15

O silêncio de José Reinaldo…

Lideranças políticas de todas as patentes já se manifestaram sobr a morte do ex-governador Jackson Lago (PDT).

Jackson partiu ontem, em São Paulo...

Aliados e adversários, amigos e desafetos, todos lamentaram, sinceramente ou protocolarmente, a perda de um dos principais homens públicos do Maranhão.

Falaram a governadora Roseana Sarney (PMDB), o prefeito João Castelo (PSDB), o senador José Sarney (PMDB), o vice-governador Washington Oliviera (PT), petistas, pedetistas, deputados, vereadores…

O também ex-governador José Reinaldo Tavares (PSB) continua em silêncio – pelo menos ainda não se viu, até agora, manifestação pública vinda dele.

Em seu blog, hoje, preferiu tentar, mais uma vez, atacar a família Sarney, coisa que faz desde que decidiu romper com ela, em 2002.

Na semana passada, em atigo publicado na imprensa, o filho de Jackson, Igor Lago, criticou José Reinaldo e o ex-deputado Flávio Dino (PCdoB), chamando-os de “oportunistas, gatunos loucos e sedentos de poder”. (Leia aqui)

Hoje, foi a vez do ex-ministro Edson Vidigal (PSDB), que, mesmo sem citar nomes, também atribui aos ex-companheiros do ex-governador alguma causa pelo seu desânimo a partir das eleições de 2010.

José Reinaldo segue, sozinho, o caminho da traição...

O que o abateu mesmo foi a depressão profunda em que mergulhou decepcionado com os falsos e envergonhado por ter dedicado todo o tempo em que passou palmilhando a estrada na luta pelos outros e vendo a vitoria definitiva quase chegando ter confiado em uns tantos em quem não valeu a pena confiar – declarou Vidigal.

Também criticado, Flávio Dino manifestou-se em relação à morte de Jackson por meio do seu perfil, no twitter. Uma espécie de artigo pontilhado, em que relembra os momentos ao lado do pedetista – e, obviamente, ignora aqueles de distanciamento. (Veja aqui)

José Reinaldo não falou e é melhor que não fale.

Afinal, ele nada tem a falar…

8

Jackson Lago: o PDT era ele…

Jackson Lago foi o PDT, do início ao fim

O ex-governador Jackson Lago foi o líder inconteste no PDT durante toda a história do partido.

Seu principal legado na política é este: conseguir manter forte no Maranhão um partido que perdeu sua força no restante do país após a morte do seu fundador, Leonel Brizola.

Nos últimos 25 anos, o PDT liderou a oposição em todas as campanhas eleitorais em São Luís e no Maranhão – sempre com Jackson Lago à frente, com seus erros e acertos.

Mesmo quando o Brasil se encantava com o liberalismo do PSDB; mesmo quando o PT mostrava-se como principal alternativa à esquerda.

O exemplo do ex-governador foi, exatamente, manter-se fiel aos seus princípios mesmo quando se alinhou a outro projeto de poder, contraditoriamente ou não.

Esteve com Epitácio Cafeteira (PTB), mas não se identificou cafeteirista. Esteve com Lula sem ser lulista. Foi aliado de José Reinaldo, mas não reinaldista.

Até com o grupo Sarney já esteve, sem ser sarneysista.

O ex-governador marcou sua trajetória pelo que sempre foi, desde que construiu o PDT.

Um autêntico – e talvez único – pedetista…

6

Palácio e Assembléia são oferecidos para o velório, mas família mantém decisão de atender ao desejo de Jackson…

A governadora Roseana Sarney e o presidente da Assembléia Legisaltiva, Arnaldo Melo (ambos do PMDB), conversaram agora há pouco com o médico Igor Lago, sobre a possibilidade de realizar o velório do ex-governador Jackson Lago (PDT) na sede de um dos dois poderes.

Roseana falou com Igor por volta das 20 horas. Ela se solidarizou com a família do ex-governador e ofereceu o salão nobre do Palácio dos Leões para o velório.

Gentil, Igor Lago agradeceu à governadora, mas disse que pretende respeitar a decisão do pai, de ser velado na sede do PDT, na Rua dos Afogados. Roseana informou ao médico que decretou luto oficial de três dias no Maranhão.

Antes dela, o deputado Arnaldo Melo também conversou com Igor Lago. Pôs a Assembléia à disposição para o velório do ex-governador, que também foi deputado estadual.

– Ele foi muito gentil e explicou que a família quer cumprir o desejo do pai. de qualquer forma, a estrutura da Assembléia está à disposição – disse Melo, que encaminhou servidores do Cerimonial da Casa para auxiliar nos trabalhos de organização do velório no PDT.

Há uma dúvida quanto à chegada do corpo de Jackson.

Alguns pedetistas dizem que ele virá em um vôo fretado, ainda hoje à noite. Outros afirmam que a família o trará em um vôo comercial, devendo chegar a São Luís até o meio-dia de terça-feira.

Ainda foi definido local e data do sepultamento do ex-governador.

10

Velório de Jackson será no PDT, por desejo dele…

Jackson Lago faleceu hoje em São Paulo

O ex-governador Jackson Lago será velado, a princípio, na sede do diretório regional do PDT, na Rua dos Afogados, no Centro de São Luís. O local é um desejo do próprio Jackson, expressado à família.

No PDT já estão, desde o início da noite, todas lideranças do partido – hoje seria  aposse da nova diretoria, que tinha o ex-governador como presidente.

– Ele expressou o desejo de ser velado na sede do PDT, seu partido do coração.  O desejo da família e das lideranças do partido é atender a este desejo – disse ao blog Weverton Rocha, o novo secretário-geral da legenda.

O ex-governador morreu no final da tarde, no Hospital do Coração, em São Paulo, onde se submetia tratamento desde dezembro.

A previsão é que o seu corpo chegue ao Maranhão até o meio-dia desta terça-feira.

1

Hildo Rocha fala, em Caxias, do trabalho de Roseana pela implantação do “Minha Casa, Minha Vida”, no Maranhão…

O secretário de Articulação Política, Hildo Rocha, representou a governadora Roseana Sarney (PMDB), sábado, na

Ao lado de Coutinho, Lobão discursa durante entrega de casas em Caxias

entrega das casas do programa “Minha Casa, Minha Vida”, em Caxias.

O projeto para Caxias foi viabilizado também por ação da então senadora Roseana Sarney, que convenceu o então presidente Lula a incluir municípios maranhenses no projeto.

– Na condição de líder do governo a senadora Roseana teve um papel importante na aprovação desse projeto extraordinário. Fez um eficiente trabalho de convencimento e o programa foi acatado de acordo com a idéia original. O resultado está aqui. O sonho da casa própria hoje é uma realidade para milhares de caxienses – frisou Hildo Rocha.

As casas, entregues pelo prefeito Humberto Coutinho (PDT), têm 250 metros quadrados de área e 42,2 m de área construída – sala, quarto cozinha, banhiero, área de serviço e quintal murado. O acabamento é em piso cerâmico e forro PVC.

Segundo Hildo Rocha, Roseana voltou a solicitar de Dilma Rousseff (PT), no recente encontro em Brasília, nova ampliação do “Minha Casa, Minha Vida” no interior maranhense.

Multidão comemora acesso à casa própria...

O empenho da governadora Roseana Sarney na realização do programa federal também foi reconhecido pelo superintendente da Caixa Economica Federal, Valdemilson Almeida Nascimento.

– A luta da Governadora Roseana é merecedora do nosso reconhecimento. Ela é uma grande incentivadora, colabora, faz de tudo para facilitar a implantação do programa aqui no nosso Estado – afirmou.

Segundo o prefeito Humberto Coutinho, a prefeitura já entrengou mais de 6 mil casas com recursos do programa federal.

– É gratificante ver as pessoas alegres, felizes comemorando a conquista de um lugar digno para morar – destacou Coutinho.

A convite do prefeito, o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, também participou da entrega das casas.

6

“PMDB com Castelo, não!”, diz Roberto Costa…

Costa quer Bira na base, antes de formar a base do petista...

Às vésperas da posse na Secretaria de Juventude, o deputado Roberto Costa mostra ao blog de Robert Lobato o norte a ser seguido pelo seu PMDB, em 2012.

– Não há possibilidade do nosso grupo apoiar o prefeito Castelo. Ele está no terceiro ano de sua administração e a população ainda não conseguiu identificar o que foi feito para melhorar a cidade – estabelece.

Costa é presidente do PMDB ludovicense e tem o controle da legenda. O que ele diz, portanto, tem “segurança jurídica” e reflete o pensamento da cúpula do seu grupo.

– Precisamos de um projeto alternativo para São Luis – reflete.

Mas se é alternativo, significa diferente não só do projeto castelista, mas também das idéias roseanistas para a cidade, certo Roberto Costa?

Pelo que disse o parlamentar a Lobato, parece que a reflexão é apenas metade certa.

Costa não descarta, por exemplo, o apoio ao petista Bira do Pindaré, mas impõe contrapartidas:

–  O PMDB não faz veto ao nome de Bira. Mas o partido não pode apoiar um candidato que, embora o seu partido apoie o nosso governo, faça oposição sistemática à governadora Roseana Sarney.

É uma via de mão dupla! Bira muda sua postura em relação ao governo Roseana e o PMDB passa a pensar na possibilidade de apoiá-lo a prefeito.

Antes de qualquer debate sobre o tema, no entanto, é Bira quem precisa mostrar sua viabilidade: afinal, o PT tem ou não tem interese na sua candidatura???

Só depois desta resposta ele pode começar a caminhar…

6

Castelo quer unir a oposição (?); esquerdistas falam em aliança própria…

Aos poucos, os partidos de esquerda vão entrando no debate eleitoral em São Luís, que andava polarizado pelo prefeito João Castelo (PSDB) e pelo grupo da governadora Roseana Sarney (PMDB).

Castelo tentando engolir partidos, nominando todos – inclusive ele próprio – de “oposição” (?); o grupo roseanista com sua  histórica claudicância em relação às eleições na capital.

O movimento do PCdoB, de parte do PT e de parte do PPS, na semana que passou, demonstra que há espaço para a construção de uma alternativa a esta bipolarização.

Assediado por Castelo, o PCdoB disse não e demarcou território: quer uma aliança com PPS, PSB e até com o PDT.

Para assegurar o casamento eleitoral, pode, inclusive, abrir mão do nome de Flávio Dino (PCdoB), buscando outras opções: Eliziane Gama (PPS), Marcelo Tavares (PSB), Rubens Pereira Júnior (PCdoB) e Bira do Pindaré (PT).

Os mais afoitos diante da possibilidade – Bira e Eliziane – são os que mais restrições têm.

O petista terá dificuldade de desatrelar o PT dos interesses roseanistas; a pepessista vê cada vez mais seu PPS enfronhado nas alcovas castelistas.

De qualquer forma, a movimentação da esquerda dá a sensação de que o embate existirá.

Com cartas marcadas ou não, ele virá…

11

O quarto centenário…

Por Marcos Galvão

Algumas pessoas se assustam com o vertiginoso crescimento da nossa cidade, principalmente no setor imobiliário; pena que a prestação dos serviços públicos não acompanhou tal crescimento e a qualidade de vida na nossa ilha caiu e muito nos últimos dez anos…

Hospitais superlotados e com péssimo atendimento (inclusive os particulares), trânsito caótico, buracos mil, sistema de segurança público falido, rede de ensino pública carente de vagas, rodoviária e aeroporto obsoletos, sistema de saneamento básico praticamente inexistente (fora a falta d’água quando rompe a adutora), desmatamento, falta de preservação e investimento nas poucas áreas de proteção ambiental, feiras que parecem chiqueiros, estradas que não oferecem segurança e não suportam um simples feriadão, praias poluídas, centro histórico que fede a mijo e cocô …

Nem vou falar dos municípios do interior porque senão…

Esse é o retrato da nossa cidade às vésperas dos seus tão alardeados 400 anos.

Ah! que saudade da nossa São Luís dos anos 80.

22

Prefeitos impressionados com o que viram em Ribamar…

Prefeitos conhecem produção de hortifruti em Ribamar...

Os sete prefeitos que visitaram os projetos da Prefietura de São José de Ribamar, sábado passado, dia 2, sairam satisfeitos com o que viram.
 
Integrantes do Consórcio Floresta dos Guarás, os prefeitos visitaram o município após orientação da governadora Roseana Sarney (PMDB). A sugestão da governadora aconteceu quando de uma visita sua aos municípios de Bacuri e Apicum-Açu, na inauguração de uma estrada na região. 
 
Os prefeitos conheceram o modelo de gestão implantado em Ribamar, em especial, o “Centro de Aprendizagem Rural” – primeira escola rural profissionalizante criada e mantida por um município no Maranhão.
 
No local, são oferecidos, gratuitamente, cursos de capacitação para jovens residentes na zona rural, garantindo o início da profissionalização dos alunos das escolas municipais e estaduais, localizadas no território ribamarense.
 
– Foi um dia de aprendizado para nós, gestores públicos. Sem dúvida nenhuma, as ações executadas por Luis Fernando e Gil Cutrim servem de referência não apenas para o Maranhão, mas também para o resto do país. Absolvemos todas as informações e iremos trabalhar para implantar algumas destas obras nos nossos municípios – afirmou o presidente do Consórico e prefeito de Guimarães, Willian Guimarães.
 
O prefeito José Francisco Pestana (Cururupu) se declarou impressionado não só com o Centro de Aprendizagem Rural, mas com todos os demais projetos, visitados pelos prefeitos na companhia do chefe da Casa Civil e ex-prefeito de São José de Ribamar, Luis Fernando Silva, pelo atual prefeito Gil Cutrim e pelo secretário de Agricultura, Cláudio Azevedo. 
 
 – Já ouvia falar da eficiente administração do município de Ribamar. Mas nada melhor do que conferir in loco. Fiquei impressionado e, como integrante do Consórcio, não medirei esforços para levar para a região da Baixada uma Fábrica de Beneficiamento de Pescados, por exemplo – declarou Pestana.
 
Além dos prefeitos Willian Guimarães e José Pestana, estiveram em São José de Ribamar os prefeitos Sebastião Monteiro (Apicum Açu), Washington Oliveira (Bacuri), Uaunis Rocha (Serrano do Maranhão), Iran Monteiro (Central do Maranhão) e Ivaldo Almeida (Mirinzal).

Eles conheceram os projetos “Fábrica de Beneficiamento de Pescados e Mariscos”, “Fábrica de Gelo”, “Cozinha Escola Municipal” e “Liceu Ribamarense”, 
 
– Mesmo que não possamos implantar todos os projetos que vimos em São José de Ribamar, é possível que um ou outro seja desenvolvido no município, sobretudo sob a orientação do nosso chefe da Casa Civil e com a assistência do seu sucessor, o prefeito Gil Cutrim – disse.

6

Flávio Dino praticamente descarta candidatura a prefeito de São Luís

Na imagem de Felipe Klant, Flávio Dino com Rose Sales e Roberto Rocha, em festa do PCdB

Na semana que passou, o ex-deputado Flávio Dino (PCdoB) voltou a falar à imprensa de Caixas, uma das bases de sua eleição em 2006.

Em entrevista à TV Difusora local, revelou: “quero continuar lutando por um Maranhão sem dono”.

Estaria Flávio Dino descartando as eleições municipais de 2012, já que prefere a cruzada contra “os donos do Maranhão”?

Nas eleições do ano que vem o deputado diz preferir ajudar os candidatos aliados em todos os municípios.

Nas palavras do próprio Dino, ele quer ser catalisador das candidaturas que se identifiquem com seu projeto – tanto em São Luís quanto nos demais municípios.

São cada vez mais improváveis, portanto, as possibilidades de um novo embate entre João Castelo (PSDB) X Flávio Dino (PCdoB) na capital maranhense.

Mas há quem garanta ser apenas mais uma do artista comunista…

Leia também o artigo “Flávio Dino: um ator e tanto…”