17

Ricardo retira candidatura na Assembléia: “É um gesto pela união da base”, diz deputado

O deputado Ricardo Murad (PMDB) anunciou agora há pouco a retirada de sua candidatura a presidente da Assembléia Legislativa.

– Minha candidatura nasceu com o compromisso de união da base do governo e do consenso na Asembléia. Se não há condições deste consenso, então anuncio oficialmente minha retirada – afirmou o parlamentar, em entrevista no Palácio dos Leões.

O gesto de Ricardo, apoiado pelo governo, foi seguido também pelo deputado Carlos Filho (PV), que abriu mão da candidatura à 1ª secretaria.

– Esperamos agora que este gesto possa recompor a base governista e o consenso na Assembléia, para evitar a disputa – disse Murad.

A idéia agora é fazer com que o bloquinho e os demais deputados que se aliaram a Arnaldo Melo (PMDB) possa repensar o consenso, em torno de um nome comum.

– Pode ser qualquer um deputado, desde que haja consenso. Se é para evitar briga, qualquer companheiro pode ser – afirmou Murad, que estava acompanhado de Carlos Filho, Max Barros (DEM), Roberto Costa (PMDB) e Victor Mendes (PV).

A eleição na Assembléia acontece nesta terça-feira…

2

PDT confirma apoio a Ricardo Murad…

Graça Paz reafirma apoio a Murad

(14h) – A bancada do PDT na Assembléia Legislativa confirmou o apoio à candidatura do deputado Ricardo Murad (PMDB) a presidente da Casa.

– Nós estamos fechados com o candidato do governo. E o candidato do governo é Ricardo Murad. Não conhecemos outro candidato – declarou a líder da bancada, deputada Graça Paz.

Ela estava reunida agora há pouco com os demais pedetistas – Carlinhos Amorim, Camilo Figueiredo e Valéria Macêdo.

O PDT terá uma vaga na chapa de Ricardo, que será ocupada por Camilo Figueiredo.

4

Arnaldo Melo confirma candidatura a presidente da Assembléia

Melo: "sou candidato dos deptuados"

(13h) – O deputado Arnaldo Melo (PMDB) confirmou agora há pouco que vai mesmo disputar a presidência da Assembléia Legislativa nesta terça-feira.

– Estamos fechados, com chapa pronta, mesa composta por todos os partidos, dentro da proporcionalidade, com presença de mulheres e unidos, todos os 27 deputados – afrmou o parlamentar, por telefone.

Arnaldo Melo contou que não houve qualquer movimento de afronta e que os parlamentares que o escolheram para encabeçar a chapa têm maturidade para se posicinar.

– A eleição estava decidida. Só me procuraram quando esgotarama s conversas. E partiu do bloco a decisão de me escolher. Não há afronta ao governo e nem aos colegas. Quero a união dos 42 deputados e apoio o governo. Sou aliado da governadora Roseana e continuarei assim. Não me afastarei dela – defendeu o parlamentar.

Segundo o candidato, a mesa será composta pela maioria governista. “A própria oposição decidiu ter só uma vaga”, disse.

Sobre o fato de ter outro candidato do mesmo partido – Ricardo Murad – Melo disse que o regimento permite as candiaturas.

– Posso me inscrever com o aval da bancada e posso me inscrever de forma avulsa – contou.

A eleição na Assembléia acontece amanhã.

2

Arnaldo Melo no jogo da Assembléia…

Arnaldo Melo pode ser a opção do bloquinho

Parlamentares de todas as tendências já falam no nome do deputado Arnaldo Melo (PMDB) como nova opção para o comando da Assembléia Legislativa. Seria a aposta do bloquinho, que resolveu se afastar da candidatura de Ricardo Murad (PMDB), após semanas de negociações.

A situação está nas mãos da governadora Roseana Sarney (PMDB).

A conta do bloquinho é simples: são 17 deputados, mais Arnaldo Melo e Edilázio Júnior (PV), o que daria 19 votos. Bastaria o apoio de apenas dois membros da oposição –  Macerlo Tavares (PSB) e Cleide Coutinho (PSB), por exemplo – para empatar o jogo.

Atual presidente da Casa, Marcelo Tavares (PSB) nega articulação com o bloquinho, mas não garante o controle dos oposicionistas.

Ricardo Murad tem mantido as articulações e conversas com todos os parlamentares.

A tensão deve aumentar nas próximas 24 horas…

5

Tudo embolado na eleição da Assembléia…

Lideranças do grupo Sarney – incluindo a própria governadora Roseana – passaram o final de semana tentando alcançar o consenso na eleição da Mesa Diretora da Assembléia Legislativa. O deputado Ricardo Murad (PMDB) não conseguiu convencer os colegas da formação da chapa – sobretudo o bloquinho, que ganhou adeptos e já é um blocão.

Roseana quer evitar a disputa em plenário e trabalha agora por Murad. Mas não tem conseguido falar com os membros do bloquinho, que se isolaram e pretendem medir forças.

No meio da polêmica o nome de Arnaldo Melo (PMDB) surge como opção.

Os deputados César Pires (DEM) e Edilázio Júnior (PV) também estão prontos para a disputa em plenário.

As lideranças governistas têm todo o dia de hoje para reorganizar as cartas e garantir o consenso.

pro enquanto, está tudo embolado…

17

Ricardo Murad: “Manoel Ribeiro tem legitimidade para concorrer; e é uma honra disputar com ele”

Murad mostra tranquilidade em relação á Mesa da AL

O deputado Ricardo Murad (PMDB) reagiu com tranquilidade à reafirmação da candidatura do colega Manoel Ribeiro (PTB) à presidência da Assembléia Legislativa.

– O deputado Manoel tem toda legitimidade para concorrer; É deputado, é um ex-presidente da Casa e um bom nome para o posto; é até uma honra disputar com ele – disse Murad 

De acordo com Ricardo Murad, toda a Mesa está praticamente fechada, faltando apenas “pequenos detalhes”, de nomes, por exemplo.

– Os dois blocos governistas, juntos, terão seis vagas na Mesa, isso já é certo. Três vagas vão para a oposição. Uma já está definida, para o PDT, que será o Camilo Figueiredo. Falta decidir como virão o PSDB e o bloco PSB/PCdiB/PPS. Por isso aguardamos – afirmou

Hoje à noite, Murad reúne os dois blocos governistas para fechar os nomes indicados pelas bancadas.

A formação da Mesa, portanto, estará pronta antes da eleição de terça-feira.

46

Só boicote explica a situação do Vasco…

Imagine a emoção de estar neste lugar...

Não há dúvidas de que os jogadores do Vasco fizeram corpo-mole nas derrotas do time nas primeiras rodadas do Carioca. Há 27 anos o Vasco não sofria três derrotas seguidas nas primeiras rodadas do campeonato.

E o time não é ruim – até os flamenguistas reconhecem – o que explica a tese do boicote.

A entrada do Santuário: só para os que têm fé

Querem derrubar quem? PC Gusmão ou Dinamite?

O afastamento do técnico resolve em parte, desde que não contratem ultrapassados, como Antonio Lopes e coisas do gênero – se bem que Lopes tem histórico de títulos na Colina.

De qualquer foma é bom tirar também os encrenqueiros – Felipe e Carlos Alberto, por exemplo.

As chances ainda existem, se não de disputar as finais do Primeiro Turno, pelo menos de recuperar-se e ganhar o viés de alta para o segundo turno.

Garantindo isso, o time engrena.

Aí é partir pra cima, com vontade, já  a partir de agora.

E adivinha quem pode pagar o pato???

2

Três secretários se afastam para assumir mandato parlamentar

O deputado federal Pedro Fernandes (PTB), e os estaduais Victor Mendes (PV) e Max Barros (DEM) estão desde ontem afastados das secretarias que comandam para tomar posse em suas respectivas casas legislativas.

Fernandes, que é secretário de Cidades, assumirá o quarto mandato na Câmara Federal. Max Barros, da Infra-estrutura, vai para o terceiro na Assembléia, e Mendes, secretário de Meio Ambiente, para o segundo.

Outro deputado eleito, Roberto Costa (PMB), nem assumiu na Secretaria de Juventude. Preferiu aguardar a posse na Assembléia para, só depois, assumir o posto.

Nas vagas abertas pelos deputados estaduais assumem os suplentes Carlos Alberto Milhomem (DEM), Fábio Braga (PMDB) e Magno Bacelar (PV).

O problema é a vaga de Pedro Fernandes. O suplente da coligação, Davi Alves Silva (PR), deve ser empossado pela Câmara.

Mas o suplente do PTB, Nonato Costa, recorrerá ao Supremo Tribunal federal requerendo o mandato.

2

Prefeitura já tem agenda para o Carnaval…

Aspecto do Carnaval no Centro Histórico de São Luís

A Prefeitura de São Luís divulgou na semana que passou o calendário de programação para o Carnaval 2011.

São três bailes já no mês de fevereiro, além da abertura oficial da Passarela do Samba, em março.

Decoração carnavalesca de anos anteriores...

No próximo dia 4 de fevereiro, sexta-feira, acontece o Baile da Corte, evento que marca o lançamento do carnaval e elege o Rei Momo e as raínhas da folia. O evento acontece no Circo Cultural Nelson Brito, o antigo Circo da Cidade, no Aterro do Bacanga.

No dia seguinte acontece o Baile dos Artistas, no mesmo local, com a presença do prefeito João Castelo (PSDB).

Dia 6, domingo, a prefeitura realiza o Baile do Erê, baile infantil, também no Circo Cultural Nelson Brito.

No dia 3 de março, quinta-feira de Carnaval, João Castelo faz a abertura oficial do Carnaval de São Luís, na Passaralea do Samba do Aterro do Bacanga.

A divulgação do calendário mostra a preocupação da prefeitura com a folia momesma.

Até agora, não há informação oficial da programação carnavalesca do Governo do Estado…

4

Gastão Vieira deve ir mesmo a plenário disputar votos pela Mesa da Câmara

Gastão ainda está no páreo da Câmara Federal

Apesar de ter considerado manobra do PMDB a decisão de abrir mão da 1ª vice-presidência em troca da 1ª secretaria da Câmara Federal, o deputado maranheense Gastão Vieira ainda não abriu mão da disputa.

Ele pode concorrer à nova vaga pretendida pela legenda ou concorrer mesmo à primeira vice, como candidato avulso, em plenário.

– Sei que tenho chances de ganhar votos em plenáro. E a manobra da liderança mostra que tenho força – disse o parlamentar.

Diante da disputa intensa pela indicação para a 1ª vice – Gastão concorria com outros sete parlamentares – os líderes peemedebistas decidiram abrir mão da vaga em troca da 1ª secretaria.

A eleição na Câmara dos Deputado acontece terça-feira, dia 1º de fevereiro…