3

Os doadores do Aldenora Belo..

Hospital recebe recursos de diversos setores da economia, além das emendas parlamentares e dos recursos do SUS repassados por Governo do Estado e Prefeitura de São Luís; cobrança agora é por prestação de contas da Fundação Jorge Dino

 

O blog Marco Aurélio D’Eça publicou nesta terça-feira, 8, uma série de posts que apontam para a distribuição de recursos públicos por vários deputados – federais e estaduais – ao Hospital Aldenora Belo. (Relembre aqui)

Mas, além destes recursos públicos – e das doações de equipamentos e serviços articulados pela classe política – há doações de empresas privadas ao hospital.

A Fundação Antonio Jorge Dino recebe recursos da McDonalds, dos Supermercados Mateus e da Maracap, empresas de porte no Maranhão.

Além disso, mantém uma campanha permanecente de ligações com pedidos de doações via telefone, que gera receitas permanentes – ainda que baixas – para manutenção do hospital.

A Fundação Jorge Dino reclama nos bastidores que o governo não repasa os recursos que deveria repasar, inclusive do SUS.

O problema: não há prestação de contas do que entra e do que sai na Fundação – inclusive salários e pagamentos a diretores e funcionários.

E o mais prejudicado é o paciente de câncer no Maranhão…

 

0

César Pires cobra repasse de recursos estaduais ao Hospital Aldenora Bello

A crise financeira que ameaça o funcionamento do Hospital Aldenora Bello, que presta assistência aos pacientes oncológicos em São Luís, foi motivo de discurso do deputado César Pires na sessão desta terça-feira na Assembleia Legislativa. 

“Não é falta de recurso orçamentário. Falta compromisso do Governo do Estado com o povo do Maranhão, quando não libera os recursos necessários para o Aldenora Bello”, enfatizou.

Ao destacar a importância do hospital e as dificuldades por ele enfrentadas, César Pires lembrou que o Fundo Estadual de Combate ao Câncer no Maranhão deveria ter recebido ano passado R$ 7 milhões, mas ao longo do exercício de 2018 somente R$ 2.989.938,00 milhões foram repassados para o atendimento oncológico no estado. Com quase R$ 4 milhões em débito, o hospital funcionou, ainda que precariamente. Mas este ano, dos R$ 7 milhões previstos, só foram gastos, até hoje, R$ 183.780,40.

“Nós não tivemos a capacidade de cobrar o cumprimento do orçamento estadual aprovado por unanimidade nesta Casa. Faltam até insumos para tratamentos em quimioterapia, mas não foi por falta de iniciativa desta Casa. Eu por exemplo, só este ano destinei R$ 1 milhão em emenda, conforme publicado no Diário Oficial do dia 31 de dezembro de 2018.”

César Pires concluiu cobrando o cumprimento do Orçamento do Estado aprovado pela Assembleia Legislativa, incluindo as emendas parlamentares para a área da saúde.

“É uma questão de compromisso com os enfermos, principalmente com os que têm câncer aqui no Maranhão”, finalizou.

1

Edilázio destina emenda de R$ 200 mil para o Aldenora Belo…

Parlamentar assegurou recursos no orçamento do governo do Maranhão; liberação agora só depende da vontade do governo Flávio Dino

 

Edilázio mostra documento com a destinação da emenda

O deputado estadual Edilázio Júnior (PV) assegurou emenda de R$ 200 mil para a compra de equipamentos para a Fundação Antônio Jorge Dino, o Hospital Aldenora Belo, unidade de referência em tratamento de pessoa com câncer no Maranhão.

– Hoje recebi a visita do vice-presidente da fundação, entidade das mais respeitadas do nosso estado, encaminhei uma emenda no valor de R$ 200 mil para a aquisição de equipamentos oncológico e custeio no tratamento de pacientes com câncer. Aguardamos agora a sensibilidade do governador – pontuou.

O aporte financeiro – que depende da liberação do governo Flávio Dino (PCdoB) – vai ajudar o hospital a melhorar a sua estrutura, modernizar e agilizar o atendimento ao paciente que chega de toda a região do estado.

Edilázio recebeu, no seu gabinete, na Assembleia Legislativa, a visita do vice-presidente da Fundação Antônio Jorge Dino, Antonio Dino Tavares, que na ocasião, agradeceu o apoio do parlamentar.

Edilázio destacou a importância do investimento na estrutura do Hospital Aldenora Belo e fez um apelo ao governador Flávio Dino (PCdoB) pela liberação dos recursos.

1

Eduardo Braide entrega equipamentos ao Aldenora Belo…

Equipamentos custaram cerca de R$ 1 milhão e foram adquiridos por intermédio de emenda parlamentar de autoria do deputado

 

Eduardo Braide com os diretores do Aldenora Belo

Eduardo Braide com os diretores do Aldenora Belo

O deputado Eduardo Braide (PMN) entregou, na manhã desta quarta-feira (19), ao vice-presidente da Fundação Antônio Dino, Antonio Dino Tavares – entidade mantenedora do Hospital Aldenora Belo -, novos equipamentos que vão ajudar no tratamento do câncer no estado do Maranhão.

Os equipamentos, avaliados em torno de R$ 1 milhão, foram adquiridos com recursos de uma Emenda Parlamentar do deputado Eduardo Braide.

Um microscópio óptico, de tecnologia alemã, com câmera de captura de imagem e software de análise; dois micrótomos com tecnologia de ponta, que tem a função de realizar cortes histológicos dos tecidos e um criostato, que realiza exames intraoperatórios, constituem os novos equipamentos que vão dinamizar e tornar mais eficiente o trabalho do Laboratório de Patologia do Hospital Aldenora Belo.

“A aquisição desses equipamentos contribui sobremaneira para um atendimento mais qualificado e ágil no tratamento e combate ao câncer no estado do Maranhão”, reconheceu Gil Eanes Barros Silva, médica patologista da equipe do Aldenora Belo.

Segundo Gil Eanes, o laboratório de patologia “é o coração do hospital do câncer”, pois é aonde o material coletado dos pacientes é examinado, submetido à análise e elaboração do diagnóstico.

“A atitude do deputado é digna de elogios, uma vez que contribui para se avançar na luta de combate ao câncer e para a melhoria da qualidade de vida de todos que recorrem ao nosso atendimento”, destacou.

Mais equipamentos

Segundo Eduardo Braide, até o final deste semestre, o Hospital Aldenora Belo vai receber também um mamótomo, um aparelho que realiza biópsia da mama por sucção, a ser adquirido por intermédio de recursos oriundos de uma Emenda Parlamentar, no valor de R$ 500 mil, de autoria do deputado.

“Tudo que fizermos para ajudar no tratamento e combate ao câncer no Estado do Maranhão ainda é pouco. A Assembleia Legislativa está fazendo a sua parte, mais esperamos que outros segmentos da sociedade, a exemplo da iniciativa privada, também contribuam com essa causa, que é de todos”, observou.

Para Antonio Dino, é muito importante a iniciativa da Assembleia Legislativa do Maranhão quando cria o Fundo Estadual de Combate ao Câncer e viabiliza a aquisição de novos equipamentos que vão ajudar a aprimorar o atendimento aos pacientes que procuram o Hospital Aldenora Belo, que são em torno de 30 mil por mês.

“Agradecemos o Poder Legislativo Estadual por essa iniciativa”, ressaltou.

A Diretora Geral do Hospital Aldenora Belo, Rachel Cossetti, disse que o Hospital Aldenora Belo é referência no Maranhão no tratamento do câncer, atende a 50% dos casos do estado, segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA), conta com 175 leitos, mas ainda tem fila de espera para algumas demandas como, por exemplo, serviços de cirurgia e Unidade de Tratamento Intensivo (UTI).

“Nossos recursos de manutenção 80% são oriundos do Sistema Único de Saúde (SUS). Quanto mais ajuda recebermos melhores condições teremos de atender a grande demanda que recebemos, em torno de 30 mil pacientes/mês. Somos agradecidos ao apoio que recebemos da Assembleia Legislativa”, enfatizou.

Fundo estadual de combate ao câncer

De acordo com Eduardo Braide, o Conselho Consultivo do Fundo Estadual de Combate ao Câncer tomou posse em outubro de 2015. Sua função é gerir e aplicar, de forma compartilhada entre Estado e sociedade civil, os recursos destinados exclusivamente ao combate ao câncer no Estado.

Os valores são oriundos de percentuais dos impostos sobre bebidas alcoólicas e cigarros comercializados no Maranhão.

“A Assembleia está fazendo sua parte. Sabemos que ainda é pouco diante da necessidade que temos. Esperamos que outros possam contribuir com esta causa humanitária, que é o tratamento e o combate ao câncer no Estado do Maranhão. E o trabalho do Hospital Aldenora Belo merece o reconhecimento e o apoio de toda a sociedade maranhense”, argumentou Eduardo Braide.

2

Júnior Verde faz doação ao Aldenora Belo…

Verde e Sandra conhecendo a biblioteca do Aldenora Belo, ao lado das médicas do hospital

Verde e Sandra conhecendo a biblioteca do Aldenora Belo, ao lado das médicas do hospital

O deputado estadual Júnior Verde (PRB) visitou na semana que passou o Hospital Aldenora Belo e fez doações de cestas básicas e outros produtos de higiene às crianças que realizam tratamento.

O deputado e a esposa ajudando a descarregar as doações

O deputado e a esposa ajudando a descarregar as doações

– Tenho o compromisso de destinar parte das minhas emendas a essas instituições de São Luís que tanto necessitam de nossa solidariedade para funcionarem e  atenderem a quem precisa – frisou Verde, que estava acompanhado da mulher, Sandra Lima, vice-presidente do Grupo de Esposas de Deputados Estaduais (GEDEMA) .

Para Sandra, “o importante é ajudar, do jeito que for possível. Do menor ao maior gesto, cada um deles faz muita diferença na vida de quem precisa”.

Depois de fazer as doações, os dois conheceram a biblioteca e a brinquedoteca do hospital…