0

Eduardo Braide garante mais uma emenda para o Hospital Aldenora Bello…

Braide observa a instalação de equipamento comprado com recursos de suas emendas parlamentares

O deputado Eduardo Braide anunciou a destinação de mais uma emenda parlamentar para o Hospital do Câncer Aldenora Bello. O comunicado foi feito durante reunião, nesta quarta-feira (31), com a diretoria da Fundação Antônio Dino, entidade mantenedora do hospital. O recurso deverá ser utilizado para a aquisição da pastilha de cobalto, que é a fonte de energia utilizada na máquina de tratamento por radioterapia.

O parlamentar também entregou à direção a autorização para a compra do Mamógrafo Digital e visitou as obras de construção da UTI Pediátrica e de instalação do Mamótomo – frutos de três outras emendas também de sua autoria. 

O Hospital Aldenora Bello é referência no tratamento de câncer no Maranhão. Anualmente são realizados mais de 220 mil atendimentos, 4.714 cirurgias, 31.612 quimioterapias e 5.711 sessões de radioterapia.

O deputado Eduardo Braide destacou que, desde o início do seu mandato, em 2011, tem destinado, anualmente, emendas parlamentares para atender às necessidades mais imediatas do hospital. Os recursos já garantiram a aquisição de microscópio cirúrgico, aparelhos para a realização de biópsias, mamótomo, mamógrafo digital e equipamentos para a UTI Pediátrica. 

Agora, o parlamentar destinará R$ 1 milhão em emenda, deste ano, para a compra da pastilha de cobalto.

Segundo a direção do hospital, existe atualmente uma fila de aproximadamente 1 ano de espera pela radioterapia, principal tratamento para o câncer.

“Uma das maiores dificuldades que se tem hoje no tratamento do câncer é a radioterapia. Esse é um aparelho, por exemplo, que funciona inclusive no período da madrugada, e que tem uma pastilha que está acabando a sua vida útil. Por conta disso, nós decidimos destinar a emenda deste ano para a compra de uma nova pastilha da bomba de cobalto, que faz exatamente a radioterapia. Esperamos que esse procedimento possa ser realizado o mais rápido possível, para que essa nova parte do equipamento chegue e coloque à disposição do povo maranhense um tratamento de melhor qualidade”, assinalou o deputado Eduardo Braide.

“Essa iniciativa é muito importante, pois somos um hospital que atende majoritariamente pelo SUS, e esse recurso é todo revertido para ajudar realmente quem precisa. Todas as emendas que foram destinadas pelo deputado foram muito importantes. Agora, a substituição da pastilha de energia do cobalto, que vai possibilitar que a gente continue com esse equipamento tratando os pacientes”, destacou Antônio Dino Tavares, vice-presidente da Fundação Antônio Dino.

1

Braide consegue acordo judicial para garantir mamógrafo ao Aldenora Bello…

Em audiência na Vara de Interesses Difusos e Coletivos de São Luís, governo Flávio Dino aceitou usar emenda de R$ 700 mil do deputado para comprar o equipamento para o hospital

 

Eduardo Braide e os representantes do governo na audiência com Douglas Martins

A Justiça Estadual determinou ao governo Flávio Dino (PCdoB) que utilize os recursos de emenda parlamentar do deptuado estadual Eduardo Braide para comprar um mamógrafo digital para o Hospital Aldenora Bello.

A decisão, da Vara de Interesses Difusos e Coletivos, é fruto de uma ação popular ajuizada por Braide.

O parlamentar apresentou esse ano emenda destinando R$ 700 mil para a compra do equipamento, mas o valor acabou não sendo liberado por Flávio Dino.

“Sempre tive a preocupação desde o meu primeiro ano de mandato, em destinar emendas para a compra de equipamentos ao Hospital Aldenora Bello. Só que este ano, pela primeira vez, a emenda que destinei no valor de R$ 700 mil para a compra de um mamógrafo digital foi negada pelo Governo do Estado. Por isso, ingressei com essa ação popular a fim de garantir o direito dos maranhenses a uma saúde de qualidade. Fico feliz porque o Hospital Aldenora Bello poderá, enfim, contar com um moderno mamógrafo, equipamento indispensável para o diagnóstico precoce do câncer de mama”, destacou o deputado.

A sentença que homologou o acordo entre o deputado Eduardo Braide e o Governo do Estado foi proferida pelo juiz titular da Vara de Interesses Difusos e Coletivos, Douglas de Melo Martins.

1

Flávio Dino vetou mais de R$ 12 milhões em emendas para a Saúde…

Governador, que reclama de forma como senadores querem emendar o Orçamento da União, não libera valores indicados por deputados estaduais que lhe fazem críticas na Assembleia

De O EstadoMaranhão, com edição do blog

Envolvido em uma polêmica depois de acusar a bancada maranhense no Senado de manobrar para não enviar aos municípios do Maranhão recursos da ordem de R$ 160 milhões referentes às emendas de bancada, o governador Flávio Dino (PCdoB) foi duramente criticado por parlamentares em todos os níveis.

Na quinta-feira, 19, o comunista foi às redes sociais reclamar dos senadores Edison Lobão (PMDB), João Alberto (PMDB) e Roberto Rocha (PSB). Disse o governador que os representantes do Maranhão se recusaram a cumprir um acordo que garantiria que a totalidade dos recursos seria destinada ao Governo do Maranhão, para então ser reencaminhada às prefeituras – para investimentos na área da Saúde.

– Um absurdo que uma parte da bancada federal negue uma emenda parlamentar e prejudique a saúde dos municípios, supostamente para me atingir – escreveu.

A postura de Flávio Dino gerou rápida reação dos três senadores.

Além disso, deputados que fazem oposição ao governo na Assembleia Legislativa argumentaram que o comunista não tem legitimidade para reclamar da destinação de emendas, quando ele próprio não libera aquelas apresentadas pelos oposicionistas pelo que consideram revanchismo político.

Levantamento de O Estado aponta que os deputados têm razão.

Cada um deles tem, atualmente, direito a indicar até R$ 3,5 milhões em emendas ao Orçamento. Em 2017, no entanto, o governador já deixou de destinar mais de R$ 7 milhões para a Saúde de municípios maranhenses ao não liberar emendas de pelo menos cinco deputados de oposição.

O comunista vetou integralmente as indicações dos deputados Adriano Sarney (PV), Andrea Murad (PMDB), Edilázio Júnior (PV), Sousa Neto (Pros) e Eduardo Braide (PMN).

Num dos casos de maior destaque recentemente, Dino foi alvo de fortes criticas por não liberar mais de R$ 1,4 milhão à Fundação Antônio Jorge Dino, mantenedora do Hospital do Câncer Aldenora Bello.

Para a unidade, foram destinadas emendas de Andrea Murad (R$ 200 mil), Graça Paz (R$ 300 mil), Edilázio Júnior (R$ 200 mil) e Eduardo Braide (R$ 700 mil).

Com reportagem de Gilberto Léda

1

Flávio Dino resiste a liberar quase R$ 1 milhão para o Hospital do Câncer…

Recursos são frutos de emendas parlamentares encaminhadas por deputados que não compõem a base do governo, mas têm ligação histórica com o Aldenora Bello

 

POLITICAGEM. Aldenora Bello precisa de recursos para se manter; e Flávio Dino resiste a liberar

O governador Flávio Dino (PCdoB) tem resistido a liberar as emendas parlamentares aprovadas na Assembleia que destinam recursos para o Hospital Aldenora Bello.

São quase R$ 1 milhão em emendas, encaminhadas pelos deputados Eduardo Braide (PMN), Edilázio Júnior (PV) e Graça Paz (PSL).

No mês passado, Graça Paz chegou a discursar na tribuna da Casa dizendo estar “rogando a Deus” para que tocasse no coração do comunista em favor do hospital do Câncer. (Releia aqui)

Parece não ter surtido efeito, o que levou o colega Braide a gravar vídeo, em que também apela para a sensibilidade do governador. (Veja o vídeo)

Hospital de referência no tratamento de câncer no Maranhão, o Aldenora Bello vive de doações e projetos públicos para se manter.

Mas parece não estar tocando no coração do governo comunista…

1

Câmara Federal homenageia Fundação Antonio Jorge Dino…

A Câmara dos deputados realizará segunda-feira (14) Sessão Solene em homenagem ao aniversário de 40 anos da Fundação Antonio Dino, instituição mantenedora do Hospital Aldenora Belo, único hospital de São Luis especializado no tratamento do câncer.

A iniciativa é do deputo federal Hildo Rocha (PMDB). 

A Fundação Antonio Dino recebe o nome de um dos médicos que iniciou o combate ao câncer no Maranhão à frente do Hospital do Câncer Aldenora Bello durante quase 12 anos. Tudo começou pelo hospital em 1964 com uma sala de Raio-X e uma sala de voluntárias coordenada por Antonio Dino e Enide Dino, sua esposa, que assumiram a Liga Maranhense e a Rede Feminina de Combate ao Câncer, respectivamente.

A primeira grande cirurgia de câncer no estado foi realizada no Hospital pelos médicos Antonio Augusto Fernandes Ribeiro e Antonio do Espírito Santo Monteiro Neto, no dia 23 de maio de 1978 para tratamento de um câncer de mama.

A Dra. Célia Jorge Dino Cossetti, então acadêmica de medicina e futura diretora do Hospital e Presidente da Fundação, foi a instrumentadora desta cirurgia.

Em 1985, através de grande pleito feito por Enide Dino, o então presidente da República José Sarney concordou em construir e equipar o Hospital do Câncer.

O novo Hospital “Aldenora Bello” foi inaugurado em 9 de abril de 1989.

Em 1996, o Hospital foi renomeado Instituto Maranhense de Oncologia Aldenora Bello (IMOAB) como forma a referir-se ao seu foco de atuação em seu nome, facilitando a comunicação da atividades às entidades nacionais e internacionais.

0

Aluisio Mendes viabiliza audiência da direção do Aldenora Bello com ministro da Saúde…

Aluisio reforçou pedidos dos diretores do Aldenora ao ministro Ricardo Barros

Aluisio reforçou pedidos dos diretores do Aldenora ao ministro Ricardo Barros

O deputado Aluisio Mendes (PTN) solicitou ao ministro da Saúde, Ricardo Barros, agilidade na liberação de recursos já disponibilizados para aquisição de aparelhos de radioterapia para o Hospital Aldenora Bello, em São Luís.

A solicitação foi feita pelo parlamentar nesta terça-feira (29), durante audiência com o ministro da qual participaram dirigentes da casa de saúde que atende pacientes com câncer no Maranhão.

Na ocasião, Aluisio Mendes informou ao ministro sobre a urgência da liberação desses recursos, tendo em vista que atualmente há uma fila de pacientes necessitando de tratamento oncológico no Maranhão, e para muitos deles a demora em iniciar o tratamento pode fazer a diferença entre vencer o câncer ou morrer.

“O brilhante trabalho desenvolvido pelo Aldenora Bello esbarra hoje na incapacidade de atender toda a demanda por tratamento, dado o grande número de pacientes e a quantidade de equipamentos disponíveis no hospital. O ministro se mostrou sensível ao pleito e garantiu a liberação de forma rápida de pelo menos um dos equipamentos solicitados pela instituição”, informou o deputado.

Durante a audiência, o vice-presidente do hospital, Antônio Dino, e o diretor financeiro da instituição, Ruy Lopes Freitas,atenderam a uma solicitação do ministro e prontamente se comprometeram em apresentar um projeto para interiorizar o tratamento oncológico no Maranhão, evitando que pacientes do interior tenham que fazer grandes deslocamentos para serem atendidos.

Os dois gestores do hospital se mostraram muito satisfeitos com os encaminhamentos feitos pelo ministro e se comprometeram de voltar, em companhia do deputado Aluisio Mendes, para apresentar o projeto de interiorização.

1

Miss Maranhão e a solidariedade ao Aldenora Bello…

As belas meninas premiadas no Maranhão fazem desfile em prol do Hospital do Câncer e vão, pessoalmente, entregar  kits de higiene arrecadados em festa na Fiema

Com informações do blog Ei, Meninas!

O desfile na sede da Fiema: solidariedade e glamour...

O desfile das miss’s na sede da Fiema: solidariedade e glamour…

O glamour se juntou à solidariedade para levar mais conforto e carinho aos pacientes do Hospital Aldenora Bello, num projeto já realizado há anos pelo Estúdio Márcio Prado, detentor da franquia Miss Brasil no Maranhão.

Copordenadora explica a Márcio Prado e a uma das miss como funciona o abrigo do hospital

Coordenadora explica a Márcio Prado e a uma das miss como funciona o abrigo do hospital

Um desfile organizado pelo estúdio, no final de fevereiro, realizado na sede da Fiema, com a participação das miss’s Maranhão de todas as idades, arrecadou centenas de kits de higiene para pacientes que vêm do interior e ficam hospedados em casas mantidas pelo próprio hospital.

Miss e pacientes em confraternização

Miss e pacientes em confraternização

Na semana que passou, as miss’s foram entregar os kits, fazendo a festa dos pacientes…

2

Hildo Rocha viabiliza aquisição de Acelerador Linear para o Aldenora Bello…

A liberação dos recursos foi confirmada durante audiência do Ministro Marcelo Castro com o parlamentar e diretores do hospital. O aparelho utilizado pela instituição, no tratamento do câncer, está com a vida útil esgotada há quatro anos

 

Hildo, com Marcelo Castro, Leo Cunha e diretores do Aldenora Bello

Hildo, com Marcelo Castro, Leo Cunha e diretores do Aldenora Bello

As ações do deputado Hildo Rocha (PMDB/MA), iniciada logo nos primeiros dias de mandato, em busca de melhorias para o Hospital Aldenora Bello começa a render os primeiros resultados práticos.

Durante audiência, terça-feira (2), o ministro Marcelo Castro anunciou que os recursos para a compra de um Acelerador Linear já estão assegurados.

Castro reconheceu que o empenho do parlamentar maranhense foi fundamental para a viabilização dos recursos.

“Hildo Rocha é um dos deputados mais atuantes no Congresso Nacional. Quero cumprimenta-lo pelo excelente trabalho que ele tem feito na Comissão Mista do Orçamento defendendo, de maneira muito firme, os recursos para a saúde pública do Brasil e do Maranhão, Estado ele representa na Câmara Federal”, enfatizou Castro.

Além da ação em favor do Aldenora Bello, Rocha acompanhou grupo de prefeitos e defendeu investimentos também nos municípios.

Participaram da reunião Gil Cutrim, prefeito de São José de Ribamar e presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (FAMEM); Edvaldo Nascimento  dos Santos (Vargem Grande); José Gomes Rodrigues (Buriticupu); José Martinho dos Santos Barros (Cantanhede); Juran Carvalho (Presidente Dutra); Maura Jorge (Lago da Pedra); Sebastião Madeira (Imperatriz); e Eric Costa (Barra do Corda).

O deputado Estadual Léo Cunha (PSC) também participou do encontro.