37

Duas vidas por R$ 10,8 mil…

Demócrito: doloso ou culposo?

Os três eram Silva.

As vítimas, Edinaldo da Silva Filho e Mairon José da Silva Torres, estavam na casa dos 20 anos, cheio de planos.

O matador era Silva duas vezes – Demócrito Silva e Silva.

Rico e bem relacionado, pagou R$ 10,8 mil pelas vidas dos dois que matou e foi liberado da delegacia onde estava “preso”. 

Segundo as notícias, policiais que atenderam a ocorrência relataram sinais de embriaguêz, tentativa de fuga, carteira de motorista vencida e documentos do veículo com pagamento atrasado.

Bebeu muito, Demócrito, constataram os policiais que atenderam ao caso. Gente simples, também, mas com a fé pública que a letra da lei simplesmente ignorou diante do poder econômico.

Como este, há muitos sobrenomes pujantes já envolvidos em crimes de trânsito esquecidos pelos “pauta zero” da vida.

Regadas, Medeiros, Cutrim, Rocha, Noronha…

Frequentadores da velha burguesia quatrocentona e dos novos ricos ludovicenses, protegidos em suas confrarias pela força do dinheiro, pelos amigos ricos e pela morosidade da Justiça que podem pagar.

Pajero, após batida que matou os motociclistas

Pelas mortes, o empresário, especialista em vinhos e reuniões da burguesia – frequentadas por bons vivants, advogados influentes, juízes de peso, políticos conhecidos e chefões da mídia – pagou R$ 10,8 mil, dinheiro levantado em menos de três horas.

É pouco provável que pague mais, se depender da Justiça.

Isto se o inquérito pelos menos chegar a ser concluído.

Se chegar a ser julgado, quem sabe um dia, terá aumentado o valor das vidas que tirou.

Doando umas cestas básicas a entidades preparadas para recebê-las nestas circunstâncias.

É o destino mais comum dos asssassinos de trânsito…

20

Roberto Costa: “lamentável que o prefeito faça uma festa tão grande para uma ação de tapa-buracos em São Luís”

Roberto Costa: "mediocridade é fazer festa pra tapar buracos"

O deputado Roberto Costa (PMDB) criticou ontem a “pompa e circunstância” com as quais o prefeito João Castelo (PSDB) lançou o programa de tapa-buracos em São Luís.

– É lamentável que estejamos completando 400 anos e a principal obra anunciada pelo prefeito seja uma operação tapa-buracos, coisa corriqueira – criticou o parlamentar.

Castelo apresentou ontem a operação de recuperação de ruas e avenidas em vários bairros de São Luís, a começar pela Zona Rural.

O objetivo é garantir a recuperação da malha viária durante o período de estiagem.

Para Roberto Costa, a festa liderada por Castelo mostra a mediocridade de uma gestão sem projeto para o aniversário de São Luís.

– São quase três anos de governo Castelo e a capital maranhense não mudou. Aliás, mudou para pior! Que obra será entregue antes do aniversário? A operação tapa-buracos? – ironizou o parlamentar.

Costa diz que pretende continuar fiscalizando e analisando criticamente a adminsitração de São Luís, seja como parlamentar ou como secretário de Juventude.

– É preciso acompanhar de perto o que está sendo feito – afirmou.

26

Castelo inicia plano de obras em São Luís…

O prefeito de São Luís, João Castelo (PSDB), iniciou o plano de trabalho de recuperação dos bairros de São Luís.

A primeira etapa se dará na Zona Rural.

– Aqueles que esperaram o fim das chuvas, sofreram muito, mas sabiam que o trabalho iria começar logo após – disse Castelo. Ele anunciou também que, já na próxima semana, devem começar as obras do setor urbano na capital.

São mais de 30 bairros contemplados nesta etapa, afirmou o prefeito, durante o lançamento do plano de obras, hoje pela manhã, na prefeitura.

Além da Zona Rural, a pavimentação das principais avenidas também foram iniciadas desde o fim-de-semana.

O prefeito aposta exatamente neste plano de obras para recuperar a imagem, desgastada durante todo o período de chuvas.

Pela reação popular nos últimos dias, parece que pode mesmo conseguir…

16

Os três caminhos PDT com Igor Lago…

O médico Igor Lago, filho do ex-governador Jackson Lago, deve assumir nesta terça-feira o comando do PDT

Igor Lago deve ser confirmado na direção do PDT

maranhense.

Sob sua batuta, o partido terá que se decidir entre os três caminhos mais prováveis.

Abaixo, as condições de cada um deles:

Aliança com João Castelo (PSDB) : Há uma corrente forte do partido que defende a formação de chapa com o prefeito tucano. Mas as condições são claras: o partido teria que indicar o companheiro de Castelo.

E o nome mais forte para compor a chapa castelista é o da deputada estadual e atual secretária de Articulação Política,  Graça Paz. O nome de Graça soa natural pelo fato de que, sua candidatura, em caso de reeleição de Castelo, garantiria dois anos de mandato efetivo para Edivaldo Holanda (PTC) na Assembléia Legislativa – e tiraria Edivaldo Júnior da disputa.

Mas há resistências à indicação da deputada, sobretudo do grupo mais ligado ao ex-deputado Julião Amin e o ex-secretário Abdelaziz Santos, que ainda mantêm forte influência entre os pedetistas.

Candidatura própria do PDT –  Esta é a segunda possibilidade com mais adeptos no partido. Para seus defensores – mais uma vez incluindo Julião Amin e outros – seria uma forma de o PDT retomar a força política que teve na capital maranhense nos últimos 25 anos.

Mas há um problema para esta hipótese: a falta de quadros partidários para encarar uma disputa contra o atual prefeito. O nome que mais aparece nas conversas é o do atual secretário de Trânsito, Clodomir Paz, que enfrenta a mesma resistência do grupo de Amin e Aziz .

O nome do póprio Igor Lago seria uma opção, mas o filho de Jackson ainda carece de densidade eleitoral e confiança interna no PDT.

Aliança com Flávio Dino (PCdoB) – O ex-deputado comunista tem tentado se aproxzimar do filho de Jackson. Flávio Dino imagina uma chapa tendo Igor Lago de vice – em 2012 ou em 2014 – o que fortaleceria seu projeto de chegar ao governo.

Mas Dino também enfrenta resistências no PDT e até mesmo na própria família Lago.

Os pedetistas não esqueceram a pressão que o comunista fez para tirar Jackson da disputa de 2010, o que ajudou na inviabilização da campanha do ex-governador. 

Mas há no PDT quem defenda aliança cm o PCdoB, embroa estes se mantenham em total discrição.

Outros caminhos eleitorais e políticos nem são cogitados pelos pedetistas…

11

Manoel Ribeiro X Fábio Gondim: Roseana manda parar com a confusão…

Manoel Ribeiro: agressões pessoais a Fábio Gondim

Gondim é homem de confiança de Roseana

A governadora Roseana Sarney (PMDB) reuniu seus articuladores políticos na última sexta-feira e deu um recado direto: não vai mais tolerar o que chamou de agressões pessoais do líder de sua bancada, Manoel Ribeiro (PTB), ao secretário de Planejamento, Fábio Gondim.

Na semana passada, Ribeiro foi à tribuna da Assembléia para criticar a Lei de Diretrizes Orçamentárias encaminhada por Gondim.

A pretexto de reclamar de acordos não cumpridos pelo secretário na elaboração do documento, chamou o desafeto de “forasteiro” e ironizou sua capacidade, dizendo que “ele entende é de ato secreto do Senado”.

Roseana não gostou especialmente das agressões pessoais.

Segundo apurou o blog, ela disse aos auxiliares que entende as críticas ao projeto – naturais do processo político –  mas achou ofensivos e preconceituosos os ataques pessoais.

E determinou: não não mais se repita atitudes como estas.

Aguarda-se agora a posição de Ribeiro, na retomada das sessões da Assembléia…

16

Em cadeira-de-rodas, Edinho reassume amanhã no Senado…

Edinho retorna ao Senado, de cadeira de rodas, após acidente

O senador Edison Lobão Filho (PMDB) paticipa nesta terça-feira da sua primeira sessão no Senado após o acidente que o deixou internado por quase um mês.

Ainda se movimentando em cadeira-de-rodas, Lobão Filho ocupará a bancada que pertence ao também maranhense João Alberto de Souza (PMDB), na lateral da primeira fileira.

– Como ele está de cadeira de rodas, pediram-me permissão para adaptar a minha bancada, já que é de mais fácil acesso para o senador – explicou João Alberto.

Edinho Lobão sofreu acidente de carro no último dia 12 dce maio, em Paço do Lumiar. Quebrou oito costelas, o fêmur e teve várias escoriações, mas sua recuperação foi extraordinariamente rápida.

– É incrível como ele conseguiu se recuperar tão rápido. Mas isso resultado da sua força física, da idade e da saúde – frisou Alberto.

Não há previsão para que Lobão Filho deixe a cadeira-de-rodas, mas sua atuação no plenário será completa.

10

Inauguração do Geral marca início de entrega de hospitais…

A UTI do Geral ganhou modernos equipamentos...

A entrega do Hospital Geral, hoje, às 11 horas, pelo secretário de Saúde, Ricardo Murad, representa o início oficial do trabalho de conclusão do programa “Saúde é Vida”.

Além deste, o programa vai entregar reformas nos hospitais do Ipem, do PAM-Diamante, maternidades Marly Sarney e Benedito Leite, além de 82 hospitais e UPAs, em São Luís e interior do estado.

O Hospital Geral recebeu equipamentos de última geração para atendimento de alta complexidade.

Estará pronto para a urgência e emergência, cirurgias e tratamentos de doenças como câncer.

– Nós optamos não só por equipamentos de ponta, mas por equipamentos de última geração, que estão nos maiores hospitais do país – afirmou Murad, semana passada, durante o balanço do “Saúde É Vida”.

A governadora Roseana Sarney (PMDB) deve participar da inauguração…

11

Edvaldo Júnior na mesa com Dilma Rousseff…

O deputado Edivaldo Holanda Júnior (PTC) participou da reunião do Conselho Político do governo Dilma Rousseff (PT), em que foi anunciada pela presidente o programa “Brasil sem Miséria”.

Holanda (primeiro à esquerda) na reunião com Dilma Rousseff

Holanda foi o único deputado federal presente ao evento. Ele participa das reuniões do Conselho como líder do seu partido.

Lançado quainta-feira, o programa “Brasil sem Miséria” pretende ampliar o acesso aos serviços públicos até 2014, com o objetivo principal de retirar a população extremamente pobre de sua condição.

O objetivo é atender mais de 16 milhões de pessoas em todo o Brasil, cuja renda familiar per capita não supere R$ 70 reais.

– Este plano tem o papel fundamental de capacitar as pessoas para que possam ter seu próprio sustento – afirmou o parlamentar.

16

Ribamar Alves quer plebiscito para o Maranhão do Sul…

Alves quer reabrir debate sobre Maranhão do Sul

O deputado Ribamar Alves (PSB) encaminhou à Mesa Diretora da Câmara Federal o Projeto de Decreto Legislativo nº 231/2011, que pede a realização de plebiscito sobre a criação do estado do Maranhão do Sul.

O parlamentar mostra-se empolgado com a decisão de aprovação de plebiscito para os estados de Tapajós e Carajás, ambos a serem desmembrados do estado do Pará.

Mas percebe certa dificuldade na inclusão do Maranhão do Sul na pauta de discussão.

O projeto de criação do Maranhão do Sul é de autoria do então deputado Sebastião Madeira (PSDB) e está no arquivo da Câmara desde que o tucano se elegeu prefeito de Imperatriz.

Recentemente, Alves apresentou requerimento pedindo o desarquivamento do projeto – e conversou, inclusive, com o presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS) mostrando a importância da discussão.

Mas parece haver forças ocultas impedindo a tramitação do projeto…

4

Liceu Ribamarense, 3º ano…

Com professores e alunos, prefeito e ex-prefeito homenageam liceu ribamarense

O ex-prefeito Luís Fernando Silva participou da festa e ajudou a cortar o bolod e aniversário.

Seu sucesso, Gil Cutrim (PMDB) foi o anfitrião, recebendo os convidados para o 3º aniversário do Liceu Ribamarense, a primeira escola de tempo integral no Maranhão.

Concebido na gestão de Luís Fernando, o liceu tem sido referência na área da Educação para vários municípios.

Na semana que passou, o prefeito do município de Rio do Sul, em Santa Catarina, esteve em São Luís para conhecer o ex-prefeito – hoje chefe da Casa Civil do governo Roseana – e seus projetos em Ribamar.

Gil Cutrim também tem orgulho da obra continuada por ele.

– Seguindo o exemplo do Luis Fernando, continuamos investindo no setor educacional do município. Só para se ter uma idéia, estão em fase de construção quatro novas Escolas Municipais (no Alto do Turu, Miritiua, Residencial Olímpico e Vila Tamer) – anunciou o prefeito.

O Liceu I, assim como o Liceu II, são as provas mais concretas de que, quando se quer, é possível fazer educação pública de qualidade, segundo analisou Cutrim.

A festa de aniversário do Liceu I teve a participação de pesquisadores, educadores, professores, vereadores e populares de Ribamar.