: Almah, Andre Matos, Attomica, Dark Avenger, Drowned, Expose Your Hate, Hangar, Headhunter D.C., Korzus, Matanza, Motorocker, Obskure e outras.

Maiores detalhes para os interessados no festival Metal Open Air podem ser consultados no site www.metalopenair.com

22

Alexandre Almeida propõe fim da venda de livros em escolas…

Alexandre Almeida: escola não é comércio

O deputado Alexandre Almeida (PSD) apresentou Projeto de Lei à Assembléia Legislativa que estabelece regras para a venda de matérial didático nas escolas particulares do Maranhão.

O parlamentar disse ter ouvido de pais de alunos histórias de abusos na venda deste tipo de material.

O que vem ocorrendo é que os pais, induzidos por uma falsa comodidade oferecida pelos estabelecimentos escolares, passam a comprar materiais e livros diretamente nas escolas, contribuindo para que as mesmas tenham lucros elevados com esse tipo de comércio – afirmou o parlamentar.

O debate aberto por Almeida na Assembléia já vem sendo travado entre escolas e livrarias.

Há um lobby das livrarias para que as escolas deixem de vender os livros, que tira a principal fonte de renda dos estabelecimentos comerciais na abertura do ano letivo.

O projeto de lei apresentado por Alexandre Almeida prevê a proibição da venda de material didático e escolar nos estabelecimentos de ensino. Veda ainda, a indicação, pelas escolas, da marca, modelo ou estabelecimento de venda dos materiais a serem consumidos pelos alunos.

Esperamos que no início do próximo ano letivo, a sociedade maranhense já possa contar com esse instrumento legal para denunciar e coibir essas práticas abusivas – declarou o parlamentar.

4

Reação a Edivaldo Júnior no grupo de Flávio Dino…

 

Ausente do debate, Holanda Jr. aposta no apoio de Flávio Dino (Charge: blog do Décio)

Aliados do deputado federal Edivaldo Holanda Júnior (PTC) andaram espalhando, semana passada, que ele já havia sido escolhido como candidato de Flávio Dino (PCdoB) a prefeito de São Luís.

Não é verdade!

Este blog conversou com todos os interessados na disputa – Tadeu Palácio (PP), Eliziane Gama (PPS), Rubens Pereira Júnior (PCdoB), Marcelo Tavares (PSB) e Márcio Jerry (PCdoB).

Nenhum deles confirma a decisão de Flávio Dino. Mais: acham estranho uma decisão tomada depois da reunião do dia 27 de janeiro.

Já lançado pré-candidato pelo PP, Palácio declarou-se surpreso com a notícia da decisão de Dino. “Ninguém nunca me procurou para tratar do assunto”, afirmou.

Eliziane Gama , que também pretende ser candidata pelo PPS, argumenta que o grupo se reúne desde setembro, e Edivaldo nunca participou das reuniões. “Todos são bem vindos, mas não faz sentido chegar agora já impondo o nome“, ponderou.

O mais perto daquilo que Edivaldo Júnior plantou na blogosfera foi dito por Marcelo Tavares (PSB).

Acontece que Edivaldo Júnior decidiu vir a São luís. Me procurou e me comunicou que seria pré-candidato. O aconselhei a dizer isso a todos os pré-candidatos – afirmou Marcelo.

O problema é que Holanda Júnior ainda não procurou ninguém, provalvemete acreditando nas garantias que podem ter sido dadas por Flávio Dino.

Diante da reação dos aliados, no entanto, ele não terá vida fácil no grupo…

11

Acordo leva prefeito a desistir da reeleição em Peritoró…

O padre Josias Lima Oliveira (PMDB) será o candidato a prefeito no muicípío de Peritoró. Para garantir a candidatura do padre, o prefeito  prefeito Agamenon Milhomem desistiu da reeleição e anunciou a troca do PSC pelo PMDB.

A aliança entre os dois políticos foi sacramentada ontem à tarde, em reunião no Palácio dos Leões, da qual participaram os ecretário de Articulação Política, Hildo Rocha, e o secretário de Saúde, Ricardo Murad, que faz política no município.

Secretários coordenam fechamento de aliança entre políticos de Peritoró

para compor a chapa do Padre Josias, deve ser indicado o estudante de Direito Jorginho Murad (PSD).

A aliança tem o apoio de sete dos nove vereadores do município.

Seis deles – Maria das Dores, Valdecy Norberto, Constantino Costa, Natércia Alves Sales, Raimundo Veras e Jurenaldo Lisboa – participaram da reunião com o secretário de Articulação Política, em São Luís.