8

Deputados começam a discutir formação da Mesa Diretora

Pires deve ser vice-presidente

Estão praticamente definidos os nomes de cada partido ou bloco para compor a Mesa Diretora da Assembléia Legislativa a partir de fevereiro – encabeçada pelo deputado Ricardo Murad (PMDB).

As nove vagas deverão se distribuídas por três grupos: o primeiro, terá os grandes partidos da base roseanista – PMDB, DEM, PTB, PV. O segundo, os pequenos partidos roseanistas, o chamado bloquinho. E o terceiro deverá ficar com a oposição.

Carlos Filho é o nome mais forte do PV

O grupo PMDB/DEM/PV… tem como indicados o

próprio Ricardo, para presidente, o deputado César Pìres (DEM), como favorito para a 1ª Vice-Presidência, e Carlos Filho (PV), favorito para a 1ª Secretaria. Os dois últimpos poderão enfrentar disputas internas.

O grupo do ex-presidente Carlos Alberto Milhomem (DEM), quer manter Antonio Pereira (DEM) na Mesa. Rigo Teles (PV), por sua vez, quer a vaga de Carlos Filho, embora só tenha o apoio de Edilázio Júnior – contra os votos pró-Carlos de Victor Mendes e Hemetério Weba.

Marcos Caldas: um dos representantes do bloquinho

O bloquinho deve indicar também três nomes: Marcos Caldas (PRB), Francisca Primo (PT) e, provavelmente, Jota Pinto (PR). Há outros noems interessados: Eduardo Braide (PMN), Rogério Cafeteira (PMN) e Alexandre Almeida (PTdoB).  Até a eleição, deverão ser definidas quais as vagas nas vices-presidências e secretarias que caberão a este grupo.

Graça: nome da oposição

Para a oposição restarão outras três vagas. Graça Paz (PDT), Cleide Coutinho (PSB) e Rubens Pereira Júnior (PCdoB) são os favoritos, mas enfrentarão resistências. No PDT, Carlinhos Amorim também se movimenta e Luciano Leitoa pretende a vaga do PSB.

De qualqauer forma, a nova Mesa não terá nomes de fora deste grupo citado…

8

À oposição só cabe a espreita…

Para onde vai a oposição?

Não há muito o que fazer na oposição nos próximos quatro anos de poder político no Maranhão. Fragorosamente derrotados nas eleições de outubro, e em processo intenso de autofagia, os partidos oposicionistas só podem esperar para ver o que vai acontecer.

Os ex-governadores José Reinaldo Tavares (PSB) e Jackson Lago (PDT) estão definitivamente fora de qualquer debate.

Sem referência histórica, cabe aos partidos de esquerda apostar na viabilidade do “senhor” Flávio Dino (PCdoB). Mas este não agrada ao PDT, ao PPS e, sobretudo, ao PSDB, hoje o maior partido da oposição no estado.

Lideranças oposicionistas, sobretudo as ligadas ao PSB e ao PcdoB, apostam numa cisão no grupo Sarney para sonhar coma viabilização eleitoral.

Mas apostar no que não se tem controle é também uma mostra de se estar fora de eixo…

13

Os novos nomes no jogo do poder…

Ricardo Murad cresceu politicamente

A vitória da governadora Roseana Sarney (PMDB) nas eleições passadas inverteu a lógica do poder no Maranhão ao incluir novos nomes para o centro do debate político.

A sucessão de 2014, agora, inclui nomes como o do futuro presidente da Assembléia Legislativa, Ricardo Murad (PMDB), do vice-governador Washington Oliveira (PT) e do chefe da Casa Civil, Luís Fernando Silva (DEM).

Muito mais do que qualquer nome da oposição, de uma forma ou de outra, eles serão peças-chave na discussão sobre a formação do poder nos próximos quatro anos.

Todos têm obstáculos a superar, mas a discussão sobre as eleições passam por eles, necessariamente.

Luis Fernando: com a faca e o queijo na mão

Ricardo Murad, por exemplo, emergiu das urnas com cacife aumentado. Há um óbice às suas pretensões  – o fato de ser cunhado da governadora e estar inelegível em 2014.  Mas até para esta situação há saídas, políticas e jurídicas.

Luís Fernando por sua vez, é o homem-forte do governo e tem a vantagem de poder construir sua própria trajetória. Precisa apenas definir seu rumo partidário, que pode ser o PMDB e até mesmo o PT. No DEM ele não ficará.

Como vice-governador, Washington Oliveira também está em posição privilegiada.

Oliveira é peça-chave no jogo do poder

Qualquer que seja a decisão de Roseana – ficar no cargo até o fim ou sair para disputar o Senado, por exemplo – precisa ser discutida com o representante do PT no governo. Um cacife e tanto.

O jogo do poder em 2014, portanto – como não acontecia há mais de 20 anos -, está sob controle absoluto do grupo Sarney.

E o debate ocorrerá exatamente dentro dele…

12

Chiquinho Escórcio vai ao STF para assumir vaga na Câmara

Escórcio quer assumir imediatamente na Câmara

O secretário de Representação do governo maranhense em Brasília – e suplente de deputado federal – Chiquinho Escórcio (PMDB), vai mesmo recorrer ao Supremo Tribunal Federal para assumir a vaga de Pedro Novais (PMDB) na Câmara.

Escórcio recebeu hoje a informação de que a Câmara  poderá até empossar todos os suplentes de partido – de acordo com o entendimento do STF, de que a vaga é da legenda, e não da coligação – mas só em caso de Liminar do próprio STF.

Pelo entendimento que prevalecia até a decisão do Supremo – e que a Câmara não mostra vontade de diexar pra trás – a vaga de Pedro Novais nestes primeiros trinta dias seria de Costa Ferreira (PSC), primeiro suplente da coligação que elegeu Novais em 2006.

Chicquinho Escórcio tem convicção de que a Câmara o empossará, no entanto, no momento em que o tribunal decidir pela Liminar. 

Além desta batalha com Costa Ferreira, o suplente do PMDB travará outra batalha, em fevereiro, com o também suplente Davi Alves Silva (PR). é que, a partir de 1º de fevereiro, quando começa a nova legislatura, a vaga de Novais pasa a valer para o período 2011/2015.

Chiquinho quer garantir a validade da decisão do Supremko por que sabed que o suplente do PTB, Nonato Costa, vai requerer a vaga de pedro Fernandes – agora secretário de Cidades do governo Roseana.

Garantindo a vaga de Novais, seria davizinho o suplente prejudicado.

8

Remi Ribeiro assume vaga de Lobão no Senado

(13h30) – O segundo suplente do senador Edison Lovão (PMDB), Remi Ribeiro (PMDB), vai asssumir vaga no Senado até o dia 1º de fevereiro. A posse de Ribeiro foi possível por que o primeiro suplente, Edinho Lobão (PMDB), abriu mão da vaga. O titular do posto assumiu hoje o Ministério de Minas e Eenrgia.

Ex-deputado estadual e presidente em exercício do PMDB maranhense, Remi Ribeiro é segundo suplente de Lobão na atual legislatura, que termina em fevereiro. A posse por 30 dias garante a ele todas as prerrogativas de senador da República.

Hoje mesmno o novo senador recbeu a carteirinha do Senado e as credenciais do posto.

Edison Lobão deixa o MME em fevereiro, para tomar posse para mais oito anos no Senado – em seguida retorna para o ministério.

7

Reitor José Augusto é novamente nomeado para a Uema; ato foi entregue pelo novo titular da Sectec

José Augusto: reitor por mais quatro anos

(10h30) – O novo secretário de Ciência e Tecnologia, João Bernardo Bringel, acaba de entregar o ato de noemação do reitor da Universidade Estadual do Maranhão, José Augusto Oliveira.

O ato, assinado pela governadora Roseana Sarney (PMDB), foi entregue durante reunião de Bringel na Fapema, agora pela manhã.

José Augusto Oliveira foi o mais votado na eleição da Uema, em novembro. Desde a eleição, Roseana já havia dito que nomearia o primeiro colocado.

O ato da governadora foi assinado ainda na madrugada de sábado, após sua posse para o novo mandato. José Augusto vai comandar a reitoria da Uema por mais quatro anos.

O novo titular da Sectec deve se reunir com o staff da secretaria agora à tarde, quando definirá as metas para o exercício de 2011….

8

Governo começa efetivamente hoje…

Roseana com parte do seu secretariado...

Embora a governadora Roseana Sarney (PMDB) esteja em Brasília desde sexta-feira, é esperado para hoje o início efetivo do “melhor governo” de sua vida.

Os secretários foram todos nomeados, embora muitos ainda não saibam exatamente o que fazer para trabalhar na pasta.

De qualquer forma, o governo ccomeça neste primeiro dia útil de 2011 – com transmissões de cargos, posses solenes ou mesmo  efetivação simples nos gabinetes.

Qualquer dúvida quanto ao início de trabalho serão resolvidas pelo homem-forte do governo, o chefe da Casa Civil Luís Fernando Silva.

Roseana deve ficar em Brasília pelo menos até amanhã.

Não há informações sobre reuniãpo com secretários na agenda do governo, mas é provável que ekla se reúna nesta semana, para traçar diretrizes.

23

Minha imagem de Lula…

As três imagens que compõem este post foram registradas pelo fotógrafo oficial da presidência da República, Ricardo Stucker. Mostra o agora ex-presidente Lula no dia-dia do Palácio do Planalto.

Lula sempre foi vascaíno, mas a mídia paulista-quatrocentona-e-anti-vascaína resolveu dar-lhe o título de corinthiano nos anos em que esteve no Palácio – também por conta do ódio que Eurico Miranda sempre despertou.

Só agora, no final do mandato, a revista Contigo publicou parte das imagens do Lula que a mídia tentou esconder: o de vascaíno militante.

O presidente, como todo nordestino, é apaixonado pelo futebol carioca – e vascaíno de nascimento, como toda a família.

Só conheceu o Corínthians quando se mudou para São Bernardo do Campo – e passou ater uma certa simpatia pelo clube paulista, nada que apagasse o amor vascaíno.

Lula esteve nas finasi do Brasileiro de 1989, no Morubim, quando o Vasco derrotou o São paulo com gol de Sorato.

Também vibrou com o Brasileiro de 1997, uma das m ais belas campanhas do futebol brasileiro, e voltou a comemorar, em São Januário, tetracampeonato, em 2000 – mais uma vez derrotando um paulista.

Que agora, logne do poder presidencial, fique claro:

Lula é vascaíno apaixonado…

7

Secretários tomam posse pela madrugada…

Todos eles, portanto, amanhecerão o dia 1º de janeiro em pleno exercício do poder, embora só devam começar de fato o trabalho a partir da próxima segunda-feria.

A maioria dos novos secretários já faz parte do atual governo e, portanto, estão atuando desde o início do mandato, em abril de 2009. Exemplo de Sérgio Macêdo, na Comunicação Social, Fábio Gondin, no Planejamento, e Hildo Rocha, na Articulação Política.

Responsável pelas gerências regionais, o chefe da casa Civil, Luís Fernando Silva, deve passar o final-de-semana trabalhando a montagem destas estruturas, queabrangerão todo o estado.

Só na segunda-feira, começarão as rodadas de posse nas secretarias.