0

Prefeito Hilton Gonçalo entrega kits para agentes de endemias…

Agentes de combate as endemias e supervisores receberam kits das mãos do prefeito Hilton Gonçalo para o melhor desenvolvimento de suas atividades profissionais. A entrega se deu nas futuras instalações da nova Secretaria de Saúde que em breve passará a funcionar no prédio do antigo colégio Perolina Prazeres. 

“Sempre buscamos proporcionar uma saúde de qualidade para os santarritenses; orientamos nossos servidores a prestar um serviço de qualidade e que seja humanizado, dessa maneira, temos a plena convicção de que o atendimento junto ao usuário do serviço público será satisfatório por parte dos cidadãos”, disse o prefeito Hilton Gonçalo.

O prédio contará com sala de informática, Programa Saúde da Família (PSF) e Tratamento Fora do Domicílio (TFD), cartão SUS, Vigilância sanitária, auditório, dentre outros setores. 

O kit dos agentes dispõe de bolsa, crachá, martelo, lanterna que contribuirá para o bom desempenho dos profissionais no combate ao temido mosquito Aedes Aegypt, vetor responsável por transmitir inúmeras doenças. 

Vereadores, secretários , servidores e populares acompanharam a visita do prefeito à futura secretaria de saúde.

0

“Fizemos justiça”, afirma Hildo Rocha sobre piso salarial de agentes comunitários

Hildo Rocha usou colete dos agentes de Saúde, como símbolo do seu apoio

Já era madrugada desta quarta-feira quando o Plenário da Câmara dos Deputados aprovou a Medida Provisória 827/18, que muda dispositivos relativos à jornada de trabalho dos agentes comunitários de saúde e de combate às endemias.

Entre as novidades consta o aumento do piso salarial da categoria em 52,86% ao longo de três anos.

“É uma conquista significativa pois há quatro anos essas duas categorias não tem reajustes dos seus salários”, argumentou Hildo Rocha, um dos parlamentares da bancada federal do Maranhão que mais trabalhou pela aprovação da MP.

Saúde preventiva

Hildo Rocha destacou a importância do trabalho desenvolvido no dia-a-dia, pelos agentes de saúde e de combate às endemias.

“São eles que vão de casa em casa, fazem o acompanhamento das vacinações, fazem a saúde preventiva. O sarampo está voltando. Sem o trabalho desses profissionais não irá demorar muito tempo para que essa e tantas outras doenças se alastrem Brasil afora. Portanto, é nosso dever proporcionar melhores condições de trabalho para que eles possam realizar as suas atividades com maior eficácia”, argumentou o parlamentar.