1

Aluísio Mendes tem pleitos aprovados na CPI da Petrobras..

Aluísio apresxenta argumentos de proposição aprovada em CPI

Aluísio apresxenta argumentos de proposição aprovada em CPI

O deputado federal Aluísio Mendes (PSDC) mantém forte atuação na CPI da Petrobras, para convocação de pessoas envolvidas no esquema de corrupção e levantamento de informações que auxiliem os trabalhos da comissão.

Nesta terça-feira, a secretaria da CPI aprovou requerimento de sua autoria que solicita dois policiais federais para análise de dados das interceptações telefônicas e telemáticas da Operação Lava-Jato.

A requisição será encaminhada à Polícia Federal.

Na reunião, a CPI convocou o ex-representante da empresa holandesa SBM Offshore no Brasil, Júlio Faerman, que ficou em silêncio diante dos parlamentares após apresentar habeas corpus do Superior Tribunal Federal (STF).

Aluisio Mendes cobrou a aprovação dos requerimentos que convocam os filhos do empresário, Marcello e Eline Faerman, e do sócio Luiz Eduardo Barbosa.

– O que motivou o senhor Júlio a estar aqui hoje, mesmo munido do habeas corpus, foi a menção da convocação dos seus filhos e do sócio. Talvez eles tenham muito a dizer nessa comissão – frisou.

1

Juscelino Filho fala no Parlatino sobre contaminação alimentar…

Juscelino fala na mesa do Parlatino, em Cuba

Juscelino fala na mesa do Parlatino, em Cuba

O deputado federal Juscelino Filho (PRP)  se pronunciou, sexta-feira, 5, na reunião da Comissão da Saúde do Parlamento Latino-Americano, que está reunida em Cuba, pedindo mais atenção para a contaminação alimentar.

De acordo com dados da OMS (Organização Mundial da Saúde), todos os anos, 2 milhões de pessoas morrem após ingerir comida e água contaminadas.

Com colega, no Hotel Nacional de Cuba

Com colega, no Hotel Nacional de Cuba

Como médico, me sinto bem à vontade aqui no Parlatino e nesta Comissão de Saúde, que demonstra sensível pró-atividade ao incluir esse tema dentre suas prioridades. Estudos da OMS exibem uma das faces mais cruéis de muitos países onde trabalhadores e consumidores são submetidos a crescentes riscos. Só em 2010 foram quase 600 milhões de pessoas afetadas por mais de 200 tipos de enfermidades contraídas pela ingestão de água e alimentos contaminados. Alguns alimentos crus podem ser perigosos, assim como a falta de higienização das mãos e de comidas, falta de informações nos rótulos e outros. Alerto também para as doenças de veiculação hídrica, quando a água é contaminada de diversas maneiras. Políticas precisam ser aplicadas para conscientizar a população e evitar essas mortes.

Juscelino Filho, deputado federal

De acordo com Juscelino Filho, a inexistência, a insuficiência ou a má qualidade das redes de abastecimento de água e de saneamento, preocupam porque atingem sobretudo crianças, muitas ainda nos primeiros anos de vida.

A cada 15 segundos, uma criança morre de doenças relacionadas à falta de água potável, de saneamento e de condições de higiene no mundo, segundo o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef).

O deputado em rente aos pavilhões dos países membros do Parlatino

O deputado em rente aos pavilhões dos países membros do Parlatino

Todos os anos, 3,5 milhões de pessoas morrem no mundo por problemas relacionados ao fornecimento inadequado da água, à falta de saneamento e à ausência de políticas de higiene, segundo representantes de outros 28 organismos das Nações Unidas, que integram a ONU-Água.

Além dos cuidados que o deputado alertou, observar se passaram moscas pelo alimento, a temperatura, o transporte, a coloração, o cheiro, o tempo de cozimento, o cuidado de não misturar carnes cruas e vegetais crus a alimentos cozidos, tomar água diretamente da torneira, também são alertas importantes e que deve ser observados para manter a segurança alimentar.

0

Câmara Itinerante discute Pacto Federativo…

Deputado federal Carlos Marun (PMDB/MS), governador do Mato Grosso, Pedro Taques (PDT) e Hildo Rocha

Os deputados Hildo Rocha (PMDB/MA), Carlos Marun (PMDB/MS) e Fabio Garcia (PSB-MT), membros da comissão especial que está elaborando o novo modelo do Pacto Federativo, participaram da 6ª edição do Câmara Itinerante, em Cuiabá (MT). Na ocasião, debateram o tema, e discutiram pontos polêmicos da reforma política.

Participaram do encontro o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha; o governador Pedro Taques (PDT); o presidente da Assembleia Legislativa do Mato Grosso, Guilherme Maluf (PSDB); o prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes, e inúmeras autoridades da região.

Hildo Rocha disse que à medida que a comissão se aprofunda nos debates fica evidenciada que a revisão do atual pacto é uma necessidade urgente, inadiável.

O parlamentar ressaltou que sem a construção de um novo contrato de federação o povo continuará sofrendo por falta da definição de responsabilidades dos entes federativos e da distribuição de recursos suficientes para financiar os serviços públicos de qualidade.

– A tarefa dessa comissão especial da Câmara federal é aprovar um modelo de federação eficiente e eficaz.

– As demandas por serviços públicos de qualidade crescem a cada dia, mas, os recursos nunca são suficientes para atender às necessidades básicas da população. A falta de uma definição bem clara do que cabe a cada ente da federação proporciona muita das vezes a falta de oferta de serviços públicos.  A reforma do pacto é um passo decisivo para a consolidação de responsabilidades dos estados, dos municípios e da União e os recursos compatíveis para a execução das atividades – enfatizou o deputado.

2

Compromisso de Hildo Rocha com a Advocacia Geral da União…

Hildo com os representantes da AGU

O deputado federal Hildo Rocha afirmou que irá se empenhar para que a Proposta de Emenda à Constituição 082/2007, seja levada, o mais breve possível, ao plenário para votação e aprovação.

A proposta visa conceder autonomia funcional e prerrogativas aos membros da Defensoria Pública, Advocacia da União, Procuradoria da Fazenda Nacional, Procuradoria-Geral Federal, Procuradoria das autarquias e às Procuradorias dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios.

O compromisso foi firmado sexta-feira (17) durante reunião com Daniel Farah; Fabrício Dias; Leonardo Marques; Renata Moreira e Walber Machado, membros da Advocacia Geral da União que lideram, no Maranhão, a luta em defesa da instituição.

Veja vídeo de Hildo em defesa da AGU:

2

Roseana recebe bancada federal pela primeira vez no Palácio dos Leões…

Uma das reuniões de Roseana com a bancada, em Brasília...

A governadora Roseana Sarney (PMDB) recebe no final da manhã de hoje os seus aliados na bancada federal maranhense.

Será a primeira vez neste mandato que a governadora reúne no Maranhão os senadores e deputados federais – geralmente, as reuniões ocorrem em Brasília.

De acordo com o que apurou o blog, os parlamentares estão sendo convidados para o encontro com Roseana desde a sexta-feira, quando retornaram de mais uma semana na capital federal.

Mas ninguém soube dizer o ponto central da reunião.

É a primeira vez também que a bancada maranhense se reúne após o pedido do deputado federal Sarney Filho (PV) para deixar a coordenação. Ele demonstrou interesse em deixar a coodenação a vários colegas.

Além dos deputados federais qeu compõem a base de apoio do Governo do Estado em Brasília, a reunião terá a participação dos secretários maranhense.

A reunião está prevista para as 10h30, no Palácio dos Leões…

5

Milhomem cobra posição da bancada federal sobre abandono do aeroporto…

Milhomem cobrou posição da bancada maranhense sobre aeroporto

O deputado Carlos Alberto Milhomem (DEM) cobrou hoje, na Assembléia, uma postura mais efetiva da bancada maranhense na Câmara Federal em relação ao abandono do Aeroporto Hugo da Cunha Machado. A cobrança de Milhomem se deu no momento em que o colega Marcos Caldas (PRB) falava, na tribuna, da situação em que se encontra o aeroporto.

– Nós estamos assumindo responsabilidades que não são nossas, apenas por dever de cidadão. Mas, e os deputados federais? O que eles fazem em relação a isso? Até agora não vi nada vindo deles – cobrou o parlamentar do DEM.

Na semana passada, a Infraero determinou o esvaziamento do saguão principal do aeroporto devido a comprometimento da estrutura do local. Desde então, passageiros, empresários e usuários do aeroporto são obrigados a usar o antigo saguão.

Marcos Caldas enfrentou a situação na noite de domingo, segundo contou:

– Um avião com 200 passageiros estaciona há 200 metros do desembarque. Os passageiros têm que sair debaixo de chuva, porque só há um ônibus. E a bagagem é amontoada numa tenda. Completo desrespeito – disse Caldas.

O deputado José Carlos Nunes (PT) também foi à tribuna tratar do assunto. Informou que parece ter havido um erro de engenharia da empresa que iria pôr o ar-condicinado no saguão, o que causou o problema.

Vários outros parlamentars também foram à tribuna para tratar do assunto.