8

O arquiteto da virada na imagem de Holandinha….

Secretário municipal de obras, Antonio Araújo foi o responsável pelo maior plano de drenagem e pavimentação em bairros os mais diversos, o que garantiu o sucesso do prefeito para além da compra de votos e de apoios fomentada por outros setores da gestão pedetista

 

araujo

Edivaldo caminha em pavimentação do próprio futuro, com o discreto Araújo sempre atrás

Arquiteto urbanista, com foco na melhoria da qualidade de vida como fator da autoestima popular, o secretário municipal de Obras, Antonio Araújo,  tem o mérito da virada na imagem do prefeito Edivaldo Júnior (PDT).

Enquanto outros auxiliares e aliados do prefeito optaram pela compra de votos e de apoios sem precedentes na política de São Luís, Araújo focou nos serviços de drenagem e pavimentação em bairros que nunca haviam sequer sentido o cheiro do asfalto.

E não fez isso apenas agora.

Há pelo menos um ano, Araújo vem atuando nestas regiões, num tempo em que o nome Edivaldo era tão antipático ao cidadão quanto qualquer coisa relacionada ao mal.

O secretário foi responsável por obras de drenagem como esta, usadas à exaustão na propaganda de Holandinha

O secretário foi responsável por obras de drenagem como esta, usadas à exaustão na propaganda de Holandinha

Não tenha dúvida de que, para se reeleger – e isto já foi mostrado aqui com os mais diversos argumentos – Edivaldo contou com uma boa dose de compra de votos e de apoios na classe política, de jornalistas e em blogs.

Mas nada disso adiantaria se Antonio Araújo não tivesse plantado as bases,  a pavimentação que levaria o prefeito ao ponto de competitividade perdido ao longo de sua gestão.

Edivaldo teve a ação dos chamados “operadores” de bastidores para construir sua reeleição.

Mas o arquiteto Antonio Araújo foi o responsável pela montagem da base sólida sem a qual ele não seguiria em frente.

É simples assim…

11

“Vem pra cá, safado!”, grita eleitor durante carreata de Edivaldo…

Morador da Cidade Olímpica se revolta com a comitiva do prefeito, que evita passar em sua rua, completamente empoeirada; reação tem sido a mesma em vários bairros

 

Mais um vídeo da série “revolta do eleitor pela compra de voto” na campanha de Edivaldo Júnior (PDT).

Aqui,  morador da Cidade Olímpica revolta-se com a carreata do candidato pedetista, que ignorou sua rua, totalmente empoeirada e abandonada pela prefeitura.

– Carreata de Edivaldo Holanda, safado, na Cidade Olímpica. Vem pra cá pra onde tu não botou asfalto, ladrão, desgraçado! – grita o morador.

A carreata do prefeito vira exatamente no limite da rua empoeirada, evitando ter que dar explicações aos moradores abandonados.

Leia também:

Moradores se revoltam com asfalto compra voto de Holandinha…

Eleitores denunciam compra de votos no São Cristovão…

Compra de votos se espalha por toda São Luís…

De posse de um celular o morador da Cidade Olímpica filma e mostra a rua, lembrando da triste realidade na região.

– Olha aí o abandono aqui  na Olímpica, todo mundo na poeira. Na poeira e na lama no inverno. Ele não vem pra cá, esse safado! – afirma o revoltado cidadão.

O clima contra Edivaldo tem crescido em toda cidade, diante das obras eleitoreiras, na tentativa de comprar votos na reta final da eleição.

E tudo nas barbas da Justiça Eleitoral…

33

Eleitores denunciam compra de votos em bairros de São Luís…

Moradores do São Cristovão foram surpreendidos pela presença de secretários e aliados do prefeito, na manhã de quinta-feira, propondo asfaltamento de ruas em troca do voto da comunidade; e tudo nas barbas da Justiça Eleitoral

 

Secretártios e aliados de Edivaldo conversam sobre asfaltamento em ruas do São Cristovão

Secretártios e aliados de Edivaldo conversam sobre asfaltamento em ruas do São Cristovão

Uma comitiva da prefeitura de São Luís, acompanhada de aliados do prefeito Edivaldo Júnior (PDT) desembarcou no São Cristovão, na manhã de quinta-feira, 20, com uma proposta aos moradores: o asfaltamento da rua em troca de votos para Edivaldo.

– Vocês acreditam que o secretário falou, eu um monte de bandeira bem aqui e disse que, se o asfalto sair é pra todo mundo levantar a bandeira – revelou uma moradora, em áudio distribuído em grupos de whatsapp.

Em outro trecho, a mulher conta que os secretários estão “batendo na porta e dizendo que é pra votar pro 12”, numa referência ao número de Holandinha.

As ruas que foram visitadas pela equipe da prefeitura estavam em cronograma de oras desde o ano passado, mas nunca oram feitas.

Agora, eles chegaram lá ás vésperas do segundo turno.

As máquinas operam nas ruas da periferia e os auxiliares de Edivaldo pedem o voto do eleitor

As máquinas operam nas ruas da periferia e os auxiliares de Edivaldo pedem o voto do eleitor

Tem sido comum relatos de moradores dano conta de que equipes da prefeitura estão asfaltando ruas em troca de votos, sobretudo na zona rural e na prefeitura.

Outras denúncias dão conta de que vereadores e aliados do prefeito estão oferecendo dinheiro em suas bases.

E tudo acontece nas barbas da Justiça Eleitoral e do Ministério Público Eleitoral.

Que parecem fingir que não é com eles…

19

Flávio Dino desmente Edivaldo e mostra que asfalto em São Luís é obra do governo, não da prefeitura…

Propaganda do candidato do PDT diz que  mais de 1.800 ruas receberam pavimentação na capital, mas a Secom revela que o prefeito não moveu uma palha para isso; para não comprometer o aliado, governo retirou a informação de sua página na internet

 

A obra do governo; Edivaldo fatura com coisa que ele não fez

A obra do governo; Edivaldo fatura com coisa que ele não fez

O prefeito Edivaldo Júnior (PDT) tem usado o asfaltamento de ruas em São Luís – a toque de caixa e em plena campanha – como propaganda para dizer ao eleitor que trabalhou em sua gestão.

Mas não trabalhou coisa alguma, como revela a comunicação do próprio Governo do Estado, chefiado pelo seu aliado Flávio Dino (PCdoB).

As cerca de 1800 ruas que Edivaldo diz terem sido asfaltadas por ele, foram feitas, na verdade, pelo próprio governo, na tentativa de alavancar a candidatura do seu afilhado.

Mas o próprio governo acabou por revelar a mentira da propaganda de Edivaldo em sua página, ao divulgar suas obras do programa “Mais Asfalto” e “Interbairros”, as mesmas que o prefeito diz serem dele.

E para evitar mais desgaste para o aliado, Flávio Dino mandou a Secom apagar a informação nesta quarta-feira, 7.

Mas não é apenas as obras do Governo do Estado que Edivaldo tem usado como suas na propaganda eleitoral; ele também inclui entre suas ações as casas do programa “Minha Casa, Minha Vida”, feitas integralmente pelo Governo Federal.

Retirando as obras de do Governo do Estado e aquelas realizadas pelo Governo Federal, o que sobra para Edivaldo é uma gestão sem ter o que mostrar ao eleitor, após quase quatro anos de mandato.

Mas a propaganda do candidato insiste em mostrar outra São Luís na TV…

6

Márcio Jerry culpa prefeitura por falta d’água em São Luís…

Em grupos de jornalistas no WhatsApp, secretário de Articulação Política do governo Flávio Dino sai em defesa da Caema e diz que as obras de asfaltamento em cima de asfalto na região do Centro está rachando a redes e tubulações da companhia

 

Ruas do Centro recebem asfalto sobre asfalto; e comprometem a rede de água, segundo Márcio Jerry

Ruas do Centro recebem asfalto sobre asfalto; e comprometem a rede de água, segundo Márcio Jerry

O secretário de Articulação Política do governo Flávio Dino (PCdoB), jornalista Márcio Jerry, responsabilizou a Prefeitura de São Luís, neste fim de semana, em grupos de jornalistas no WhatsApp, pelos problemas de abastecimento d’água na capital.

Aparentemente respondendo a questionamento dos próprios colegas – em vários grupos – Jerry encaminhou resposta que, segundo ele, seria do presidente da Caema, Davi Teles, para explicar os problemas no Centro.

– Por causa dos serviços de pavimentação, os rolos compactadores racham as redes muitas das vezes.  Foi o que aconteceu – disse Jerry, encaminhando mensagem do presidente da Caema.

A prefeitura resolveu “reasfaltar” ruas do Centro neste início de campanha eleitoral.

Mas o serviço não tem recuperação de drenagem ou colocação de  antepiso, apenas asfalto sobre asfalto, o que, na avaliação da Caema, segundo Márcio Jerry, compromete a rede de abastecimento d’água.

A declaração de Márcio Jerry teve forte repercussão nos grupos de jornalistas.

Tanto que chegou até o titular deste blog…

5

Obra do Interbairros no Barramar só durou dois meses…

Pavimentação feita pela parceira Governo do Estado/Prefeitura de São Luís na Rua São Bento e transversais, em dezembro, está literalmente se desmanchando desde fevereiro; e o problema já começa a atrapalhar o tráfego na região

 

Uma das transversais da Rua São Bento, onde o asfatto já virou lama com menos de dois meses

Uma das transversais da Rua São Bento, onde o asfalto já virou lama com menos de dois meses

A Secretaria de obras de São Luís concluiu, em dezembro, o serviço de pavimentação em ruas da região do Barramar e Vila Conceição, na área por trás do Shopping do Automóveis, no Calhau.

Praticamente todas as ruas foram asfaltadas, com sarjeta e meio fio.

A Rua São Bento, que liga o Calhau ao Cohajap, como via alternativa aos engarrafamentos da avenida dos Holandeses, rapidamente tornou-se uma ia de escape para motoristas.

Trechos da São Bento já começam a murchar, levando o asfalto inteiro...

Trechos da São Bento já começam a murchar, levando o asfalto inteiro…

Mas bastaram as primeiras chuvas para a avenida se desmanchar inteira, fruto da infiltração não-tratada na área.

Em alguns trechos, o asfalto virou lama; e já é possível ver rachaduras profundas bem no meio da via, ameaçando cortá-la ao meio.

Em outros trechos, as rachaduras já são profundas, comprometendo toda a obra

Em outros trechos, as rachaduras já são profundas, comprometendo toda a obra

Fica evidente que o problema é a falta de escoamento das águas, sobretudo das chuvas, que infiltram na pavimentação, amolecendo o asfalto por baixo.

O resultado é este que as imagens deste blog mostram, em menos de dois meses de serviço.

Prejuízo para a população e para o erário público…

2

Fábio Macedo dá inicio às obras de asfaltamento em Capinzal do Norte…

Macedo e as lideranças de Capinzal do Norte: asfalto

Macedo e as lideranças de Capinzal do Norte: asfalto

Uma grande festa tomou Capinzal do Norte, terça-feira, 5, para recepcionar o deputado estadual Fábio Macedo (PDT), que acompanhado do vereador André Portela (PCdoB), Arnaldo Bezerra e do ex-prefeito, Eleomar Alves, deu início às obras de terraplanagem nas ruas cidade que foi incluída no Programa Mais Asfalto do Governo do Estado.

É um grande prazer voltar aqui em Capinzal e trazer mais este beneficio para a população do município, afinal de contas é isso que o povo quer; obras nas ruas, melhores condições de vida e mais dignidade. Quero dizer a todos que fazem parte desta linda festa que é só o começo da era desenvolvimento, o grupo da oposição aqui está unido, forte e focado em um único propósito. Agradeço ao Governador Flávio Dino por atender as nossas solicitações e nos proporcionar momentos de alegrias como este”, disse Fábio.

Capinzal recebe 4 km de asfalto, adquiridos via indicação do parlamentar pedetista, através da Secretária Estadual de Infraestrutura, na figura do Secretário Clayton Noleto, que além de acolher a solicitação, ainda recebeu o deputado e as lideranças da cidade para discutir projetos e melhorias para cidade.

Durante o evento, Fábio Macedo ainda destacou sua luta pela finalização da obra de construção do Hospital de Capinzal e assegurou junto à população da cidade seu compromisso pela cidade.

– Desde o início do meu mandato, venho defendendo a finalização desta obra que é um grande sonho para os cidadãos daqui. Quero dizer a vocês que o Governador tem olhado com bons olhos para Capinzal, que o Secretário Marcos Pacheco está atento às condições de saúde desta cidade e se Deus quiser, até o fim do ano estaremos inaugurando este Hospital, para a alegria de todos – afirmou o pedetista.

0

Prefeitura de Bacabeira realiza operação tapa-buraco em ruas da cidade…

Máquinas e homens trabalham em todas vias

Máquinas e homens trabalham em todas vias

A Prefeitura de Bacabeira, por meio da Secretaria de Infraestrutura e Urbanismo (Seinfra), deu início ao trabalho de recuperação asfáltica em diversas ruas e avenidas do município. Na Sede do município, os serviços de tapa buraco estão sendo realizados em todas as ruas e avenidas.

Segundo o prefeito Alan Linhares, todos os bairros que encontram-se com as pavimentações danificadas irão passar por restaurações.

– A administração municipal, com recursos próprios, continua trabalhando para melhorar as principais vias de toda a cidade. Estamos nos aproximando do período chuvoso e para que as chuvas não acabem prejudicando nossas ruas, causando transtornos à população, determinei à toda equipe, trabalhar intensamente em ações de recuperação e manutenção das vias – ressaltou o gestor municipal.

A execução do serviço consiste em corrigir a pavimentação das vias urbanas para evitar que os buracos retornem, principalmente, no período de chuvas. A operação tapa-buraco será colocada em prática em todos os povoados do município.

A avenida Santo Antônio, localizada no povoado Zé Pedro, já foi beneficiada com as ações da equipe da Seinfra.

8

Asfalto de São Luís sob suspeita…

Enquanto a deputada Andrea Murad reforça denúncias de trabalho escravo na Central Engenharia, o vereador Fábio Câmara lembra que o dono da empresa já esteve preso, no bojo da Operação Rapina, de 2007; e os dois questionam os contratos para asfaltamento em São Luís

 

Fiscais do Minitério Público do Trabalho resgatam trabalhadores tidos como escravos na Central Engenharia

Fiscais do Ministério Público do Trabalho resgatam trabalhadores tidos como escravos na Central Engenharia

As denúncias de trabalho análogo à escravidão, mostradas na TV Mirante por toda esta semana, representam apenas a ponta de um iceberg de suspeitas envolvendo a Central Engenharia de Construções, empresa que fornece o asfalto usado pela Prefeitura de São Luís.

O vereador Fábio Câmara (PMDB) lembra que a empresa já recebeu R$ 26,6 milhões, dos R$ 32,8 milhões contratados com a gestão de Edivaldo Júnior (PDT), sem que haja qualquer documento que comprove a execução de todas as obras e as planilhas de custos.

fabioPretendo apresentar um requerimento na Câmara Municipal de São Luís requerendo à Mesa Diretora da Casa que encaminhe ofício ao prefeito Edivaldo de Holanda Júnior (PTC) solicitando que a Secretaria de Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp) encaminhe ao meu gabinete a relação completa e nominal, com os respectivos endereços, de todas as ruas e avenidas beneficiadas com o trabalho de recuperação asfáltica pela prefeitura no período entre 2013 a 2015″

Fábio Câmara, vereador em São Luís

Mas não é só isso.

Câmara lembra que o dono da empresa, José Lauro de Castro Moura, foi um dos investigados pela Polícia Federal na Operação Rapina, que levou uma dezena de pessoas à cadeia, por corrupção, em 2007.

– Ele cumpriu, inclusive, prazo de cinco dias da prisão temporária na Penitenciária de Pedrinhas – lembrou o vereador oposicionista.

Proteção governamental

Por outro lado, a deputada Andrea Murad (PMDB) foca no tipo de emprego oferecido pela Central Engenharia a cidadãos maranhenses – considerado análogo à escravidão.

Murad lembra que, antes mesmo da denúncia do Ministério Público, ela já havia alertado para a exploração dos trabalhadores da empresa, em discurso na tribuna da Assembleia Legislativa.

andreaO governo do Estado e a Secretaria do Meio Ambiente foram coniventes também com as irregularidades praticadas pela empresa. O Termo de Compromisso Ambiental para que a empresa deixe a área expira hoje [terça-feira,20] e ela deve se retirar daquela comunidade que já vem sofrendo gravemente as conseqüências do funcionamento da fábrica de asfalto”

Andrea Murad, deputada estadual

Para a deputada, a empresa de José Lauro Castro atua de forma irregular não apenas em questões trabalhistas, mas também operacionais e ambientais.

– O Governo do Estado e a Secretaria do Meio Ambiente foram coniventes também com as irregularidades praticadas pela empresa. Sempre tive certeza da atuação do Ministério Público do Trabalho, que jamais iria permitir o que vinha acontecendo com esses trabalhadores. Agora precisamos impedir que esta empresa continue atuando – afirmou Andrea Murad.

Outra desconfiança dos parlamentares diz respeito ao endereço da Central Engenharia de Construções.

Registrada na Receita Federal na cidade de Trizidela do Vale, a Central estaria funcionando irregularmente no município de Paço do Lumiar, onde funciona a usina.

Asfaltamento

Na Câmara, Fábio Câmara vai requerer do prefeito Edivaldo Júnior a relação completa e nominal, com os respectivos endereços, de todas as ruas e avenidas beneficiadas com o trabalho de recuperação asfáltica pela prefeitura no período entre 2013 a 2015.

–  Também pretendo requisitar no documento o inteiro teor dos processos licitatórios, empenhos e pagamentos às empresas contratadas para executar os serviços – disse o vereador.

Andrea Murad, por sua vez, expressou preocupação com as fortes ligações entre o proprietário da empresa, José Lauro, e o governo, o que poderia ter prolongado o funcionamento irregular da usina.

O fato é que a Central Engenharia de Construções, que atua no programa “Mais Asfalto”, da dupla Edivaldo Júnior/Flávio Dino, caiu agora nos holofotes da mídia e do Ministério Público.

E vai ter que esclarecer como atua; e com quem atua em São Luís…

0

Asfalto para Santa Inês…

Ribamar Alves com Edinaldo Neves,d a Sinfra

Ribamar Alves com Ednaldo Neves, da Sinfra

No que se refere a obras de asfaltamento, os bons ventos começam a soprar em direção ao município de Santa Inês.

Finalmente, depois de tanto peregrinar atrás de recursos em Brasília e na capital maranhense, o prefeito Ribamar Alves (PSB) recebeu a boa notícia de que o governador Flávio Dino (PCdoB) autorizou a dotação orçamentária e o Edital de Licitação para o asfalto da cidade deve ser publicado na próxima semana.

A informação foi repassada pelo prefeito Ribamar Alves, que disse ter se reunido com o subsecretário de Estado de Infraestrutura, Ednaldo Dartagnan Veras Neves, onde tratou da cota de asfalto que o governador Flávio Dino estará disponibilizando para o Município de Santa.

Prefeitura já iniciou oras com recursos próprios

Prefeitura já iniciou oras com recursos próprios

Ribamar Alves destaca que a verba destinada será para complementar o trabalho de asfaltamento, beneficiando várias ruas, o que irá melhorar em muito a infraestrutura do município.

Enquanto isso, diz o prefeito, a atual administração segue asfaltando com recursos próprios e até o final deste ano o aspecto da cidade será outro.

Da Ascom/Santa Inês