17

Valdinar se decepciona com Flávio Dino: “Ele pisou na bola ao se esconder da campanha de Dilma”

Valdinar discursa em evento pró-Dilma em Imperatriz

O deputado Valdinar Barros (PT) confirmou hoje na Assembléia Legislativa a opinião deste blog e acusou o candidato derotado ao governo, Flávio Dino (PCdoB), de ter se escondido da campanha de Dilma no 2º Turno.

– Ele pisou na bola. Vou dizer isso pessoalmente a ele. Votei nele no 1º Turno e não esperava que ele sumisse da campanha – disse Barros, um dos mais ferrenhos petistas anti-Sarney no Maranhão.

De acordo com Valdinar, nem o PCdoB nem o PSB fizeram campanha pra Dilma em Imperatriz.

 – Eu não apoio e não apoiarei o grupo Sarney, mas vesti a camisa de Dilma e fui a campo pedi votos. mas não vi ninguém do PCdoB ou do PSB na campanha em Imperatriz – afirmou.

Valdinar informou que participou de um encontro de prefeitos da região tocantina, no qual estava presente também o senador reeleito Edison Lobão (PMDB). O deputado chegou a ser duramente criticado pelos patrulhadores do PCdoB, do PT e do PSB.

– Estava na campanha de Dilma. É o projeto nacional do PT. Lamento que outros companheiros de esquerda tenham cruzado os braços – lamentou.

5

Roseana prestigiada por Dilma…

Dilma ouve Roseana, em recente visita ao Maranhão

Deu na coluna “Panorama Político”, de O Globo; a maranhense Roseana Sarney (PMDB) é um dos cinco governadores do país a serem ouvidos pela coordenação de transição para montagem do novo governo.

De acordo com a coluna, assinada pelo jornalista Ilimar Franco, além de Roseana, a comissão ouvirá Eduardo Campos (PSB), de Pernanbuco; Jaques Wagner (PT), da Bahia; Cid Gomes (PSB0, do Ceará e Sérgio Cabral (PMDB), do Rio de Janeiro.

– (Eles) Serão ouvidos na escalação do Ministério e têm chances de emplacar suas indicações – afirma o jornalista.

Estes governadores têm em comum a expressiva votação para a presidente eleita Dilma Rousseff em seus estados.

A coluna Panorama Político é publicada simultaneamente no Maranhão pelo jornal ‘O Estado do Maranhão”.

19

Dilma venceria de qualquer forma, mesmo sem os votos do Norte/Nordeste

Dilma, a presidente de todos os brasileiros

Não encontra respaldo na realidade a xenofobia de alguns  habitantes de São Paulo e do Sul do país contra os nordestinos, “acusados” de dar a vitória a Dilma Rousseff (PT) sobre José Serra (PSDB).

Desde domingo, paulistas e sulistas deflagraram uma guerra contra nordestinos, via redes sociais de Internet, porque consideram que foram estes – tidos como miseráveis analfabetos – que deram a maioria dos votos a Dilma.

Mas os números da eleição mostram que a afirmação não é verdadeira.

Dilma venceria a eleição mesmo sem os votos do Nordeste. E até mesmo tirando os votos do Norte, ainda assim ela venceria Serra.

Sem os votos do NE, a vantagem de Dilma sobre Serra seria de 1.873.507 votos.  Tirando também a região Norte da soma, a vitória da petista seria de 1.033.802 votos.

O intelectualizado, alfabetizado, industrializado, financeiramente independente e economicamente forte Sudeste impôs uma vantagem de Dilma sobre Serra de 1.630.614 votos.

Em outras palavras, apenas São Paulo, Rio, Minas Gerais e Espírito Santo deram a Dilma uma vantagem de 839.695 votos sobre aqueles obtidos pelo tucano no Sul e no Centro-Oeste – regiões onde ele venceu.

Portanto, com ou sem os nordestinos, Dilma Rousseff seria a presidente de todos os brasileiros.

Gostem ou não os paulistas e sulistas…

5

Lobão é preferido de Dilma para Minas e Energia, diz O Globo

Ao lado de João Alberto, Lobão comemora eleição para o Senado

O senador Edison Lobão (PMDB) é cotado para o Ministério de Minas e Energia do futuro governo Dilma Rousseff (PT).

De acordo com reportagem de O Globo, assinada por Gerson Camarotti, Lobão é o preferido da própria Dilma para o posto.

A reportagem, que especula sobre o futuro ministério, diz o seguinte sobre Lobão: Do PMDB, Dilma não esconde a sua preferência pelo retorno do senador Edison Lobão (MA) para o Ministério de Minas e Energia. Aliado do presidente do Senado, José Sarney, Lobão tem a confiança de Dilma.

O próprio Lobão prefere não comentar sobre especulações para o ministério. Ele também é cotado para a sucessão do presidente do Senado, José Sarney (PMDB).

O Ministério de Dilma deve ser definido até o final do ano. Já a eleição do Senado ocorre em fevereiro.

46

Eles odeiam os nordestinos…

A derrota humilhante do paulistano José Serra (PSDB) despertou a ira dos sulistas contra os nordestinos na rede de relacionamentos Twitter.

Um dos casos, foi até banido da rede, pelo conteúdo criminoso e está sendo investigado, segundo revelou o blog de Matias Marinho (Leia aqui).

A covardia contra os nordestinos, encarnada sobretudo por paulistas e sulistas que se consideram arianos tem sido mostrada neste blog há anos.

Eles não suportam o fato de que Dilma venceu Serra pela vitória esmagadora na região. E chegam a ridicularizar a própria situação social do Nordeste, ignorando a questão socio-cultural que faz com que a região tenha este perfil.

Um exemplo: Nordestisto não é gente, faça um favor a Sp, mate um nordestino afogado!.  escrito pela tuitera que se identificou por @mayarapetruso

Infelizmente, este preconceito é corroborado pelos próprios jornalistas maranhenses, que ajudam a disseminar preconceitos contra o estado e se agacham para os representantes da mídia quatrocentona como se fossem deuses. 

Mas a verdade é que eles odeiam o Nordeste, como provam as imagens que ilustram este texto – selecionadas também por Matias Marinho.

24

O apoio de Roseana e as vitórias do PT no Maranhão…

Roseana apoiou Dilma em 2010 - e a petista venceu no 1º e no 2º turno no MA

Até a década de 90, o presidente Luíz Inácio Lula da Silva e o PT viviam aprisionados no gueto do PDT maranhense, controlado por Jackson Lago – que tinha os petistas como linha auxiliar de seu projeto pessoal.

Até então, Lula nunca havia vencido uma eleição no Maranhão. Perdeu para Fernando Henrique Cardoso (PSDB) em 1994 e 1998, ambas no 1º Turno.

Em 2002, Roseana declarou apoio oficial a Lula, contra José Serra (PSDB), mesmo com o PT maranhense ainda gravitando em torno de Jackson Lago.

Resultado: Lula venceu de Serra nos dois turnos no Maranhão. Foram 40,55% no Primeiro Turno e 58,48% no segundo Turno.

Com Roseana em 2002 e 2006, Lula saiu vecnedor no estado

Em 2006, a aliança entre Roseana e Lula já estava consolidada – apenas o PT maranhense insistia em se manter no gueto pedetista.  Lula venceu Geraldo Alckimin (PSDB) no Maranhão. Foram 75,50% no Primeiro Turno e 84,63% no Segundo.

Desde então, Roseana se consolidou como líder do governo Lula no Congresso.

Em 2010. o PT finalmente entendeu o momento político e aliou-se a Roseana – mesmo com a turma sectária forçando a barra por outro caminho. A governadora coordenou a campanha de Dilma Rousseff no Maranhão e a petista venceu de Serra com mais de 70% no Primeiro Turno e mais de 79% no Segundo Turno.

PT maranhense chega ao poder com Roseana

Resumo da Ópera: apoiado pelos oposicionistas sem voto, Lula e o PT nunca haviam vencido eleição no Maranhão. Com o apoio de Roseana, venceu todas, desde então.

São fatos históricos, compovados pelos números disponíveis nos aquivos do TRE e do TSE.

Dá para contestar???

16

A presidente ou presidenta?

A presidente eleita recebe o carinho do presidente...

O avanço dos estudos das línguas tem consolidado uma sentença: a sonoridade, a compreensão e a beleza rítmica da palavra se sobrepõem, quase sempre, à sua característica gramatical.

Traduzindo: entre o feio e o bonito, fica-se com o bonito.

A eleição de Dilma trouxe mais um destes elementos para debate. Ela é a presidente ou presidenta do Brasil?

Os gramáticos – como sempre – não se entendem, mas as duas formas podem ser usadas.

Exatamente por isso é que, neste blog, Dilma Rousseff será sempre chamada de a presidente do Brasil e nunca presidenta.

Simplesmente porque “presidenta” é horrível, sonoramente descabido e estilisticamente feio. Além de pejorativo como afirmativa de gênero.

Este blog sempre valorizou os linguístas – que vêem a língua como um ente em constante evolução e que, por isso, não pode ser aprisionada em regras imutáveis.

Estes mesmos linguístas ensinam: “na comunicação, o importante é fazer-se entender”.

Por isto é que, neste blog, Dilma será sempre a presidente do Brasil…

29

É ou não é oportunismo? Flávio Dino agora tenta capitalizar vitória de Dilma, depois de cruzar os braços no segundo turno

A apuração dos votos ainda nem havia terminado oficialmente e o assessor faz-tudo do deputado Flávio Dino (PCdoB), Márcio Jerry, já estava encaminhando, por volta das 21h de domingo, nota em nome do parlamentar faturando como vitorioso no processo.

O mesmo Flávio Dino que andou chorando pelos cantos, chateado pelo apoio de Dilma a Roseana, e que, por isso, havia se escondido da campanha no 2º Turno.

Veja o que diz Márcio Jerry em nome do chefe: “Derrotamos o atraso no Brasil. Resta o desafio do Maranhão”.

Quem derrotou, cara pálida?

O próprio Jerry dá a dimensão da atuação de Dino na campanha maranhense:

No segundo turno ele (Flávio) concedeu várias entrevistas, realizou reuniões com apoiadores e encaminhou duas notas públicas pedindo votos para a candidata da coligação que inclui o PCdoB, que ele preside no Maranhão.

Agora, caro leitor, você mesmo julga: isso é campanha que se faça? É ou não é oporturnismo barato?

Seria de Flávio ou de Márcio Jerry?

7

Dilma vence bem em redutos tucanos no Maranhão…

Apurados cerca de 70% dos votos nos três principais colégios eleitorais adminsitrados por tucanos no Maranhão, a candidata do PT a presidente, Dilma Rousseff, impõe forte derrota sobre o candidato do PSDB, José Serra.

Na capital maranhense, São Luís, apurados 73,32% dos votos, Dilma tem 78,o7% dos votos válidos, contra 21,93% dados a Serra.

A cidade tem como prefeito João castelo (PSDB), que assumiu para si a responsabilidade de garantir boa votação a Serra.

Em Imperatriz já são 97,94% dos votos apurados. Dilma vence com 52,02% contra 47,98%. A cidade tem como prefeito outro ícone do serrismo no Maranhão, Sebastião Madeira (PSDB).

Dilma Rousseff vence também em Açailândia, onde já foram apurados 82,19% dos votos. A candidata do PT tem 65,76% contra 34,24% de Serra.

Açailândia tem como prefeito o tucano Ildemar Gonçalves.

5

Roseana vai a Brasília para festa de Dilma…

(16H) – A governadora Roseana Sarney (PMDB) confirmou hoje pela manhã que embarcará para Brasília ainda hoje para acompanhar o resultado das eleições presidenciais.

– Devo permanecer em casa à tarde e, no final do dia, sigo para Brasília – disse a governadora, que votou com um adesivo “Dilma 13” e foi abraçada por uma militante vestida de outdoor de José Serra.

– Sou Serra mas votei na senhor para governadora – afirmou a mulher, que já havia abraçado também o derrotado José Reinaldo Tavares (PSB).

Em Brasília já estão o senador José Sarney (PMDB), que votou pela manhã, no Amapá, e dona Marly. Por isso, Roseana optou por acompanhar a divulgação do resultado na capital federal.

Em alguns estados a votação já terminou, mas o TSE só deve começar a divulgar a totalização a partir das 19 horas, por causa do fuso horário – em alguns casos, como o Acre, a diferença em relação a Brasília é de duas horas. 

A governadora tem convicção na vitória de Dilma…