6

Fala errado é quem não vive o que diz…

“Pigilógico, tauba, cera lítica, sucritcho,
graxite, vrido, zaluzejo

Pigilógico, tauba, cera lítica, sucritcho,
graxite, vrido, zaluzejo

Pigilógico, tauba, cera lítica, sucritcho,
graxite, vrido, zaluzejo

Tomar banho depois que passar roupa mata
Olhar no espelho depois que almoça entorta a boca
E o rádio diz que vai cair avião do céu
Senhora descasada namorando firme pra poder casar de véu

Pigilógico, tauba, cera lítica, sucritcho,
graxite, vrido, zaluzejo

Quando for fazer compras no Gadefour:
Omovedor ajactu, sucritcho, leite dilatado, leite intregal,
Pra chegar na bioténica, rua de parelepídico
Pra ligar da doroviária, telefone cedular

Pigilógico, tauba, cera lítica, sucritcho,
graxite, vrido, zaluzejo

Quando fizer calor e quiser ir pra praia de Cararatatuba,
cuidado com o carejangrejo
Tem que ta esbeldi, não pode comer pitz, pra tirar mal hálito
toma água do chuveiro
No salão de noite, tem coisa que não sei
Mulé com mulé é lésba e homi com homi é gay
Mas dizem que quem beija os dois é bixcional…
só não pode falar nada,
quando é baile de carnaval

Pra não ficar prenha e ficar passando mal, copo d’água
e pílula de ontemproccional
Homem gosta de mulher que tem fogo o dia inteiro,
cheiro no cangote, creme rinsa no cabelo
Pra segurar namorado morrendo de amor
escreve o nome num pepino e guarda no refrigelador,
na novela das otcho, Torre de papel,
Menina que não é virge, eu vejo casar de véu

Se você se assustar e tiver chilique,cuidado pra não morrer
de palaladi cadique
Tenho medo da geladeira, onde a gente guarda yogute,
porque no frio da tomada se cair água pode dá cicrutche
To comprando um apartamento e o negócio ta quase no fim
O que na verdade preocupa é o preço do condostim
O sinico lá do prédio, certa vez outro dia me disse:
Que o mundo vai se acaba no ano 2000 é o que diz o acalipse

Tenho medo de tudo que vejo e aparece na televisão
Os preju do Carajundu fugiram em buraco cavado no chão
Torrorista, assassino e bandido, gente que já trouxe muita dor
O que na verdade preocupa é a fuga do seucrostador
Seucrosta quem não tem dinheiro, quem não tem emprego
e não tem condução
Documento eu levo na proxeca porque é perigoso carregar na mão

Mas quando alguém te disser tá errado ou errada
Que não vai S na cebola e não vai S em feliz
Que o X pode ter som de Z e o CH pode ter som de X
Acredito que errado é aquele que fala correto e não vive o que diz”

Música: Zaluzejo
Artista: Teatro Mágico
18

Flávio Dino no jogo da sucessão…

Flávio Dino deixa rolar, sem tomar decisões agora...

Sobre o processo eleitoral de 2102 em São Luís, o ex-deputado federal Flávio Dino (PCdoB) falou assim ao blog de john Cutrim: “Esta decisão não vai ser tomada agora. Não vou dar essa resposta sozinho, resposta esta de muita responsabilidade”.

Para justificar sua “dúvida” em relação ao próximo pleito, ele afirma: “Não podemos esquecer que quase um milhão de pessoas depositaram suas esperanças em nossos ombros”. Também lembra que, além de São Luís, existem outros 216 municípios.

Como entender o discurso de Flávio Dino?

Para muitos, estas declarações mostram que o ex-deputado quer mesmo se preparar para disputar as eleições etaduais de 2014, abrindo mão do pleito do ano que vem. 

Para outros, no entanto, a resistência do comunista significaria jogo de cena, para que, bem mais próximo da sucessão – e com seu bom desempenho nas pesquisas – ele surja como o único capaz de derotar João Castelo (PSDB).

O próprio Flávio Dino ensina o caminho: “a nossa grande batalha é em 2014”.

Simples assim…

24

Roberto Costa desafia João Castelo: “anuncio de antemão que não serei candidato a prefeito se ele rever o IPTU”

Roberto Costa: acima do debate eleitoral

O deputado estadual Roberto Costa (PMDB) tomou hoje uma atitude para acabar com as especulações da colega Gardeninha Castelo (PSDB) de que ele só critica o prefeito de São Luís, João Castelo (PSDB), por que pretende ser candidato em 2012.

– Se eles acham que eu quero ser candidato, se eles temem que eu seja candidato, então faço uma proposta agora ao prefeito: anuncio oficialmente que não disputarei a eleição de 2012 se Castelo rconhecer o seu erro e suspender a cobrança do IPTU – afirmou o parlamentar.

A declaração de Costa foi dada durante um programa da rádio Capital AM, hoje pela manhã.

Conduzida por maioria de castelistas, a banca provocou o peemedebista com  a insinuação de que ele estaria usando a crise do IPTU para fazer campanha.

Foi então que o deputado propôs o desafio ao prefeito.

Que, no mínimo, elimina o discurso político-eleitoral de Gardeninha…

24

A visão de desenvolvimento de Luís Fernando Silva…

Luis Fernando conversa com lideranças, empresários e populares em Rosário

O chefe da Casa Civil do governo Roseana Sarney (PMDB), Luís Fernando Silva, acredita na obtenção do desenvolvimento a partir do município.

– Qualquer país só cresce quando o município se desenvolve. Tanto os problemas quanto a solução acontecem no âmbito no município. Precisamos promover o crescimento a partir do município – disse o secretário.

Luís Fernando Silva foi o principal palestrante da 1ª edição do Seminário de Lideranças, realizado ontem em Rosário.

O projeto é organizado pela Secretaria de Articulação Política, em parceria com a Federação dos Municípios do Maranhão e utros órgãos e entidades.

Tem como objetivo traçar diagnósticos sobre a realidade regional a fim de, atendidas, impulsionar o desenvolvimento.

O chefe da Casa Civil demonstra absoluto conhecimento da importância do município para o estado e o país – até por experiência própria, já que foi prefeito de São José de Ribamar.

Coordenador do encontro, Hildo Rocha faz as apresentações

A maior experiência que tive na minha vida foi como prefeito; pois, descobri que como professor universitário não sabia de nada e como secretário de estado eu sabia muito pouco – resumiu.

Luís Fernando é um desbravador dos rincões maranhenses. Onde vai, faz questão de visitar as comunidades, descobrir situações, conversar com os moradores, entender a vida em cada região. A partir destes dados, como economista, ajuda a desenvolver as políticas públicas necessárias à cada realidade. 

Em sua palestra no seminário de Rosário,  ele lembrou que começou a perceber, de fato, sobre a necessidade das pessoas quando passou a ouvi-las diariamente, contadas pelo próprio cidadão.

E afirmou: “Não há possibilidade de fazer política de boa qualidade e uma administração eficiente sem ouvir as pessoas. Ouvir o prefeito, os secretários municipais, os professores, o empregado, os desempregados. Assim se terá administração eficiente e que atenda a necessidade das pessoas”. 

Na próxima etapa do seminário, o município escolhido será Itapecuru-Mirim…

20

O importante é fazer-se entender…

Corajosa a decisão do Ministério da Educação de acatar o livro “Por uma Vida Melhor”, que inclui expressões da linguagem popular como formas aceitáveis de comunicação oral.

Entenda aqui a polêmica causada pelo livro…

Corajosa, sobretudo, por que, finalmente, enquadra os gramáticos ortodoxos radicais – aqueles para os quais as regras ortográficas, de sintaxe, morfológicas e de concordância valem mais que a própria vida.

Mas não valem.

Na verdade, a ortodoxia dos gramáticos esconde as relações de poder ocultas no idioma, como já denunciou o linguísta Marcos Bagno.

A serviço dos poderosos, a mídia usa expressões supostamente cultas de forma também ideológica – levando o povo a achar que são as únicas.

Trocam, por exemplo, “ocupações” por “invasões”, ao se referir ao MST. Ou “manifestações” e “protestos” por “distúrbios” quando fala dos palestinos contra Israel.

Tudo para construir ideologicamente a estrutura da língua.

Influenciados por estes conceitos linguísticos da época ditatorial do “Este é um País que vai Pra frente…”, os gramáticos se danam a impor regras, sufocando as expressões populares.   

Para estes escravos gramaticais as regras oficiais do Português – o que chamam de norma culta – devem ser ensinadas a qualquer preço, como regra geral, sendo patrulhada qualquer outra forma de comunicação e expressão.

Para Hadad, o livro é normal...

Erram num quesito básico: como exigir norma culta do Português se a língua de Camões, como todas as línguas latinas, derivam do Latin vulgar e não do erudito?

Aprisionados ao tecnicismo, não levam em conta nem os regionalismos. Pior: justificam a imposição das regras “cultas” como “únicas aceitas nos exames de avaliação”.

Desta forma, mostram apenas que a única utilidade de se saber, por exemplo, a aplicação do que seja “Oração Coordenada Adversativa Sindética ou Assindética” é uma prova de Vestibular ou de concurso público.

Que importa saber a correta aplicação dos “porquês” senão para responder uma prova? 

No dia-dia, saber isso não tem a menor importância – até por que (olha ele aí?) todas as formas têm a mesma função básica: perguntar, questionar, buscar respostas.

Na comunicação, na vida cotidiana, o que importa é fazer-se entender.

E é isto que propõem os linguistas.

É isto que propõe o livro “Por Uma Vida Melhor”, quando mostra que a expressão do garoto pobre ou do trabalhador sem instrução formal pode ser usada no dia-dia, desde que complemente a compreensão.

Os concurseiros de plantão poderão continuar afiados nas normas cultas, prontos para o próximo vestibular ou aquele concurso público sempre indispensável – até que apareça outro mais indispensável ainda.

No dia-dia porém, a fala se sobrepõe à amarração da regra gramatical.

Fazer-se entender é o que importa…

12

Igor Lago já enfrenta resistências no PDT…

Igor Lago: bombardeado internamente

O médico Igor Lago não terá vida fácil no PDT maranhense, informa o blog de Robert Lobato.

Filho do ex-governador Jackson Lago (PDT), morto em abril, ele foi indicado para comandar a legenda, como homenagem a Jackson, e esperava ser ungido.

Não foi.

Na reunião de quarta-feira, ainda segundo Lobato, enfrentou forte bombardeio de adversários internos que cobravam posições mais claras em relação à política maranhense.

No ataque a Igor Lago se alternam o ex-vice-presidente da legenda, Julião Amin, o suplente de deputado federal Weverton Rocha e o ex-vereador Renato Dionísio, só para citar os mais exaltados.

Segundo Lobato, Dionísio partiu para cima do médico:

Ninguém viu você na luta e na vida partidária. Sempre que você vinha ao Maranhão era para pedir que Jackson Lago deixasse a política e para chamar alguns dos seus ex-secretário de governo de ladrões.

A entrevista a O Estado do Maranhão, no último domingo, foi outro motivo da cobrança.

Acharam Lago filho comportado demais.

O resultado é que a reunião que o homologaria presidente do PDT foi adiada para junho.

Como se vê, não será fácil a vida do filho de Jackson Lago no partido que o pai ajudou a criar…

26

Os agiotas agem…

Há sinais de agiotagem em todos os aspectos da vida política maranhense.

Na negociação com escritórios de advocacia, em que prefeitos têm carros penhorados e assinam notas promissórias, há traços de empréstimo ilegal de dinheiro.

Na nomeação de assessores nível especial, com salários altíssimos, em gabinetes parlamentares na Asembléia Legislativa, há sinais de empréstimo ilegal de dinheiro.

Este blog já denunciou por diversas vezes a agiotagem no meio político maranhense.

Os agiotas agem, principalmente, durante as campanhas políticas.

Financiam candidatos com potencial de vitória e passam os quatro anos extorquindo as prefeituras para receber o dinheiro investido.

Desviados, sobretudo, dos recursos públicos.

Na semana passada, a Polícia Federal botou as mãos em um dos maiores agiotas do Maranhão: Josival Cavalcante da Silva, o Pacovan.

Em empréstimos para políticos, segundo a PF, Pacovan movimentou algo em torno de R$ 25 milhões nos últimos dois anos.

Há outros, espalhados pelo Maranhão – inclusive alguns com mandatos eletivos.

A Polícia Federal já tem o mapeamento de todos eles.

E não sobrará pedra sobre pedra…

8

Vereador foragido vai ao STJ por Habeas Corpus…

Foragido desde domingo, quando conseguiu uma Liminar assinada pelo desembargador José Joaquim Figueiredo dos Anjos, que o pôs em liberdade, o vereador Orleans Moreira, entrou com Habeas Corpus no Superior Tribunal de Justiça.

A informação é do blog de Itevaldo Júnior.

Acusado de dois homicídios na região de Tuntum, além de outros crimes, o vereador foi preso na semana passada.

No plantão judicial de domingo, Figueiredo dos Anjos determinou sua soltura.

Na segunda-feira, o também desembargador Raimundo Melo cassou a liminar do colega e determinou a volta de Orleans Moreira à cadeia.

Mas ele já havia tomado rumo incerto e não sabido.

34

Corredor Urbano se contrapõe à Via Expressa…

Animação da Via Expressa, do Governo do Estado

O projeto de Corredor Urbano da Prefeitura de São Luís, apresentado na Assembléia Legislativa pela deputada Gardênia Castelo (PSDB) é um claro contraponto ao projeto de Via Expressa, já em pleno andamento pelo Governo do Estado.

A própria Gardeninha reconheceu isso, quando tentou justificar que a Prefeitura passou 1 ano e 8 meses na elaboração do projeto:

– Não é uma avenida que liga uma coisa a outra. É um novo anel urbano, para que o trânsito possa fluir sem interrupções – afirmou.

O contraponto também foi percebido pelos colegas da deputada tucana.

O petista Bira do Pindaré, por exemplo, questionou:

Animação do corredor urbano, divulgado em O Imparcial

– Por que a prefeitura está anunciando um projeto e o governo anuncia outro e ambos estão definidos para a mesma área? Vão construir duas vias expressas ou duas vias urbanas para ligar os mesmos pontos da cidade?

Neste ponto, Gardeninha explica que não são iguais. Mas torna evidente o desejo do confronto: “A prerrogativa de tratar das questões da cidade é da prefeitura. E é muito mais que uma via expressa”.

O deputado Roberto Costa (PMDB) entra no debate com as perguntas básicas: de quem são os recursos? Com quanto a prefeitura entrará?

É então que Gardeninha confessa: a prefeitura espera o dinheiro do PAC Mobilidade Urbana, e a contrapartida do município é de apenas 10%.

Tradução: o prefeito João Castelo (PSDB) passa quase dois anos elaborando um projeto e o anuncia com pompas, mas sem garantia alguma de que será efetivado, sobretudo por que o dinheiro não é da prefeitura. E sua filha vai tribuna da Assembléia com referências diretas a um projeto parecido, já iniciado pelo governo.

Projeto este que já está em fase de início das obras, com licitação preparada e recurso assegurado.

Como diz o ditado: muito ajuda quem não atrapalha…

7

Quanto custa a Beija-Flor???

Este blog foi o autor do anúncio, com exclusividade, das tratativas do governo Roseana Sarney (PMDB) para uma homenagem da Escola de Samba Beija-Flor aos 400 anos de São Luís no carnaval carioca de 2012.

Desde então, especulações e críticas foram feitas de todos os lados, mas o governo calou-se no essencial.

Afinal, quanto custa – ou custará – a encomenda artístico-publicitária  à escola de Nilópolis?

Neste período, já se falaram em R$ 8 milhões, R$ 800 mil e R$ 1 milhão.

E o governo nada, embora as negociações não pararam.

Desde o anúncio do blog, o carnavalesco Laíla e sua turma já estiveram várias outras vezes em São Luís , sem que o governo se disponha a explicar o que está acontecendo.

Mas tem obrigação de dizer como se dará a homenagem, quanto custará e o que trará de benefícios ao estado e à cidade.