0

Enoque Mota supera 80% de aprovação em Pastos Bons…

Pesquisa de opinião pública realizada pelo Instituto Correta mostrou que o prefeito de Pastos Bons, Enoque Mota (PTB), tem aprovação de 81,67% da população do município.

De forma individualizada, 56,39% dos entrevistados classificaram a gestão do prefeito como boa e Para outros 7.22%  classificação como ótima totalizando 63.61% entre boa e ótima.

A pesquisa quantitativa foi realizada entre os dias 06 e 10 de agosto deste ano com abordagens pessoal e individual, aplicada com base em questionário estruturado. Foram entrevistadas 360 eleitores de Pastos Bons, com 16 anos ou mais.

Para a entrevista, foram ouvidos moradores da sede do município e povoados.

Asscom – Prefeitura de Pastos Bons

1

Hildo Rocha aponta avanços da reforma política…

Em pronunciamento na tribuna da Câmara, o deputado federal Hildo Rocha (PMDB/MA) disse o texto da reforma política que foi aprovada pelo senado nesta quinta-feira (05) não é o ideal mas contém avanços significativos.

“Depois de quase dez horas de intensos e acalorados debates, conseguimos aprovar algumas mudanças nas regras que irão prevalecer nas próximas eleições majoritárias e proporcionais. O Senado, usando as suas prerrogativas de casa revisora fez pequenas modificações”, declarou Rocha.

Articulação eficiente

Na condição de vice-líder do PMDB, com assento nas três comissões que debateram a reforma política, Hildo Rocha exerceu notável papel de articulador na Câmara e no Congresso. O destaque por meio do qual as regras de utilização de carros de som foram alteradas é uma iniciativa do parlamentar.

“Na campanha de 2018, carros de som só poderão ser utilizados em carreatas passeatas e comícios. Além da diminuição dos custos a população será poupada do o incômodo causado pelos carros de som que transitavam pelas ruas diariamente até tarde da noite”, argumentou Rocha.  

Outras mudanças aprovadas

Autofinanciamento

O senado excluiu a proposta que permitia aos candidatos financiar até 7% do custo total das suas próprias campanhas.

Fundo Público de Financiamento de Campanha (Fundão)

Ideia que nasceu e progrediu no senado foi aprovada pela Câmara, com restrições entre as quais a redução do tempo de propaganda no rádio e TV. Assim, parte do que hoje é basto com propaganda eleitoral será destinado para as campanhas eleitorais.

Prazos

O prazo para filiação partidária foi mantido em seis meses. Para mudança de domicílio eleitoral foi reduzido de um ano para seis meses.     

Arrecadação prévia

Uma novidade significativa é a que permite a captação de recursos para a campanha antes mesmo da homologação das candidaturas. Assim, a partir do dia 15 de maio pré-candidatos podem arrecadar dinheiro doado por pessoas físicas. Caso a candidatura não seja efetivada quem arrecadou terá que entregar o dinheiro para o Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Voto impresso

O senado manteve a obrigatoriedade do voto impresso já a partir das eleições de 2018.

Multas para devedores da justiça eleitoral

Partidos políticos e pessoas que foram multadas pela Justiça Eleitoral poderão parcelar os débitos.

0

Sem propaganda, Assis Ramos atinge aprovação de 52%…

Eleito com menos de um terço dos votos de Imperatriz, prefeito já tem a confiança de mais da metade da população

 

Assis vai, aos poucos, conquistando a confiança da população

O prefeito de Imperatriz, Assis Ramos (PMDB), que surpreendeu o mundo da política maranhense ao eleger-se sem nunca ter disputado qualquer tipo de eleição, agora demonstra fôlego para ir além, registrando aprovação de 52% de sua administração, conforme apurou o Instituto Galaxy, em pesquisa concluída no começo da semana passada.

De uma disputa acirrada, contra o favoritíssimo ex-prefeito e empresário Ildon Marques (PSB); contra a candidata apoiada pelo Governo do Estado, Rosângela Curado (PDT), e contra o candidato do prefeito Sebastião Madeira (PSDB), Ribinha Cunha (PSC), Assis obteve uma vitória apertada, com menos de dois pontos percentuais acima do segundo colocado, ou 29% dos votos válidos.

Menos de um ano depois, ao fim dos primeiros oito meses da sua administração, já quebrou a barreira dos 50% e registra uma aprovação de 52%.

Em junho, medido pela Escutec, ele registrara 47% de avaliação positiva.

O Instituto Galaxy ouviu 1.200 pessoas em praticamente todos os bairros de Imperatriz, entre os dias 5 e 10 de outubro.

A evolução da aprovação popular de Assis Ramos desde a eleição

A segunda pesquisa de avaliação do trabalho do prefeito Assis Ramos se dá ao término do oitavo mês da sua administração, sem que ele, até aqui, tenha feito qualquer tipo de propaganda das obras e serviços da Prefeitura.

De acordo com a Assessoria de Comunicação, esse tipo de divulgação só se dará depois de concluído o processo de licitação das verbas publicitárias, processo que ainda se arrasta, principalmente por exigências dos prazos de lei.

– As pessoas estão atentas, principalmente às mudanças de postura e quanto ao jeito que a gente trata os recursos públicos. Minha gestão não está na TV e nos rádios, mas eu e minha equipe estamos nas ruas, nas escolas, nos corredores do Socorrão, enfrentando com coragem e dando boas respostas a todos os problemas que vão surgindo – observou Assis Ramos.