1

Detentas vão produzir figurino para musical em homenagem a Alcione

Produção do espetáculo, que tem à frente o ator e produtor Jô Santana e o autor, ator, diretor, escritor e roteirista Miguel Falabella, visitou o Complexo de Pedrinhas para conhecer o trabalho das internas na Cooperativa Cuxá

 

Miguel Falabella observa o trabalho das detentas que compõem a Cooperativa Cuxá, no Complexo de Pedrinhas

Será todo produzido pelas internas do Complexo de Pedrinhas o figurino que será usado no espetáculo “Marrom – o Musical”, em homenagem à cantora maranhense Alcione Nazaré.

Projeto que faz parte da “Trilogia “do Samba” – com cartola, dona Ivone Lara e Alcione – o espetáculo foi idealizado e produzido pelo ator e produtor Jô Santana, com texto e direção de Miguel Falabella.

O musical conta a história da artista maranhense mais consagrada no âmbito nacional.

– Nesta semana, eu e Miguel Falabella tivemos contato com o belíssimo trabalho da Cooperativa Cuxá, formada por mulheres detentas e egressas do sistema prisional de São Luís. Conhecemos a história dessas mulheres e foi possível ver como esse projeto traz uma nova perspectiva de mudança em suas vidas. Diante disso, fechamos uma parceria para a produção dos adereços cênicos para figurinos de “Marrom – o Musical – contou o ator Jô Santana, produz o espetáculo.

Jô Santos fala sobre o musical “Marrom”,m observado por Falabella, e mostra a importância da presença do figurino da Cuxá no espetáculo

Jô Santana e Miguel Falabella estiveram no início da semana em São Luís em promoção do musical e busca de patrocínios e parceiros.

O projeto visa contar a história de Alcione e levar para os palcos cenários que marcaram a infância, a juventude e a vida adulta da cantora, no maranhão e no Rio de Janeiro, onde é radicada.

Os atores e produtores em pose com os membros as participantes da cooperativa e funcionários do Complexo de Pedrinhas

– Das mãos das meninas da Cuxá sairão belezas que ganharão os palcos, para contar a história de Alcione, que é a madrinha da Cooperativa e será homenageada no espetáculo! – contou Santana.

O espetáculo “Marron-O Musical” deve estrear ainda em 2021…

0

“Somos todos Alcione”, prega Ivaldo em resposta a racista…

Vereador manifestou solidariedade à cantora maranhense após ela ter sido destratada pelo presidente da Fundação Palmares, Sérgio Camargo, alvo de denúncia por ataques sistemáticos aos próprios negros

 

Ivaldo com Alcione: ícone da cultura maranhense destratada por auxiliar de Bolsonaro que ataca negros sistematicamente

O vereador Ivaldo Rodrigues (PDT) lançou nesta quinta-feira, 4, a campanha “Somos Todos Alcione”, uma espécie de campanha solidária em defesa da cantora maranhense, destratada pelo presidente da Fundação Palmares, Sérgio Camargo.

– Toda minha solidariedade a Alcione Nazaré! Repúdio total ao senhor Sérgio Camargo que destratou a nossa Marrom que é símbolo da nossa cultura e da música popular brasileira! Somos todos Alcione! – escreveu Ivaldo Rodrigues em seu Twitter.

Camargo tem sido alvo de críticas e denúncias do movimento negro por desqualificar a própria raça à rente de uma fundação que deveria preservar a memória do negro no Brasil.

Alcione foi uma das críticas da postura de Camargo, que respondeu grosseiramente, desqualificando sua música e a atacando pessoalmente.  

Amigo pessoal de Alcione, Ivaldo Rodrigues é um dos maiores incentivadores da cultura maranhense.

O movimento #Somos todos Alcione pode ser acessado nas redes sociais do parlamentar…

2

Ivaldo Rodrigues doa três toneladas de peixe para lives de Alcione e PP Júnior

Por Rita Matos

Durante esse período de pandemia vários artistas estão realizando lives solidárias. O cantor PP Júnior fez a sua dia 19 de abril.

Já a cantora Alcione, foi dia 20 também deste mês.

O vereador Ivaldo Rodrigues assistiu a live dos artistas e sensibilizado com toda situação a qual muitas famílias estão passando devido o Coronavírus, fez questão de ajudar.

– Senti em meu coração a vontade de somar com esses artistas, um gesto muito nobre tanto da cantora Alcione, a nossa Marrom, quanto do cantor PP Júnior e ao assistir as lives fiz as doações.

Foram doados duas toneladas de peixe para PP Júnior, que escolheu a instituição Antônio Bruno para receber o alimento.

Para a cantora Alcione foi doado uma  tonelada de peixe. Ela escolheu as instituições: Casa Sonho de Criança, Fraternidade o Caminho, Casa de Apoio Acolher, Associação São Benedito Bairro de Fátima.

Este é um momento oportuno para ressaltar a importância de que a população fique em casa o quanto for possível, pois assim estaremos protegendo uns aos outros.

Ivaldo  afirmou que essa simples ação já faz muita diferença, principalmente devido o momento delicado que estamos passando por conta  da pandemia do Coronavírus.

4

A homenagem a Alcione e o oportunismo de Flávio Dino…

Cantora maranhense recebeu medalha na Assembleia Legislativa – o que já deveria ter ocorrido há anos – e governador que a ignorou por anos fez questão de tietá-la, agora que ela repercute como crítica de Bolsonaro

 

FLÁVIO DINO COMO TIETE DE ALCIONE, QUE ELE IGNOROU POR ANOS, EM HOMENAGEM NA ASSEMBLEIA, proposta por Weldell Lages

Ficou evidente o oportunismo político do governador Flávio Dino (PCdoB) na homenagem que a cantora Alcione Nazaré recebeu nesta quinta-feira, 29, na Assembleia Legislativa.

O comunista hostilizou a cantora maranhense por longos anos, pelo simples fato de ela ser amiga da ex-governadora Roseana Sarney (MDB).

Mas hoje, lá estava Dino, tietando como um verdadeiro fã.

Desde o início do governo, os comunistas ignoraram o talento de Alcione – talvez a maior artista maranhense de todos o tempos e uma das maiores vozes do mundo – deixando-a de fora das programações oficiais.

Curiosamente, a presença de Flávio Dino na homenagem a Alcione se dá semanas depois de a cantora partir para cima do presidente Bolsonaro em rede nacional, exigindo respeito ao Maranhão.

ALCIONE NA MESA DIRETORA DA CASA, LADEADA PELO PRESIDENTE OTHELINO NETO e por vários parlamentares e admiradores

A mudança de postura de Flávio Dino foi tamanha que Alcione já foi até chamada para a programação de aniversário de São Luís, organizada pela prefeitura.

É bonito que o comandante do estado reconheça o talento de seus artistas e demonstre respeito pela história de maranhenses ilustres.

Mas que foi oportunismo, ah!, isso ele não pode negar…

1

Em visita a Ivaldo Rodrigues, Alcione destaca Feirinha São Luís…

Cantora maranhense esteve no Palácio La Ravardiere, sede da Prefeitura de São Luís, onde foi tietada por funcionários e conversou também com o secretário de governo, Pablo Rebouças

Ivaldo com Alcione na na conversa na prefeitura: destaque para a cultura maranhense

A cantora maranhense Alcione visitou nesta segunda-feira, 18, a sede da Prefeitura de São Luís, no Palácio La Ravardiere. Ela esteve com o secretário de governo, Pablo Rebouças, e com o secretário de Articulação Parlamentar, Ivaldo Rodrigues.
Na conversa com Ivaldo Rodrigues, a Marrom destacou o trabalho do pedetista e destacou os incentivos à cultura e a arte maranhenses, na Ferinha São Luís.
O espaço criado pela prefeitura e coordenado pelo secretário – que também é vereador – tem dado oportunidades a artistas maranhenses de todos os estilos.
Na vista à prefeitura, Alcione foi fortemente tietada por servidores…
2

Uma homenagem que ninguém viu…

Escola de Samba Acadêmicos do Tatuapé, em São Paulo, falou do Maranhão, mas a fraca repercussão do desfile, na madrugada de sábado, deixou para o maranhense apenas a conta da festa, que ninguém assume que pagou

 

Um dos carros alegóricos da Tatuapé: Maranhão passou batido

A “homenagem” da Escola de Samba Acadêmicos do Tatuapé, em São Paulo, na madrugada de sexta para sábado, foi uma festa que ninguém viu.

Até a homenagem da Mocidade Alegre à cantora Alcione – que também destacou aspectos do Maranhão – teve maior repercussão que a Tatuapé.

Pior ainda foi a Prefeitura de São José de Ribamar pagar propaganda em TVs e blogs para tentar vender que a homenagem era à cidade, não ao Maranhão. (Relembre aqui e aqui)

A pouca repercussão do desfile, o horário da transmissão e o pouco interesse no carnaval paulista deixaram para o maranhense apenas a conta.

Embora todos garantam que foi de graça…

1

“Nossa Aretha Franklin”: Zezé de Camargo sobre Alcione…

O cantor e compositor Zézé de Camargo, da dupla com Luciano, classificou hoje a intérprete maranhense Alcione

A dupla Zezé de Camargo e Luciano

Nazaré como “a Aretha Franklin brasileira”. Segundo ele, a voz de Alcione é uma das mais marcantes do mundo.

Zezé de Camargo e Luciano fazem show logo mais, no Multicenter Sebrae para lançamento do novo disco.

Conheça aqui a biografia de Aretha Franklin

Entrevistada pela jornalista Ana Guimarães, editora e apresentadora do JM 2ª Edição, da TV Mirante, a dupla falou sobre a carreira, os sucessos e a nova fase musical.

No meio da entrevista, gravada no hall do hotel onde estão hospedados, Zezé e Luciano foram surpreendidos pela presença de Alcione, que está em São Luís desde o final de semana.

Os três até ensaiaram versos de um dos maiores sucessos da cantora maranhense: “não posso mais alimentar a este amor tão louco…“.

Alcione, uma das mais belas vozes do mundo

– O Brasil é o país com a maior diversidade musical do planeta. O Maranhão tem a sua música, Goiás tema sua música, o Rio Grande do Sul tem a sua música… e é assim no país inteiro – avaliou o compositor.

Evidenciando o sotaque maranhense, Alcione elogiou: “esses pequenos são bons por que são bons pais, bons filhos, bons companheiros e bons artistas”.

“Pequeno”  é a forma própria como o maranhense chama “menino”.

Na entrevista a Ana Guimarães, Zezé de Camargo e Luciano falaram também do sucesso do filme “Dois filhos de Francisco” e do livro “Helena” que conta a história da mãe da dupla.

No show de hoje à noite, eles vão cantar novos e antigos sucessos – muitos com nova roupagem.